Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

TelevisãO E Dvd X MediaçãO PedagóGica

1.343 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

TelevisãO E Dvd X MediaçãO PedagóGica

  1. 1. TELEVISÃO E DVD x MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA<br />Aluna: Elaine C. Magalhães<br />
  2. 2. Vídeo é uma forma múltilinguística de contar, de superposição de códigos e significações audiovisuais, próxima da sensibilidade e prática do homem urbano.<br />
  3. 3. A força do vídeo está na interligação das linguagens sensorial, visual, falada, musical e escrita.<br />RECEPTOR = LAZER + POUCO ESFORÇO E ENVOLVIMENTO + <br />MÚLTIPLAS ATITUDES PERCEPTIVAS + SOLICITA IMAGINAÇÃO<br />
  4. 4. Quando o seu uso torna-se inadequado:<br />. Vídeo tapa-buraco<br />. Vídeo- enrolação<br />. Vídeo-deslumbramento<br />. Vídeo-perfeição<br />. Só-vídeo<br />
  5. 5. Algumas propostas de utilização em sala de aula:<br />. Vídeo como sensibilização: introdução, curiosidade, motivação;<br />. Vídeo como ilustração: cenários desconhecidos, realidades distantes;<br />. Vídeo como simulação: experiências, aceleração de processos (plantas);<br />
  6. 6. . Vídeo como conteúdo de ensino: mostra assunto<br /> de forma direta ou indireta;<br />. Vídeo como produção: como documentação,<br />registro de eventos, de aulas, de estudo do<br />meio, de experiências, de entrevistas, como <br />intervenção de determinado programa editando<br />um novo material em cima deste;<br />
  7. 7. . Vídeo como avaliação: dos alunos, do professor, do processo;<br />. Vídeo espelho: ver-se na tela para compreender-se, para analisar o grupo e papel de cada um, para acompanhar comportamento de cada um, para incentivar os mais retraídos e pedir para os que falam muito darem mais espaço aos colegas.<br />
  8. 8. Analisando o vídeo:<br />. Em conjunto<br />. Globalizante<br />. Concentrado<br />. Funcional<br />. Da linguagem<br />
  9. 9. Outras dinâmicas que se pode usar:<br />. Completar o final da história;<br />. Modificar um vídeo sobre determinado assunto;<br />. Fazer uma vídeo produção para exibição em classe;<br />. Comparar um vídeo baseado em uma obra literária;<br />. Analisar informações dos telejornais e compará-los com a de um jornal impresso.<br />
  10. 10. Conclusão:<br />Para que se alcance um resultado eficiente ao usar o vídeo, sabemos que a presença de um professor observador, experiente, dotado de bom senso e capaz de intermediar de forma positiva o uso da televisão na educação, é imprescindível, caso contrário, esse recurso tão largamente utilizado no cotidiano, de nada valerá dentro da sala de aula.<br />
  11. 11. Referências:<br />O Vídeo na Sala de Aula (J. M. Moran) – Revista Comunicação & Educação. São Paulo, ECA – Ed. Moderna, 25 – 35, jan/abr 1.995.<br />Moran, José Manuel. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica – 7º edição, Campinas. Papirus, 2.003.<br />

×