Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE          SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUC...
Avaliação é um assunto muito amplo e discutido no processo ensino aprendizagem. Está sempre em conflito,portanto, os educa...
A começar pela teoria apresentada por Luckesi (2011),      deixando clara a necessidade de investigar,observamos que muito...
Sendo assim, quando uma avaliação é elaborada levando em conta       uma pequena quantidade de fatores, o resultado será u...
Avaliar significa investigar a qualidade. Podemos observar duas      modalidades apresentadas: a avaliação de certificação...
Referências:LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos eproposições. 3.ed. São Paulo: Cortez, 19...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Ueder maraia mod05_slideshare

207 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Ueder maraia mod05_slideshare

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONALCursista: Uéder Fernando Jardim MaraiaMediador pedagógico: Suely Carneiro MascarenhasTítulo: A avaliação da aprendizagem como princípio no desenvolvimentoda autoria.
  2. 2. Avaliação é um assunto muito amplo e discutido no processo ensino aprendizagem. Está sempre em conflito,portanto, os educadores, devem ter um bom embasamentoteórico a respeito do assunto, a fim de não perder a direção do trabalho pedagógico. Diante de toda a problemática apresentada acerca do que é ou não, de fato avaliação, podemos perceber que a teoria não é condizente com as práticas pedagógicas diária.
  3. 3. A começar pela teoria apresentada por Luckesi (2011), deixando clara a necessidade de investigar,observamos que muitos conflitos são gerados partindo do princípio que aquilo que é realidade para um, podenão ser a realidade para outro, pois nesse processo deinvestigação, uma nova perspectiva será formada, sob um novo olhar. Então, há necessidade de abarcar multiplicidade de fatores e condições de ensino que subsidiarão essa nova realidade, no caso, a do aluno. Todo esse processo é permeado de subjetividade.Quando consideramos o máximo de variáveis possíveis, impedimos uma deformidade da realidade.
  4. 4. Sendo assim, quando uma avaliação é elaborada levando em conta uma pequena quantidade de fatores, o resultado será umainterpretação restrita da realidade, ao passo que uma avaliação mais articulada, que abrange múltiplas determinações possibilita mais interpretações. Como é essencial ver a avaliação como objeto de intervenção, é necessário conhecimento, sem o qual não temos um ponto de partida, um norte. A forma que se tem para melhor conhecer algo é investigando. Deste modo, é muito importante escolher bem o queserá instrumento, para não complicar o resultado. Na medida em que o homem evolui, a tecnologia avança, a metodologia e instrumentostambém são aperfeiçoados. Isso, aliado à aquisição de conhecimento e melhor interpretação de dados empíricos, torna a prática avaliativa mais eficiente. Esses dados empíricos obtidos pelo professor (pesquisador) mostram que ações, métodos ou instrumentos devem ser descartados, o que deu certo e o que se deve trabalhar mais.
  5. 5. Avaliar significa investigar a qualidade. Podemos observar duas modalidades apresentadas: a avaliação de certificação e a de acompanhamento. Uma avalia o produto e a outra, o processo. Aavaliação de acompanhamento permite descrever qualificar e intervir, é,portanto mais abrangente, o que possibilita maiores interpretações, além disso, nos permite intervir a tempo, a fim de obter uma melhor classificação.Para que a avaliação aconteça, sistematicamente, durante as atividades de ensino aprendizagem, é fundamental que o professor utilize uma diversidade de instrumentos, como registros, lista de controles, observação, análise de produções escritas, orais e outros. Se a avaliação está a serviço do processo de ensino aprendizagem, a decisão de aprovar ou reprovar, não deve ser a expressão de um “castigo”, nem ser unicamente pautada no quanto se aprendeu ou se deixou de aprender os conteúdos.
  6. 6. Referências:LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos eproposições. 3.ed. São Paulo: Cortez, 1996.LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem componente do atopedagógico. 1.ed. São Paulo: Cortez, 2011.________<http://geografiadeportugal-tic.webnode.pt/avalia%C3%A7%C3%A3o%20dos%20 >

×