Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2017
Quais são as estratégias de gestão da informação técnico-
científica em Saúde desenvolvidas pelo trabalho em rede, que
pod...
BIREME
BIBLIOTECA REGIONAL DE MEDICINA
Evolução baseada no trabalho em rede, com produtos, serviços, eventos e
tecnologias...
BIREME
Relevante atuação como Centro Coordenador do Sistema Regional de Informação em Ciências da
Saúde - Rede Brasileira ...
DEFINIÇÃO DE LILACS
Fonte: SUGA, Sueli Mitiko Yano. Encontros Setoriais FESPSP: Informação em Saúde 27. São Paulo: FESPSP,...
a) Identificar os principais obstáculos [resistências] e fatores que favoreceram
[potencialidades] a implantação da metodo...
REFERENCIAL TEÓRICO
Rede Brasileira de
Informação em
Ciências da Saúde
Construção coletiva
Descentralização
Compartilhamen...
CAMINHO METODOLÓGICO
Abordagem qualitativa
• Aplicação de questionário semiestruturado online
• Participantes da pesquisa:...
RESULTADOS ESPERADOS
Elaboração de estratégias de
trabalho em rede para a
construção de um repositório
temático latino-ame...
Rio de Janeiro, 3 de Novembro de 2015
Obrigada pela atenção!
Contatos:
maria.correa@fiocruz.br
luciana.danielli@icict.fioc...
Contribuições da rede brasileira de informação em ciências da saúde para a construção de um Repositório Temático Latino-Am...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Contribuições da rede brasileira de informação em ciências da saúde para a construção de um Repositório Temático Latino-Americano: práticas e lições aprendidas - CONFOA 2017

86 Aufrufe

Veröffentlicht am

Contribuições da rede brasileira de informação em ciências da saúde para a construção de um Repositório Temático Latino-Americano: práticas e lições aprendidas
Maria de Fátima Moreira Martins, Luciana Danielli Araújo, Diones Ramos Silva, Simone Faury Dib

Veröffentlicht in: Wissenschaft
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Contribuições da rede brasileira de informação em ciências da saúde para a construção de um Repositório Temático Latino-Americano: práticas e lições aprendidas - CONFOA 2017

  1. 1. Rio de Janeiro, 05 de outubro de 2017
  2. 2. Quais são as estratégias de gestão da informação técnico- científica em Saúde desenvolvidas pelo trabalho em rede, que podem contribuir para a construção de repositório temático em saúde latino-americano, com foco nas questões de qualidade da informação no contexto de mudança para o acesso aberto ao conhecimento?
  3. 3. BIREME BIBLIOTECA REGIONAL DE MEDICINA Evolução baseada no trabalho em rede, com produtos, serviços, eventos e tecnologias como bens públicos regionais e globais. biblioteca rede de bibliotecas centro de informação e indexação • ••1967 1982 1987 1998 • sistema de sistemas nacionais de informação biblioteca virtual em saúde VI Reunião do Sistema Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, na Costa Rica, em março de 1998, a rede se compromete a construir de forma cooperativa a Biblioteca Virtual em Saúde Convênio de Manutenção, celebrado entre: • Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS); • Escritório Regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas; • Instituições representantes do governo brasileiro: Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).
  4. 4. BIREME Relevante atuação como Centro Coordenador do Sistema Regional de Informação em Ciências da Saúde - Rede Brasileira de Informação de Ciências da Saúde  desenvolvimento de atividades cooperativas para a manutenção de produtos e serviços de informação;  fortalecimento das coleções e dos acervos das bibliotecas da área;  treinamento aos profissionais de informação. Laboratório de experimentação para o desenvolvimento de sistemas e plataformas tecnológicas quanto à gestão de fontes, produtos e serviços de Informação em Ciências da Saúde na América Latina e Caribe. Em 2005, a Declaração de Salvador sobre o Acesso Aberto foi assinada pelos participantes do International Seminar on Open Access, durante o 9º Congresso Mundial de Informação em Saúde e Bibliotecas (ICML9) e 7º Congresso Regional de Informação em Ciências da Saúde (CRICS7), promovidos pela BIREME, a qual destaca a importância da implantação de políticas que visem o acesso aberto à informação científica e técnica com o objetivo de promover equidades aos países em desenvolvimento.
  5. 5. DEFINIÇÃO DE LILACS Fonte: SUGA, Sueli Mitiko Yano. Encontros Setoriais FESPSP: Informação em Saúde 27. São Paulo: FESPSP, set.2013.
  6. 6. a) Identificar os principais obstáculos [resistências] e fatores que favoreceram [potencialidades] a implantação da metodologia LILACS para gestão da informação descentralizada em Ciências da Saúde; b) Identificar, na percepção dos atores chaves envolvidos, as dificuldades na operacionalização das ações com foco nos objetivos e propostas pela Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde em relação à realidade dos Centros Cooperantes; c) Apontar a percepção dos atores chaves envolvidos, as mudanças ocorridas que favorecem ou dificultam uma nova prática no contexto de mudança para o acesso aberto ao conhecimento; d) Identificar na percepção dos atores chaves envolvidos, ações estratégicas que superem os obstáculos [barreiras] identificados. OBJETIVOS
  7. 7. REFERENCIAL TEÓRICO Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde Construção coletiva Descentralização Compartilhamento Visibilidade da produção Cooperação  Conceito de Redes de Informação utilizado Tomael (2005) junto ao conceito de análise de Redes Sociais proposto por Marteleto (2001, 2007).  Processo histórico analisado por Pires- Alves (2011).  Descentralização na gestão da informação técnico-científica em Saúde questão estratégica.
  8. 8. CAMINHO METODOLÓGICO Abordagem qualitativa • Aplicação de questionário semiestruturado online • Participantes da pesquisa: profissionais de informação e equipes gestoras da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde Técnica de Estudo de Caso Pesquisa documental Análise da percepção dos participantes pesquisados e de análise de conteúdo e documental
  9. 9. RESULTADOS ESPERADOS Elaboração de estratégias de trabalho em rede para a construção de um repositório temático latino-americano em saúde, com a ideia de informação científica como conceito de cidadania e de comunicação pública da ciência como valor fundamental.
  10. 10. Rio de Janeiro, 3 de Novembro de 2015 Obrigada pela atenção! Contatos: maria.correa@fiocruz.br luciana.danielli@icict.fiocruz.br diones.ramos@icict.fiocruz simone.dib@icict.fiocruz.br

×