Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Governo jk - Disma

6.583 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Bildung

Governo jk - Disma

  1. 1. Governo JK (1956 – 1961) “ 50 anos em 5”: desenvolvimento a qualquer custo. Prof.: Dismael Sagás
  2. 2. Juscelino Kubitschek <ul><li>* 1902 +1976 </li></ul><ul><li>Mineiro, da cidade de Diamantina; </li></ul><ul><li>Médico; </li></ul><ul><li>Partido Social Democrático (PSD); </li></ul><ul><li>Foi eleito com o apoio do partido de Vargas (PTB). </li></ul><ul><li>Vice: João Goulart (Jango). </li></ul>
  3. 3. A POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA NOS ANOS JK (1956-1961) <ul><li>Slogan: </li></ul><ul><li>“ 50 anos em 5”. </li></ul><ul><li>Política desenvolvimentista. </li></ul><ul><li>Planos de Metas: </li></ul><ul><li>investimentos em energia, transporte, alimentação, indústria de base e educação. </li></ul>
  4. 4. A POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA NOS ANOS JK (1956-1961) <ul><li>Entrada de capital estrangeiro: importação de tecnologia, empréstimos no exterior. </li></ul><ul><li>Grupos econômicos estrangeiros instalaram indústrias no Brasil. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Grande emissão monetária, o que levou a altas taxas inflacionárias. </li></ul><ul><li>Empréstimos estrangeiros. </li></ul>A POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA NOS ANOS JK (1956-1961)
  6. 6. <ul><li>Construção da ferrovia Belém-Brasília e as hidrelétricas de Furnas e de três Marias. </li></ul><ul><li>Criação da Sudene – Superintendência do desenvolvimento do Nordeste </li></ul>A POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA NOS ANOS JK (1956-1961)
  7. 7. <ul><li>Crescimento industrial de 80% = indústria automobilística do ABC, no Estado de São Paulo. </li></ul><ul><li>Instalação da Volkswagen, Ford e GM. </li></ul>A POLÍTICA DESENVOLVIMENTISTA NOS ANOS JK (1956-1961)
  8. 8. <ul><li>Transferência da capital federal para Brasília = 21/04/1960 </li></ul><ul><li>Desenvolver a região Centro-oeste </li></ul><ul><li>Defesa (em caso de ataques estrangeiros) </li></ul><ul><li>Ficar longe de revoltas populares. </li></ul>A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA ANOS JK (1956-1961) Construção de Brasília
  9. 9. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA Plano Piloto <ul><li>Arquiteto responsável: Oscar Niemeyer </li></ul><ul><li>Urbanista: Lúcio Costa. </li></ul>
  10. 10. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA IMAGENS
  11. 11. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA IMAGENS
  12. 12. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA IMAGENS
  13. 13. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA IMAGENS
  14. 14. A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA IMAGENS
  15. 15. Não vou pra Brasília (Billy Blanco) <ul><li>Eu não sou índio nem nada Não tenho orelha furada Nem uso argola Pendurada no nariz Não uso tanga de pena E a minha pele é morena Do sol da praia onde nasci E me criei feliz Não vou, não vou pra Brasília Nem eu nem minha família Mesmo que seja Pra ficar cheio da grana A vida não se compara Mesmo difícil, tão cara Eu caio duro Mas fico em Copacabana </li></ul>
  16. 16. <ul><li>O governo JK gastava mais do arrecadava. </li></ul><ul><li>Os preços subiam mais do que os salários. </li></ul><ul><li>Greves consecutivas ocorridas em 1959 e insatisfação popular. </li></ul><ul><li>Na política tinha a maioria no Congresso (PSD) </li></ul>FIM DO GOVERNO JK
  17. 17. <ul><li>Respeitou a livre manifestação dos partidos políticos. </li></ul><ul><li>Liberdade de imprensa e os direitos individuais </li></ul><ul><li>1960 = eleições presidenciais = Jânio Quadros, apoiado pela UDN, foi o candidato vitorioso, com 48% dos votos. </li></ul>FIM DO GOVERNO JK
  18. 18. GOVERNO JK - Cartuns
  19. 19. GOVERNO JK - Cartuns
  20. 20. GOVERNO JK - Cartuns

×