Trabalho de intreg2

NORMAS – PADRÕES E PROTOCOLOS
CONCEITUAÇÃO
Norma – Prática tornada obrigatória por entidades
técnicas e/ou regulamentadoras.
Padrão – Prática recomendada e de ampla
aceitação no mercado, mas não tornada
obrigatória.
Protocolo – Conjunto de regras que definem como
a troca de informação entre entidades de uma
rede de comunicação deve ser realizada com
sucesso, e como os erros deverão ser tratados.
Norma ANSI/TIA/EIA 568-A NBR
14565 (2001)
• Norma para instalação do cabeamento,
topologia da rede e outros quesitos, que
chamamos genericamente de cabeamento
estruturado. Padrão para instalação de
redes locais em prédios.
Norma ANSI/TIA/EIA 568-A / 569-
A/606 NBR 14565 (2001)
• 1 – Cabeamento horizontal
• 2 – Cabeamento vertical ou backbone
• 3 – Área de trabalho
• 4 – Armário de telecomunicações
• 5 – Sala de equipamentos
• 6 – Entrada da edificação
• 7 – Painel de distribuição (cross-conect)
Trabalho de intreg2
SALA DE EQUIPAMENTOS
Área de localização que permita expansões futuras e
facilidade de movimentação para os equipamentos de
grande porte;
A área da sala de equipamentos ou SEQ deverá prover
0,07 m² para cada 10 m² de espaço na Work Área, e o
tamanho não deverá ser menor do que 14 m²;
Temperatura e umidade controlada na faixa de 18 a 24
graus centigrados, com 30 a 50% de umidade;
Um eletroduto de no mínimo 1 ½” deverá estar
disponível para interligação do Equipment Room ao
ponto central de aterramento do edifício;
Trabalho de intreg2
CABEAMENTOS VERTICAIS
(Backbone)
Os caminhos destinados a atender ao backbone
entre edifícios deverão considerar os requisitos de
distância e ambiente para suportar os diversos tipos
de cabos;
Todos os dutos deverão ser protegidos contra fogo;
Durante o estágio inicial de planejamento, todos os
edifícios identificados no projeto deverão ter seus
respectivos desenhos com a infraestrutura de
telecomunicação totalmente desenvolvida, incluindo
os dutos entre os edifícios;
O eletroduto de entrada deve ser de no mínimo 4"
ou 100mm para cada 5.000 m2 de área útil servida.
Trabalho de intreg2
CABEAMENTO HORIZONTAL
Estes cabos são do tipo flexível e não podem
ultrapassar os 10 metros de comprimento somando
as duas extremidades (área de trabalho + armário
de telecomunicação). O cabeamento horizontal
possui um comprimento final de 100 metros, sendo
90 metros de cabo UTP rígido e mais 10 metros de
cabo UTP flexível.
Os cabos UTP flexíveis possuem características
mecânicas diferentes e sua atenuação
é 20% maior do que os rígidos, por isso são
utilizados apenas para cabos de manobra, como
mostra a figura a seguir.
Trabalho de intreg2
ELEMENTOS HORIZONTAIS
Piso Elevado
Espaço mínimo entre painéis de cobertura e o piso deverá
ser de 150 mm, a fim de permitir a instalação de dutos
para acomodação dos cabos horizontais.
Deve-se Utilizar Eletrodutos do tipo metal rígido, flexível
ou PVC rígido;
Um eletroduto simples entre o TR e a área de trabalho WA
não deve servir a mais do que 3 outlets (tomadas);
Evitar que um lance de eletroduto tenha mais de 30 m ou
mais de 2 curvas de 90 graus entre 2 caixas de
passagens.
Trabalho de intreg2
MODELO OSI
• Origem e objetivo
• Modelo de referência (conceitual)
• Arquitetura em camadas
• Adoção não obrigatória
• Tentou-se forçar à adoção
• Razoável independência entre as camadas
Trabalho de intreg2
NORMAS PARA DATA CENTERS
Um data center deve incluir:
Infraestrutura de rede
Garantir que os sistemas instalados continuam
acessíveis mesmo se houver falhas em conexões
Segurança Física
Câmeras de segurança,
vigilância e sistemas
de identificação.
Combate de prevenção contra incêndio
Sistema de detecção de fumos, extintores e
procedimentos em caso de incêndio.
Arrefecimento
Garantir que a temperatura permaneça em níveis
aceitáveis para a operação dos sistemas.
Energia
Garantir que não haja falta de energia para que não
haja dano aos equipamentos.
1 von 17

