Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
1
Prof. Mendonça
2017
2
PARA APOSTILA COMPLETA VENHA
FAZER UM DE MEUS CURSOS:
Segunda feira 18:30 até 21:45
Curso e colégio integral (Específica...
3
Sumário
LISTA 1 – M. U. ...................................................................................................
4
LISTA 1 – M. U.
Questão 01) R
Um trem carregado de combustível, de 120 m de
comprimento, faz o percurso de Campinas até
...
5
Questão 07)
Alguma vez já lhe propuseram a questão sobre
"um trem trafegando numa via férrea, com
velocidade constante d...
6
c) 8 m/s
d) 6 m/s
e) 4 m/s
Questão 14)
Um móvel desloca-se num plano inclinado de 6,0
metros de altura e 8 metros de bas...
7
01. As partículas partem de pontos diferentes no
mesmo instante.
02. As partículas descrevem movimentos
uniformes com ve...
8
LISTA 2 – M.U.V.
Questão 01) R
Numa rodovia, um motorista dirige com
velocidade v = 20 m/s, quando avista um animal
atra...
9
e) 25
Questão 10)
A velocidade em função do tempo de um ponto
material em movimento retilíneo uniformemente
variado, exp...
10
e) 500 m
Questão 17)
O gráfico mostra como varia a velocidade de um
móvel, em função do tempo, durante parte de seu
mov...
11
LISTA 3 – M.C.U.
Questão 01) R
Durante uma apresentação da Esquadrilha da
Fumaça, um dos aviões descreve a trajetória
c...
12
respectivamente. Para que as partículas retornem
à configuração inicial mostrada na figura, depois
de algum tempo, o me...
13
LISTA 4 – VETORES
Questão 01) R
Um automóvel percorre 6,0km para o norte e,
em seguida 8,0km para o leste. A intensidad...
14
18) Gab: B
19) Gab: D
20) Gab: E
15
LISTA 5 – LEIS DE NEWTON
TEXTO: 1 - Comum à questão: 6
Considere as Leis de Newton e as informações a
seguir.
Uma pesso...
16
Questão 14 - (UECE/2014) R
Um corpo de massa m, em queda livre e sob ação
de gravidade g constante, parte do repouso e
...
17
LISTA 6 - APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON
Questão 03) R
A prateleira inclinada onde são expostos os pães
de forma nos sup...
18
GABARITO:
1) Gab: A 2) Gab: E 3) Gab: A
4) Gab: B 5) Gab: A 6) Gab: D
7) Gab: VVFFF
8) Gab:
fat : atrito do livro com a...
19
LISTA 7 - TERMOMETRIA E DILATAÇÃO
Questão 03) R
A temperatura normal de funcionamento do
motor de um automóvel é 90ºC. ...
20
LISTA 8 – CALORIMETRIA E GASES
CALORIMETRIA
1 - UNIOESTE 2013 GERAL R
Em um recipiente de capacidade térmica
desprezíve...
21
(Dados: calor especifico da agua: c = 1 cal.g-
1
.o
C-1
e 1 cal = 4,2 J)
(A) 167 W
(B) 540 W
(C) 700 W
(D) 1000 W
(E) 1...
22
No Rio de Janeiro, o volume do balão era V0, e o
gás estava à pressão p0 e à temperatura T0,
medida em Kelvin. Ao chega...
23
LISTA 9 - TERMODINÂMICA
Questão 01 - (UDESC)
O gráfico abaixo apresenta dois processos
termodinâmicos distintos, utiliz...
24
a) 1000 J
b) 7 J
c) 990 J
d) 10 J
e) 8 J
Questão 06 - (PUC RS)
O êmbolo de um cilindro que contém um gás ideal
é empurr...
25
Analise as afirmações a seguir e assinale a opção
INCORRETA:
a) Um sistema que realiza transformações
cíclicas, retorna...
26
Além de contribuir para a análise das condições de
saúde, a tecnologia é um meio para promover
bem–estar.
O condicionad...
27
LISTA 10 – ÓPTICA E ESPELHO PLANO
Questão 01 - (UEL PR) R
Em um dia ensolarado, você observa a sombra de
uma torre proj...
28
A) 2S
B) 3S
C) 4S
D) 5S
E) 6S
GABARITO:
1) Gab: D
2) Gab: C
3) Gab: E
4) Gab: C
5) Gab: 60 cm
6) Gab: A
7) Gab: E
8) Ga...
29
LISTA 11 – ESPELHOS ESFÉRICOS
Questão 01 - (Fac. Santa Marcelina SP/2014) R
A fim de observar minuciosamente os dentes ...
30
Quando o filamento de lâmpada emite luz na
direção do espelho, uma imagem real de 3cm de
tamanho é formada em um antepa...
31
LISTA 12 – REFRAÇÃO E LENTES ESFÉRICAS
Questão 01 - (UFU MG/2016)
Um famoso truque de mágica é aquele em que
um ilusion...
32
Questão 06 - (FUVEST SP/2016)
Uma moeda está no centro do fundo de uma caixa
d’água cilíndrica de 0,87 m de altura e ba...
33
b) em razão do fenômeno do ângulo crítico,
gerando reflexão dos raios de luz. Isso
ocorre apenas quando a luz viaja de ...
34
b) divergentes, com comprimento focal
ligeiramente maior que a distância entre a
lente e os olhos.
c) convergentes, com...
35
a) L1 e L4
b) L2 e L4
c) L1 e L2
d) L2 e L3
e) L1 e L3
Questão 20 - (UNIOESTE PR/2013)
Uma vela com 10 cm de altura é c...
