SlideShare ist ein Scribd-Unternehmen logo
1 von 46
Downloaden Sie, um offline zu lesen
A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
4º Trimestre
10/11/2019
Professora Vilma Longuini
Igreja
AD Jd Sapucaí
Região Campos Elíseos
Campinas SP
Rua Clodoaldo Ferrarezi, 424
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 2 - O Nascimento de um Líder Profético
em Israel
Lição 3 - A Chamada Profética de Samuel
Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a
Rejeição de Deus
Lição 7 - Davi é Ungido Rei
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 9 - O Reinado de Davi
Lição 10 - O Pecado do Homem Segundo o
Coração de Deus
Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 13 - A Velhice de Davi
Objetivo Geral
❶ Definir rebeldia;
❷ Explicar a rebeldia de Saul;
❸ Caracterizar a liderança sem critérios de Saul.
Ressaltar que ao crente nascido de novo não cabe
praticar o pecado da rebeldia.
A história de Saul, o primeiro rei de Israel vai do
Cap. 9 ao 31 de I Sam.
No céu, Deus toma uma decisão. Escolhe Saul para atender o pedido do povo.
O profeta Samuel, estava avançado em idade, seus filhos, reprovados
para a eleição. Saul (Shaul=Pedido a Deus) é escolhido.
O pai de Saul devia ser dono de
uma transportadora.
Um certo dia, a decepção. Cadê
as jumentas para o transporte?
- Desapareceu *
- Não tendo reserva*
- Tem que ir atrás *
- Saul e um servo, vão em busca
A família de Saul poderia ter perdido outra coisa para
chegar até o profeta Samuel, mas teve que ser
jumenta. Força/humildadePor quê?
Saul só seria ungido rei, se encontrasse as jumentas
de seu pai.
No jumentinho Jesus estava mais
baixo que a multidão
Vai
retornar
Com
Toda
Força e
Poder.
17 - E disse Samuel: Porventura, sendo tu pequeno aos teus
olhos, não foste por cabeça das tribos de Israel? E o SENHOR te
ungiu rei sobre Israel.
18- E enviou-te o SENHOR a este caminho e disse: Vai, e destrói
totalmente a estes pecadores, os amalequitas, e peleja contra
eles, até que os aniquiles.
19 - Por que, pois, não deste ouvidos à voz do SENHOR? Antes,
voaste ao despojo e fizeste o que era mal aos olhos do SENHOR.
20 - Então, disse Saul a Samuel: Antes, dei ouvidos à voz do
SENHOR e caminhei no caminho pelo qual o SENHOR me
enviou; e trouxe a Agague, rei de Amaleque, e os amalequitas
destruí totalmente;
1 Samuel 15.17-28Porção de hoje
Parashá
21 - mas o povo tomou do despojo ovelhas e vacas, o melhor do
interdito, para oferecer ao SENHOR, teu Deus, em Gilgal.
22 - Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto
prazer em holocaustos e sacrifícios como em que se obedeça à
palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o
sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.
23 - Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é
como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do
SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.
24 - Então, disse Saul a Samuel: Pequei, porquanto tenho
traspassado o dito do SENHOR e as tuas palavras; porque temi o
povo e dei ouvidos à sua voz.
1 Samuel 15.17-28
25 - Agora, pois, te rogo, perdoa-me o meu pecado e volta
comigo, para que adore o SENHOR.
26 - Porém Samuel disse a Saul: Não tornarei contigo;
porquanto rejeitaste a palavra do SENHOR, já te rejeitou o
SENHOR, para que não sejas rei sobre Israel.
27 - E, virando-se Samuel para se ir, ele lhe pegou pela
borda da capa e a rasgou.
28 - Então, Samuel lhe disse: O SENHOR tem rasgado de ti
hoje o reino de Israel e o tem dado ao teu próximo,
melhor do que tu.
1 Samuel 15.17-28
(1 Samuel 15.23)
“Porque a rebelião é como o
pecado de feitiçaria, e o porfiar é
como iniquidade e idolatria.
Porquanto tu rejeitaste a palavra do
SENHOR, ele também te rejeitou a
ti, para que não sejas rei.”
Ao cristão nascido de novo
não cabe praticar o pecado
da rebeldia, pois fazê-lo é
reviver a velha natureza.
O crente nascido de novo não
deve praticar o pecado de
rebelião.
I – Definição de Rebeldia
II – A Rebeldia de Saul
1 – Conceito
2 – O Aspecto Bíblico
3 – O Cristão e a Rebelião