Recomendados

Apresentação Fatec Norma 569-B von
Apresentação Fatec Norma 569-BApresentação Fatec Norma 569-B
Apresentação Fatec Norma 569-BReginaldo F. Lopes
8.4K views20 Folien
Trabalho de intreg33 von
Trabalho de intreg33Trabalho de intreg33
Trabalho de intreg33Emanuel Dantas
524 views14 Folien
Trabalho de cabeamento estruturado von
Trabalho de cabeamento estruturadoTrabalho de cabeamento estruturado
Trabalho de cabeamento estruturadoJose Roberto de Souza
515 views43 Folien
Treinamento boas práticas de instalação rev02-2011 von
Treinamento boas práticas de instalação   rev02-2011Treinamento boas práticas de instalação   rev02-2011
Treinamento boas práticas de instalação rev02-2011Renan Amicuchi
7.4K views111 Folien
N 1996-projeto de redes eletricas em envelopes com cabos dir von
N 1996-projeto de redes eletricas em envelopes com cabos dirN 1996-projeto de redes eletricas em envelopes com cabos dir
N 1996-projeto de redes eletricas em envelopes com cabos dirHigor Bastos
8.7K views25 Folien
Cabeamento Estruturado - Rede Lógica x Rede Elétrica von
Cabeamento Estruturado - Rede Lógica x Rede ElétricaCabeamento Estruturado - Rede Lógica x Rede Elétrica
Cabeamento Estruturado - Rede Lógica x Rede ElétricaEduardo D'Avila
14.3K views19 Folien

Más contenido relacionado

Was ist angesagt?

Cabeamento estruturado von
Cabeamento estruturadoCabeamento estruturado
Cabeamento estruturadomacedovidal
1.5K views26 Folien
Cabeamento estruturado von
Cabeamento estruturado Cabeamento estruturado
Cabeamento estruturado Cesar Augusto
95.1K views59 Folien
Projeto de Cabeamento - sub-sistemas von
Projeto de Cabeamento - sub-sistemasProjeto de Cabeamento - sub-sistemas
Projeto de Cabeamento - sub-sistemasCarlos Melo
9.8K views17 Folien
Cabeamento Predial e Industrial von
Cabeamento Predial e IndustrialCabeamento Predial e Industrial
Cabeamento Predial e IndustrialBruna Alves
1.1K views29 Folien
Norma 568bpdf von
Norma 568bpdfNorma 568bpdf
Norma 568bpdfSergio Marques
8.9K views37 Folien
Memorial descritivo montadora von
Memorial descritivo montadoraMemorial descritivo montadora
Memorial descritivo montadoraSandroIndustriais
160 views22 Folien

Was ist angesagt?(20)

Cabeamento estruturado von macedovidal
Cabeamento estruturadoCabeamento estruturado
Cabeamento estruturado
macedovidal1.5K views
Cabeamento estruturado von Cesar Augusto
Cabeamento estruturado Cabeamento estruturado
Cabeamento estruturado
Cesar Augusto95.1K views
Projeto de Cabeamento - sub-sistemas von Carlos Melo
Projeto de Cabeamento - sub-sistemasProjeto de Cabeamento - sub-sistemas
Projeto de Cabeamento - sub-sistemas
Carlos Melo9.8K views
Cabeamento Predial e Industrial von Bruna Alves
Cabeamento Predial e IndustrialCabeamento Predial e Industrial
Cabeamento Predial e Industrial
Bruna Alves1.1K views
Redes cabeamento estruturado von robinhoct
Redes   cabeamento estruturadoRedes   cabeamento estruturado
Redes cabeamento estruturado
robinhoct2.9K views
Aula05 - cabeamento estruturado - parte 02 von Carlos Veiga
Aula05 - cabeamento estruturado - parte 02Aula05 - cabeamento estruturado - parte 02
Aula05 - cabeamento estruturado - parte 02
Carlos Veiga2.1K views
Fibra ótica cabeamento estruturado von Anderson Zardo
Fibra ótica cabeamento estruturadoFibra ótica cabeamento estruturado
Fibra ótica cabeamento estruturado
Anderson Zardo4K views
APARAFUSADORA PARA PORCAS DE ALTA QUALIDADE DA STOGER von fluidotronica
APARAFUSADORA PARA PORCAS DE ALTA QUALIDADE DA STOGERAPARAFUSADORA PARA PORCAS DE ALTA QUALIDADE DA STOGER
APARAFUSADORA PARA PORCAS DE ALTA QUALIDADE DA STOGER
fluidotronica167 views
81014especeletrico von egues
81014especeletrico81014especeletrico
81014especeletrico
egues567 views
Cabeamento 2 visão geral do cabeamento estuturado von Paulo Fonseca
Cabeamento 2   visão geral do cabeamento estuturadoCabeamento 2   visão geral do cabeamento estuturado
Cabeamento 2 visão geral do cabeamento estuturado
Paulo Fonseca4.6K views
Cabeamento 1 introdução - normas - categorias von Paulo Fonseca
Cabeamento 1   introdução - normas - categoriasCabeamento 1   introdução - normas - categorias
Cabeamento 1 introdução - normas - categorias
Paulo Fonseca2.8K views
Cabeamento metálico tudo o que você precisa saber – parte 2 redes&cia-slide s... von Redes & Cia
Cabeamento metálico tudo o que você precisa saber – parte 2 redes&cia-slide s...Cabeamento metálico tudo o que você precisa saber – parte 2 redes&cia-slide s...
Cabeamento metálico tudo o que você precisa saber – parte 2 redes&cia-slide s...
Redes & Cia932 views
Aula cabeamento estruturado Eia/Tia von Osimar Almeida
Aula cabeamento  estruturado Eia/TiaAula cabeamento  estruturado Eia/Tia
Aula cabeamento estruturado Eia/Tia
Osimar Almeida4.7K views

