Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

Suzy anne lopes de souza proposta gestão de pessoas 2013

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 10 Anzeige
Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Diashows für Sie (20)

Andere mochten auch (20)

Anzeige

Ähnlich wie Suzy anne lopes de souza proposta gestão de pessoas 2013 (20)

Suzy anne lopes de souza proposta gestão de pessoas 2013

  1. 1. Proposta para a Gestão 2013 Diretoria de Gestão de Pessoas 1. Apresentação: • Nome: Suzy Anne Lopes de Souza • Idade: 20 anos • Tempo de EJ: Oito meses • Diretoria/Cargo Atual: Diretoria Gestão de Pessoas / Membro • Cargo Pretendido: Diretora de Gestão de Pessoas • Breve Histórico de Realizações: Entrei na empresa no Processo Seletivo realizado em 2012.1, no qual realizei o Projeto Trainee de Estratégia de aproximação de Parceiros, que foi uma experiência muito interessante, onde foi possível ter contato com uma área totalmente nova pra mim, que é a área do Marketing, no qual me agregou muito conhecimento. Através desse Projeto pude conhecer outras EJs (por meio dos benchmarkings), no qual foi muito agregador ter um contato direto com pessoas experientes no MEJ. Após ser efetivada, fui alocada na Diretoria de Gestão de Pessoas, na qual conheci todas as atividades que são relacionadas ao desenvolvimento e o acompanhamento dos membros. Algo que foi muito importante pra mim, foi participar da implementação do PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), onde passamos a acompanhar mais efetivamente os membros, realizando auto-avaliações, planos de ação e o acompanhamento destes, rodadas de feedback, que fez com que a Diretoria de GP estivesse mais perto dos membros da empresa. Em GP, realizei atividades como Descrição de Cargos da Diretoria de Administrativo-financeiro, Entrevistas de Desligamento, confecção dos cartões de aniversário, criação de um formulário de Feedback e de Eficácia de treinamento, elaboração de uma planilha de desempenho dos membros, benchmarkings, entre outras atividades. Ao longo do tempo que estou nessa diretoria, realizei cerca de 5 acompanhamentos de projetos, onde foi realizada a seleção da equipe com membros da Insight e do IP, o acompanhamento da equipe através dos e-mails e a rodada de feedback no final do projeto. Entrei para a UFRJr sendo assessora de expansão, onde estava sendo reestruturado o papel do núcleo, que foi muito enriquecedor e gratificante participar de toda a estruturação do Planejamento Estratégico da UFRJr. A Coordenação de Expansão neste núcleo tem como objetivo disseminar o MEJ nos cursos que ainda não tem Empresa Júnior, trazendo os ideias do empreendedorismo para aqueles que ainda não conhecem. A experiência na UFRJr me aproximou mais do MEJ, pois, além de trabalharmos com as outras empresas juniores da UFRJ, temos o papel de difundir os valores do Movimento Empresa Júnior para os outros alunos. Participei também dos seguintes projetos: Processo Seletivo Interno de 2012.2, Treinamento e Desenvolvimento da EjCM e gerenciei a Organização da JPOT. Estou atualmente no Projeto de Diagnóstico Organizacional da Cadore.
