Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

A Cultura da Ágora

Destinado aos alunos de História da Cultura e das Artes - Cursos Profissionais de Teatro e de Dança.

  • Als Erste(r) kommentieren

A Cultura da Ágora

  1. 1. M1 A cultura da Ágora - O Homem da Democracia de Atenas HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES CURSOS PROFISSIONAIS: ARTES DO ESPETÁCULO E DANÇA CONTEMPORÂNEA A CULTURA DA ÁGORA 1
  2. 2. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES http://www.suapesquisa.com/geografia/europa.htm ONDE SE SITUA A GRÉCIA NO ESPAÇO EUROPEU? 2
  3. 3. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES ONDE SE SITUAVA A GRÉCIA ANTIGA? QUAIS OS PRINCIPAIS MARES QUE A BANHAVAM? Maria Emília Diniz e outros – História Sete 3
  4. 4. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES COMPARA O ESPAÇO DA GRÉCIA ANTIGA COM O DA ATUALIDADE Maria Emília Diniz e outros – História Sete http://copadomundo.uol.com.br/2010/selecoes /grecia/ 4
  5. 5. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES ENUMERA OS TIPOS DE RELEVO QUE PODES ENCONTRAR NA GRÉCIA? http://serginhooffroad2010.blogspot.com Aníbal Barreira; Mendes Moreira – Sinais da História 7 http://www.hotelopia.pt/grecia/lefkada/ 5 http://images.slideplayer.com.br/33/10421077/slides/slide_3.jpg
  6. 6. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES AGORA VAMOS LER E PENSAR… “A complicação do relevo da Grécia continental, (…) não tem semelhanças com nenhuma região da Europa (…). Num território assim dividido, a nação helénica fragmentou-se numa poeira de pequenos povos, ciosos da sua independência (…). O solo atormentado impediu sempre a Grécia de possuir (…) uma rede de estradas: era por mar que se fazia o essencial das comunicações”. J. Hatzfeld – História da Grécia Antiga CONSIDERAS QUE O RELEVO GREGO FACILITOU A COMUNICAÇÃO ENTRE AS POPULAÇÕES? CONSIDERAS QUE O RELEVO GREGO É PROPÍCIO À PRÁTICA DA AGRICULTURA? COMO EXPLICAS A FALTA DE UNIDADE POLÍTICA DA ANTIGA GRÉCIA? 6
  7. 7. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES CADA CIDADE GREGA ERA UM COMO UM ESTADO INDEPENDENTE COM… • GOVERNO PRÓPRIO • ADMINISTRAÇÃO PRÓPRIA • LEIS PRÓPRIAS MAS AS CIDADES-ESTADO OU PÓLIS ERAM UNIDAS ENTRE SI POR: • LÍNGUA • RELIGIÃO • JOGOS • COSTUMES E CRENÇAS http://paleonerd.com.br/2016/03/17/como-se-formaram-as-polis-gregas/, consultado 1 24/09/2017 7
  8. 8. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES Crescimento da população Escassa produção agrícola Movimentos migratórios – fundação de colónias - novas cidades- estado, com organização política, religiosa e cultural idêntica à das cidades-mãe (metrópoles) e mantendo com elas ligações comerciais e culturais muito intensas. FUNDAÇÃO DE COLÓNIAS 8 Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora
  9. 9. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES SÉCULO V a.C. - TODA A BACIA DO MEDITERRÂNEO, EUROPA DO SUL, NORTE DE ÁFRICA E PRÓXIMO ORIENTE ERAM INFLUENCIADOS PELA SUPERIORIDADE DA CIVILIZAÇÃO GREGA OU HELÉNICA, DEVIDO AOS MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS QUE LEVARAM À FUNDAÇÃO DE COLÓNIAS. FUNDAÇÃO DE COLÓNIAS 9 Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora
  10. 10. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES TROCAS COMERCIAIS 10 Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora
  11. 11. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES Apesar do afastamento, os habitantes das colónias continuaram a sentir-se como parte integrante do mundo helénico (os gregos chamavam-se a si próprios Helenos e à Grécia, Hélade). Partilhavam a mesma cultura: a língua, a moeda, os costumes, os objetos do quotidiano, os conhecimentos e os deuses. Consideravam-se senhores de uma cultura superior e chamavam “bárbaros” a todos os povos que não falavam a sua língua, o grego. 11 http://ancientrome.ru/art/artwork/sculp/gr/bronze/bro038.jpg, consultado a 24/09/2017 MUNDO HELÉNICO
  12. 12. M1 - A cultura da Ágora O TEMPO – SÉCULO V a.C. – O SÉCULO DE PÉRICLES 1. Regime político – democracia 2. Modo de vida – trabalho equilibrado com o ócio que liberta tempo para as atividades culturais – teatro, música, jogos, poesia, canto, filosofia… SUPERIORIDADE E PRESTÍGIO GREGOS https://evaldot.files.wordpress.com/2014/07/30161217287588.jpg consultado a 24/09/2017 12
