Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Tratamento da água_de_abastecimento_-_sandra

3.384 Aufrufe

Veröffentlicht am

Palestra apresentada durante o primeiro curso de saneamento básico rural, na Embrapa Instrumentação, São Carlos - SP, outubro de 2013

Disponível em : http://saneamento.cnpdia.embrapa.br/programacao.html

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Tratamento da água_de_abastecimento_-_sandra

  1. 1. Tratamento da água de abastecimento da residência rural: Clorador Embrapa O que é e como funciona
  2. 2. Contaminação da água subterrânea
  3. 3. Contaminação da água >> É muito comum a contaminação microbiológica por fossas negras >> Para resolver o problema: cloração da água
  4. 4. Clorador Embrapa >> Sistema para facilitar a cloração da água armazenada nas caixas d´água
  5. 5. Legislação para cloro Portaria 2914/2011 do Ministério da Saúde >> Água de abastecimento deve ter 0 de coliformes termotolerantes >> Concentração de cloro ativo entre 0,5 e 2 mg/L, com um número não menor que 0,2 mg/L, para ser considerada clorada.
  6. 6. Esquema representativo do Clorador Embrapa >> com destaque para seus componentes
  7. 7. Instalação do Clorador Embrapa na rede de captação de água
  8. 8. Qual tipo de cloro utilizar? >> Cloro Granulado >> Hipoclorito de Cálcio 65% (cloro ativo)
  9. 9. Como usar o cloro? >> Quantidade: 1,5 a 2 g /1000 Litros de água >> Uma colher de café >> Equivale a 1 a 1,5 mg/L de cloro >> 30 minutos depois a água estará pronta para o uso
  10. 10. Qual tipo de cloro utilizar? >> Hipoclorito de sódio >> Água sanitária (2-2,5% de cloro ativo) >> 50 mL / 1000 L de água. >> Se degrada rapidamente (algumas horas) >> Dão um sabor forte à água
  11. 11. Quando usar o cloro? >> Diariamente, mesmo que não use a água >> No início da manhã
  12. 12. Qual tipo de cloro não utilizar? >> DICLORO >> Derivados de s-triazinas
  13. 13. Dá para saber se o cloro adicionado está na quantidade correta? >> Grosseiramente, utilizando analisadores de cloro com reagentes
  14. 14. Dá para saber se o cloro adicionado está na quantidade correta? >> De forma mais precisa, com sistemas eletrônicos
  15. 15. Ao instalar o clorador >> Observar se a água a ser tratada não tem muita matéria orgânica e/ou argila dissolvida ou particulada (turbidez alta; água não límpida) >> Se sim, deve-se: >> eliminar ao máximo com o uso de filtros de areia ou floculadores (FeCl3 ou AlCl3 ou Fe2(SO4)3 ou Al2(SO4)3), para retirar o material particulado (tratamento prévio à caixa d’água) e >> utilizar carvão ativado para eliminar a matéria orgânica dissolvida
  16. 16. Ao instalar o clorador >> Lavar a caixa d´água, com sabão em pó ou detergente, antes de colocar o cloro pela primeira vez e enxaguar bem >> Ao colocar o cloro pela primeira vez, encher a caixa d´água, esperar aproximadamente 30 minutos e esvaziar toda a caixa pela tubulação da casa (para desinfectar a tubulação)
  17. 17. Ao instalar o clorador >> Se não for feita a eliminação da matéria orgânica dissolvida e a limpeza prévia da caixa d´água, poderá ocorrer a formação de substâncias organocloradas (principalmente clorofórmio), que são tóxicas e dão sabor e odor desagradável à água
  18. 18. Se a água tiver um pouco de gosto de cloro residual >> Utilizar filtro de talha com carvão ativado, que absorverá o cloro residual e minimizará consideravelmente o gosto
  19. 19. Mais informações: http://saneamento.cnpdia.embrapa.br/tecno logias/Folder_Clorador.pdf

×