  2. 2. 2 - Por que você está se candidatando a este cargo? Como esta experiência se alinha aos seus objetivos pessoais e profissionais? Decidi me candidatar ao cargo de diretoria, pois tenho certeza que me agregará muito, não só como profissional, mas como pessoa, portanto, vejo uma oportunidade de crescimento tanto profissional como pessoal. Acredito que a minha motivação em assumir o cargo é algo relevante, já que ser diretora de Gestão de Pessoas está muito relacionado à gerar motivação nos outros membros e isso é algo que tenho como primordial. Além disso, tenho grande interesse em seguir a carreira da Psicologia Organizacional, pois é uma área ao qual me identifico muito, sendo desde o início da minha formação, a área da Psicologia que eu tinha um maior interesse. Tenho certeza que mesmo que eu não decida seguir essa área de RH, o conhecimento adquirido enquanto diretora, será sem dúvidas, relevante para qualquer carreira que eu for seguir. Vejo que através deste cargo, terei a oportunidade de contribuir para o desenvolvimento dos membros da Insight, e consequentemente para o crescimento da empresa, tendo este um caráter extremamente satisfatório para mim, por me identificar tanto com a empresa e com os ideias do MEJ. 3. Faça uma breve descrição das principais responsabilidades e competências comportamentais necessárias para o cargo pretendido. A Diretoria de GP é responsável por pensar no desenvolvimento e bom relacionamento de todos os membros da empresa, cuidando para que haja um bom clima organizacional, sendo necessário saber dar feedbacks, ter habilidade no trato para lidar com os membros e com as questões de relacionamento que ocorrerem. Acredito que o papel da diretora de GP é ajudar a Insight como um todo, não somente no que diz respeito ao bem-estar dos membros da empresa, mas também auxiliando-a a ter uma visão mais estratégica e crítica, estimulando uma aproximação cada vez maior dos membros da empresa com o MEJ, contribuindo para o crescimento da empresa. Além disso, cabe à esse cargo estimular a produção da gestão do conhecimento, fazendo com que os membros queiram conhecer cada vez melhor aquilo que estão se propondo a fazer, buscando treinamentos eficazes, com o objetivo de capacitá-los para a realização de um trabalho de qualidade. Entendo que este cargo exige competências para que estas atividades sejam realizadas de uma forma satisfatória, como comprometimento e liderança que são imprescindíveis em qualquer cargo de diretoria. No entanto, destaco como competências importantes especialmente para a diretoria de Gestão de Pessoas, as capacidade mencionadas anteriormente como a capacidade de dar e receber feedback, sensibilidade e habilidade no trato, podendo acrescentar também a comunicação, capacidade de construir idéias de modo colaborativo, no qual é exigido saber ouvir, e a resistência a frustação, pelo fato de investirmos em pessoas, que nem sempre podem nos corresponder. 4. Aponte suas principais forças e fraquezas para assumir o cargo pretendido: FORÇAS Apresento como forças, primeiramente a minha experiência na diretoria de Gestão de Pessoas, que me fez absorver muitos conhecimentos e que me dará um norte do que eu devo fazer na minha gestão. Além disso, considero como força a minha comunicação, pelo fato de ter facilidade para falar em público, de interagir com outras pessoas e de
  3. 3. estabelecer um bom relacionamento. Outra força que gostaria de destacar é a Habilidade no trato, sendo esta uma compertência importante no que diz respeito à Gestão de Pessoas. Gostaria também de destacar a dedicação como um ponto positivo, porque o cargo em questão exige muita dedicação, que é algo que eu procuro ter em tudo que me proponho a fazer, além da motivação de estar à frente de uma equipe. FRAQUEZAS Como fraquezas posso mencionar a dificuldade de organização e o mau aproveitamento do tempo, como fatores que eu preciso melhorar. Aponto como fraqueza a dificuldade de pensar à longo prazo, mas que tenho buscado desenvolver na Insight; E objetividade também é algo que ainda precisa ser desenvolvido. 5. Como você pretende superar as fraquezas listadas acima? Acredito que o cargo de diretoria me ajudará a desenvolver todas essas competências que ainda me faltam. A dificuldade de organização e o mau aproveitamento do tempo, será trabalhado através de um planejamento das tarefas que precisam ser executadas, pois eu sinto a necessidade de ter prazos para que seja possível me organizar. Procurarei otimizar o meu tempo, para que eu consiga realizar as minhas atividades de maneira satisfatória. Quanto à dificuldade de pensar à longo prazo, acredito que será muito estimulado durante a gestão de diretoria, pelo fato de termos que planejar as ações realizadas na diretoria. A objetividade será algo que procurarei desenvolver, focando nas metas que precisam ser alcançadas. 