Anzeige

Relato Integrado | GT 4 Investidores

Relato Integrado - Comissão Brasileira
10. Dec 2015
Anzeige

Más contenido relacionado

Similar a Relato Integrado | GT 4 Investidores (20)

Anzeige

Último(20)

Relato Integrado | GT 4 Investidores

  1. GT4 - Investidores Promovendo o diálogo Empresas - Investidores 07/12/2015
  2. A Percepção dos Investidores “Toda informação que gera impacto é material para o negócio”  Quais são as Macro Tendências que impactam no negócio?  O que impacta o Ambiente Corporativo na geração de resultados?  Qual o Dever Fiduciário das Empresas e Investidores Institucionais?  Como a Cadeia de Investimentos percebe o Relato Integrado?
  3. Macro Tendências A Visão Top Down dos Seis Capitais  Questões como Evolução Demográfica, relação com o Meio Ambiente, Mudanças Sociais e Inovações Tecnológicas precisam ser dimensionadas quanto aos riscos e oportunidades, nas estratégias corporativas e impactos nos negócios.  Investidores de longo prazo, em especial, os Fundos de Pensão devem obter informações que reflitam o alinhamento Poupança-Investimento que devem ter longos prazos de maturação, podendo chegar a 20/30 anos.  A Globalização está provocando mudanças que exigem transformação nas companhias e em suas associações representativas de modo a contemplar os interesses de investidores de longo prazo locais e internacionais. 2/12
  4. Preocupação especial com as Mudanças Climáticas  As Mudanças Climáticas devem estar bem claras quanto ao impacto nos negócios.  As emissões de GHG devem ser reportadas anualmente para avaliação de tendências e adequação aos pactos sobre clima.  As empresas devem informar sobre o seu papel na transição para uma economia de baixo carbono.  A relação com o Sistema Financeiro será fundamental, pela percepção de que no futuro a economia de baixo carbono terá menor risco de capital. 2/12
  5. O Ambiente Corporativo  É fundamental maior Transparência quanto aos processos de gestão riscos e percepção de oportunidades e passivos não reconhecidos.  A Governança Corporativa é vista como elemento central na evolução desse tipo de disclosure.  É importante o entendimento de que o princípio da integração ESG reforça o papel da Governança.  O Risco Reputacional é uma forte preocupação dos investidores institucionais, e deve considerar as políticas de prevenção, de mitigação dos impactos e a recuperação de imagem e confiança do investidor.  A Política de Remuneração deve refletir as questões de impacto nas estratégias corporativas, desempenho econômico-financeiro, Integração ESG e reputação empresarial.  Confiança é tão importante quanto o retorno exigido sendo o principal fator para crença de sua continuidade no longo prazo. 2/12
  6. O Ambiente Corporativo Preocupação com Direitos Humanos  Público Interno: Não basta relatar sobre a estrutura social do público interno, mas abordar as estratégias e ações empresariais para correção dos desequilíbrios.  Relação com as Comunidades: a visão deve ir além da Companhia valorizando a sociedade local do ponto de vista da integração geração de empregos e integração social.  Relação com o Consumidor: os consumidores representam a base da geração de valor e devem ser monitorados por processos transparentes de relacionamento. 2/12
  7. Sobre o Dever Fiduciário  Reportar questões ESG e de risco reputacional deve ser uma Obrigação Fiduciária devido à responsabilidade das empresas, dos proprietários e gestores de ativos para com os acionistas e investidores, participantes de planos de previdência e participantes do FGTS, etc.  As Associações representativas dos investidores e analistas devem ter um papel mais proativo sobre essa questão.  Quando problemas críticos acontecem, os Reguladores questionam as empresas e investidores institucionais, não pela interrupção na capacidade de geração de caixa, mas pelas providências que deveriam ter sido tomadas para evitar sua ocorrência. 2/12
  8. A Cadeia de Investimentos  A relação Empresas-Profissionais de Investimentos-Investidores deve evoluir para uma arquitetura de informações orientadas para processos de avaliação e decisão de investimentos que levem em consideração o conceito de seis capitais do Relato Integrado e Integração ESG.  O conceito de Integrated Thinking precisa ser mais difundido entre analistas e investidores nacionais. Ainda há desconhecimento. 2/12
  9. Fonte das Informações  2ª Conferência EFFAS-Apimec “Taking ESG Into Account” (06/10/2015)  Encontro com Investidores - GT3 Empresas Pioneiras e GT4 Investidores (19/08/2015). 2/12
  10. GT4 - Investidores Marta Xavier marta@previ.com.br Fabiane Goldstein - MBS fabiane@mbsvalue.com Tatiana Assali tatiana.assali@unpri.org Eduardo Werneck eduardo.werneck@apimec.com.br Denys Roman denys.roman@mzgroup.com
Anzeige