Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Foto Novela
Graciliano Ramos – Vidas Secas
Fabiano é um homem honesto, ignorante, inocente, etc.
Sinha Vitória é uma mulher guerreira, esperta (sabe fazer
conta), so...
Retirantes caminham em busca de melhores condições de vida,
devido a seca no sertão Nordestino.
A família estava com muita fome, e como o papagaio não falava,
Sinhá Vitória teve que matá-lo.
O menino mais velho não resistiu e acabou desmaiando.
Fabiano perde a paciência e acaba sendo obrigado a levar o
menino nas costas.
Caminharam mais um pouco e logo encontraram uma casa
abandonada e acabaram se instalando.
No dia seguinte apareceu o dono da casa, que expulsou – o,
Fabiano decidiu trabalhar para o fazendeiro em troca de
moradia.
O dono da fazenda apareceu novamente. Agora teriam dinheiro
para sobreviver.
Fabiano foi então à feira com o dinheiro empr...
O soldado amarelo considerou aquilo uma ofensa, prendeu
Fabiano, surrou-o na cadeia. Fabiano ficou com muita dor, ficou
co...
Dias depois o fazendeiro liberta Fabiano.
Com o inverno chegaram as chuvas no sertão. Sentados ao
redor do fogo, a família se aquecia à noite. Conversavam sobre
o n...
Baleia ficou doente. Seus pêlos caíram, as costelas magras, e
manchas escuras convertiam-se em pus e sangravam.
Fabiano re...
Fabiano foi até a casa do patrão (fazendeiro) para receber o
pagamento. O patrão deu dinheiro a menos, e como Sinhá Vitóri...
Passou um ano de sua injusta prisão, Fabiano reencontra-se
com o soldado amarelo perdido pela caatinga. Tinha nas mãos a
c...
Com a nova seca, Fabiano e a família tiveram que se retirar em busca
de vida melhor. Não tinham escolha, no caminho lembra...
Fim
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Foto novela 03 set13

863 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Foto novela 03 set13

  1. 1. Foto Novela Graciliano Ramos – Vidas Secas
  2. 2. Fabiano é um homem honesto, ignorante, inocente, etc. Sinha Vitória é uma mulher guerreira, esperta (sabe fazer conta), sofrida e sonha em ter uma cama de couro. O menino mais novo sonha em ser igual o pai (Fabiano). O menino mais velho pronunciava constantemente a palavra inferno e era muito apegado com a cachorra Baleia. Baleia era tratada como gente, era dócil e todos gostavam de sua companhia. Papagaio não falava e como a família estava passando fome, tiveram que comê-lo.
  3. 3. Retirantes caminham em busca de melhores condições de vida, devido a seca no sertão Nordestino.
  4. 4. A família estava com muita fome, e como o papagaio não falava, Sinhá Vitória teve que matá-lo.
  5. 5. O menino mais velho não resistiu e acabou desmaiando.
  6. 6. Fabiano perde a paciência e acaba sendo obrigado a levar o menino nas costas.
  7. 7. Caminharam mais um pouco e logo encontraram uma casa abandonada e acabaram se instalando.
  8. 8. No dia seguinte apareceu o dono da casa, que expulsou – o, Fabiano decidiu trabalhar para o fazendeiro em troca de moradia.
  9. 9. O dono da fazenda apareceu novamente. Agora teriam dinheiro para sobreviver. Fabiano foi então à feira com o dinheiro emprestado e para vender um porco que matara. Porém, o fiscal do governo exigiu- lhe imposto e o impediu de vender a carne. Na mercearia do seu Inácio, Fabiano acaba se envolvendo em um jogo de cartas com o soldado amarelo. Perdeu o dinheiro. Sentindo-se desolado diante da situação, retirou-se bruscamente do jogo. E perguntou a si mesmo o que irei falar para minha família?
  10. 10. O soldado amarelo considerou aquilo uma ofensa, prendeu Fabiano, surrou-o na cadeia. Fabiano ficou com muita dor, ficou confuso e revoltado.
  11. 11. Dias depois o fazendeiro liberta Fabiano.
  12. 12. Com o inverno chegaram as chuvas no sertão. Sentados ao redor do fogo, a família se aquecia à noite. Conversavam sobre o nordeste sem seca, a caatinga verde, rapadura para comer, o gado gordo. Mas mesmo a época de prosperidade não afastava as preocupações de Sinhá Vitória. Preocupava-se, pois, junto com as chuvas poderiam vir também as enchentes.
  13. 13. Baleia ficou doente. Seus pêlos caíram, as costelas magras, e manchas escuras convertiam-se em pus e sangravam. Fabiano resolveu matá-la, Sinhá Vitória achou precipitado, afinal não estava louca.
  14. 14. Fabiano foi até a casa do patrão (fazendeiro) para receber o pagamento. O patrão deu dinheiro a menos, e como Sinhá Vitória tinha feito as contas, Fabiano decide reclamar . O patrão disse que era o juros pelos empréstimos. Fabiano aceita a explicação e acaba indo embora.
  15. 15. Passou um ano de sua injusta prisão, Fabiano reencontra-se com o soldado amarelo perdido pela caatinga. Tinha nas mãos a chance de se vingar. Mais como Fabiano era honesto e respeitava as leis, decidiu deixá-lo ir embora.
  16. 16. Com a nova seca, Fabiano e a família tiveram que se retirar em busca de vida melhor. Não tinham escolha, no caminho lembravam da Baleia. Mas mesmo assim não desistiram da vida.
  17. 17. Fim

×