Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Usina de Lixo Verde tem expectativa de desfecho

130 Aufrufe

Veröffentlicht am

O jornal Correio Popular publicou, em 23 de julho, matéria sobre a expectativa da finalização do processo jurídico da usina de compostagem em Campinas. O IAC é um dos parceiros do projeto.

Veröffentlicht in: Wissenschaft
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Usina de Lixo Verde tem expectativa de desfecho

  1. 1. Usina de Lixo Verde tem expectativa de desfecho “Para se ter uma ideia, a Sanasa produz 80 toneladas de lodo por dia por conta do sistema de tratamento de esgoto. A Ceasa, mais 30 toneladas por dia de restos de alimentos.” Secretário de Serviços Públicos de Campinas MEIO AMBIENTE ||| TRÂMITES Se ele revogou a nova tabela, a decisão é dele. Todo o nosso governo apoia a decisão tomada nos limites dado ao ministro Tarcísio. Variação do pão chega até a 127% ERNESTO PAULELLA Unicamp Pesquisa em 63 estabelecimentos indica que kg custa entre R$ 7,49 e R$ 17 Tote Nunes DA AGÊNCIA ANHANGUERA tote.nunes@rac.com.br O projeto de implantação da Usina de Compostagem de Li- xo Verde deverá ter um dia de- cisivo hoje. Representantes da Prefeitura de Campinas plane- jam se encontrar com técnicos da Cetesb (Companhia Am- biental de São Paulo) numa ten- tativa de destravar o processo, que se arrasta desde 2017. A usi- na, que deverá processar resí- duos provenientes da poda de árvores, corte de grama, sobras de vegetação resultante do ma- nejo de parques e jardins e ma- terial orgânico produzido pelo sistema de tratamento de água e esgoto da cidade, estava pre- vista para entrar em operação em novembro passado, mas vem sendo seguidamente adia- do desde então. O secretário de Serviços Pú- blicos, Ernesto Paulela, estima agora que o equipamento este- ja pronto para funcionar até o dia 15 de agosto. A Cesteb expli- cou ontem por meio de nota, que emitiu as licenças prévia e de instalação ainda em 2017, mas que só este ano a Prefeitu- ra solicitou a licença de opera- ção - a última etapa do proces- so. A Cetesb informou ainda que só no dia 27 de junho a Ad- ministração entregou o restan- te da documentação solicitada e que os documentos ainda es- tão sob análise. Por fim, a nota esclarece que até o dia 10 de ju- lho - data da última vistoria - nem todos os equipamentos previstos no projeto estavam instalados. “Na verdade, a gente ainda não sabe exatamente o que pre- cisamos fazer. Esse encontro de amanhã (hoje) vai esclare- cer justamente isso, mas acredi- to que seja uma coisa relativa- mente simples”, avalia Paule- lla. Por conta disso, ele acha que o processo está perto do fi- nal. “O governo (estadual) tam- bém tem muito interesse nesse projeto, pois essa modalidade deverá se transformar em mo- delo para todo o Estado”, afir- ma o secretário. Fazenda Elisa A usina está sendo instalada na Fazenda Elisa, do IAC (Ins- tituto Agronômico de Campi- nas) e deverá evitar que 210 toneladas de lixo sejam despe- jados por dia no Aterro Sanitá- rio. De acordo com Paulella, a usina verde surgiu de uma parceria entre a secretaria de Serviços Públicos, a Sanasa, a Ceasa e o IAC. “Para se ter uma ideia, a Sa- nasa produz 80 toneladas de lodo por dia por conta do sis- tema de tratamento de esgo- to”, afirma o secretário. “A Ceasa, mais 30 toneladas por dia de restos de alimentos”, acrescenta. Segundo Paulella, a usina vai receber os resíduos e trans- formar o material em adubo orgânico, que será usado pelo IAC em seus experimentos. Além disso, poderá ser vendi- do para produtores rurais e fornecedores da Ceasa, por exemplo. De acordo com o secretá- rio, máquinas já foram com- pradas, entre elas, um tritura- dor de grande porte, que tem capacidade para triturar tron- cos de árvores de até 1 metro de diâmetro, além de um compostador e uma peneira de classificação de adubo. O secretário garante ainda que o projeto exigiu investi- mentos de R$ 8 milhões. Atualmente, todo o lixo coleta- do em