6. Qual o seu planejamento pessoal para dedicação ao cargo? No ano de 2013, estarei completando o 6º período, no qual a grade é mais flexível contendo apenas quatro matérias obrigatórias. Mas como eu estou em um estágio de pesquisa no qual me exige pelo menos um dia da semana, procurei deixar espaço na minha grade, para que eu disponha de tempo para me dedicar à Insight, abrindo mão até mesmo de matéria obrigatória. Durante a gestão de 2013, estarei cursando o 7º e o 8º período, que são períodos mais tranquilos quanto ao número de matérias a serem cumpridas. Por isso vejo que não ficarei sobrecarregada com muitas matérias. Tenho como objetivo, fazer o máximo para que eu consiga dar conta de todas as matérias da faculdade, mas tenho como um fator importante o tempo necessário para que eu execute as minhas tarefas enquanto diretora da Insight, que é algo que tenho como prioridade no momento. 7. Como você avalia a gestão de 2012 para a Insight? Além de uma avaliação geral, desenvolva uma análise de cada diretoria com ênfase na pretendida, levantando suas forças e fraquezas. A Gestão de 2012, a meu modo de ver, gerou um crescimento da Insight tanto internamente quanto externamente, pois implantou um Pano de Desenvolvimento Individual com o objetivo de acompanhar o crescimento dos membros, e aumentou a sua representatividade tanto no MEJ quanto no Mercado, por ter fechado projetos expressivos como a Cadore. Além disso, obteve boas orientações nos projetos e se aproximou de alguns professores, que pode colaborar muito para a Insight. Dessa forma, avalio a Gestão de 2012 como de forma positiva.
  4. 4. A) ADM-FIN Nesta diretoria, eu destaco o ótimo clima de trabalho, que com certeza, refletiu sobre o cumprimento das tarefas, mesmo sendo atividades burocráticas. Percebo que ainda falta integração entre as tarefas desempenhadas pelos membros da diretoria, onde cada um é responsável por determinada função. Também acho que deve ser mais efetiva a cobrança da presença dos membros em eventos obrigatórios e a assuidade nos plantões. Quanto às atividades que estão relacionadas aos projetos, vejo um distanciamento do acompanhante com relação aos demais membros do projeto, onde este executa as suas tarefas mas não existe um contato com os aqueles que estão no projeto. Percebo uma transparência nessa Diretoria que procura expor tudo o que está sendo gasto na empresa. B) Marketing No Marketing, destaco como ponto importante o empenho na reformulação da Identidade Visual da Insight, que teve um resultado muito satisfatório. A formulação do site é algo que ainda está pendente, mas percebo uma preocupação da diretoria quanto à isso. Além disso, há um empenho em fazer com que o CRM seja utilizado de uma maneira efetiva. Acredito que ainda há uma deficiência quanto à criação de estratégias para prospecção de clientes e de parceiros. Vejo que também há uma dificuldade em divulgar a imagem da Insight e os seus valores para os alunos do IP e para o Mercado como um todo. C) Presidência A Presidência no início do ano contava apenas com o Presidente, que não tinha assessores e através deste houve uma aproximação da empresa com o MEJ e a nossa orientadora. Vejo também que houve uma preocupação do Presidente em se aproximar dos membros, pra saber como estavam com relação à Insight. Acredito que poderia ter tido uma maior transparência quanto ao trabalho realizado pelo presidente, pois eu não tenho conhecimento das tarefas que são de responsabilidade da Presidência. No segundo semestre, com a entrada dos assessores, houve mudanças quanto á responsabilidades que eram de Marketing e que eu acredito que era realmente mais aconselhável ser tarefa da Presidência, como por exemplo, a prospecção de parceiros, mas que ainda não foi visto os resultados dessa mudança. D) Projetos A diretoria tem um bom engajamento em tudo o que se refere à Insight. Considero a motivação e o relacionamento interno muito bom, pois vejo que todos sabem do trabalho do outro e ajudam quando é necessário.Mas acredito que ainda falta um pouco mais de postura crítica frente a demanda do cliente em negociação, fazendo uma análise quanto se realmente o projeto terá um retorno para a Insight, se irá desenvolver os membros. Percebo uma preocupação da diretoria em fazer uma prospecção ativa, mas que ainda não foi efetiva. Também é importante ressaltar os projetos expressivos que foram fechados, que beneficiará a Insight não só financeiramente como também aumentará a sua representatividade frente ao Mercado.