Destacado

Metodologia cientf von
Metodologia cientfMetodologia cientf
Metodologia cientfJuan Batista
1.9K views20 Folien
Maracatu von
MaracatuMaracatu
MaracatuTânia Regina
744 views5 Folien
Automação Residencial TCC von
Automação Residencial TCCAutomação Residencial TCC
Automação Residencial TCCDaiana Le
20.8K views12 Folien
Norma Ansi/Tia/Eia-607 von
Norma Ansi/Tia/Eia-607Norma Ansi/Tia/Eia-607
Norma Ansi/Tia/Eia-607neyneyney
25.6K views16 Folien
MARACATU | Antropologia da cultura von
MARACATU | Antropologia da culturaMARACATU | Antropologia da cultura
MARACATU | Antropologia da culturaPedro Otaviano
5.3K views18 Folien
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - Senac von
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - SenacProjeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - Senac
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - SenacFelipe Coêlho
4.3K views17 Folien

Destacado(6)

Automação Residencial TCC von Daiana Le
Automação Residencial TCCAutomação Residencial TCC
Automação Residencial TCC
Daiana Le20.8K views
Norma Ansi/Tia/Eia-607 von neyneyney
Norma Ansi/Tia/Eia-607Norma Ansi/Tia/Eia-607
Norma Ansi/Tia/Eia-607
neyneyney25.6K views
MARACATU | Antropologia da cultura von Pedro Otaviano
MARACATU | Antropologia da culturaMARACATU | Antropologia da cultura
MARACATU | Antropologia da cultura
Pedro Otaviano5.3K views
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - Senac von Felipe Coêlho
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - SenacProjeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - Senac
Projeto Integrador em Administração de Redes de Computadores - Senac
Felipe Coêlho4.3K views

Similar a Trabalho de intreg2

CABEAMENTO ESTRUTURADO von
CABEAMENTO ESTRUTURADOCABEAMENTO ESTRUTURADO
CABEAMENTO ESTRUTURADOWELLINGTON MARTINS
11.5K views59 Folien
IFRN - Cabeamento Estrurturado.pdf von
IFRN - Cabeamento Estrurturado.pdfIFRN - Cabeamento Estrurturado.pdf
IFRN - Cabeamento Estrurturado.pdfwrsconsultoria1
89 views102 Folien
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf von
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdfRaphaelBarradas1
73 views49 Folien
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf von
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdfRômulo Sanzio Rodrigues Xavier
38 views49 Folien
CE MATERIAIS .pdf von
CE MATERIAIS .pdfCE MATERIAIS .pdf
CE MATERIAIS .pdfMARXVICTOR1
23 views49 Folien
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdf von
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdfCabeamento Estruturado - Módulo 1.pdf
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdfOrlando Nunes
40 views82 Folien

Similar a Trabalho de intreg2(20)

