Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

EAE 2 a criação

1.085 Aufrufe

Veröffentlicht am

Aula 2 - A Criação

Veröffentlicht in: Seele & Geist
  • Als Erste(r) kommentieren

EAE 2 a criação

  1. 1. A CRIAÇÃO Roselí Lemes roselilemes1@hotmail.com Escola de Aprendizes do Evangelho
  2. 2. O Plano do Espírito Deus: Cria perpetuamente; Criação mental; Possuem ciclos completos. Espírito: Emanação da Divindade, com possibilidades divinas, desenvolvidas em sua evolução; Ainda não entende Divindade ou esfera divina.
  3. 3. O Plano da Energia O Espaço infinito (Universo) é o campo de ação da criação. O que é o Universo? O Universo é formado pela infinidade dos mundos que vemos e dos que não vemos; por todos os seres animados e inanimados; por todos os astros que se movem no espaço, assim como os fluidos que o preenchem.
  4. 4. O Plano da Energia Contém energia – fonte de todos os movimentos e força promotora de todas as mutações. O Espaço não é um vazio, mas um oceano de fluidos, passíveis de transformação.
  5. 5. O Plano da Matéria Fluido Universal transformado concorre à produção de todas as formas e tipos dos seres vivos, das coisas inanimadas e dos mundos que rolam no espaço.
  6. 6. O Plano da Manifestação “No princípio era o Verbo e o Verbo era Deus e o Verbo estava com Deus.” (João 1:1)
  7. 7. O Plano da Manifestação “No princípio era o Verbo e o Verbo era Deus e o Verbo estava com Deus.” (João 1:1) Verbo fora de Deus = poder realizador. Verbo em Deus = poder criador.
  8. 8. O Plano da Manifestação “No princípio era o Verbo e o Verbo era Deus e o Verbo estava com Deus.” (João 1:1) Verbo fora de Deus = poder realizador. Poder criador é transmitido a Conjuntos de Inteligências Divinas e Espíritos Puros (esfera crística). Verbo em Deus = poder criador.
  9. 9. Fluido Cósmico Universal É o elemento cósmico que dá origem a formação de todas as coisas. Nas palavras de Kardec, “é a matéria elementar primitiva, cujas modificações e transformações constituem a inumerável variedade dos corpos da Natureza". É a matéria primitiva básica a partir da qual todas as outras se formam.
  10. 10. A CRIAÇÃO Deus criou o mundo por Sua vontade.
  11. 11. A CRIAÇÃO Deus criou o mundo por Sua vontade. 1ª dia: “Faça-se a luz! E a luz foi feita.” Deus projeta sua vontade sobre um ponto do Espaço infinito, no fluido cósmico e a massa começa a transmutar-se, entrando em movimento. Um turbilhão de átomos passa a girar em torno de si mesmo, manifestando vida, calor e luz.
  12. 12. 2º dia – criação do firmamento e separação das águas. Espíritos Superiores Construtores, regulam vibrações da massa, que condensando-se, inicia seu movimento giratório em torno de um núcleo central; essa condensação leva a um estado gasoso preliminar, formando UMA NEBULOSA – matriz de mundos.
  13. 13. Agindo, os Espíritos Construtores aumentam a condensação da nebulosa, acelerando seu movimento em torno do núcleo até que se parte em fragmentos. Assim que se anula a força centrífuga de propulsão passam a girar em torno da nebulosa, em órbitas próprias. Isolados e menores, giram com velocidades crescentes em torno do próprio eixo, quando por efeito dos atritos com a massa fluídica exterior, acabam por incendiar-se. Cada fragmento gasoso é um globo de fogo.
  14. 14. O núcleo da nebulosa, se acende, tornando-se o sol central do conjunto. Formou-se o sistema planetário. Em contato com frio do Espaço exterior, procede-se o esfriamento de cada fragmento. Os Espíritos construtores formam uma camada fluídica de proteção, limitando com o exterior.
  15. 15. Os Espíritos construtores das formas transportam os germes de vida de todos os seres que vão evoluir ali. Gases das combustões internas vão subindo, mas são detidos na camada de proteção e, em contato com o frio exterior, condensam e caem novamente (chuvas) se espalhando pela superfície escaldante, levando os germes da vida.
  16. 16. 3º dia – Moisés se refere à reunião das águas, à criação do elemento árido (terra) e ao aparecimento das plantas. As águas da superfície, acrescidas de novas chuvas, formam os mares e as terras vão aparecendo, germinando nas águas e terra as primeiras plantas.
  17. 17. 4º dia – Criação do Sol, da lua e das estrelas. Diminuem as combustões internas, a atmosfera clareia e o sol rompe as nuvens espessas, enquanto à noite brilham as estrelas e astros.
  18. 18. A vida se torna possível com a diminuição do calor e as águas e os ares se enchem de seres animais de ordem inferior. 5º dia – Criação dos pássaros e dos peixes.
  19. 19. 6º dia – Criação dos animais de terra e o aparecimento do homem. Estabilizam-se as superfícies sólidas surgindo os animais de terra e quando se consolidaram todos os elementos necessários à vida, aparece o homem – o rei da criação.
  20. 20. 7ª dia – “Repouso do Criador”, por Moisés.
  21. 21. O repouso do criador representa a estabilização de todas as coisas e o trabalho humano da evolução. Está aí a manifestação divina através dos três aspectos fundamentais: espírito, energia e matéria.
  22. 22. MUNDO ESPIRITUAL Constituído por seres vivos, animados por Espíritos que habitam o Espaço ou os corpos celestes. Residem nos espaços infinitos se agrupando por afinidade e segundo tarefas que executam e descem a mundos materiais para a realização de provas e experiências purificadoras.
  23. 23. Espíritos Inferiores = maus ignorantes, sofredores.
  24. 24. Bons Espíritos = Anjos.
  25. 25. Espíritos Superiores = Arcanjos.
  26. 26. Espíritos da Esferas Criativa = Verbos de Deus. (Jesus)
  27. 27. Divindade Absoluta = Deus.
  28. 28. Bibliografia: •Iniciação Espírita - "A Criação" - página 5 •O Livro dos Espíritos (FEB, PETIT, Luz Espírita) - perguntas 1 a 3 •A Gênese (FEB, Luz Espírita) - Allan Kardec - capítulo 2 - itens 6 a 12 •Bíblia - Gênesis •Francisco Cândido Xavier A Caminho da Luz - capítulo 1 e 2 O Consolador - perg. 261 Evolução em Dois Mundos - capítulo 1 •Edgard Armond - Editora Aliança Salmos 1-5 Os Exilados da Capela - 1-4; 15 Enquanto é Tempo - 6 Respondendo e Esclarecendo - 36, 269, 311 Na Semeadura I - 23, 50, 82, 146, 202 Na Semeadura II - 5, 36, 43, 57, 64, 78, 79, 81, 91, 104, 121, 134, 195, 225, 227, 231 a 234, 237, 243, 245, 251, 256, 261, 265 Falando ao Coração - Aos Aprendizes, 2, 3, 4 Lendo e Aprendendo - 2, 14, 133, 163 Verdades e Conceitos I - 13 Complemento: •Gestação da Terra - Robson Pinheiro •Colônia Capella - Pedro de Campos •Filosofia Espírita I - João Nunes Maia - capítulos 1, 2 e 3

×