  5. 5. O núcleo de Acompanhamento tem procurado se aperfeiçoar, através de cursos e de conhecimento das ferramentas utilizadas. Pude ver o acompanhamento efetivo apenas do projeto que estive gerenciando, no qual o acompanhante se mostrou muito preocupado com o andamento do projeto, me auxiliando no preenchimento da planilha de Gerenciamento. E) Vice-Presidência A Vice é uma diretoria que procurou mostrar a importância de sua atuação na Insight, estimulando a execução dos planos de ação nos prazos, e apresentando os resultados alcançados pelas diretorias. No que diz respeito à Qualidade, houve um cuidado em realizar um bom relatório dos Projetos, cobrando os acompanhantes o preenchimento da Planilha. Quanto ao PEP, o acompanhamento das diretorias no cumprimento dos planos de ação foram eficazes, porque a presença do acompanhamente nas reuniões geraram bons resultados. F) Gestão de Pessoas A Diretoria de GP teve uma grande preocupação no Desenvolvimento dos membros, que pode ser percebido pelo número de Treinamento realizados, entre outras atividades. A gestão de 2012 teve como ponto positivo a aplicação do PDI (Plano de Desenvolvimento Individual) sendo esta uma prática que auxiliou este diretoria a se aproximar dos membros das outras diretorias, além de executar um acompanhamento das metas construídas, tendo como finalidade o desevolvimento de competências para que este alcance seu objetivo de vida. No entanto, vejo que existe a necessidade de aprimorá-lo e de padronizá-lo. Outro ponto importante é o PSI que teve dificuldades de ser executado no meio do ano devido a greve e que precisa ser melhor estruturado frente às análises dos candidatos, a divulgação e as capacitações. A diretoria manteve um ótimo clima interno, onde as reuniões eram feitas de uma forma descontraída, e havia a liberdade para dar e receber feedbacks sendo isto imprescindível em uma diretoria de Gestão de Pessoas. Acho que a prática de Feedback deveria ser mais incentivada, mesmo reconhecendo que houve uma preocupação desta gestão em conscientizar os membros da importância dessa prática. Não foi realizado um Levantamento de Necessidades, que é algo necessário para estruturar os treinamentos a serem dados para os membros. O Mapeamento de Competências também não foi feito, mas está como prioridade para o ano que vem. Um ponto positivo da Gestão de 2012 foi a execução da Prática de Realinhamento, que não era realizada, e que tem como função manter o alto nível do trabalho da equipe. Promover integrações entre os membros, foi algo que não foi realizado pela diretoria, mas que tem um papel importante para que os membros estreitem os seus relacionamentos e não se restrinjam apenas em suas diretorias. Outro fator importante, são as práticas motivacionais que não foram implantadas, mas que houve uma preocupação em conhecer as práticas realizadas por outras Ejs através de benchmarkings.