05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf von RaphaelBarradas1
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf
05-Subsistemas de Cabeamento Estruturado.pdf
RaphaelBarradas173 views
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdf von Orlando Nunes
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdfCabeamento Estruturado - Módulo 1.pdf
Cabeamento Estruturado - Módulo 1.pdf
Orlando Nunes40 views
Teleco.com cabeamentoestruturado1 von robertowa
Teleco.com cabeamentoestruturado1Teleco.com cabeamentoestruturado1
Teleco.com cabeamentoestruturado1
robertowa152 views
Infraestrutura de Instalação - Módulo 2.pdf von Orlando Nunes
Infraestrutura de Instalação - Módulo 2.pdfInfraestrutura de Instalação - Módulo 2.pdf
Infraestrutura de Instalação - Módulo 2.pdf
Orlando Nunes20 views
Ansieiatia568 a von rffelix
Ansieiatia568 aAnsieiatia568 a
Ansieiatia568 a
rffelix838 views
Aula de-cabeamento-03 606 von clopes005
Aula de-cabeamento-03 606Aula de-cabeamento-03 606
Aula de-cabeamento-03 606
clopes005152 views
Redes de Computadores von Anne Ingrid
Redes de ComputadoresRedes de Computadores
Redes de Computadores
Anne Ingrid1.2K views
Prova infra redes von xitocnn
Prova infra redesProva infra redes
Prova infra redes
xitocnn175 views
Cabeamento estruturado von João Alves
Cabeamento estruturadoCabeamento estruturado
Cabeamento estruturado
João Alves345 views

Último

Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-Rio von
Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-RioRegeneração & Design - Seminário na Pós PUC-Rio
Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-RioNatali Garcia
40 views31 Folien
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ... von
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...dlassessoria87
66 views4 Folien
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023 von
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023AaAssessoriadll
9 views4 Folien
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c... von
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...dlluana917
8 views4 Folien
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se... von
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...dlalicia08
9 views3 Folien
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de... von
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...AcademiaDlassessoria
5 views3 Folien

Último(14)

Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-Rio von Natali Garcia
Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-RioRegeneração & Design - Seminário na Pós PUC-Rio
Regeneração & Design - Seminário na Pós PUC-Rio
Natali Garcia40 views
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ... von dlassessoria87
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...
Olá, acadêmico(a)! O objetivo básico dos demonstrativos contábeis é fornecer ...
dlassessoria8766 views
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023 von AaAssessoriadll
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023
MAPA - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - 54/2023
AaAssessoriadll9 views
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c... von dlluana917
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...
Olá, estudante! Chegou o momento de colocarmos em PRÁTICA toda aprendizagem c...
dlluana9178 views
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se... von dlalicia08
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...
Para elaborar a presentpresente atividade MAPA desta disciplina, imagine a se...
dlalicia089 views
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de... von AcademiaDlassessoria
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...
O ensino-aprendizado dos esportes não se resume isoladamente a transmissão de...
Nektar_Respostas_ArvoresPOA.pdf von paulalangie1
Nektar_Respostas_ArvoresPOA.pdfNektar_Respostas_ArvoresPOA.pdf
Nektar_Respostas_ArvoresPOA.pdf
paulalangie16 views
Os profissionais de Educação Física têm um papel importante na promoção da at... von leitev350
Os profissionais de Educação Física têm um papel importante na promoção da at...Os profissionais de Educação Física têm um papel importante na promoção da at...
Os profissionais de Educação Física têm um papel importante na promoção da at...
leitev3509 views
Manimani - Projeto de Graduação - UEMG 2010 von lucaspetes
Manimani - Projeto de Graduação - UEMG 2010Manimani - Projeto de Graduação - UEMG 2010
Manimani - Projeto de Graduação - UEMG 2010
lucaspetes9 views
Uma cartografia da Zona Sul do Rio de Janeiro von Natali Garcia
Uma cartografia da Zona Sul do Rio de JaneiroUma cartografia da Zona Sul do Rio de Janeiro
Uma cartografia da Zona Sul do Rio de Janeiro
Natali Garcia258 views
Primeira etapa: LEIA atentamente o texto de apoio a seguir. "A possível compl... von taynaradl79
Primeira etapa: LEIA atentamente o texto de apoio a seguir. "A possível compl...Primeira etapa: LEIA atentamente o texto de apoio a seguir. "A possível compl...
Primeira etapa: LEIA atentamente o texto de apoio a seguir. "A possível compl...
taynaradl797 views
Um grande desafio que se impõe aos professores da atualidade é repensar sua p... von taynaradl79
Um grande desafio que se impõe aos professores da atualidade é repensar sua p...Um grande desafio que se impõe aos professores da atualidade é repensar sua p...
Um grande desafio que se impõe aos professores da atualidade é repensar sua p...
taynaradl796 views
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023 von AaAssessoriadll
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023
AaAssessoriadll80 views
Para elaborar a presente atividade MAPA desta disciplina, imagine a seguinte ... von pauladiasuni
Para elaborar a presente atividade MAPA desta disciplina, imagine a seguinte ...Para elaborar a presente atividade MAPA desta disciplina, imagine a seguinte ...
Para elaborar a presente atividade MAPA desta disciplina, imagine a seguinte ...
pauladiasuni14 views