36
LISTA 13 - ELETROSTÁTICA
Questão 02) R
Campos eletrizados ocorrem naturalmente no
nosso cotidiano. Um exemplo disso é o...
37
Considerando-se a constante eletrostática do meio
igual a 9.109
Nm2
C-2
e com base na informação, é
correto afirmar:
a)...
38
LISTA 14 - CAMPO ELÉTRICO E POTENCIAL ELÉTRICO
Questão 01 - (UNIFOR CE) R
Uma partícula de massa m = 1,0.10-4
kg e
elet...
39
Considere Ko = 9.109
N.m2
/C2
e o potencial no
infinito igual a zero, assinale a alternativa que
contém o valor do pote...
40
LISTA 15 – LEIS DE ÔHM E RESISTORES
Questão 02 - (UEA AM/2016) R
As lâmpadas A, B, C e D são idênticas e estão ligadas
...
41
elétrica de 10A, a diferença de potencial aplicada ao
resistor é de:
a) 20V
b) 30V
c) 40V
d) 50V
e) 60V
Questão 17 - (U...
42
LISTA 16 – CIRCUITOS ELÉTRICOS
Questão 01 - (ACAFE SC/2016) R
Em uma atividade experimental um estudante
dispõe de um v...
43
b) Teve a resistência aumentada e a corrente
também aumentada.
c) Teve a resistência diminuída e a corrente
aumentada.
...
44
LISTA 17 - MAGNETISMO
Questão 03 - (UEMG/2015) R
Em “Você Verá”, Luiz Vilela valoriza os animais.
Por exemplo, no conto...
45
c) térmico
d) quântico
Questão 14 - (UNITAU SP/2015) R
É totalmente CORRETO afirmar, com relação aos
campos elétrico e ...
46
LISTA 18 - FORÇA MAGNÉTICA
Questão 01 - (UNIMONTES MG/2015)
Na figura a seguir, temos um modelo muito
simplificado de u...
47
A figura a seguir mostra a posição inicial de uma
espira retangular acoplada a um eixo de rotação,
sob a ação de um cam...
48
c)
d)
e)
Questão 10 - (Univag MT/2014)
Quatro fios condutores retilíneos, longos e
paralelos entre si, são percorridos ...
49
à direção de um campo magnético de módulo
120mT.
Com base nessas informações, é correto afirmar
que a força magnética q...
50
a) Mantêm as velocidades escalares dos
prótons constantes, mas os colocam em
trajetórias circulares.
b) Mantêm as veloc...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Básica blog

Lista de exercícios de física voltados para os mais diversos vestibulares.
As listas ficam disponíveis em pdf no meu blog, no ícone:
física básica
http://fisicamendonca.blogspot.com.br/
prof. Mendonça

Ähnliche Bücher

Kostenlos mit einer 30-tägigen Testversion von Scribd

Alle anzeigen

Ähnliche Hörbücher

Kostenlos mit einer 30-tägigen Testversion von Scribd

Alle anzeigen
  • Als Erste(r) kommentieren

Básica blog

  1. 1. 1 Prof. Mendonça 2017
  2. 2. 2 PARA APOSTILA COMPLETA VENHA FAZER UM DE MEUS CURSOS: Segunda feira 18:30 até 21:45 Curso e colégio integral (Específica semestral) Fone: (44) 3028-5280 Maringá Terça feira 17:30 até 19:30 Curso Prime (Física básica semestral) Fone: (43) 3025-1020 Londrina Quarta feira 14.00 até 17:00 Curso Sigma ( Específica modular) Fone: (43) 3321-2652 Londrina Quinta feira 19:15 até 22:30 Curso Saber (Específica aprofundada) Fone: (43) 3326-1212 Londrina Sexta feira 16:00 até 18:00 Curso e colégio integral (Física básica semestral) Fone: (44) 3028-5280 Maringá Prof. Rodrigo Mendonça http://fisicamendonca.blogspot.com.br/ Rodrigo Mendonça Para resolução das listas use o QR CODE.
