Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Agile Testing, por Carolina Borim

2.358 Aufrufe

Veröffentlicht am

Nessa palestra, a intenção é fazer uma descrição temporal da evolução do teste de software até chegarmos no conceito de Agile Testing.
Além disso, apresenta-se as características esperadas de um agile tester, bem como ferramentas e metodologias para o aprimoramento da Qualidade na entrega de produtos de software.

Veröffentlicht in: Technologie
  • Als Erste(r) kommentieren

Agile Testing, por Carolina Borim

  1. 1. Agile Testing A Qualidade de Software no Desenvolvimento Agile C a r o l i n a B o r i m
  2. 2. Agenda  Quem sou eu?  O que é Qualidade?  Por que Testar?  Uma perspectiva - Waterfall  O Manifesto Ágil  Uma Nova Perspectiva – Agile Tester  O Que Mudou Na Minha Vida? E o Software Livre?  Contatos 2
  3. 3. 3 Quem sou eu?
  4. 4. 4
  5. 5. O QUE É QUALIDADE? 5 Se tratando de Software
  6. 6. O que é qualidade? ●Qualidade de um produto é dada pela diferença entre as características observadas e as características que foram especifcadas. ● Pontos de vista diferentes != diferentes requisitos ●Qualidade não pode ser uma entidade abstrata ●Objetivo concreto ● Conhecer com precisão o objetivo que se pretende alcançar 6
  7. 7. O que é qualidade? Satisfazer o cliente
  8. 8. Mas basicamente ●Número e severidade de defeitos residuais do processo de testes é aceitável ●O software é entregue dentro do prazo e custos ● Atende às expectativas ● Foi construído de maneira que possa ser mantido de forma efciente
  9. 9. 9 Por que testar? Testar software é simples?
  10. 10. Por que testar? 90% dos sistemas são liberados com defeito Módulos não operam corretamente quando combinados Programas tão difíceis de usar, que são descartados Programas que simplesmente param de funcionar 10
  11. 11. O que é testar? Testar – executar de forma controlada e avaliar o comportamento baseado no especifcado Quando testes são realizados dentro das melhores práticas, contribui-se também para a melhoria da qualidade e redução de custos 11
  12. 12. Por que testar? Importância de se investir em testes: – Reduzir custos – Ao investir em testes, investimos na prevenção de defeitos –Validamos se a aplicação está em conformidade com as necessidades e expectativas do cliente 12
  13. 13. Quais as consequências disso? Maior satisfação do usuário Maior redução das incertezas que cercam o software Redução no custo de manutenção em produção Mais confança no produto Mais conhecimento do negócio 13
  14. 14. UMA PERSPECTIVA 1 4 O processo de desenvolvimento tradicional - Waterfall
  15. 15. O Modelo Cascata (Waterfall) 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17 O manifesto ágil Suas principais características
  18. 18. O Manifesto “Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazê-lo. Através deste trabalho, passamos a valorizar:” ■ Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas ■ Software em funcionamento mais que documentação abrangente ■ Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos ■ Responder a mudanças mais que seguir um plano 18
  19. 19. O Manifesto ■ Implementar mudanças de forma mais efciente – documentação viva; ■ Produtos com qualidade elevada – expectativas claras; ■ Menos retrabalho – colaboração; ■ Melhor alinhamento das atividades dos diferentes papéis no projeto – fuxo mais regular. 19
  20. 20. collaboration 20
  21. 21. 21 Uma nova perspectiva Agile Tester
  22. 22. Testador Ágil Testadores ágeis são muitas vezes conhecidos como analistas de qualidade (QAs), engenheiros de software em testes, engenheiros de testes, lideres de qualidade, entre outras varianças. 22
  23. 23. Uma ideia “Desenvolvimento de software não é uma atividade altamente previsível nem repetitiva, mas sim uma atividade empírica. Agile enfatiza o controle do processo empírico.” – Paulo Caroli. 23
  24. 24. Como trabalham? Defensor do cliente Defensor do produto – Kick – of & Desck check Trocando sempre de função Intolerante a falhas Constante interação com usuário 24
  25. 25. Habilidades Desenvolvimento de Software – o que e quando automatizar Senso Crítico – Identifcar o atual nível de qualidade Foco no usuário – identifcar causas de problemas Clara comunicação – trabalhar em conjunto com todos os membros do time Generalista – observar o que testar e quando testar 25
  26. 26. Habilidades Responsabilidades compartilhadas Sem papél específco Foco na entrega de valor 26
  27. 27. Responsabilidade Não devem ser responsáveis apenas por aferir a qualidade, mas também por ensinar aos demais membros do time sobre a cultura de qualidade e garantir entregas Lembre-se: qualidade não é algo fabricado ou criado após algumas linhas de código Lembrar também: Did the right thing & did the thing right? 27
  28. 28. Mas e o tal BDD? BDD Behaviour Driven Development – reframming do TDD É implementar uma aplicação a partir da descrição do seu comportamento sob a perspectiva do Stakeholder Entender o mundo do stakeholder Escrever software que interessa – que tem valor! 28
  29. 29. Princípios Enough is enough – o sufciente, adivinhe? É sufciente! Entregar valor ao stakeholder Tudo é comportamento – podemos usar sempre o mesmo pensamento e a mesma construção de linguagem para descrever o comportamento. Tanto em nivel de código quanto em nível de aplicação 29
  30. 30. Princípios “ BDD stories and scenarios are specifcally designed to support this model of working and in particular to be both easy to automate and clearly understandable by their stakeholders “ The R-Spec Book 30
  31. 31. 31 O que mudou na minha vida? E o Software Livre?.
  32. 32. Ferramentas & Tecnologias 32 Cucumber Junit Rspec Selenium WebDriver Jmetter
  33. 33. Divirta-se!! 33
  34. 34. 34 Missões ambiciosas Exigem ideias disruptivas
  35. 35. Obrigada! Carolina Borim cborim@thoughtworks.com Skype: carolinaborim Facebook: Carolina Borim Twitter: @CarolinaBorim

×