Anzeige

Aula 04

19. Mar 2010
Anzeige

Más contenido relacionado

Anzeige

Aula 04

  1. CRP-0357 Produção Gráfica Friday, 19 de March de 2010
  2. Aula 4 Critérios de avaliação gráfica e alfabetização visual (parte 3) Friday, 19 de March de 2010
  3. Friday, 19 de March de 2010
  4. Friday, 19 de March de 2010
  5. como cobrar por serviços de design? Friday, 19 de March de 2010
  6. design ruim = resultados ruins. A experiência é fundamental. • Poluição visual • Mensagem confusa ou não transmitida • Muitos leitores desistem de entender • Na web o formulário de busca é essencial • Quase nenhuma experiência é satisfatória Friday, 19 de March de 2010
  7. Por que o design não é valorizado? •A visão ainda é arcaica e amadora. • Programas são amigáveis e de operação fácil - e o que é fácil tem que ser barato. •O profissional é “artista”, não especialista. Friday, 19 de March de 2010
  8. O design não é valorizado Porque designers não resolvem problemas: mal definem os objetivos e quase nunca medem sua efetividade. Friday, 19 de March de 2010
  9. Falta a visão do design gerando resultados. • Só valorizamos um trabalho quando reconhecemos sua importância. •O que não mostra valor sempre será caro demais. Friday, 19 de March de 2010
  10. abstrato e concreto são inseparáveis. Friday, 19 de March de 2010
  11. muitos só acham importante o que podem medir. • Design não pode ser medido em gramas, metros ou litros. • Nem mesmo em horas: uma idéia pode ser criada em um instante ou demorar. Friday, 19 de March de 2010
  12. Como tangibilizar o intangível? • Os objetivos foram bem definidos? •O projeto vai aumentar a visibilidade? – Reduzir dúvidas ou custos? – Atrair mais pessoas? – Diminuir o número de páginas? – Aumentar a lucratividade? – Facilitar a vida do usuário? Friday, 19 de March de 2010
  13. Como tangibilizar o intangível? Então diga isso claramente. • Quantifique, exemplifique, demonstre. – Não faça quem tem pouca capacidade de abstração estética “supor” coisas. – Não faça quem é analfabeto em amarelo entender a importância do amarelo. Friday, 19 de March de 2010
  14. absolutamente nada é pressuposto. Nem essa frase. Friday, 19 de March de 2010
  15. design é mensurável •E tudo tem seu preço. • Divida o (re)design em partes e tente classificá-las em ordem de importância e custo para você. • Termos mensuráveis são difíceis de combater ou rejeitar. Friday, 19 de March de 2010
  16. ROI retorno sobre o investimento • Usado quando há muitas variáveis ou quando alguns parâmetros são difíceis de medir. • Costuma ser um dos principais argumentos na restrição a investimentos em design. Friday, 19 de March de 2010
  17. design e disciplina de negócios: 1. Identificar e estudar 5. Integrar o design à os usuários; comunicação; 2. Modelar cenários; 6. Harmonizar objetivos do usuário e do 3. Identificar barreiras negócio; e para o progresso; 7. Priorizar mudanças 4. Determinar o impacto por seu grau de das mudanças; impacto e esforço. Friday, 19 de March de 2010
  18. Mais um pouco de teoria de design Friday, 19 de March de 2010
  19. Consistência e estrutura clara São as principais diferenças entre design e outras formas de expressão. Friday, 19 de March de 2010
  20. Coerência implícita O design é responsável pela unidade do discurso do produto que envolve. Ele dá o “tom” da conversa. Friday, 19 de March de 2010
  21. Relembrando: • Harmonia • Camadas • Equilíbrio • Contraste • Figura vs. Fundo • Fluxo / Ritmo • Ênfase, hierarquia • Simplicidade / • Formas Síntese Friday, 19 de March de 2010
  22. Friday, 19 de March de 2010
  23. Friday, 19 de March de 2010
  24. Friday, 19 de March de 2010
  25. Friday, 19 de March de 2010
  26. Friday, 19 de March de 2010
  27. Friday, 19 de March de 2010
  28. Friday, 19 de March de 2010
  29. Friday, 19 de March de 2010
  30. Friday, 19 de March de 2010
  31. Friday, 19 de March de 2010
  32. Friday, 19 de March de 2010
  33. Friday, 19 de March de 2010
  34. Alguns argumentos técnicos: • Proximidade e alinhamento • Proporção • Consistência • Legibilidade Friday, 19 de March de 2010
  35. Proximidade e alinhamento Friday, 19 de March de 2010
  36. Friday, 19 de March de 2010
  37. Friday, 19 de March de 2010
  38. Friday, 19 de March de 2010
  39. Friday, 19 de March de 2010
  40. Friday, 19 de March de 2010
  41. Friday, 19 de March de 2010
  42. Friday, 19 de March de 2010
  43. Friday, 19 de March de 2010
  44. Proximidade e alinhamento • Reconhecemos, agrupamos e damos sentido às coisas que estão próximas. • Teste da régua: o alinhamento deve ser consistente. É bom repeti-lo em todas as páginas, ou sempre que o assunto ou a hierarquia forem os mesmos. Friday, 19 de March de 2010
