Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Aula inequacoes

3.946 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

Aula inequacoes

  1. 1. INEQUAÇÕES DO 1º GRAU 1 - Linguagem das inequações Qual a diferença entre uma equação do 1º grau e uma inequação do 1º grau ? Como se sabe, uma equação é uma igualdade entre dois membros e por isso usa-se o sinal de igual entre eles. Para termos uma inequação, basta termos, em vez de um sinal de igual, sinais de: maior > menor < maior ou igual ≥≥≥≥ menor ou igual ≤≤≤≤ Assim : x + 2 = 7 3 − é uma equação (porque usa o sinal =) 3x + 5 > 8 é uma inequação (porque usa o sinal >) 6,4x – 9 < 9 5 é uma inequação (porque usa o sinal <) 3 9 12 4 x + ≥ − é uma inequação (porque usa o sina l≤) 5 – 12x ≤≤≤≤ 0,14 é uma inequação (porque usa o sinal ≥) Nas inequações utiliza-se a mesma linguagem das equações: membro, termo, incógnita, solução e resolução. Assim, para a inequação: x + 2 > 4 temos: incógnita ⇒ x 1º membro ⇒ x + 2 2º membro ⇒ 4 termos ⇒ x , 2 e 4 Numa inequação, normalmente, temos muitas soluções: 5 é solução ; 5 + 2 > 4 ( verdadeiro ) 3 é solução ; 3 + 2 > 4 ( verdadeiro ) – 2 não é solução ; –2 + 2 > 4 ( falso ) Uma inequação está resolvida quando se determinou o conjunto das soluções (conjunto-solução). Duas inequações são equivalentes quando têm o mesmo conjunto-solução.
  2. 2. 2 - Resolução de inequações Na resolução de inequações usam-se duas propriedades da relação > ou < e que são a Monotonia da adição e a Monotonia parcial da multiplicação. 1ª – Monotonia da adição Se numa balança tivermos 5 kg num prato e 3 kg no outro, e se acrescentarmos 2 kg a cada um dos pratos, a situação não se altera. Matematicamente escrevíamos: 5 > 3 ⇔ ⇔ 2 + 5 > 2 + 3 O mesmo se passa se subtrairmos: 5 > 3 ⇔ ⇔ 5 – 2 > 3 – 2 Diz-se, por isso, que: Podemos adicionar ou subtrair a ambos os membros de uma inequação um mesmo número, que obtemos uma inequação equivalente à primeira. Assim: 2x –5 > 8 ⇔ 2x –5 +5 > 8 +5 ⇔ 2x > 8 +5 Na prática e simplificadamente, podemos dizer que podemos passar um termo de um membro para o outro desde que se troque o sinal, tal como se faz nas equações: o –5 mudou de membro trocando de sinal Exemplos: a) 4x – 5 < 8 ⇔ 4x < 8 + 5 b) 12 + x > 25 ⇔ x > 25 – 12 2ª - Monotonia parcial da multiplicação • Multiplicação por um número positivo Observemos: 2 é menor que 3 e matematicamente escrevemos: 2 < 3 Podemos multiplicar ambos os membros por qualquer número positivo, que a desigualdade contínua a ser verdadeira: 2 x 6 < 3 x 6 ⇔ 12 < 18 2 x 25 < 3 x 25 ⇔ 50 < 75 2 x 0,01 < 3 x 0,01 ⇔ 0,02 < 0,03 etc.