  3. 3. 3 Sumário LISTA 1 – M. U. ........................................................................................................................................................4 LISTA 2 – M.U.V.......................................................................................................................................................8 LISTA 3 – M.C.U.....................................................................................................................................................11 LISTA 4 – VETORES ..............................................................................................................................................13 LISTA 5 – LEIS DE NEWTON .............................................................................................................................15 LISTA 6 - APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON .........................................................................................17 LISTA 7 - TERMOMETRIA E DILATAÇÃO .......................................................................................................19 LISTA 8 – CALORIMETRIA E GASES...............................................................................................................20 LISTA 9 - TERMODINÂMICA...............................................................................................................................23 LISTA 10 – ÓPTICA E ESPELHO PLANO.........................................................................................................27 LISTA 11 – ESPELHOS ESFÉRICOS.................................................................................................................29 LISTA 12 – REFRAÇÃO E LENTES ESFÉRICAS............................................................................................31 LISTA 13 - ELETROSTÁTICA..............................................................................................................................36 LISTA 14 - CAMPO ELÉTRICO E POTENCIAL ELÉTRICO..........................................................................38 LISTA 15 – LEIS DE ÔHM E RESISTORES ....................................................................................................40 LISTA 16 – CIRCUITOS ELÉTRICOS ...............................................................................................................42 LISTA 17 - MAGNETISMO ...................................................................................................................................44 LISTA 18 - FORÇA MAGNÉTICA ......................................................................................................................46
  4. 4. 4 LISTA 1 – M. U. Questão 01) R Um trem carregado de combustível, de 120 m de comprimento, faz o percurso de Campinas até Marília, com velocidade constante de 50 km/h. Este trem gasta 15 s para atravessar completamente a ponte sobre o rio Tietê. O comprimento da ponte é: a) 100,0 m. b) 88,5 m. c) 80,0 m. d) 75,5 m. e) 70,0 m. Questão 02) Era a primeira vez que o menino andava de trem. Maravilhado, ele vê a locomotiva entrar num túnel. Quando a escuridão finalmente chega ao fim, ele comenta com a mãe: – Já é amanhã? (Ziraldo) Do momento em que a locomotiva inicia a entrada no túnel ao momento em que o menino, que permaneceu sempre sentado em sua poltrona, pôde considerar-se fora do túnel, sob a luz do dia, passaram-se 55 s. Uma vez que o túnel transposto tinha 500 m e que o trem, de 200 m de comprimento, manteve velocidade constante de módulo 10 m/s, é possível determinar que a distância que o menino ocupava na composição, relativamente à frente da locomotiva, era, em metros, igual a: a) 25. b) 40. c) 50. d) 55. e) 75. Questão 03) R Dois trens partem, em horários diferentes, de duas cidades situadas nas extremidades de uma ferrovia, deslocando-se em sentidos contrários. O trem Azul parte da cidade A com destino à cidade B, e o trem Prata da cidade B com destino à cidade A. O gráfico representa as posições dos dois trens em função do horário, tendo como origem a cidade A (d = 0). Considerando a situação descrita e as informações do gráfico, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S): 01. A distância entre as duas cidades é de 720 km. 02. Os dois trens gastam o mesmo tempo no percurso: 12 horas. 04. A velocidade média dos trens é de 60 km/h. 08. O trem Azul partiu às 4 horas da cidade A. 16. Os dois trens se encontram às 11 horas. 32. O tempo de percurso do trem Prata é de 18 horas. Questão 04) R Um automóvel e um ônibus trafegam em uma estrada plana, mantendo velocidades constantes em torno de 100 km/h e 75 km/h, respectivamente. Os dois veículos passam lado a lado em um posto de pedágio. Quarenta minutos (2/3 de hora) depois, nessa mesma estrada, o motorista do ônibus vê o automóvel ultrapassá-lo. Ele supõe, então, que o automóvel deve ter realizado, nesse período, uma parada com duração aproximada de a) 4 minutos b) 7 minutos c) 10 minutos d) 15 minutos e) 25 minutos Questão 05) R Dois trens A, e B se deslocam sobre trilhos paralelos com velocidades constantes VA =30m/s e VB = 20m/s . O trem A mede 140 m e demora 30 segundos para ultrapassar o trem B quando ambos se movimentam no mesmo sentido. O comprimento do trem B em metros vale: a) 160 m b) 150 m c) 220 m d) 120 m e) 100 m Questão 06) Um trem, com velocidade constante de 40,0km/h e 250,0m de comprimento, ultrapassa um outro trem com 200,0m de comprimento, que se movimenta em sentido contrário com velocidade de 50,0km/h, constante. Assim, de acordo com essa informação, o intervalo de tempo da ultrapassagem de um trem pelo outro, em segundos, é igual a a) 15,0 b) 18,0 c) 25,0 d) 30,0 e) 40,0