  13. 13. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 1. Controlo da Liga de Delos 2. Importância de Péricles – inicia a reconstrução de Atenas, destruídas durante a guerra com os persas 3. Bem-estar político, económico e social e plano cultural de Péricles atrai artistas, filósofos e intelectuais. 4. Prosperidade e hegemonia em queda com a Guerra do Peloponeso (431 e 404 a.C.) – decadência e perda da independência para Esparta e depois para Filipe II da Macedónia. HEGEMONIA DE ATENAS 13
  14. 14. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto ÁTICA ERA O TERRITÓRIO DA POLIS ATENIENSE 14
  15. 15. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto A. ACRÓPOLE B. ÁGORA C. ZONA RURAL D. PORTO – PIREU A POLIS DE ATENAS 15 Maria Emília Diniz e outros – História Sete Área sagrada Área pública Área privada - Acrópole - Ágora - Bairros residenciais, organizados normalmente sem distinções de classe
  16. 16. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto A POLIS DE ATENAS - ACRÓPOLE 16 http://cdni.condenast.co.uk/646x430/a_c/athens_cnt_18nov09_iStock_b _1.jpg, consultado a 28/09/2017 Fortaleza no ponto mais alto Melhor defesa Construção das estruturas mais nobres: templos e palácios dos governantes
  17. 17. M1 - A cultura da Ágora A POLIS DE ATENAS – ÁGORA Grande praça aberta para funções públicas 17 Local de convívio Centro político http://www.klepsidra.net/klepsidra26/agora.htm, consultado a 28/09/2017 Realização de assembleias, festivais, eleições, competições atléticas, desfiles, mercados… O LOCAL – A Ágora: um espaço público da cidade; os homens da Ágora. Conversar: do comércio e fazer político à razão.
  18. 18. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto A SOCIEDADE ATENIENSE 18Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora Cidadãos Homens livres com direitos políticos. Deveres: cumprir serviço militar e participar na vida política. Direitos: possuir terras e participar na vida política. Metecos Estrangeiros. Livres mas sem direitos políticos. Principais ocupações: comércio, artesanato. Escravos Instrumentos de trabalho. Sem liberdade e sem direitos. Ocupações: trabalhos domésticos, agrícolas e exploração de minas. Não cidadãos
  19. 19. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 19 A SOCIEDADE ATENIENSE Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora Indica: a) o grupo social mais numeroso; b) o grupo social menos numeroso; c) a função de cada um dos grupos sociais.
  20. 20. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 20 O REGIME POLÍTICO
  21. 21. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 21 O NASCIMENTO DA DEMOCRACIA Demos + kratos Povo + Poder Poder do Povo ⁼ Democracia A democracia grega permitiu que um grande número de pessoas (os cidadãos) participassem no governo da cidade. Esta nova forma de governo foi a base das democracias atuais como, por exemplo, a portuguesa. 1- Identifica o grupo social que participava na vida política da cidade. 2- Indica a instituição onde todo esse grupo podia participar. 3- Refere o nome das instituições onde só alguns elementos desse grupo participavam. Ana Rodrigues Oliveira e outros, Fio da História, Texto Editora
  22. 22. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 22 CONSTRUTORES DA DEMOCRACIA DRÁCON Atenas 650 a.C. – 600 a.C. - Publica as leis escritas impedindo os abusos da aristocracia - Atribuiu ao Estado o direito de punir os crimes http://mortenahistoria.blogspot.pt/2 012/02/morte-de-dracon.html consultado a 26/09/2017
  23. 23. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 23 CONSTRUTORES DA DEMOCRACIA SÓLON Atenas 638 a.C. – 558 a.C. - justiça igual para todos - repartição dos cargos públicos pelas várias classes sociais - Abolição da escravização por dívidas. https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%B3lon, consultado a 26/09/2017
  24. 24. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 24 CONSTRUTORES DA DEMOCRACIA CLÍSTENES Atenas 565 a.C. – 492 a.C. Concede a todos os cidadãos: Igualdade perante a lei (Isonomia) Igualdade de participação na vida pública (isocracia) Igualdade de uso da palavra (isegoria) https://pt.wikipedia.org/wiki/Cl%C3% ADstenes, consultado a 26/09/2017