1 – Não Cumpria com a Ordem Divina
2 – Deus se “arrepende” em Relação a Saul
3 – “A Rebelião como Pecado de Feitiçaria”
III – Saul: Um Líder sem Critérios
1 – Não Sabia Esperar
2 – Saul: o Rei Rejeitado
Nesta lição trataremos sobre a rebeldia de
Saul e de sua rejeição por parte de Deus.
Figuradamente, Israel foi comparado a uma vaca rebelde
que se rebelou contra Deus (Os 4.16).
A Bíblia mostra que há castigo divino para quem trilha o
caminho da rebeldia .
Nm. 17.10 (se rebelaram contra Arão);
Nm. 20.24 (foram rebeldes nas águas de Meribá);
Rm 10.21 (Israel é povo rebelde e contradizente);
1 Tm 1.9 (A Lei não é terror para quem andar em
obediência).
I – Definição de Rebeldia
1 – Conceito.
A rebeldia é caracterizada como um ato de resistência; é
opor-se a uma autoridade terrena ou celestial.
Trata-se de uma obstinação em excesso.
Saul é como aqueles crentes que começam bem o seu
ministério, mas vai relaxando, relaxando até não poder
segurar mais e aí, se revela em quem realmente é.
I Sam cap. 11 – O rei Saul ganha sua popularidade vencendo
os AMOITAS, meio parentes de Israel (descendentes das
Filhas de Ló). Este povo oprimia muito os israelitas e com
Isso deram a chance de Saul provar a si mesmo, como rei.
Crimes dos amonitas que, segundo a WikipédiA - Árabes
Naas prometia arrancar os olhos direito
de todos os israelitas e tinha tanta
certeza que conseguiria que desafiou
eles a buscarem reforço. Naas sabia que
não tinha quem lhe vencesse.
Gên 19:37-39 Bem-Ami
era o filho da filha mais
nova de Ló, fruto de
uma relação incestuosa,
os amonitas eram filhos
da mais nova e os
moabitas eram
descendentes da mais
velha.
Saul lembrou da mulher
esquartejada
em Jz 19
E fez o mesmo com 2 de seus bois
Para mostrar sua raiva.
Saul venceu os AMONITAS e se firmou diante do povo.
Cap. 12
Samuel desafia o
povo
a lhe acusar de
qualquer
coisa errada e
aconselha
o rei andar da
mesma
forma honesta,
Temendo e
obedecendo
a Deus.
Cap 13 – Segundo ano do reinado. Ele
ainda estava organizando suas Tropas e
a liderança no Palácio. Quando sofre um
ataque dos filisteus. Saul não era submisso
1ª prova.
Esperar pelo
profeta
7 dias. REPROVADO
Saul desobedece o Profeta
Obedeceu o povo e sacrificou
Função de Samuel;
Saul foi REPROVADO
Cap. 14
O Profeta não fala mais
com Saul
Se você, assim como Saul foi escolhido
para uma obra: 1. Seja submisso à Deus e
2. Obediente.
Segundo erro de Saul – Um voto – falta de prudência
O exército estava exausto com a guerra e
Saul proíbe os soldados de pararem e
amaldiçoa os que lhe desobedecer, Jonatas
Seu guerreiro filho não ouviu e tomou um
Favo de mel para recuperar as forças.
Saul tenta matar Jonatas por causa da
Desobediência, mas o povo não deixa,
por reconhecer que ele era bom
Caráter e bom guerreiro.
2 – O Aspecto Bíblico.
O real significado de rebeldia é uma ênfase ao retorno de
um “servo de Deus” às mais horríveis práticas
pecaminosas, incluindo também a adoração aos ídolos.
A Bíblia aponta a nação de Israel como filhos e filhas
rebeldes. Por exemplo : Jeremias 5:23 e 31:22 Oséias 4:16
O cristão não pode viver na
prática da rebeldia, porque é
Nascido de novo e tem a Mente
de Cristo. 2 Cor 5:17 e I Pe 1: 23
A ordem de Paulo em Rm 6:12
É que a natureza velha não
Reine.
3 – O Cristão e a Rebelião.
A Bíblia ensina ao cristão respeitar todas as autoridades,
inclusive os líderes da igreja;
jamais ser insubmisso, rebelar-se (Rm 13.1).
mas tendo como
dever orar por
elas (1 Tm 2.1,2).
Daniel e seus amigos não se sujeitaram à ordem do rei
E prefeririam serem obedientes à Deus.
Mesmo sendo
preparados para
serem lançados
no fogo
demonstraram
respeito para
com o monarca,
não
pronunciando
palavras
ofensivas
(Dn 3.16,17).
O verdadeiro cristão mede bem as palavras, pois sabe que
disso depende também a sua vida espiritual
A rebeldia é caracterizada
como um ato de resistência;
é opor-se a uma autoridade;
por vezes se trata de uma
obstinação em excesso.
II – A Rebeldia de Saul
1 – Não Cumpria com a Ordem Divina.
nada dos
amalequitas
deveria ser