  6. 6. 8. Avalie a sua participação e conhecimento sobre o MEJ. Meu interesse pelo MEJ surgiu desde o primeiro contato direto que tive com ele, que foi na palestra do Mateus e do Pedro da Rio Junior, a partir de então o meu interesse só cresceu. Logo me candidatei para a UFRJr, no qual exerço o cargo de assessora de Expansão, que me proporcionou uma aproximação com outras pessoas que buscam o mesmo ideal, que acabaram me motivando ainda mais a me envolver com o Movimento. Me considero muito engajada no MEJ, por me identificar tanto com os seus ideias e valores. Busco estar na maior parte dos eventos, no qual aprendo muito com as experiências dos empresários juniores, além de conhecer mais o MEJ e tudo o que o envolve. Sei o quanto é importante representar a Insight perante o MEJ, de se mostrar presente para as outras empresas, estreitar os laços entre as EJs, pois sei que isso pode gerar frutos para a Insight e para o MEJ, por isso tenho a preocupação de ter um bom relacionamento com as demais Empresas. Com o Projeto T&D da EjCM pude ter um contato maior com os membros desta empresa e procuro estabelecer contatos com os membros de outras EJs seja através de benchs ou de Cerimônias. Tenho grande interesse em atuar na Rio Junior, e acredito que seria uma experiência maravilhosa, mas que não é a minha prioridade no momento. Tenho aprendido muito com aqueles que já tem uma bagagem de MEJ e busco alcançar o mesmo conhecimento, através da minha vivência no Movimento. 9. Estabeleça planos de ação ou diretrizes frente às seguintes situações: O Caixa da Insight no ano de 2012 tem se mantido na faixa de R$ 7.000 a R$ 10.000 reais, tendo em vista as despesas fixas da Insight, quais seriam as suas prioridades no caso: a. Do caixa se manter estável Arcaria com os gastos fixos da empresas como contadora, Rio Júnior, materiais de papelaria e de manutenção dos equipamentos, além de priorizar o reembolso dos membros nos projetos. Investiria também em uma campanha de marketing estratégico para o fortalecimento da imagem da empresa frente ao mercado, e na divulgação dos nosso serviços. b. Do caixa apresentar um aumento de pelo menos 50% Além da que foram citadas acima, investiria na compra de um data-show, porque não acho a câmera da Insight tão efetiva nesse aspecto. Além disso, auxiliaria na participação dos membros em eventos MEJ, contribuindo com uma parte do valor do evento. Também investiria na capacitação dos membros, através de profissionais de alta qualidade. c. Do caixa apresentar um declínio superior a 50% Priorizaria os gastos fixos, e procuraria investir na prospecção de clientes e no estabelecimento de parcerias. Cortaria os gastos excedentes, assim como o reembolso.
  7. 7. 10. Exponha sua proposta de Melhoria/Desenvolvimento para a diretoria que está se candidatando.  Processo Seletivo • Projeto Interno O quê? O PSI deixaria de ser uma prática de GP para ser um Projeto Interno da Insight. Porquê? Porque dá a oportunidade dos membros de outras diretorias estarem em contato com este serviço, sendo este uma prática interna, além de não deixar a diretoria de GP sobrecarregada com as atividades do PSI. Como? O Gerente do PSI seria um membro da diretoria de GP, assim como é feito com a PCO, mas seria aberta a seleção dos membros para o projeto, buscando ter o máximo de diretorias envolvidas no projeto, como por exemplo, membros de marketing que contribuiríam na divulgação do PSI. Também seria importante que houvesse pelo menos um membro da DE, pois acredito que acrescentaria muito com um olhar crítico no que diz respeito ao perfil exigido pela Insight. • Avaliação dos candidatos durante o Processo Seletivo O quê? Utilização de uma planilha compartilhada para serem feitas as anotações de todas as atividades realizadas no PSI, com as observações feitas durante as etapas. Porquê? Para que todos da equipe tenham acesso as informações de todos os candidatos, que facilita na avaliação deles, quando tivermos que alocá-los em diretorias. Como? Através de uma planilha no docs, que