Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Bioma: Cerrado

2.720 Aufrufe

Veröffentlicht am

Slides sobre o Cerrado

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Bioma: Cerrado

  1. 1. Solo da Região  Originando-se de espessas camadas de sedimentos que datam do Terciário, os solos do Bioma do Cerrado são geralmente profundos, azonados, de cor vermelha ou vermelha amarelada, porosos, permeáveis e bem drenados.
  2. 2. Solo da Região  Em sua textura predomina, em geral, a fração areia, vindo em seguida a argila e por último o silte (fragmentos de rocha).  Eles são, portanto, predominantemente arenosos, areno-argilosos, argilo-arenosos ou, eventualmente, argilosos. Sua capacidade de retenção de água é relativamente baixa.
  3. 3. Clima  O clima predominante no Cerrado é o Tropical Sazonal, com inverno seco. A temperatura média anual é de 25°C, podendo chegar a marcações de até 40°C na primavera. As mínimas registradas podem chegar a valores próximos de 10°C ou até menos, nos meses de maio, junho e julho.  A precipitação média anual fica entre 1 200 e 1 800 milímetros, com estação chuvosa compreendida entre outubro e abril, sendo dezembro e janeiro os meses mais chuvosos.  Curtos períodos de seca, chamados de veranicos, podem ocorrer no meio da primavera e do verão. No período de maio a setembro os índices pluviométricos mensais reduzem-se bastante, podendo chegar a zero.
  4. 4. Clima  Nos períodos de estiagem, o solo se resseca muito, mas somente em sua parte superficial (1,5 a 2 metros de profundidade).  Mas vários estudos já demonstraram que, mesmo durante a seca, as folhas das árvores perdem razoáveis quantidades de água por transpiração, evidenciando a disponibilidade deste mineral nas camadas profundas do solo.
  5. 5. Clima  Ventos fortes e constantes não são características gerais do Cerrado.  Normalmente a atmosfera é calma e o ar fica, muitas vezes, quase parado.  Em agosto costumam ocorrer algumas ventanias, levantando poeiras e cinzas de queimadas a grandes alturas, através de redemoinhos que se podem ver de longe.  A radiação solar é bastante intensa, podendo reduzir-se devido à alta nebulosidade nos meses excessivamente chuvosos do verão.
  6. 6. Localização  O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro.  Estendende-se por uma área de 2.045.064 km² .  Abrange oito estados do Brasil Central:  Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, sul do Pará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Distrito Federal e o norte de São Paulo.
  7. 7. Relevo/Altidude  O relevo é um tanto acidentado, com poucas áreas planas.  Nos morros mais altos são encontrados pedregulhos, argila com inclusões de pedras e camadas de areia.  Outra formação é constituída por aflorações e rochas calcárias, com fendas, grutas e cavernas em diferentes tamanhos.  Por cima das rochas há uma vegetação silvestre.  Possui campos e vales com vegetação bem característica e há ainda uma floresta-galeria rodeando riachos e lagoas.
  8. 8. Relevo/Altitude  Os pontos mais elevados do Cerrado estão na cadeia que passa por Goiás em direção sudeste-nordeste.  O Pico Alto da Serra dos Pireneus, com 1 385 metros de altitude.  A Chapada dos Veadeiros, com 1 250 metros e outros pontos com elevações consideradas, que se estendem em direção noroeste.  A Serra do Jerônimo e outras serras menores, com altitudes entre 500 e 800 metros.
  9. 9. Hidrografia  A área ocupada pelo Cerrado é cortada por três das maiores bacias hidrográficas da América do Sul, que têm lá suas nascentes: Bacia do Araguaia-Tocantins, Bacia do Prata e Bacia do Rio São Francisco.  Nele também esta localizado parte do Aquífero Guarani.
  10. 10. Hidrografia  A rede hidrográfica dos Cerrados apresenta características bastante diferenciadas, em função da sua localização, extensão territorial e diversidade fisiográfica.  O regime fluvial dos rios da região encerra notáveis diferenças nas características físicas de suas bacias de drenagem e nas diversas influências climáticas a que estão submetidas
  11. 11. Problemas Ambientais  A agricultura é principal ameaça ao cerrado.  O grande número de queimadas na região afeta não só a flora, com também a fauna e o solo.  Originalmente com cobertura de pouco mais de 1/5 do território brasileiro, o Cerrado sofre diversas ameaças à sua biodiversidade, principalmente por conta da profusão das atividades econômicas do agronegócio a partir da década de 1970 e que se intensificaram nos últimos anos.  Depois da Mata Atlântica, o Cerrado é o ecossistema brasileiro que mais alterações sofreu com a ocupação humana. O bioma é considerado um dos 25 ecossistemas do planeta com alto risco de extinção.
  12. 12. Problemas Ambientais  Um dos primeiros impactos ambientais graves na região foi causado por garimpos e a atividade mineradora em grande escala, que contaminaram os rios com mercúrio, provocaram o assoreamento dos cursos de água e, em alguns casos, chegou até mesmo a impossibilitar a própria extração do ouro rio abaixo.  Contudo, a expansão da monocultura intensiva de grãos e da pecuária extensiva de baixa tecnologia representam a principal ameaça à biodiversidade do Cerrado.  Para estudiosos do bioma, a destruição do Cerrado é irreversível.  A extinção do Cerrado comprometeria também o abastecimento potável em todo o Brasil, já que o fim do bioma representará a extinção dos grandes mananciais de água que abastecem as grandes bacias hidrográficas do país.
  13. 13. Características  Na região do Cerrado não costuma ventar muito. Em grande parte dos dias do ano, o vento é calmo (abaixo de 7 km/h) e o ar fica praticamente parado.  São raros os dias com ventos fortes e constantes. No mês de agosto costuma ocorrer ventos mais fortes do que a média anual.  A média de chuvas anual fica em torno de 1.300 a 1.700 mm.  Grande parte da chuva concentra-se nos meses de outubro a março (nas estações da primavera e verão).  Entre maio e setembro ocorre a estação seca, período em que as chuvas são raras, podendo ocorrer estiagem.  Entre os meses de julho a agosto a umidade do ar cai muito (tempo seco), podendo ficar entre 15% e 30%. Este clima seco é um problema para a vegetação do cerrado, pois favorece o surgimento de incêndios.
  14. 14. Características  A vegetação predominante é constituída por espécies do tipo tropófilas (vegetais adaptados às duas estações distintas, como ocorre no Centro-Oeste), além disso, são caducifólias (que caem as folhas no período de estiagem) com raízes profundas.  A vegetação é, em geral, de pequeno porte, com galhos retorcidos e folhas grossas.  A temperatura média anual é de 24ºC.  Na primavera e no verão a temperatura pode chegar aos 40ºC e nos meses de inverno (junho, julho e agosto) ficam em torno de 12ºC, sendo que podem chegar até a 0ºC.  Nestes dias mais frios pode ocorrer a presença de geadas, principalmente na região sul do Cerrado.

×