saqueado ou
roubado, pois não
tratava-se de uma
guerra qualquer.
Por ordem expressa de Deus, Samuel ordenou a Saul que
matasse os amalequitas ...
Imagem : Tv Record
Êx 17.8-13
Dt 25.17,18
O que não poderiam ser queimado, como o ouro, a prata
e o ferro, seriam objetos solenes de consagração a Deus.
A ordem foi: Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente
a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o
homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os
bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos. 1 Sm 15:3
E tomou vivo a Agague, rei dos amalequitas; porém a todo
o povo destruiu ao fio da espada. E Saul e o povo pouparam
a Agague, e ao melhor das ovelhas e das vacas, e as da
segunda ordem, e aos cordeiros e ao melhor que havia, e
não os quiseram destruir totalmente; porém a toda a coisa
vil e desprezível destruíram totalmente. 1 Samuel 15:8,9
Mas Saul não obedeceu à ordem divina.
Não destruiu o rebanho do inimigo e ainda preservou a
vida do rei Agague.
O mal que Saul
poupou não tardaria
de lhe atingir.
Note que foi um
amalequitas que deu
fim na vida de Saul
(2 Sm 1.1-10).
2 – Deus se “arrependeu” em relação a Saul.
A palavra arrepender-se deriva do Hebraico Nacham =
significa lamentar ou sintir profundamente pelo feito.
Por duas razões :
❶Saul deixou de seguir
a vontade de Deus
❷Saul deixou de
executar a vontade
de Deus.
Saul não se “arrependeu” dos pecados.
A desobediência, a teimosia e a rebelião de Saul atraíram
a ira de Deus.
Deus não tolera o pecado e, dessa forma, não poderia
deixar que Saul continuasse dirigindo o Seu povo.
Você
desobedeceu
e mentiu
3 – “A rebelião como pecado de feitiçaria”.
Essa expressão traz a ideia de “uma decisão por meio de
adivinhação ou de lançamento de sorte”.
DIZ RESPEITO DA NEGAÇÃO DA AUTORIDADE DIVINA
“Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o
porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu
rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a
ti, para que não sejas rei.” (1Sm 15.23)
A insolência e a arrogância de Saul revelam a tentativa de
ele se impor no lugar de Deus.
“diante da Palavra eu é que tenho
que me render; nenhum de nós
jamais pode e deve querer impor
nossa vontade perante as ordens
do Senhor”.
A rebeldia de Saul era
caracterizada pela sua
desobediência à ordem
divina.
III – Saul: Um Líder sem Critérios
1 – Não Sabia Esperar.
Samuel já havia
dito para Saul
esperar até a
sua chegada
(1 Sm 10.8).
Uma das provas de que Saul não tinha critérios para a
liderança era a sua impaciência.
2 – Saul: o rei Rejeitado.
Destacamos a rejeição de Saul por causa do pecado de
não atentar à voz de Deus (1 Sm 13.13).
Foram muitas as características que marcaram a rebelião
de Saul:
❶ Irreverência com a ordem de Deus,
❷ Voto tolo,
❸ Infidelidade na guerra contra os amalequitas,
❹ Desobediência às palavras do Senhor.
Saul não sabia esperar,
assim, esta característica
contribuiu para a sua
rejeição.
O que é ter sucesso no ministério?
É ter agenda concorrida?
Um estilo de vida confortável?
O sucesso do ministério não está somente em ser
separado para um cargo, mas sim na obediência
completa ao Deus da Palavra.
Não.
Defina rebeldia.
A rebeldia é caracterizada como um ato de
resistência; é opor-se a uma autoridade; por
vezes se trata de uma obstinação em excesso.
Por que o cristão não pode viver na
prática da rebeldia?
O cristão não pode
viver na prática da
rebeldia, visto que no
seu ser há uma nova
natureza implantada
por Cristo Jesus
(2 Co 5.17; 1 Pe 1.23).
Por que tudo dos amalequitas deveria ser
destruído?
Tudo deveria ser destruído e banido, pois os
amalequitas estavam sob o julgamento divino.
Imagem : Tv Record
Qual o sentido da palavra “arrepender-se”?
A Palavra “arrepender-se”, oriunda do hebraico
nacham, significa
“sentir profundamente, lamentar”.
O que nos mostra a história de Saul?
Essa história nos mostra que devemos,
irrestritamente, obedecer aos desígnios de Deus e
servi-lo de todo o coração
Próxima Lição!
Lição 7
Davi é ungido rei