  25. 25. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 25 CONSTRUTORES DA DEMOCRACIA PÉRICLES Atenas 565 a.C. – 492 a.C. consolidou a Democracia direta, onde o governo está sujeito à soberania popular e à vontade dos cidadãos https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3 %A9ricles, consultado a 26/09/2017
  26. 26. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 26 CONSTRUTORES DA DEMOCRACIA PÉRICLES Atenas 565 a.C. – 492 a.C. Instituiu a remuneração para os que desempenhassem cargos públicos (mistoforias) Diminuiu o poder dos mais ricos e poderosos no Areópago (tribunal que julgava crimes contra o Estado) https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3 %A9ricles consultado a 26/09/2017
  27. 27. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 27 Durante o governo de Péricles, muitos artistas, intelectuais e filósofos da Magna Grécia e de outras cidades-estado gregas foram viver e trabalhar para Atenas, tendo esta cidade recebido também influências culturais e artísticas do Egipto, da Mesopotâmia, de Creta e de Micenas https://goo.gl/iRr654, consultado a 26/09/2017
  28. 28. M1 - A cultura da Ágora O ESPAÇO – Atenas: a polis; a planta de Atenas; o mar e o porto 28 ATENAS FOI UM IMPORTANTE CENTRO FILOSÓFICO, CIENTÍFICO E ARTÍSTICO DURANTE TODA A ANTIGUIDADE CLÁSSICA https://goo.gl/hLvVPZ, consultado a 26/09/2017
  29. 29. M1 - A cultura da Ágora BIOGRAFIA – O grego Péricles 29 Família aristocrática mas ligada ao pensamento democrático 461 a.C. – eleito Strategos autokrator (Estratego=general) Será eleito mais de 20 vezes nos próximos 30 anos https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A9ricles consultado a 26/09/2017
  30. 30. M1 - A cultura da Ágora BIOGRAFIA – O grego Péricles 30 Torna-se na figura fundamental de Atenas. Inteligente, culto, honesto e competente. Incentiva à reconstrução de Atenas após as guerras com os persas. Mentor da supremacia política de Atenas que durante o seu governo atinge o apogeu.Busto de Péricles segundo Crésilas, Altes Museum, Berlim, https://goo.gl/6a1zVc, consultado a 28/09/2017
  31. 31. M1 - A cultura da Ágora BIOGRAFIA – O grego Péricles 31 Desperta invejas. Surgem ataques e acusações à sua figura e aos seus amigos, como Fídias, e sua esposa, Aspásia. Óstraco com o nome de Péricles (c. 444–443 a.C.), Museu da Antiga Ágora de Atenas, https://goo.gl/zMgfUU, consultado a 28/09/2017
  32. 32. M1 - A cultura da Ágora BIOGRAFIA – O grego Péricles 32 Guerra com Esparta começa a correr mal (Guerra do Peloponeso) Péricles é suspenso do governo. Morre vítima de peste em 429 a.C. Atenas entra em decadência económica, política e social https://goo.gl/QXZR6m, consultado a 28/09/2017
  33. 33. M1 - A cultura da Ágora BIOGRAFIA – O grego Péricles 33 Decadência de Atenas 435 a.C. Guerra do Peloponeso com Esparta 338 a.C. Atenas é conquistada por Felipe II da Macedónia II a.C. Grécia é conquistada por Roma https://goo.gl/UwVb3H, consultado a 28/09/2017
  34. 34. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 34 Xerxes, rei persa invade a Grécia (480 a.C.) União de várias cidades-estado Imagem do rei Xerxes I – túmulo em Naqshe Rustam, Irão, https://pt.wikipedia.org/wiki/Xerxes_I, consultado em 28/09/2017
  35. 35. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 35 Batalha de Termópilas – 300 espartanos chefiados por Leónidas resistem durante vários dias a 300 000 persas Atenas é pilhada e incendiada Ouçam seu destino, ó moradores de Esparta! Ou a sua famosa e grande cidade deve ser saqueada pelos filhos de Perseus, Ou, em troca, toda a terra da Lacônia (região do Peloponeso) Irá lamentar a morte de um rei, descendente do grande Heracle Profecia do Óraculo de Delfos, citado por Heródoto https://goo.gl/31a4im, consultado a 28/09/2017
  36. 36. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 36 Batalha de Termópilas – 300 espartanos chefiados por Leónidas resistem durante vários dias a 300 000 persas (estimativas) Ouçam seu destino, ó moradores de Esparta! Ou a sua famosa e grande cidade deve ser saqueada pelos filhos de Perseus, Ou, em troca, toda a terra da Lacônia (região do Peloponeso) Irá lamentar a morte de um rei, descendente do grande Heracle Profecia do Óraculo de Delfos, citado por Heródoto https://goo.gl/31a4im, consultado a 28/09/2017https://goo.gl/Cvb2WG, consultado a 28/09/2017