  5. 5. 5 Questão 07) Alguma vez já lhe propuseram a questão sobre "um trem trafegando numa via férrea, com velocidade constante de 100km/h, que é avistado por uma vaca que está atravessando os trilhos? Calcule." É claro que esta pergunta tem por sua imediata reação: "Calcular o quê?" "E você recebe como resposta: O susto que a vaca vai levar!" Mas será que ela realmente se assustaria? Para responder a esta questão, desprezando-se os problemas pessoais e psicológicos da vaca, dentre outras coisas, seria necessário conhecer. 01. a potência do motor da locomotiva 02. a distância entre a vaca e a locomotiva quando esta é avistada. 04. o peso da vaca. 08. o vetor velocidade média com que a vaca se desloca. 16. a largura do trem. 32. o comprimento da vaca. 64. o peso do maquinista. Questão 08) Dois motociclistas, A e B, percorrem uma pista retilínea com velocidades constantes Va = 15m/s e Vb = 10m/s. No início da contagem dos tempos suas posições são Xá = 20m e Xb = 300m. O tempo decorrido em que o motociclista A ultrapassa e fica a 100m do motociclista B é: a) 56s b) 86s c) 76s d) 36s e) 66s Questão 09) Sabe-se que o cabelo de uma pessoa cresce em média 3cm a cada dois meses. Supondo que o cabelo não seja cortado e nem caia, o comprimento total, após terem se passado 10 anos será: a) 800mm b) 1200mm c) 1000mm d) 1800mm e) 150mm Questão 10) Um pequeno animal desloca-se com velocidade média igual a 0,5 m/s. A velocidade desse animal em km/dia é: a) 13,8 b) 48,3 c) 43,2 d) 1,80 e) 4,30 Questão 11) A equação horária para o movimento de uma partícula é x(t) = 15 – 2t, onde x é dado em metros e t em segundos. Calcule o tempo, em s, para que a partícula percorra uma distância que é o dobro da distância da partícula à origem no instante t = 0s. Questão 12) R No gráfico abaixo estão representadas as abscissas de dois móveis A e B, em função do tempo. O encontro dos dois móveis ocorre no instante em segundos, igual a: a) 8,0 b) 10 c) 20 d) 25 e) 50 Questão 13) A figura mostra, em determinado instante, dois carros A e B em movimento retilíneo uniforme. O carro A, com velocidade escalar 20 m/s, colide com o B no cruzamento C. Desprezando as dimensões dos automóveis, a velocidade escalar de B é: a) 12 m/s b) 10 m/s x(m) 50 20 0 5,0 t(s) A B 60
  6. 6. 6 c) 8 m/s d) 6 m/s e) 4 m/s Questão 14) Um móvel desloca-se num plano inclinado de 6,0 metros de altura e 8 metros de base até o topo do plano, num intervalo de tempo de 20 segundos. A velocidade média deste móvel, em m/s, é: a) 0,5 b) 0,7 c) 1,0 d) 5,0 e) n.d.a Questão 15) Duas carretas, A e B, cada uma com 25 m de comprimento, transitam em uma rodovia, no mesmo sentido e com velocidades constantes. Estando a carreta A atrás de B, porém movendo- se com velocidade maior que a de B, A inicia uma ultrapassagem sobre B. O gráfico mostra o deslocamento de ambas as carretas em função do tempo. Considere que a ultrapassagem começa em t = 0, quando a frente da carreta A esteja alinhada com a traseira de B, e termina quando a traseira da carreta A esteja alinhada com a frente de B. O instante em que A completa a ultrapassagem sobre B é a) 2,0 s. b) 4,0 s. c) 6,0 s. d) 8,0 s. e) 10,0 s. Questão 16) R Dois móveis distintos possuem as respectivas funções horárias: Xa=5+t e Xb=1+3t. Atente para que a posição dos móveis é dada em metros e para que o tempo é fornecido em segundos. Assinale a alternativa em que está corretamente apontado o instante em que estes móveis se encontrarão? a) t=1s b) t=0s c) Nunca se encontrarão d) t=6s e) t=2s Questão 17) Sobre uma mesma trajetória, associada ao piso de uma rodovia, dois automóveis movimentam-se segundo as funções horárias s1 = - 20 - 20.t e s2 =10 +10.t , com valores escritos em termos do sistema internacional. Nessas condições, os dois veículos. a) se encontrarão no instante 1s. b) se encontrarão no instante 3s. c) se encontrarão no instante 5s. d) se encontrarão no instante 10s. e) não se encontrarão. Questão 18) Um automóvel A passa por um posto com movimento progressivo uniforme com velocidade de 54 km/h. Após 10 minutos, um outro automóvel B, que está parado, parte do mesmo posto com movimento progressivo uniforme com velocidade de 72 km/h . Após quanto tempo depois da passagem do automóvel A pelo posto, os dois se encontram? Adote g = 10 m/s2 a) 10 min b) 20 min c) 30 min d) 40 min e) 50 min Questão 19) Em uma mesma pista, duas partículas puntiformes A e B iniciam seus movimentos no mesmo instante com as suas posições medidas a partir da mesma origem dos espaços. As funções horárias das posições de A e B, para S, em metros, e T, em segundos, são dadas, respectivamente, por SA = 40 + 0,2T e SB = 10 + 0,6T. Quando a partícula B alcançar a partícula A, elas estarão na posição a) 55 m b) 65 m c) 75 m d) 105 m e) 125 m Questão 20) Com base no gráfico abaixo, que representa os movimentos de duas partículas A e B, assinale o que for correto.