Weitere ähnliche Inhalte

Was ist angesagt?

Lição 7 - Davi é Ungido Rei
Lição 7 - Davi é Ungido ReiLição 7 - Davi é Ungido Rei
Lição 7 - Davi é Ungido ReiÉder Tomé
 
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à Calamidade
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à CalamidadeLição 10 - Adorando a Deus em meio à Calamidade
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à CalamidadeErberson Pinheiro
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelÉder Tomé
 
comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)leniogravacoes
 
16 avaliacao e sintese da lideranca dos reis de israel
16   avaliacao e sintese  da lideranca dos reis de israel16   avaliacao e sintese  da lideranca dos reis de israel
16 avaliacao e sintese da lideranca dos reis de israelPIB Penha - SP
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelÉder Tomé
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviÉder Tomé
 
Adorando a Deus em meio a calamidade.
Adorando a Deus em meio a calamidade.Adorando a Deus em meio a calamidade.
Adorando a Deus em meio a calamidade.Márcio Martins
 
6 o reino dividido
6   o reino dividido6   o reino dividido
6 o reino divididoPib Penha
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELmbrandao7
 
Ebd aula 10 4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.
Ebd aula 10   4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.Ebd aula 10   4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.
Ebd aula 10 4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabePib Penha
 
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...Marcus Wagner
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoHamilton Souza
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)leniogravacoes
 

Was ist angesagt? (20)

Lição 7 - Davi é Ungido Rei
Lição 7 - Davi é Ungido ReiLição 7 - Davi é Ungido Rei
Lição 7 - Davi é Ungido Rei
 
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à Calamidade
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à CalamidadeLição 10 - Adorando a Deus em meio à Calamidade
Lição 10 - Adorando a Deus em meio à Calamidade
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
 
I samuel
I samuelI samuel
I samuel
 
comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)
 
Vida de Samuel
Vida de SamuelVida de Samuel
Vida de Samuel
 
16 avaliacao e sintese da lideranca dos reis de israel
16   avaliacao e sintese  da lideranca dos reis de israel16   avaliacao e sintese  da lideranca dos reis de israel
16 avaliacao e sintese da lideranca dos reis de israel
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
 
Lição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de DaviLição 8 - O Exílio de Davi
Lição 8 - O Exílio de Davi
 
Adorando a Deus em meio a calamidade.
Adorando a Deus em meio a calamidade.Adorando a Deus em meio a calamidade.
Adorando a Deus em meio a calamidade.
 
6 o reino dividido
6   o reino dividido6   o reino dividido
6 o reino dividido
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUEL
 
Ebd aula 10 4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.
Ebd aula 10   4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.Ebd aula 10   4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.
Ebd aula 10 4°trim 2016 Adorando a Deus em meio a calamidade.
 
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe7   o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e  acabe
7 o reino do norte i – nadabe, baasa, ela, zinri, onri e acabe
 
Os livros de 1 e 2 Samuel
Os livros de 1 e 2 SamuelOs livros de 1 e 2 Samuel
Os livros de 1 e 2 Samuel
 
2 o juizado de samuel
2  o juizado de samuel2  o juizado de samuel
2 o juizado de samuel
 
Os livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 ReisOs livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 Reis
 
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...
LIÇÃO 2 O REINO DIVIDIDO JEROBOÃO E ROBOÃO - LIÇÃO DE ADULTOS 3º TRIMESTRE DE...
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)
 

Ähnlich wie A rejeição de Deus pela rebeldia de Saul

3 o reino unido i - saul
3   o reino unido i - saul3   o reino unido i - saul
3 o reino unido i - saulPIB Penha - SP
 
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israelLicao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israelVilma Longuini
 
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3Rubens Sohn
 
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdfMateusDuarte36
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelHamilton Souza
 
Vigiando a motivação do meu coração
Vigiando a motivação do meu coraçãoVigiando a motivação do meu coração
Vigiando a motivação do meu coraçãoVagner Matos
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuelPIB Penha
 
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptx
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptxApresentação - Livros Históricos - Samuel.pptx
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptxDouglasMoraes54
 
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptxEBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptxDouglasMoraes54
 
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...Instituto Teológico Gamaliel
 
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REILição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REIHamilton Souza
 
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS Marcus Wagner
 
Reis e profetas - aula 1
Reis e profetas  - aula 1Reis e profetas  - aula 1
Reis e profetas - aula 1Moisés Sampaio
 
Licao 3 4 t - 2019 - a chamada profetica de samuel
Licao 3   4 t - 2019 - a chamada profetica de samuelLicao 3   4 t - 2019 - a chamada profetica de samuel
Licao 3 4 t - 2019 - a chamada profetica de samuelVilma Longuini
 

Ähnlich wie A rejeição de Deus pela rebeldia de Saul (20)

