Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

Reviao anatomia gastrointestinal.pptx

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 30 Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Ähnlich wie Reviao anatomia gastrointestinal.pptx (20)

Anzeige

Aktuellste (20)

Reviao anatomia gastrointestinal.pptx

  1. 1. Sistema Gastrointestinal Prof. Gislaine Raposo
  2. 2. ASPECTOS GERAIS  Constituído por órgãos e glândulas que processam os alimentos ingeridos, retirando os nutrientes necessários para o desenvolvimento e a manutenção do organismo.
  3. 3. Alimentação Digestão Assimilação Dejeção ou defecação
  4. 4. Mastigação Deglutição Digestão Absorção Excreção
  5. 5.  O nossocorpo produz váriostipos de enzimas digestórias. Amilases atuam somente sobre o amido; Proteases agem sobre as proteínas; Lípases sobre os lipídios, e assim por diante. ENZIMAS
  6. 6. Órgãos do tubo digestório 1. Boca 2. Faringe 3. Esôfago 4. Estômago 5. Intestino delgado 6. Intestino grosso 7. Ânus Glândulas anexas 1. Glândulas salivares 2. Pâncreas 3. Fígado 4. Vesícula biliar
  7. 7. BOCA
  8. 8. É um canal comum aos Sistemas Digestório e Respiratório. Passam por ela o alimento e o ar. Presença de órgãos linfoides (amígdalas e adenoides) Divide-se em : • Nasofaringe – parte superior. Comunica-se com a cavidade nasal • Orofaringe – parte média. Comunica-se com a cavidade bucal • Laringofaringe – parte inferior. Comunica-se com laringe e com o esôfago.
  9. 9. ESÔFAGO  Tubo com 20 a 25 cm;  Liga a faringe ao estômago;  Dotado de movimentos peristálticos (musculatura lisa);  Transporta o alimento com 5 a 10 segundos;
  10. 10. ESÔFAGO
  11. 11.  Bolsa de parede musculosa;  Lado esquerdo do abdômen;  Liga o esôfago ao intestino delgado;  Comunica-se com o esôfago através da cárdia (próxima ao coração)  Comunica-se com o intestino delgado através do Piloro.  Transforma os alimentos em uma massaacidificada e semilíquida – o Quimo.
  12. 12. ESTÔMAGO  Principal função é a digestão de alimentos protéicos;  Pode guardar 1,5 L;  Possui glândulas que produzem suco gástrico (HCL, pepsina, lipase e renina) ;  Internamento revestido por mucosa que produz muco, para proteção contra o suco gástrico
  13. 13. ESTÔMAGO
  14. 14. ESTÔMAGO O alimento sofre a ação do suco gástrico que é secretado pelas glândulas localizadas na parede estomacal. O muco é produzido pelas glândulas pilóricas e cárdicas do estômago e lubrifica o bolo alimentar, além de proteger a parede do estômago. O HCl apresenta as seguintes funções: facilita a absorção de ferro; proporciona um pH ótimo para a digestão protéica; ativa o Pepsinogênio à Pepsina; age contra os germes restringindo a fermentação microbiana (ação germicida).
  15. 15. INTESTINO DELGADO O intestino delgado é dividido em três partes: 1.Duodeno – corresponde aos primeiros 30 cm do intestino delgado, onde se tem a maior parte da absorção de todos os nutrientes. 1. Jejuno – a parte média do intestino 1. Íleo – a parte final do intestino delgado, que se conecta ao intestino grosso.
  16. 16. INTESTINO DELGADO No intestino delgado ocorre a maior parte da digestão e absorção. O processo inicia no DUODENO. Nele são lançadas secreções do fígado e pâncreas, caracterizando o processo de digestão química. Na digestão química há ação:  Da Bile – separam gorduras em partículas microscópicas, funcionando como um detergente  Do suco pancreático – atua na digestão das proteínas, carboidratos e lipídeos.  Do suco entérico – produzido pela mucosa intestinal, possui enzimas que atuam na transformação das proteínas e carboidratos.
  17. 17. INTESTINO DELGADO Após a formação do quilo, os nutrientes são absorvidos pelo organismo, por meio das vilosidades do intestino delgado.
  18. 18. INTESTINO DELGADO
  19. 19. INTESTINO GROSSO delgado, ele se Após a digestão do quilo no intestino encaminha para o intestino grosso. Esse, dividido em apêndice, cólon e reto, absorve água e sais minerais e direciona a parte que não foi digerida do quilo para o reto, a fim de que seja eliminada pelas fezes. Bactérias da flora intestinal permitem a produção de vitaminas, como as K e B12.
  20. 20. INTESTINO GROSSO
  21. 21. SALIVARES
  22. 22. SALIVARES Situadas na boca, produzem a saliva  transformar amido em produtos mais simples; contém anticorpos protéicos que destroem as na boca inclusive as que provocam as cáries A saliva também bactérias presentes dentárias. A glândula parótida (a maior), localiza-se entre o ângulo da mandíbula e à base do crânio. A glândula submandibular é uma glândula salivar que localiza-se abaixo da mandíbula. Produz a maior parte da saliva total liberada na boca. As glândulas sublinguais situam-se no assoalho da boca.
  23. 23. PÂNCREAS É uma glândula endócrina (insulina e glucagon) e exócrina (suco pancreático). O suco pancreático atua no processo digestivo, sendo responsável pela hidrólise da maioria das moléculas ( carboidratos, proteínas, gorduras ) Situa-se posteriormente ao estômago, fixando-se a parede abdominal posterior.
  24. 24. PÂNCREAS
  25. 25. FÍGADO glicose (convertida em Armazena substâncias, como glicogênio), ferro e vitaminas; Sintetiza proteínas; inativa produtos tóxicos; metaboliza e elimina resíduos gerados no próprio corpo (como a uréia , o ácido úrico e o ácido lácteo). Bile ou Bílis, é um fluido produzido pelo fígado, armazena- se na vesícula biliar e atua na digestão de gorduras, de alguns alimentos e na absorção de substâncias nutritivas da dieta ao passarem pelo intestino.
  26. 26. FÍGADO
  27. 27. FÍGADO

×