seria padronizado, contendo os espaços necessários para serem feitas as anotações dos candidatos, desde a redação até as capacitações do trainee, concentrando todas as observações em apenas um local. • Trainee O quê? Reestruturação do Trainee, de modo que este seja aproveitado de forma eficaz, sem encher os trainees com tantas informações que muitas vezes não são lembradas ao realizarem as atividades da Insight. Porquê? Porque os trainees precisam ser capacitados com o conhecimento necessário para que efetuem um bom trabalho na Insight, mas precisamos entender que grande parte do conhecimento só é absorvido na prática. Além disso, o Trainee funciona como uma forma de motivá-los a fazer parte da empresa, contribuindo para o crescimento desta, e consequentemente o seu próprio desenvolvimento profissional. Como? Com capacitações referentes ao MEJ, mostrando como essa experiência irá agragar valores para eles, através de nomes expressivos do MEJ com apresentações sobre Empreendedorismo, e sobre as instâncias que os envolvem, como o Núcleo UFRJr. Os serviços que a Insight oferece seriam apresentados através de uma breve apresentação, pois os trainees teriam um conhecimento mais aprofundado dos serviços através do Projeto trainee, que seria a realização de um Projeto fictício de um dos nosso serviços, no qual eles teriam que trazer algo inovador para o Projeto, sendo orientados por pessoas experientes no serviço.  PDI • Sitematizar a utilização do PDI
  8. 8. O quê? O PDI é uma ferramenta utilizada para promover o desenvolvimento do membro na empresa, mas que precisa ser sistematizada, quanto aos prazos que devem ser cumpridos referente à esse acompanhamento. Porquê? Para que possamos ser seguir um Planejamento, a fim de que haja um acompanhamento eficaz das metas estabelecidas junto aos membros. Como? Seria pertinente buscar realizar um acompanhamento junto ao membro trimestralmente, para que possa discutir as metas alcançadas e avaliar o que pode ser feito para que este alcance o seu objetivo, traçando novas metas. Isso faria com que o acompanhante de GP tivesse o vínculo maior com os membros acompanhados. Seria criado um cronograma com as datas de todas as atividades do PDI no decorrer do ano, estabelecendo prazos que deverão ser cumpridos.  Gestão do Conhecimento • Formulação de Padrões de Execução do PDI, da confecção dos cartões de aniversário, Mapeamento de competências e PCO. O quê? Formulação de um manual para utilização do PDI, não somente da Planilha, mas também de todas as atividades que o envolvem. Além do PDI, as outras atividades que são de responsabilidade de GP, precisam ser descritas em Padrões de Execução. Porquê? Para que os próximos membros tenham o conhecimento de como é realizado cada uma dessa atividades. Como? Através de um documento, descreveríamos detalhadamente todo o processo que envolve cada uma dessas atividades, que serve como gestão de conhecimento de tudo o que é realizado pela diretoria de GP, sendo estes armazenados no dropbox.  Acompanhamento dos Projetos • Acompanhante de GP mais próximo O quê? Como o acompanhante de GP tem função de ajudar no desenvolvimento de cada um dentro do projeto e solucionar possíveis problemas de relacionamento, proponho que o acompanhante converse com o gerente para saber do andamento de cada um dentro do projeto, e que participa de algumas reuniões do Projeto para acompanhar os membros, mas que seria definido de acordo com o tamanho do Projeto. Porquê? Porque somente com o acompanhamento dos e-mails, não há a possibilidade de saber como está sendo o relacionamento da equipe. Como? Através de breves reuniões com o gerente, que podem ser realizadas uma vez ao mês, e acompanhando algumas reuniões da equipe. • Integração dos acompanhantes do Projeto O quê? Proponho que na primeira reunião da equipe do Projeto, estejam presentes todos os acompanhantes para que todos se conheçam, e que ao final do Projeto, quando ocorre a avaliação final, todos estejam presentes também, havendo uma confraternização no final.