Campinas é transferi- do para tratamento em Paulí- nia, a um custo de R$ 48 mi- lhões. Campinas produz cer- ca de 1,3 mil tonelada de lixo por dia. HC Preventivo ALIMENTAÇÃO ||| PROCON Paulínia Filiado ao Patriota, o em- presário Eduardo Beren- guel está sendo sondado para ocupar o cargo na cha- pa de Nany Moura — mu- lher do ex-prefeito Edson Moura — nas eleições su- plementares do dia 1º de se- tembro em Paulínia. Estudando O empresário está con- sultando o partido e conver- sando com diversas fontes para ver se aceita ou não o cargo. O prazo para os par- tidos realizarem conven- ções e definir candidatos começa a contar a partir de quinta-feira. Americana O promotor de Justiça Ivan Carneiro instaurou em Americana um procedi- mento para coibir práticas de perturbação ao sossego por abuso de instrumentos ou sinais acústicos. Bares O procedimento do pro- motor em Americana visa também proibir poluição sonora e/ou a ocorrência de fatos que possam confi- gurar crimes de poluição em bares ou restaurantes ou em locais em que ocor- ram festas e eventos, como chácaras, salões, clubes re- creativos e estabelecimen- tos que atendam o público em geral. Optometristas Aprovado pela Câmara de Campinas e sancionado posteriormente pelo prefei- to Jonas Donizette (PSB), o projeto que disciplina o funcionamento de gabine- tes optométricos chegou agora a Santa Bárbara. O projeto, do vereador Carlos Fontes (PSD), será aprecia- do hoje pelo plenário da Câ- mara. Questionamento Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas, no entanto, obteve liminar que impede a execução da lei sancionada por Jonas. O Cremesp também já ava- liou que pode se tratar de prática ilegal de medicina. Isenção O prefeito em exercício, Henrique Magalhães Teixei- ra, sancionou ontem a lei de vereador Paulo Haddad (Cidadania) que isenta de taxa de inscrição em con- cursos públicos as pessoas cadastradas no Registro Na- cional de Doadores Volun- tários de Medula Óssea (Re- dome). Da Agência Anhanguera O preço do quilo do pão francês tem variação de 126,97% em Campinas, se- gundo pesquisa realizada pe- lo Procon entre os dias 3 e 12 de julho, e que foi divul- gada ontem pelo órgão de defesa do consumidor. Reali- zado entre 63 estabelecimen- tos, o levantamento mos- trou que o pão foi comer- cializado em padarias e su- permercados da cidade por valores que variaram entre R$ 7,49 e R$ 17,00. Para o pão francês integral, o me- nor preço encontrado foi de R$ 10,50/kg, e o valor mais alto foi de R$ 25,00/kg. Nes- te caso, a variação percen- tual foi de 138,10%. A pesquisa faz também uma comparação entre os preços praticados neste ano e os registrados no mesmo período do ano passado. Do universo de estabelecimen- tos pesquisados, 27 não rea- justaram o preço do pão francês entre esta coleta e a anterior, e 17 estabelecimen- tos não reajustaram o preço do pão francês integral, no mesmo período. Supermercados Nos supermercados, a média de preços do pão francês foi de R$ 12,11/kg (aumento de 7,77% em relação ao ano an- terior) e a do pão francês inte- gral de R$ 15,39/kg (aumento de 9,62% em relação ao ano anterior). Nas padarias, a mé- dia de preços do pão francês foi de R$ 12,95/kg (aumento de 4,15% em relação ao ano anterior) e a do pão francês integral de R$ 17,80/kg (au- mento de 2,49% em relação ao ano anterior). Integral A diferença percentual entre a média de preços dos super- mercados e padarias é de 6,93% para pão francês e 15,66% para pão francês inte- gral. Os relatórios também dis- ponibilizam dados indivi- duais (nome comercial e en- dereço) de todas as coletas com os preços praticados por cada um dos 63 estabeleci- mentos que participaram da pesquisa. Os dados completos da pesquisa podem ser acessa- dos no site https://procon. campinas.sp.gov.br/ Agentes da Prefeitura e Cetesb se reúnem hoje para destravar projeto Salários O Ministério Público Federal (MPF) pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) que conceda habeas corpus coletivo