  45. Proximidade e alinhamento • Para romper com um alinhamento é preciso consciência (para calcular o impacto) e coragem: o novo alinhamento deve ser evidente e chamar a atenção. Se for só um pouquinho dá a impressão de descuido. Friday, 19 de March de 2010
  46. Proximidade e alinhamento • Defeito principal: elementos que parecem estar “soltos”, jogados em algum lugar sem nenhuma relação com as margens ou mesmo com os outros elementos de texto. Friday, 19 de March de 2010
  47. Proximidade e alinhamento • Isso costuma dar um enorme trabalho e desconforto ao leitor, que fica tentando procurar os pontos em comum. •O agrupamento evidente dá a sensação de harmonia e consistência gráfica. Friday, 19 de March de 2010
  48. Proporção Elementos complementares precisam ser proporcionais. Friday, 19 de March de 2010
  49. Proporção • Componentes de uma mesma mensagem devem ser complementares – assim serão vistos como um todo. • Dois elementos que tenham tamanhos, cores, formas ou direções diferentes devem ter pesos diferentes. Friday, 19 de March de 2010
  50. Friday, 19 de March de 2010
  51. Friday, 19 de March de 2010
  52. Friday, 19 de March de 2010
  53. Friday, 19 de March de 2010
  54. Friday, 19 de March de 2010
  55. Consistência Crie as regras que quiser, depois respeite-as Friday, 19 de March de 2010
  56. Friday, 19 de March de 2010
  57. Friday, 19 de March de 2010
  58. Legibilidade Textos existem para serem lidos, Imagens existem para ser vistas. Friday, 19 de March de 2010
  59. Relembrando: • Harmonia • Camadas • Equilíbrio • Contraste • Figura vs. Fundo • Fluxo / Ritmo • Ênfase, hierarquia • Simplicidade / • Formas Síntese Friday, 19 de March de 2010
  60. Bom vs. Mau design: • Como julgar design? • Algumas sugestões de critério: – Aparência – Relevância – Inovação – Impacto Friday, 19 de March de 2010
  61. O design depende de: • Objetivos • Público • Formato • Resposta Friday, 19 de March de 2010
  62. Bom design estabelece relações de interdependência: • Desenho • Projeto • Desígnio Friday, 19 de March de 2010
  63. Julgamento das peças gráficas Antes de julgá-las, vamos criar um critério. E depois, segui-lo. Friday, 19 de March de 2010
  64. 1 Friday, 19 de March de 2010
  65. 2 2 Friday, 19 de March de 2010
  66. 3 3 Friday, 19 de March de 2010
  67. 4 4 Friday, 19 de March de 2010
  68. 5 5 Friday, 19 de March de 2010
  69. 1 6 Friday, 19 de March de 2010
  70. 1 7 Friday, 19 de March de 2010
  71. 1 8 Friday, 19 de March de 2010
  72. 1 9 Friday, 19 de March de 2010
  73. 1 10 Friday, 19 de March de 2010
  74. 1 11 Friday, 19 de March de 2010
  75. 1 12 Friday, 19 de March de 2010
  76. 1 13 Friday, 19 de March de 2010
  77. 1 14 Friday, 19 de March de 2010
  78. 1 15 Friday, 19 de March de 2010
  79. 1 16 Friday, 19 de March de 2010
  80. 1 17 Friday, 19 de March de 2010
  81. 1 18 Friday, 19 de March de 2010
  82. 1 19 Friday, 19 de March de 2010
  83. 1 20 Friday, 19 de March de 2010
  84. 1 21 Friday, 19 de March de 2010
  85. 1 22 Friday, 19 de March de 2010
  86. 1 23 Friday, 19 de March de 2010
  87. 1 24 Friday, 19 de March de 2010
  88. 1 25 Friday, 19 de March de 2010
  89. 1 26 Friday, 19 de March de 2010
  90. 1 27 Friday, 19 de March de 2010
  91. 1 28 Friday, 19 de March de 2010
  92. 1 29 Friday, 19 de March de 2010
  93. 1 30 Friday, 19 de March de 2010
  94. 1 31 Friday, 19 de March de 2010
  95. 1 32 Friday, 19 de March de 2010
  96. 1 33 Friday, 19 de March de 2010
  97. 1 34 Friday, 19 de March de 2010
  98. 1 35 Friday, 19 de March de 2010
  99. 1 36 Friday, 19 de March de 2010
  100. 1 37 Friday, 19 de March de 2010
  101. 1 38 Friday, 19 de March de 2010
  102. 1 39 Friday, 19 de March de 2010
  103. 1 40 Friday, 19 de March de 2010
  104. Mais algumas peças clássicas de design: Antes de julgá-las, vamos criar um critério. E depois, segui-lo. Friday, 19 de March de 2010
  105. Friday, 19 de March de 2010
  106. 1 Friday, 19 de March de 2010
  107. 1 Friday, 19 de March de 2010
  108. 1 Friday, 19 de March de 2010
  109. 1 Friday, 19 de March de 2010
  110. 1 Friday, 19 de March de 2010
  111. 1 Friday, 19 de March de 2010
  112. 1 Friday, 19 de March de 2010
  113. 1 Friday, 19 de March de 2010
  114. 1 Friday, 19 de March de 2010
  115. 1 Friday, 19 de March de 2010
  116. 1 Friday, 19 de March de 2010
  117. 1 Friday, 19 de March de 2010
  118. Tarefa: WECA Analisar, segundo os tópicos de design, as peças: • Fotografia • Sumi-e • Artes Plásticas • Iluminura • Cartaz • Caligrafia asiática • Basmala • Anúncio • Mosaico • Website Friday, 19 de March de 2010
Anzeige