  7. 7. 7 01. As partículas partem de pontos diferentes no mesmo instante. 02. As partículas descrevem movimentos uniformes com velocidades iguais. 04. No instante t = 5 s, as posições das partículas A e B serão dadas respectivamente por SA = 5.v e SB = 20 + 5.v 08. As partículas partem do mesmo ponto em instantes diferentes. 16. Durante o movimento, a partícula B mantém- se distante 20 m da partícula A. GABARITO: 1) Gab: B 2) Gab: C 3) Gab: 31 4) Gab: C 5) Gab: A 6) Gab: B 7) Gab: 02-08-16-32 8) Gab: C 9) Gab: D 10) Gab: C 11) Gab: 15 Justificativa: De acordo com a equação horária x(t) = 15 – 2t tem- se que xo = 15m e v = – 2m/s. Portanto, quando a distância percorrida for 2 * xo = 30m teremos Δx = – 30m = – 2t  t = 15s. 12) Gab: D 13) Gab: A 14) Gab: A 15) Gab: D 16) Gab: E 17) Gab: E 18) Gab: D 19) Gab: A 20) Gab: 19
  8. 8. 8 LISTA 2 – M.U.V. Questão 01) R Numa rodovia, um motorista dirige com velocidade v = 20 m/s, quando avista um animal atravessando a pista. Assustado, o motorista freia bruscamente e consegue parar 5,0 s após e a tempo de evitar o choque. A aceleração média de frenagem foi, em m/s2 , de: a) 2,0 b) 4,0 c) 8,0 d) 10 e) 20 Questão 02) R Um carro está a 20 m de um sinal de tráfego quando este passa de verde a amarelo. Supondo que o motorista acione o freio imediatamente, aplicando ao carro uma desaceleração de 10 m/s², calcule, em km/h, a velocidade máxima que o carro pode ter, antes de frear, para que ele pare antes de cruzar o sinal. Questão 03) R Um móvel desloca-se sobre uma trajetória retilínea obedecendo à seguinte equação horária: d = t² - 5t + 6 (SI) A equação horária da velocidade do movimento deste móvel é: a) v = -5 + 6t b) v = -5 - 6t c) v = 5 + 6t d) v = 6 - 5t e) v = -5 + 2t Questão 04) Uma partícula, efetuando um movimento retilíneo, desloca-se segundo a equação x = – 2 – 4t + 2t2 , onde x é medido em metros e t em segundos. O módulo da velocidade média, em m/s, dessa partícula entre os instantes t = 0s e t = 4s, é: Questão 05) É possível observar, durante o desenrolar de partidas de vôlei, que alguns atletas conseguem uma impulsão que lhes permite atingir 1,25m acima do solo. Sendo a aceleração da gravidade igual a 10m/s2 , a velocidade inicial do centro de massa do atleta, em m/s, é: a) 7,5 b) 5,0 c) 4,5 d) 3,0 e) 1,5 Questão 06) Um móvel se desloca em trajetória retilínea, sendo S = 2 + 16t – 4t2 a sua equação horária. Se “S” é medido em metros e “t” em segundos, podemos afirmar que a) o movimento é acelerado sendo a aceleração igual a 8 m/s2 . b) o movimento é uniformemente retardado até t = 2s, sendo a velocidade inicial igual a 16 m/s. c) o móvel estava em repouso quando foram iniciadas as observações. d) o movimento é retardado com aceleração 8 m/s2 e posição inicial de 2 m. e) o móvel é uniformemente acelerado até o instante 2s, sendo 8m/s2 a aceleração e 16 m/s a velocidade inicial. Questão 07) R Um móvel parte do repouso com aceleração constante e, em 2 segundos de movimento, se desloca 24 metros. A velocidade desse móvel no instante 2 segundos do movimento é: a) 6 m/s. b) 12 m/s. c) 24 m/s. d) -24 m/s, e) -12 m/s, Questão 08) Um “motoboy” muito apressado, deslocando-se a 30m/s, freou para não colidir com um automóvel a sua frente. Durante a frenagem, sua moto percorreu 30m de distância em linha reta, tendo sua velocidade uniformemente reduzida até parar, sem bater no automóvel. O módulo da aceleração média da moto, em m/s2 , enquanto percorria a distância de 30m, foi de: a) 10 b) 15 c) 30 d) 45 e) 108 Questão 09) Numa estrada seca, um carro com pneus em bom estado pode frear com desaceleração de 5,0 m/s2 . Se o carro estiver a 20 m/s, a distância mínima percorrida até parar vale, aproximadamente, em metros, a) 100 b) 80 c) 50 d) 40
  9. 9. 9 e) 25 Questão 10) A velocidade em função do tempo de um ponto material em movimento retilíneo uniformemente variado, expressa em unidades do SI, é v = 50 - 10t. Pode-se afirmar que, no instante t = 5,0 s, esse ponto material tem: a) velocidade e aceleração nulas. b) velocidade nula e daí em diante não se movimenta mais c) velocidade nula e aceleração a = - 10m/s2 d) velocidade nula e a sua aceleração muda de sentido. e) aceleração nula e a sua velocidade muda de sentido. Questão 11) Um carro que se desloca em movimento retilíneo, sempre no mesmo sentido, a 54 km/h sofre uma aceleração constante e, transcorridos 5 s, sua velocidade vale 90 km/h. A distância percorrida pelo carro nos 5 s é de: a) 40 m. b) 90 m. c) 100 m. d) 125 m. e) 200 m. Questão 12) R Um trem de metrô parte de uma estação com aceleração uniforme até atingir, após 10 s, a velocidade de 90 km/h, que é mantida durante 30 s, para então