preventivo em favor de artesãos e artistas de rua de Jundiaí, por conta de lei que impôs restrições à atividade. A lei limitou a realização de apresentações artísticas nas vias públicas da cidade, passando a prever, até condução coercitiva, para a Delegacia de Polícia mais próxima, de quem descumprir as determinações. Para o MPF, a lei viola a Constituição e cria um ambiente propício a abusos contra um grupo já vulnerável. DA REDAÇÃO Xeque-Mate Aparelhodegrandeportetemcapacidadeparatriturartroncosdeatéummetrodediâmetroparareaproveitamento Item sempre presente no café da manhã do brasileiro deve ser pesquisado O site informa os salários dos servidores e os valores gastos de diárias de funcionários em eventos externos. No item “execução orçamentária” é possível, por exemplo, verificar o gasto de funcionários com passagens de avião. Na prestação de contas há detalhamento sobre o voo — destino e a data prevista do retorno; o evento do qual o servidor vai participar e eventualmente, se ele vai precisar pagar alguma taxa de bagagem extra . 1,3 mil cidades@rac.com.br Associado à Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) Noticiário nacional fornecido pela Agência Estado. Noticiário internacional enviado pela France Press. Rua 7 de Setembro, 189 - Vila Industrial - CEP 13035-350 - Campinas-SP (019) 3772-8000 - FAX (019) 3772-8144 e 3772-8142 - http://www.cpopular.com.brTelefone PABX Endereço Internet: 3736-3199 - FAX (019) 3736-3101Diretoria - Telefone PABX PUBLICIDADE Telefones: (019) 3736-3085 e 3736-3086 - Fax (019) 3736-3101 - Tele-Correio Telefone 3736-3000 (Classificados por telefone) Tele-Correio discagem gratuita (0800) 14-1515. SUCURSAL DE SÃO PAULO Rua Tabapuã, 821 - 11º andar - cj. 112 Bairro Itaim Bibi - CEP 04533-013 - SÃO PAULO-SP Telefone (0xx11) 3704-1600 REPRESENTAÇÕES: Brasília (DF) - FTOI - Negocios de Midia SCN Qd 01 - Ed. América Office Tower Sala 1811 Brasília - DF - CEP 70711-905 - Fone (61) 3035- 3750 Curitiba (PR) - Av. Candido Abreu, 776 - sl 1803 Centro Cívico - Curitiba - PR - CEP 80530-000 Fone/Fax (41) 3014-8887 Rio de Janeiro (RJ) - Av. Graça Aranha, 145 - Grupo 902 Castelo - Cep 20230-003 Fone (21) 2524-2457 Fax (21)2262-0130 ASSINATURAS: Novas Assinaturas e Disque-Bancas/Atendimento ao Jornaleiro: 3736-3200/3116-3200. Preço promocional assinatura anual à vista...............................................................R$ 930,00 Preço promocional assinatura mensal: .....................................................................................R$ 85,90 Preço promocional assinatura mensal final de semana: .....................................................................................R$ 42,90 Consulte nossas condições especiais de pagamento. PUBLICIDADE LEGAL: 3736-3085 SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO ASSINANTE saa@rac.com.br WhatsApp (19) 97152-3041 3736-3200/3116-3200 O Jornal Correio Popular é produzido e comercializado por Correio Popular S/A, em parceria com as empresas Grande Campinas Editora e Gráfica Ltda. e Metropolitana Comunicação, Empreendimentos e Participação Ltda. Carga tributária PIS/COFINS - 3,65% A reitoria da Unicamp decidiu colocar no portal da universidade na internet todos os dados da gestão. Divulgou, por exemplo, as informações sobre contratos. Segundo o site, são 923 em vigor hoje na instituição, que totalizam nada menos que R$ 579,9 milhões. O maior deles é o do vale-alimentação, que chega a R$ 107,6 milhões. Em segundo lugar aparece os gastos com de energia elétrica e o Funcamp (Fundação para o Desenvolvimento da Unicamp). De lixo urbano são produzidas em Campinas por dia Leandro Torres/AAN Cedoc/RAC Do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao dizer que apoia a decisão do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, de suspender a nova tabela do frete. TONELADA Paulella estima que equipamento esteja pronto em agosto A6 CORREIO POPULARA6 Campinas, terça-feira, 23 de julho de 2019 CIDADES

×