Trabalho de intreg2

  • 1. NORMAS – PADRÕES E PROTOCOLOS
  • 2. CONCEITUAÇÃO Norma – Prática tornada obrigatória por entidades técnicas e/ou regulamentadoras. Padrão – Prática recomendada e de ampla aceitação no mercado, mas não tornada obrigatória. Protocolo – Conjunto de regras que definem como a troca de informação entre entidades de uma rede de comunicação deve ser realizada com sucesso, e como os erros deverão ser tratados.
  • 3. Norma ANSI/TIA/EIA 568-A NBR 14565 (2001) • Norma para instalação do cabeamento, topologia da rede e outros quesitos, que chamamos genericamente de cabeamento estruturado. Padrão para instalação de redes locais em prédios.
  • 4. Norma ANSI/TIA/EIA 568-A / 569- A/606 NBR 14565 (2001) • 1 – Cabeamento horizontal • 2 – Cabeamento vertical ou backbone • 3 – Área de trabalho • 4 – Armário de telecomunicações • 5 – Sala de equipamentos • 6 – Entrada da edificação • 7 – Painel de distribuição (cross-conect)
  • 6. SALA DE EQUIPAMENTOS Área de localização que permita expansões futuras e facilidade de movimentação para os equipamentos de grande porte; A área da sala de equipamentos ou SEQ deverá prover 0,07 m² para cada 10 m² de espaço na Work Área, e o tamanho não deverá ser menor do que 14 m²; Temperatura e umidade controlada na faixa de 18 a 24 graus centigrados, com 30 a 50% de umidade; Um eletroduto de no mínimo 1 ½” deverá estar disponível para interligação do Equipment Room ao ponto central de aterramento do edifício;
  • 8. CABEAMENTOS VERTICAIS (Backbone) Os caminhos destinados a atender ao backbone entre edifícios deverão considerar os requisitos de distância e ambiente para suportar os diversos tipos de cabos; Todos os dutos deverão ser protegidos contra fogo; Durante o estágio inicial de planejamento, todos os edifícios identificados no projeto deverão ter seus respectivos desenhos com a infraestrutura de telecomunicação totalmente desenvolvida, incluindo os dutos entre os edifícios; O eletroduto de entrada deve ser de no mínimo 4" ou 100mm para cada 5.000 m2 de área útil servida.
  • 10. CABEAMENTO HORIZONTAL Estes cabos são do tipo flexível e não podem ultrapassar os 10 metros de comprimento somando as duas extremidades (área de trabalho + armário de telecomunicação). O cabeamento horizontal possui um comprimento final de 100 metros, sendo 90 metros de cabo UTP rígido e mais 10 metros de cabo UTP flexível. Os cabos UTP flexíveis possuem características mecânicas diferentes e sua atenuação é 20% maior do que os rígidos, por isso são utilizados apenas para cabos de manobra, como mostra a figura a seguir.
  • 12. ELEMENTOS HORIZONTAIS Piso Elevado Espaço mínimo entre painéis de cobertura e o piso deverá ser de 150 mm, a fim de permitir a instalação de dutos para acomodação dos cabos horizontais. Deve-se Utilizar Eletrodutos do tipo metal rígido, flexível ou PVC rígido; Um eletroduto simples entre o TR e a área de trabalho WA não deve servir a mais do que 3 outlets (tomadas); Evitar que um lance de eletroduto tenha mais de 30 m ou mais de 2 curvas de 90 graus entre 2 caixas de passagens.
  • 14. MODELO OSI • Origem e objetivo • Modelo de referência (conceitual) • Arquitetura em camadas • Adoção não obrigatória • Tentou-se forçar à adoção • Razoável independência entre as camadas
  • 16. NORMAS PARA DATA CENTERS Um data center deve incluir: Infraestrutura de rede Garantir que os sistemas instalados continuam acessíveis mesmo se houver falhas em conexões Segurança Física Câmeras de segurança, vigilância e sistemas de identificação.
  • 17. Combate de prevenção contra incêndio Sistema de detecção de fumos, extintores e procedimentos em caso de incêndio. Arrefecimento Garantir que a temperatura permaneça em níveis aceitáveis para a operação dos sistemas. Energia Garantir que não haja falta de energia para que não haja dano aos equipamentos.