  37. 37. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 37 Atenas é pilhada e incendiada Fuga para Salamina Temístocles (almirante ateniense) atrai a frota ateniense (muito superior em número de barcos) para o estreito de Salamina Um soldado persa (esquerda) lutando contra um hoplita grego (direita), mostrada numa cílice datada do século V antes de Cristo., 499 a.C. – 449 a.C. , https://goo.gl/2xCj16, consultado a 28/09/2017
  38. 38. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 38 Temístocles concentrou a frota de 200 embarcações (trirremes) na baía de Salamina, enfrentando a frota persa, que, apesar do seu maior número, tinha dificuldades evidentes de maneabilidade no espaço exíguo do estreito, pelo que foi completamente derrotada pelos gregos. Xerxes foi obrigado a regressar à Ásia. https://goo.gl/anoC4k, consultado a 28/09/2017https://goo.gl/hXzyb3, consultado a 28/09/2017
  39. 39. M1 - A cultura da Ágora O ACONTECIMENTO – A batalha de Salamina (480 a.C.) 39 Os barcos gregos mais leves e ágeis destroem a armada persa (barcos maiores, mais pesados e menos manobráveis) que não conseguem manobrar no estreito. Com o fim das guerras persas (médicas) a Grécia conseguiu manter a sua independência – afastada a ameaça oriental. Atenas torna-se a mais importante cidade grega. A rivalidade entre Atenas e Esparta levará à decadência da Grécia.
  40. 40. M1 - A cultura da Ágora SÍNTESE – A organização do pensamento 40 Interrogação sobre os enigmas da Natureza e do Universo Ultrapassam o pensamento assente em mitos, religiosidade, sobrenatural FILOSOFIA – CONHECER, EXPLICAR Do MITO (descrição simbólica dos factos) ao LOGOS (entendimento racional dos fenómenos)
  41. 41. M1 - A cultura da Ágora SÍNTESE – A organização do pensamento 41 SÓCRATES (470-399 a.C.) “Só sei que nada ser e sobre tudo devo refletir” Só o conhecimento de si próprio e de tudo o que o rodeia é que permite ao Homem chegar à virtude, à verdade, ao Bem e ao Belo. http://unitedstill.com/wp-content/uploads/2015/03/socrates-2.jpg, consultado a 28/09/2017 A Filosofia procura o conhecimento do Homem
  42. 42. M1 - A cultura da Ágora SÍNTESE – A organização do pensamento 42 PLATÃO (427-347 a.C.) Discípulo de Sócrates Defende a sociedade perfeita assente na justiça, leis e Natureza Valoriza o conhecimento empírico (experiência) do mundo, a razão e a moral. As coisas só podem ser conhecidas pelos conceitos racionais e não pela sua aparência)https://goo.gl/22fmCi, consultado a 28/09/2017 Funda a Academia – “escola” onde se estudava a Psicologia, Matemática, Geometria, Astronomia e Lógica
  43. 43. M1 - A cultura da Ágora SÍNTESE – A organização do pensamento 43 ARISTÓTELES (384-322 a.C.) Discípulo de Platão. Observação da realidade, experimentação e valorização da razão para procurar encontrar as leis que regem o Universo. Fundador da Lógica. Funda o Liceu e criou o método peripatético de ensino Academia – “escola” onde se estudava a Psicologia, Matemática, Geometria, Astronomia e Lógica https://goo.gl/WMK91E, consultado a 28/09/2017
  44. 44. M1 A cultura da Ágora - O Homem da Democracia de Atenas HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES CURSOS PROFISSIONAIS: ARTES DO ESPETÁCULO E DANÇA CONTEMPORÂNEA A CULTURA DA ÁGORA 44 Professora Cristina Barcoso Lourenço maria.barcoso@agr-tc.pt historia.cultura.artes.faro@gmail.com FB: https://www.facebook.com/HCA.AETC/ Consultas: https://goo.gl/1aTXjy, consultado a 5/10/2017. PINTO e outros, Ideias e Imagens. Porto, Porto Editora, 2013. NUNES, Paulo Simões, História da Cultura e das Artes, Porto, Raiz Editora, 2013.

    Als Erste(r) kommentieren

    Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

  • SofiaAlves62

    May. 20, 2018
  • JssicaFernandes109

    Jun. 20, 2018
  • FilipaSnow

    Jan. 18, 2020
  • MarianaGonalves149

    Feb. 8, 2020
  • Renatasilva377

    Oct. 26, 2020

Destinado aos alunos de História da Cultura e das Artes - Cursos Profissionais de Teatro e de Dança.

Aufrufe

Aufrufe insgesamt

618

Auf Slideshare

0

Aus Einbettungen

0

Anzahl der Einbettungen

0

Befehle

Downloads

27

Geteilt

0

Kommentare

0

Likes

5

×