  3. 3. Diz-se, por isso, que: Podemos multiplicar ambos os membros de uma inequação por um n.º positivo, mantendo o sinal da desigualdade, que obtemos uma inequação equivalente à primeira. • Multiplicação por um número negativo Observemos novamente: 2 < 3 Mas se multiplicarmos ambos os membros por – 1 verifica-se que: – 1 x 2 dá – 2 e – 1 x 3 dá – 3 Ora – 2 é maior que – 3 e por isso temos de inverter o sinal da desigualdade: 2 < 3 ⇔ ⇔ – 1 x 2 > – 1 x 3 ⇔ ⇔ – 2 > – 3 Ao multiplicarmos ambos os membros por um n.º negativo tivemos de inverter o sinal da desigualdade. Diz-se, por isso, que: Podemos multiplicar ambos os membros de uma inequação por um n.º negativo, invertendo o sinal da desigualdade, que obtemos uma inequação equivalente à primeira. A Monotonia parcial da Multiplicação é usada para a resolução de inequações, quando se pretende eliminar o coeficiente da variável. O coeficiente da variável é o número que multiplica a variável; exemplos: 3x a variável é x e o seu coeficiente é 3 – 0,8 y a variável é y e o seu coeficiente é – 0,8 – a a variável é a e o seu coeficiente é – 1 4 b a variável é b e o seu coeficiente é 1 4 ( porque 1 4 x b = 4 b ) Assim: • Se o coeficiente de x for positivo muda de membro passando a dividir, sem mudar o sinal da desigualdade. Exemplos: a) 4x < 5 ⇔ x < 5 4
  4. 4. b) 12x ≥ – 24 ⇔ x ≥ 24 12 − ⇔ x ≥ – 2 • Se o coeficiente de x for negativo muda de membro passando a dividir, mudando-se o sinal da desigualdade. Exemplos: a) – 3x > 18 ⇔ x < 18 3 − ⇔ x < – 6 b) – 14x ≤≤≤≤ – 42 ⇔ x ≥≥≥≥ 42 14 − − como já se sabe dois sinais – dão sinal + e por isso escreve-se: ⇔ x ≥ 42 14 ⇔ x ≥ 3 Nas mudanças de membro os sinais dos coeficientes da variável mantêm-se tal como nas equações. Exercícios resolvidos: 1) 4 ( x – 12 ) < x ⇔ ⇔ 4x – 48 < x ⇔ ⇔ 4x – x < 48 ⇔ ⇔ 3x < 48 ⇔ ⇔ x < 48 3 ⇔ x < 16 Solução : S = ] – ∞ , 16 [ 2) 3 x ≤ 7 ( x + 5 ) ⇔ ⇔ 3 x ≤ 7x + 35 ⇔ ⇔ 3 x ≤ 7 3 35 3 3 3 x× × + e retirando os denominadores agora que estão todos iguais ⇔ x ≤ 21x + 105 ⇔ ⇔ x – 21x ≤ 105 ⇔ ⇔ – 20x ≤ 105 ⇔ ⇔ x ≥ 105 20 − ⇔ ⇔ x ≥ – 5,25 Solução : S =[ – 5,25 ; + ∞ [
  5. 5. 3) 5 x − > 3,5 – x ⇔ ⇔ – x > 17,5 – 5x ⇔ ⇔ – x + 5x > 17,5 ⇔ ⇔ 4x > 17,5 ⇔ ⇔ x > 4,375 Solução: S = ] 4,375 ; + ∞ [ Exercícios para resolver 1) 2x – 1 > 3 ⇔ Solução: S = ] 2 , + ∝ [ 2) 1 2 – 3x > – 8x ⇔ Solução: S = ] – 0,1 , + ∝ [ 3) 2 ( 1 – x ) < – 3 ( 1 + x ) ⇔ Solução: S = ] – ∝ , – 5 [ 4) 1 – 2x > – 5 ⇔ Solução: S = ] – ∝ , 3 [ 5) – ( 1 + 3x ) ≤ 5 2 − ⇔ Solução: S = [ 0,5 , + ∝ [ 6) ( )5 3 2 x − > 7x ⇔ Solução: S = ] – ∝ , – 1 3 [ 7) ( )1 2 1 2 x− − ≤ 0 ⇔ Solução: S = [ 1 , + ∝ [ 8) 1 – 5x ≥ 2 – 1 3 x + ⇔ Solução: S = ] – ∝ , – 1 7 ]

×