(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul
 
3 o reino unido i - saul
3   o reino unido i - saul3   o reino unido i - saul
3 o reino unido i - saul
 
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israelLicao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
 
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
 
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf
1 Samuel 16 · PregaçãoRetiro.pdf
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
 
Sermão - Reis
Sermão - ReisSermão - Reis
Sermão - Reis
 
Vigiando a motivação do meu coração
Vigiando a motivação do meu coraçãoVigiando a motivação do meu coração
Vigiando a motivação do meu coração
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuel
 
I & II Samuel.ppt
I & II Samuel.pptI & II Samuel.ppt
I & II Samuel.ppt
 
Os reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdfOs reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdf
 
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptx
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptxApresentação - Livros Históricos - Samuel.pptx
Apresentação - Livros Históricos - Samuel.pptx
 
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptxEBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
 
10 mensagem de asa
10 mensagem de asa10 mensagem de asa
10 mensagem de asa
 
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...
Institutogamaliel.com o significado bíblico de misericórdia quero e não sacri...
 
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REILição 7: DAVI É UNGIDO REI
Lição 7: DAVI É UNGIDO REI
 
LIVROS HISTÓRICOS (AULA 03-1 - BÁSICO - IBADEP)
LIVROS HISTÓRICOS (AULA 03-1 - BÁSICO - IBADEP)LIVROS HISTÓRICOS (AULA 03-1 - BÁSICO - IBADEP)
LIVROS HISTÓRICOS (AULA 03-1 - BÁSICO - IBADEP)
 
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
LIÇÃO 5 – O REINADO DE ACAZIAS
 
Reis e profetas - aula 1
Reis e profetas  - aula 1Reis e profetas  - aula 1
Reis e profetas - aula 1
 
Licao 3 4 t - 2019 - a chamada profetica de samuel
Licao 3   4 t - 2019 - a chamada profetica de samuelLicao 3   4 t - 2019 - a chamada profetica de samuel
Licao 3 4 t - 2019 - a chamada profetica de samuel
 

Mehr von Vilma Longuini

Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Vilma Longuini
 
Deveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisDeveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisVilma Longuini
 
O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13Vilma Longuini
 
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploLicao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploVilma Longuini
 
Slide da licao 2 3 trim 2020
Slide da licao 2   3 trim 2020Slide da licao 2   3 trim 2020
Slide da licao 2 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020Vilma Longuini
 
Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Vilma Longuini
 
Quando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoQuando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoVilma Longuini
 
Sabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfSabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfVilma Longuini
 
A historia e a promessa
A historia e a promessaA historia e a promessa
A historia e a promessaVilma Longuini
 
Nao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoNao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoVilma Longuini
 
Passando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfPassando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfVilma Longuini
 
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32Vilma Longuini
 
Vamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVilma Longuini
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharVilma Longuini
 
As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesVilma Longuini
 
Comentarios judaicos do novo testamento david h
Comentarios judaicos do novo testamento david hComentarios judaicos do novo testamento david h
Comentarios judaicos do novo testamento david hVilma Longuini
 

Mehr von Vilma Longuini (20)

Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]Jesus eh o rei da gloria   jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
Jesus eh o rei da gloria jo 1 v 14 [salvo automaticamente]
 
Deveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiaisDeveres dos juizes politicos e policiais
Deveres dos juizes politicos e policiais
 
O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13O testemunho jo 1 de 6 a 13
O testemunho jo 1 de 6 a 13
 
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do temploLicao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
Licao 5 3 trim 2020 zorobabel recomeca a construcao do templo
 
Slide da licao 2 3 trim 2020
Slide da licao 2   3 trim 2020Slide da licao 2   3 trim 2020
Slide da licao 2 3 trim 2020
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020
 
Slide da licao 1 3 trim 2020
Slide da licao 1   3 trim 2020Slide da licao 1   3 trim 2020
Slide da licao 1 3 trim 2020
 
Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020Revista ebd 3 trimestre 2020
Revista ebd 3 trimestre 2020
 
Quando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editadoQuando deres ouvidos em pdf editado
Quando deres ouvidos em pdf editado
 
Sabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdfSabedoria estatura graca -pdf
Sabedoria estatura graca -pdf
 
A historia e a promessa
A historia e a promessaA historia e a promessa
A historia e a promessa
 
Nao basta ser namorado
Nao basta ser namoradoNao basta ser namorado
Nao basta ser namorado
 
Passando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdfPassando o dia com jesus pdf
Passando o dia com jesus pdf
 
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
A parabola do filho prodigo lc 15 v 11 a 32
 
Ate quando daniel 12
Ate quando   daniel 12Ate quando   daniel 12
Ate quando daniel 12
 
Vamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascaraVamos confeccionar nossa mascara
Vamos confeccionar nossa mascara
 