desacelerar uniformemente, durante 10 s, até parar na estação seguinte. A distância entre as duas estações é a) 1000m. b) 1500m. c) 2000m. d) 2500m. Questão 13) O gráfico fornece a velocidade de um corpo, que se move em linha reta, em função do tempo. Sabe-se que, no instante t = 0, o corpo se encontra na posição 20 m. A aceleração escalar do corpo no sistema Internacional de unidades é de a) - 2,0 b) - 0,50 c) 0,0 d) 1,0 e) 2,0 Questão 14) R Um motorista dirige um automóvel a 72 km/h quando percebe que o semáforo a sua frente está fechado. Ele pisa, então, no pedal do freio e a velocidade do automóvel diminui como mostra o gráfico abaixo. A menor distância que o automóvel deve estar do semáforo, no instante em que o motorista pisa no pedal do freio, para que não avance o semáforo é, em metros, a) 144 b) 72 c) 50 d) 30 e) 18 Questão 15) Um atleta de corridas de curto alcance, partindo do repouso, consegue imprimir a si próprio uma aceleração constante de 5,0m/s2 durante 2,0s e, depois, percorre o resto do percurso com a mesma velocidade adquirida no final do período de aceleração. a) Esboce o gráfico da velocidade do atleta em função do tempo, numa corrida de 5s. b) Qual é a distância total que ele percorre nessa corrida de 5s? Questão 16) Um carro parte do repouso com aceleração escalar constante de 2 m/s2 . Após 10 s da partida, desliga-se o motor e, devido ao atrito, o carro passa a ter movimento retardado de aceleração constante de módulo 0,5 m/s2 . O espaço total percorrido pelo carro, desde a sua partida até atingir novamente o repouso, foi de: a) 100 m b) 200 m c) 300 m d) 400 m 0 5,0 t(s) 72 v(km/h)
  10. 10. 10 e) 500 m Questão 17) O gráfico mostra como varia a velocidade de um móvel, em função do tempo, durante parte de seu movimento. O movimento representado pelo gráfico pode ser o de uma a) esfera que desce por um plano inclinado e continua rolando por um plano horizontal. b) criança deslizando num escorregador num parque infantil c) fruta que cai de uma árvore. d) composição de metrô, que se aproxima de uma estação e pára. e) bala no interior de um cano de uma arma, logo após o disparo. Questão 18) O gráfico representa um corpo em movimento retilíneo. Nessas condições, é correto afirmar: a) No intervalo de tempo entre 0 e 2s o movimento é uniforme. b) Nos 6 primeiros segundos o deslocamento foi de 50m. c) A aceleração entre 2s e 6s é 2,5m/s2 . d) A aceleração entre 6s e 8s é nula. e) O deslocamento entre 0 e 8s é 80m. Questão 19) Numa corrida de 100 m rasos, um velocista cobre o percurso no intervalo de tempo aproximado de 9,0 s. Qual é a aceleração aproximada do velocista, supondo que esta seja constante durante o percurso? a) 12 m/s². b) 10 m/s². c) 5,0 m/s². d) 2,5 m/s². Questão 20) O gráfico abaixo representa a velocidade de um automóvel que se movimenta em uma avenida retilínea, partindo de um semáforo que abriu, até parar em um outro semáforo fechado. A Distância entre os dois semáforos vale: a) 200m b) 400 m c) 600 m d) 800 m e) 1000 m GABARITO: Gab: B 1) Gab: 72 2) Gab: E 3) Gab: 04 4) Gab: B 5) Gab: B 6) Gab: C 7) Gab: B 9) Gab: D 10) Gab: C 11) Gab: C 12) Gab: A 13) Gab: B 14) Gab: C 15) Gab: a) b) D = 40m 16) Gab: E Gab: D 17) Gab: B Gab: D 20) Gab: D V(m/s) t(s) 10 5 0 1 2 3 4 5 ; t(s)604020 20 v(m/s)
  11. 11. 11 LISTA 3 – M.C.U. Questão 01) R Durante uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça, um dos aviões descreve a trajetória circular representada nesta figura: Ao passar pelo ponto mais baixo da trajetória, a força que o assento do avião exerce sobre o piloto é: a) igual ao peso do piloto. b) maior que o peso do piloto. c) menor que o peso do piloto. d) nula. Questão 03) R Uma carga positiva percorre uma trajetória circular, com velocidade constante, no sentido anti-horário, sob a ação de um campo magnético uniforme (veja figura abaixo). A direção do campo magnético: a) tangencia a trajetória, no sentido horário. b) tangencia a trajetória, no sentido anti-horário. c) é radial, apontando para o ponto O. d) é perpendicular ao plano definido por esta página e aponta para fora dela. e) é perpendicular ao plano definido por esta página e aponta para dentro dela. Questão 06) R Para uma partícula em movimento circular uniforme é incorreto afirmar que: a) a sua aceleração é zero. b) o módulo da força que atua na partícula é proporcional ao quadrado da sua velocidade. c) a força que atua na partícula está dirigida para o centro da circunferência. d) a aceleração em cada ponto é perpendicular à velocidade em cada ponto. e) a velocidade em cada ponto é perpendicular ao raio da circunferência em cada ponto. Questão 12) R A figura ilustra duas polias de raios R1 = 0,1 m e R2 = 0,3 m que giram em sentidos opostos. Sabe- se que não há escorregamento na região de contato entre as polias. A polia 1 gira com frequência f1 = 600 Hz. Nestas circunstâncias, qual é a frequência f2 de rotação da polia 2? a) 100 Hz b) 200 Hz c) 300 Hz d) 600 Hz e) 1800 Hz Questão 15) R Com a finalidade de destacar a rapidez de uma serra circular em cortar pedras e cerâmicas, um folheto ressalta uma noção confusa, ao explicar que a máquina, muito rápida, gira com velocidade de 13 000 r.p.m.. De fato, a informação dada é a frequência da máquina e não sua velocidade. O folheto ficaria correto e coerente se ressaltasse a velocidade angular da máquina que, em rad/s, corresponde a Admita ∏ = 3 a) 1 300. b) 2 170. c) 26 000. d) 39 000. e) 78 000. Questão 17) R Duas partículas, A e B, descrevem movimentos circulares uniformes, no mesmo sentido, sobre circunferências concêntricas (ver figura), com períodos iguais a TA = 15s e TB = 10s, O q v
