Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Judaismo

2.979 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Judaismo

  1. 1. ÍNDICE  Introdução; A História do Judaísmo;  Cultura judaica;  Símbolos do judaísmo;  Livro sagrado;  Festas religiosas;  Conclusão;  Bibliografia.
  2. 2. A HISTÓRIA DO JUDAÍSMO E O SEU FUNDADOR. De acordo com a narrativa bíblica, no tempo recuado dos patriarcas-Abraão, Isaac e Jacob-, Deus ordenou a Abraão que partisse para Canaã (actual Palestina, Israel ou Terra Santa) prometendo abençoar seus descendentes à categoria de nação poderosa. Mais tarde, Deus revelou-se a Moisés aparecendo-lhe no monte Sinai. Depois Deus começou a falar por meio dos profetas ao povo de Israel para lhes recordar o compromisso que tinham estabelecido com ele.
  3. 3. Esse compromisso consistia em que Deus se comprometia a abençoar e proteger o seu povo, e o povo comprometia-se a cumprir a vontade de Deus escrita nos 10 mandamentos. A aliança no Sinai constitui o evento que faz parte do judaísmo e que confirma o povo de Israel como um povo de Deus. A experiência da libertação (libertação do Egipto), a aliança e a lei são “provas” vivas de fé e da existência de Israel. E com estes acontecimentos o judaísmo nasceu e desenvolveu-se. Monte Sinai Moisés
  4. 4. CULTURA JUDAICA A cultura judaica actual, moldada por 2 mil anos engloba os aspectos da vida das comunidades judaicas, integradas nos diversos povos e culturas. Os principais aspectos são: a língua, o vestuário e a alimentação. LÍNGUA: O hebraico também chamado Lashon haKodesh – língua sagrada – é o principal idioma do judaísmo.
  5. 5. VESTUÁRIO: O judaísmo possui tradições em relação aos trajes e podemos destacar: o Kippá - espécie de pequeno barrete, é um símbolo usado pelos judeus, mas só pelos homens, para manifestar respeito a Deus; o Tefilim - duas caixinhas de couro onde guardam um pergaminho com excertos da Torah, que se prendem à testa e ao braço esquerdo no momento de oração, para indicar a presença da palavra de Deus na mente e no coração Tzitzit - espécie de xaile, é a sua parte mais importante Serve para lembrar os judeus do cumprimento das leis só Pode ser usado por homens kippá Adultos durante a oração da manhã tefilim
  6. 6. ALIMENTAÇÃO: De acordo com a lei mosaica ( lei de Moisés) os judeus têm um código que lhes permite comer apenas determinados alimentos . Ao conjunto de leis dietéticas do judaísmo dá-se nome de kashrut. Aos alimentos permitidos comer chamam-se Kosher. Actualmente, os produtos à venda possuem uma identificação que os estabelece como alimentos kosher. Exemplos de alimentos treif proibidos: carne de porco, camarão, a lagosta. Todos os frutos do mar, peixes que não têm escamas, a carne com sangue ou qualquer alimento que mistura a carne e leite Símbolo Kosher
  7. 7. SÍMBOLOS DO JUDAÍSMO A Menorah é um dos símbolos mais antigos da fé judaica. É um candelabro com sete braços, simboliza o judaísmo e o Estado de Israel e serve para iluminar. A estrela de David, estrela de seis pontas, feita com dois triângulos equiláteros, é símbolo do judaísmo desde o séc.XVII d.C.
  8. 8. A Mão de Hamesh é um dos símbolos mais usados na joalharia judaica. É uma mão invertida com um olho no centro e com várias letras hebraicas. O Mezuzza é uma pequena caixa que, contém num rolo pergaminho com o Shema - texto bíblico em que Deus ordena que conservem as suas palavras nas suas mentes e corações. O mezuzza é fixado no umbral de todas as casas. O chai é geralmente visto em colares e representa a palavra chai (viver)
  9. 9. TEXTOS SAGRADOS A Torah (le-horot – ensino) é a escritura mais importante do Judaísmo é o livro sagrado por excelência. É a Lei.
  10. 10. FESTAS RELIGIOSAS As principais festas judaicas são:  A Páscoa (Pessah) – recorda a libertação do Egipto e celebra e actualiza a aliança de Deus com o povo de Israel;  Tendas ou tabernáculos (Sukoth) – recorda a vida de Israel no deserto e celebra e realiza as bênçãos de Deus em favor do seu povo;  Pentecostes ( Shavuoth) – recorda o dom dos Dez Mandamentos e celebra e realiza o restabelecimento da Lei;  Dia do perdão ( Yom Kippur) – é o dia da pena, única ocasião do ano em que o sumo-sacerdote entrava no Santo dos Santos ( interior do tempo de Jerusalém);
  11. 11. Principio do ano ( Rosh Hashanah) – exalta Deus como criador e rei;  Dedicação ou Festa da Luzes ( Hanukah) – comemora a restauração da independência no século II a.C. e a reedificação do templo. 
  12. 12. Trabalho realizado por: Afonso Sousa Professora: Lucília

×