Mascaras tecido e uso
Mascaras   tecido e usoMascaras   tecido e uso
Mascaras tecido e uso
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marchar
 
As 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidadesAs 12 vulnerabilidades
As 12 vulnerabilidades
 
Comentarios judaicos do novo testamento david h
Comentarios judaicos do novo testamento david hComentarios judaicos do novo testamento david h
Comentarios judaicos do novo testamento david h
 

Kürzlich hochgeladen

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 

Kürzlich hochgeladen (20)

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 

A rejeição de Deus pela rebeldia de Saul

  • 1. A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus
  • 2. 4º Trimestre 10/11/2019 Professora Vilma Longuini Igreja AD Jd Sapucaí Região Campos Elíseos Campinas SP Rua Clodoaldo Ferrarezi, 424
  • 3. Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel Lição 2 - O Nascimento de um Líder Profético em Israel Lição 3 - A Chamada Profética de Samuel Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel Lição 6 - A Rebeldia de Saul e a Rejeição de Deus Lição 7 - Davi é Ungido Rei Lição 8 - O Exílio de Davi Lição 9 - O Reinado de Davi Lição 10 - O Pecado do Homem Segundo o Coração de Deus Lição 11 - As Consequências do Pecado de Davi Lição 12 - A Rebelião de Absalão Lição 13 - A Velhice de Davi
  • 4. Objetivo Geral ❶ Definir rebeldia; ❷ Explicar a rebeldia de Saul; ❸ Caracterizar a liderança sem critérios de Saul. Ressaltar que ao crente nascido de novo não cabe praticar o pecado da rebeldia. A história de Saul, o primeiro rei de Israel vai do Cap. 9 ao 31 de I Sam.
  • 5. No céu, Deus toma uma decisão. Escolhe Saul para atender o pedido do povo. O profeta Samuel, estava avançado em idade, seus filhos, reprovados para a eleição. Saul (Shaul=Pedido a Deus) é escolhido.
  • 6. O pai de Saul devia ser dono de uma transportadora. Um certo dia, a decepção. Cadê as jumentas para o transporte? - Desapareceu * - Não tendo reserva* - Tem que ir atrás * - Saul e um servo, vão em busca A família de Saul poderia ter perdido outra coisa para chegar até o profeta Samuel, mas teve que ser jumenta. Força/humildadePor quê? Saul só seria ungido rei, se encontrasse as jumentas de seu pai.
  • 7. No jumentinho Jesus estava mais baixo que a multidão Vai retornar Com Toda Força e Poder.
  • 8. 17 - E disse Samuel: Porventura, sendo tu pequeno aos teus olhos, não foste por cabeça das tribos de Israel? E o SENHOR te ungiu rei sobre Israel. 18- E enviou-te o SENHOR a este caminho e disse: Vai, e destrói totalmente a estes pecadores, os amalequitas, e peleja contra eles, até que os aniquiles. 19 - Por que, pois, não deste ouvidos à voz do SENHOR? Antes, voaste ao despojo e fizeste o que era mal aos olhos do SENHOR. 20 - Então, disse Saul a Samuel: Antes, dei ouvidos à voz do SENHOR e caminhei no caminho pelo qual o SENHOR me enviou; e trouxe a Agague, rei de Amaleque, e os amalequitas destruí totalmente; 1 Samuel 15.17-28Porção de hoje Parashá
  • 9. 21 - mas o povo tomou do despojo ovelhas e vacas, o melhor do interdito, para oferecer ao SENHOR, teu Deus, em Gilgal. 22 - Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. 23 - Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei. 24 - Então, disse Saul a Samuel: Pequei, porquanto tenho traspassado o dito do SENHOR e as tuas palavras; porque temi o povo e dei ouvidos à sua voz. 1 Samuel 15.17-28
  • 10. 25 - Agora, pois, te rogo, perdoa-me o meu pecado e volta comigo, para que adore o SENHOR. 26 - Porém Samuel disse a Saul: Não tornarei contigo; porquanto rejeitaste a palavra do SENHOR, já te rejeitou o SENHOR, para que não sejas rei sobre Israel. 27 - E, virando-se Samuel para se ir, ele lhe pegou pela borda da capa e a rasgou. 28 - Então, Samuel lhe disse: O SENHOR tem rasgado de ti hoje o reino de Israel e o tem dado ao teu próximo, melhor do que tu. 1 Samuel 15.17-28
  • 11. (1 Samuel 15.23) “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.”
  • 12. Ao cristão nascido de novo não cabe praticar o pecado da rebeldia, pois fazê-lo é reviver a velha natureza.