  12. 12. 12 respectivamente. Para que as partículas retornem à configuração inicial mostrada na figura, depois de algum tempo, o menor número inteiro de voltas, NA e NB, que cada uma deve realizar é: a) NA = 5; NB = 3 b) NA = 2; NB = 4 c) NA = 3; NB = 2 d) NA = 4; NB = 6 e) NA = 2; NB = 3 GABARITO: 1) Gab: B 2) Gab: B 3) Gab: E 4) Gab: C 5) Gab: A 6) Gab: A 7) Gab: C 8) Gab: B 9) Gab: E 10) Gab: C 11) Gab: A 12) Gab: B 13) Gab: E 14) Gab: A 15) Gab: A 16) Gab: D 17) Gab: E 18) Gab: 21 19) Gab: D 20) Gab: C
  13. 13. 13 LISTA 4 – VETORES Questão 01) R Um automóvel percorre 6,0km para o norte e, em seguida 8,0km para o leste. A intensidade do vetor posição, em relação ao ponto de partida é: a) 10 km b) 14 km c) 2,0 km d) 12 km e) 8,0 km Questão 04) R Numa sala cúbica, de aresta a, uma mosca voa numa diagonal (segmento que une dois vértices, passando pelo centro a sala). O deslocamento da mosca tem módulo: a) a b) a 2 c) a 2 d) (9/4).a e) 3a Questão 05) R Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor : tem módulo a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima. b) 2u, e sua orientação é vertical, para baixo. c) 4u, e sua orientação é horizontal, para a direita. d) 2 u, e sua orientação forma 45º com a horizontal, no sentido horário. e) 2 u, e sua orientação forma 45º com a horizontal, no sentido anti-horário. Questão 11) R Utilizando-se de cordas ideais, dois garotos, exercendo forças de mesmo módulo, mantêm em equilíbrio um bloco A, como mostra a figura. Se a força de tração em cada corda tem intensidade de 20 N, a massa do bloco suspenso é: Adote: g = 10 m/s2 a) 1,0 kg b) 2,0 kg c) 3,0 kg d) 4,0 kg e) 5,0 kg Questão 12) R O sistema mecânico representado nesta figura está em equilíbrio estático. Em função do que foi representado, o módulo de F é igual a: a) 6,0N b) 7,5N c) 8,0N d) 9,0N GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: A 3) Gab: D 4) Gab: C 5) Gab: B 6) Gab: D 7) Gab: C 8) Gab: 01 9) Gab: B 10) Gab: B 11) Gab: B 12) Gab: B 13) Gab: A 14) Gab: C 15) Gab: D 16) Gab: 23 17) Gab: A
  14. 14. 14 18) Gab: B 19) Gab: D 20) Gab: E
  15. 15. 15 LISTA 5 – LEIS DE NEWTON TEXTO: 1 - Comum à questão: 6 Considere as Leis de Newton e as informações a seguir. Uma pessoa empurra uma caixa sobre o piso de uma sala. As forças aplicadas sobre a caixa na direção do movimento são: - Fp: força paralela ao solo exercida pela pessoa; - Fa: força de atrito exercida pelo piso. A caixa se desloca na mesma direção e sentido de Fp . A força que a caixa exerce sobre a pessoa é Fc . Questão 06 - (UERJ/2012) R Se o deslocamento da caixa ocorre com velocidade constante, as magnitudes das forças citadas apresentam a seguinte relação: a) Fp = Fc = Fa b) Fp > Fc = Fa c) Fp = Fc > Fa d) Fp = Fc < Fa Questão 11 - (UERJ/2014) R O corpo de um aspirador de pó tem massa igual a 2,0 kg. Ao utilizá-lo, durante um dado intervalo de tempo, uma pessoa faz um esforço sobre o tubo 1 que resulta em uma força de intensidade constante igual a 4,0 N aplicada ao corpo do aspirador. A direção dessa força é paralela ao tubo 2, cuja inclinação em relação ao solo é igual a 60º, e puxa o corpo do aspirador para perto da pessoa. Considere sen 60º = 0,87, cos 60º = 0,5 e também que o corpo do aspirador se move sem atrito. Durante esse intervalo de tempo, a aceleração do corpo do aspirador, em m/s2 , equivale a: a) 0,5 b) 1,0 c) 1,5 d) 2,0 Questão 12 - (UFG GO/2014) R Um objeto de 5 kg move-se em linha reta sob a ação de uma força. O gráfico a seguir representa sua velocidade em função do tempo. Considerando-se os dados apresentados, conclui- se que o gráfico, que representa a força que atua no objeto em função do tempo, é o seguinte:
  16. 16. 16 Questão 14 - (UECE/2014) R Um corpo de massa m, em queda livre e sob ação de gravidade g constante, parte do repouso e descreve uma trajetória vertical. Durante a queda, a resistência do ar impõe uma força de atrito proporcional ao módulo V da velocidade do corpo, o que faz a massa se deslocar com aceleração variável. O módulo da força de resistência é dado por bV, onde b é uma constante de proporcionalidade e depende, dentre outros fatores, da forma do corpo. A segunda Lei de Newton, aplicada ao corpo, mostra que o módulo da força resultante é força = mg – bV = mA, onde A é o módulo da aceleração. Note que, no instante inicial, V = 0 e a aceleração fica simplesmente A = g. À medida que o tempo passa, V aumenta e A diminui até um instante de tempo em que a velocidade se manterá constante. Esta velocidade, chamada de velocidade terminal, tem módulo igual a