  9. 9. Porquê? Percebo que há um distanciamento dos acompanhantes com relação à equipe do projeto, que muitas vezes nem sabem quem são esses acompanhantes, que só são conhecidos por causa da Planilha de Qualidade. Como? Através da presença desses acompanhantes no início e no final do Projeto, promovendo uma aproximação destes.  Práticas Motivacionais • Mural de Fotos O quê? Formulação de um quadro onde colocamos as fotos dos membros que estiveram presente nos eventos MEJ, em nossas confraternizações. Porquê? Para incentivar todos a irem e assim que todos se integrem mais, gerando um melhor ambiente de trabalho. Como? Seria um pequeno quadro no mural da Insight, que seria sempre atualizado à medida que ocorressem os eventos, com apenas algumas fotos. • Reconhecimento dos membros O quê? Realizar práticas com objetivo de reconhecer os membros pelas atividades realizadas. Porquê? Para que estes se sintam motivados e motivem outros também. Como? Utilização de papéis com o símbolo “curti” que devem ser colocados no Mural de Feedback, que seria apenas um espaço para o reconhecimento do trabalho de algum membro; A utilização de uma planilha que contém todos as avaliações de desempenho do membro (Rodada de feedback de projeto e de diretoria), como uma forma de meritocracia, para que o que for melhor avaliado, seja beneficiado com cursos, ou qualquer outra forma de benefício.  LNT e Treinamentos • Aplicar um Levantamento de Necessidades O quê? Levantar as principais necessidades de Treinamento, no qual cada membro sugere o que deveria ser investido em forma de treinamento, não somente para a sua diretoria mas para as outras atividades relacionadas a empresa. Porquê? Porque precisamos entender quais são as reais necessidades dos membros, para podermos investir naquilo que é visto como necessário a fim de não aplicarmos um treinamento aleatoriamente. Como? Cada acompanhante de GP, deve se reunir com os membros da diretoria que acompanha para levantar as necessidades específicas desta diretoria, sendo guiado por um questionário, mas que deveria ser pensado também em treinamentos necessários para todos da empresa. • Treinamentos mais efetivos O quê? Fazer com que os treinamentos sejam melhor aproveitados pelos membros a fim de que estes absorvam o conteúdo de forma satisfatória. Porquê? Porque através de uma capacitação nem sempre é alcançado o objetivo, pelo pouco tempo disponível.
  10. 10. Como? Com treinamentos que estejam relacionados aos serviços que estão sendo executados em projetos, a fim de que seja uma maneira de auxiliar na execução do Projeto; Capacitações com atividades a serem realizadas pelos membros durante ou após os treinamentos;  Reconhecimento dos alunos do IP • Aproximação com os demais alunos do Instituto. O quê? Expor o que é realizado na Insight, estreitando o relacionamento com os outros alunos, para que percebam que é possível empreender em Psicologia. Porquê? Para seremos reconhecidos pela excelência na atuação em Psicologia empreendedora na UFRJ, e assim, alcançarmos a nossa visão, além de contribuirmos para o desenvolvimento dos alunos. Como? Através de um Política de Relacionamento, buscando estar ainda mais presente na SANA, realizando palestras motivadoras, com a participação de um ex-membro para contar o que a Insight agregou para a sua formação; Ser mais presente, junto ao CA, buscando auxiliar no que for necessário. 11. Considerações Finais Gostaria de agradecer a Deus por ter me dado essa oportunidade de fazer parte da Insight, que me trouxe muitos aprendizados e por ter conhecido pessoas que me agregaram tanto. Agradeço a todos àqueles que me incentivaram a assumir esse desafio, principalmente a minha diretora Anna Caroline Batista e ao Bernardo Conselheiro. Ressalto que se eu for eleita, darei o meu melhor para que a Insight continue crescendo e para que o MEJ seja cada vez mais reconhecido, contribuindo com o que tiver a meu alcance para que a missão e o visão da Insight sejam alcançadas. Tenho certeza que motivação não vai faltar para que essa Gestão de 2013 dê muitos frutos para a Insight.

×