  • 13. O crente nascido de novo não deve praticar o pecado de rebelião.
  • 14. I – Definição de Rebeldia II – A Rebeldia de Saul 1 – Conceito 2 – O Aspecto Bíblico 3 – O Cristão e a Rebelião 1 – Não Cumpria com a Ordem Divina 2 – Deus se “arrepende” em Relação a Saul 3 – “A Rebelião como Pecado de Feitiçaria” III – Saul: Um Líder sem Critérios 1 – Não Sabia Esperar 2 – Saul: o Rei Rejeitado
  • 15. Nesta lição trataremos sobre a rebeldia de Saul e de sua rejeição por parte de Deus. Figuradamente, Israel foi comparado a uma vaca rebelde que se rebelou contra Deus (Os 4.16). A Bíblia mostra que há castigo divino para quem trilha o caminho da rebeldia . Nm. 17.10 (se rebelaram contra Arão); Nm. 20.24 (foram rebeldes nas águas de Meribá); Rm 10.21 (Israel é povo rebelde e contradizente); 1 Tm 1.9 (A Lei não é terror para quem andar em obediência).
  • 16. I – Definição de Rebeldia 1 – Conceito. A rebeldia é caracterizada como um ato de resistência; é opor-se a uma autoridade terrena ou celestial. Trata-se de uma obstinação em excesso. Saul é como aqueles crentes que começam bem o seu ministério, mas vai relaxando, relaxando até não poder segurar mais e aí, se revela em quem realmente é.
  • 17. I Sam cap. 11 – O rei Saul ganha sua popularidade vencendo os AMOITAS, meio parentes de Israel (descendentes das Filhas de Ló). Este povo oprimia muito os israelitas e com Isso deram a chance de Saul provar a si mesmo, como rei. Crimes dos amonitas que, segundo a WikipédiA - Árabes Naas prometia arrancar os olhos direito de todos os israelitas e tinha tanta certeza que conseguiria que desafiou eles a buscarem reforço. Naas sabia que não tinha quem lhe vencesse. Gên 19:37-39 Bem-Ami era o filho da filha mais nova de Ló, fruto de uma relação incestuosa, os amonitas eram filhos da mais nova e os moabitas eram descendentes da mais velha. Saul lembrou da mulher esquartejada em Jz 19 E fez o mesmo com 2 de seus bois Para mostrar sua raiva.
  • 18. Saul venceu os AMONITAS e se firmou diante do povo. Cap. 12 Samuel desafia o povo a lhe acusar de qualquer coisa errada e aconselha o rei andar da mesma forma honesta, Temendo e obedecendo a Deus.
  • 19. Cap 13 – Segundo ano do reinado. Ele ainda estava organizando suas Tropas e a liderança no Palácio. Quando sofre um ataque dos filisteus. Saul não era submisso 1ª prova. Esperar pelo profeta 7 dias. REPROVADO Saul desobedece o Profeta Obedeceu o povo e sacrificou Função de Samuel; Saul foi REPROVADO
  • 20. Cap. 14 O Profeta não fala mais com Saul Se você, assim como Saul foi escolhido para uma obra: 1. Seja submisso à Deus e 2. Obediente. Segundo erro de Saul – Um voto – falta de prudência O exército estava exausto com a guerra e Saul proíbe os soldados de pararem e amaldiçoa os que lhe desobedecer, Jonatas Seu guerreiro filho não ouviu e tomou um Favo de mel para recuperar as forças. Saul tenta matar Jonatas por causa da Desobediência, mas o povo não deixa, por reconhecer que ele era bom Caráter e bom guerreiro.
  • 21.
  • 22. 2 – O Aspecto Bíblico. O real significado de rebeldia é uma ênfase ao retorno de um “servo de Deus” às mais horríveis práticas pecaminosas, incluindo também a adoração aos ídolos. A Bíblia aponta a nação de Israel como filhos e filhas rebeldes. Por exemplo : Jeremias 5:23 e 31:22 Oséias 4:16 O cristão não pode viver na prática da rebeldia, porque é Nascido de novo e tem a Mente de Cristo. 2 Cor 5:17 e I Pe 1: 23 A ordem de Paulo em Rm 6:12 É que a natureza velha não Reine.
  • 23. 3 – O Cristão e a Rebelião. A Bíblia ensina ao cristão respeitar todas as autoridades, inclusive os líderes da igreja; jamais ser insubmisso, rebelar-se (Rm 13.1). mas tendo como dever orar por elas (1 Tm 2.1,2).
  • 24. Daniel e seus amigos não se sujeitaram à ordem do rei E prefeririam serem obedientes à Deus. Mesmo sendo preparados para serem lançados no fogo demonstraram respeito para com o monarca, não pronunciando palavras ofensivas (Dn 3.16,17).
  • 25. O verdadeiro cristão mede bem as palavras, pois sabe que disso depende também a sua vida espiritual
  • 26. A rebeldia é caracterizada como um ato de resistência; é opor-se a uma autoridade; por vezes se trata de uma obstinação em excesso.
  • 27. II – A Rebeldia de Saul 1 – Não Cumpria com a Ordem Divina. nada dos amalequitas deveria ser saqueado ou roubado, pois não tratava-se de uma guerra qualquer. Por ordem expressa de Deus, Samuel ordenou a Saul que matasse os amalequitas ... Imagem : Tv Record Êx 17.8-13 Dt 25.17,18
  • 28. O que não poderiam ser queimado, como o ouro, a prata e o ferro, seriam objetos solenes de consagração a Deus. A ordem foi: Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos. 1 Sm 15:3 E tomou vivo a Agague, rei dos amalequitas; porém a todo o povo destruiu ao fio da espada. E Saul e o povo pouparam a Agague, e ao melhor das ovelhas e das vacas, e as da segunda ordem, e aos cordeiros e ao melhor que havia, e não os quiseram destruir totalmente; porém a toda a coisa vil e desprezível destruíram totalmente. 1 Samuel 15:8,9
  • 29. Mas Saul não obedeceu à ordem divina. Não destruiu o rebanho do inimigo e ainda preservou a vida do rei Agague. O mal que Saul poupou não tardaria de lhe atingir. Note que foi um amalequitas que deu fim na vida de Saul (2 Sm 1.1-10).
  • 30. 2 – Deus se “arrependeu” em relação a Saul. A palavra arrepender-se deriva do Hebraico Nacham = significa lamentar ou sintir profundamente pelo feito. Por duas razões : ❶Saul deixou de seguir a vontade de Deus ❷Saul deixou de executar a vontade de Deus.
  • 31. Saul não se “arrependeu” dos pecados. A desobediência, a teimosia e a rebelião de Saul atraíram a ira de Deus. Deus não tolera o pecado e, dessa forma, não poderia deixar que Saul continuasse dirigindo o Seu povo. Você desobedeceu e mentiu
  • 32.
  • 33. 3 – “A rebelião como pecado de feitiçaria”. Essa expressão traz a ideia de “uma decisão por meio de adivinhação ou de lançamento de sorte”. DIZ RESPEITO DA NEGAÇÃO DA AUTORIDADE DIVINA “Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.” (1Sm 15.23)
  • 34. A insolência e a arrogância de Saul revelam a tentativa de ele se impor no lugar de Deus. “diante da Palavra eu é que tenho que me render; nenhum de nós jamais pode e deve querer impor nossa vontade perante as ordens do Senhor”.
  • 35. A rebeldia de Saul era caracterizada pela sua desobediência à ordem divina.
  • 36. III – Saul: Um Líder sem Critérios 1 – Não Sabia Esperar. Samuel já havia dito para Saul esperar até a sua chegada (1 Sm 10.8). Uma das provas de que Saul não tinha critérios para a liderança era a sua impaciência.
  • 37.
  • 38. 2 – Saul: o rei Rejeitado. Destacamos a rejeição de Saul por causa do pecado de não atentar à voz de Deus (1 Sm 13.13). Foram muitas as características que marcaram a rebelião de Saul: ❶ Irreverência com a ordem de Deus, ❷ Voto tolo, ❸ Infidelidade na guerra contra os amalequitas, ❹ Desobediência às palavras do Senhor.
  • 39. Saul não sabia esperar, assim, esta característica contribuiu para a sua rejeição.
  • 40. O que é ter sucesso no ministério? É ter agenda concorrida? Um estilo de vida confortável? O sucesso do ministério não está somente em ser separado para um cargo, mas sim na obediência completa ao Deus da Palavra. Não.
  • 41. Defina rebeldia. A rebeldia é caracterizada como um ato de resistência; é opor-se a uma autoridade; por vezes se trata de uma obstinação em excesso.
  • 42. Por que o cristão não pode viver na prática da rebeldia? O cristão não pode viver na prática da rebeldia, visto que no seu ser há uma nova natureza implantada por Cristo Jesus (2 Co 5.17; 1 Pe 1.23).
  • 43. Por que tudo dos amalequitas deveria ser destruído? Tudo deveria ser destruído e banido, pois os amalequitas estavam sob o julgamento divino. Imagem : Tv Record
  • 44. Qual o sentido da palavra “arrepender-se”? A Palavra “arrepender-se”, oriunda do hebraico nacham, significa “sentir profundamente, lamentar”.
  • 45. O que nos mostra a história de Saul? Essa história nos mostra que devemos, irrestritamente, obedecer aos desígnios de Deus e servi-lo de todo o coração