a) mg. b) bmg. c) b/m. d) mg/b. Questão 18 - (UFPA/2013) R Na Amazônia, devido ao seu enorme potencial hídrico, o transporte de grandes cargas é realizado por balsas que são empurradas por rebocadores potentes. Suponha que se quer transportar duas balsas carregadas, uma maior de massa M e outra menor de massa m (m<M), que devem ser empurradas juntas por um mesmo rebocador, e considere a figura abaixo que mostra duas configurações (A e B) possíveis para este transporte. Na configuração A, o rebocador exerce sobre a balsa uma força de intensidade Fa, e a intensidade das forças exercidas mutuamente entre as balsas é fa. Analogamente, na configuração B o rebocador exerce sobre a balsa uma força de intensidade Fb, e a intensidade das forças exercidas mutuamente entre as balsas é fb. Considerando uma aceleração constante impressa pelo rebocador e desconsiderando quaisquer outras forças, é correto afirmar que a) FA=FB e fa=fb b) FA>FB e fa=fb c) FA<FB e fa>fb d) FA=FB e fa<fb e) FA=FB e fa>fb GABARITO: 1) Gab: E 2) Gab: D 3) Gab: A 4) Gab: C 5) Gab: B 6) Gab: A 7) Gab: B 8) Gab: D 9) Gab: B 10) Gab: D 11) Gab: B 12) Gab: D 13) Gab: D 14) Gab: D 15) Gab: B 16) Gab: D 17) Gab: A 18) Gab: D 19) Gab: D 20) Gab: A
  17. 17. 17 LISTA 6 - APLICAÇÕES DAS LEIS DE NEWTON Questão 03) R A prateleira inclinada onde são expostos os pães de forma nos supermercados, geralmente faz com que, uma vez retirado o pão à mostra, o que está por trás escorregue pela pequena rampa para tomar a posição daquele que foi retirado. Em algumas ocasiões, no entanto, ao retirar-se o pão que está na frente, o de trás permanece em repouso em seu local original. Isso se deve à força de atrito que, nesse caso, tem seu módulo, em N, igual a: Dados: massa do pão e sua embalagem = 0,500 kg aceleração da gravidade local = 10,0 m/s2 inclinação da prateleira com a horizontal = 10º sen 10º = 0,17 e cos 10º = 0,98 a) 0,85. b) 1,70. c) 3,25. d) 4,90. e) 5,00. Questão 14) R Uma criança está segurando, num dia de vento, uma corda em cuja extremidade está preso um balão de gás, conforme a figura abaixo: As forças que atuam sobre o balão são aquelas representadas na alternativa: Questão 15) R Três blocos, A, B e C, deslizam sobre uma superfície horizontal cujo atrito com estes corpos é desprezível, puxados por uma força F de intensidade 6,0N. A aceleração do sistema é de 0,60m/s2 , e as massas de A e B são respectivamente 2,0kg e 5,0kg. A massa do corpo C vale, em kg, a) 1,0 b) 3,0 c) 5,0 d) 6,0 e) 10 Questão 16) R Considere as informações abaixo. Uma força resultante de valor constante está atuando sobre um corpo de 1,0 kg, fazendo com que ele descreva uma trajetória retilínea. Durante a aplicação da força, que dura 3,0 s, a velocidade do corpo passa de 4,0 m/s para 10 m/s. O módulo dessa força é, em newtons, igual a: a) 20 b) 12 c) 6,0 d) 5,0 e) 2,0 Questão 20) R Desconsiderando o atrito, qual é o valor da tensão N (newton) no sistema abaixo? Dado: g = 10 m/s2
  18. 18. 18 GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: E 3) Gab: A 4) Gab: B 5) Gab: A 6) Gab: D 7) Gab: VVFFF 8) Gab: fat : atrito do livro com a parede P : peso do livro F : força exercida contra o livro FN : reação da parede sobre o livro F = 20N 9) Gab: C 10) Gab: VVFFV 11) Gab: B 12) Gab: a) µe = 0,25 b) A força de atrito f continua equilibrando P. Portanto, f = 2,0 N e o corpo não está, agora, prestes a deslizar. 13) Gab: E 14) Gab: A 15) Gab: B 16) Gab: E 17) Gab: C 18) Gab: B 19) Gab: C 20) Gab: 48
  19. 19. 19 LISTA 7 - TERMOMETRIA E DILATAÇÃO Questão 03) R A temperatura normal de funcionamento do motor de um automóvel é 90ºC. Determine essa temperatura em Graus Fahrenheit. a) 90ºF b) 180ºF c) 194ºF d) 216ºF e) –32ºF Questão 11) R Um posto de distribuição de combustível recebeu 5000 l de gasolina num dia em que a temperatura era 35ºC. Com a chegada de uma frente fria, a temperatura ambiente baixou para 15ºC, assim permanecendo até que toda a gasolina fosse vendida. Sabendo-se que o coeficiente de dilatação da gasolina é 1,1 x 10-3 ºC-1 , o prejuízo, em litros, sofrido pelo dono do posto é igual a: a) 500 l. b) 110 l. c) 300 l. d) 225 l. b) Questão 14) R Em uma estrada de ferro, as seções dos trilhos possuem 20m de comprimento a 20ºC e estão separadas umas das outras por um espaçamento de 8mm. Qual é a máxima temperatura que a ferrovia suporta para que não haja empenamento dos trilhos? Dado α= 2.10-5 ºC-1 Adote g = 10 m/s2 a) 25ºC b) 30ºC c) 35ºC d) 40ºC e) 50ºC Questão 16) R Uma barra de secção 40 mm2 a 20 °C possui comprimento de 1 m. Quando sua temperatura passa para 200 °C o comprimento da barra aumenta 0,9%. Qual é o coeficiente de dilatação linear do material que compõe a barra? Adote g = 10 m/s2 a) 1.10-5 °C-1 b) 2.10-5 °C-1 c) 3.10-5 °C-1 d) 4.10-5 °C-1 e) 5.10-5 °C-1 GABARITO: 1) Gab: B 2) Gab: E 3) Gab: C 4) Gab: B 5) Gab: C 6) Gab: E 7) Gab: A 8) Gab: E 9) Gab: B 10) Gab: D 11) Gab: B 12) Gab: B 13) Gab: D 14) Gab: D 15) Gab: D 16) Gab: E 17) Gab: E 18) Gab: D 19) Gab: B 20) Gab: C
  20. 20. 20 LISTA 8 – CALORIMETRIA E GASES CALORIMETRIA 1 - UNIOESTE 2013 GERAL R Em um recipiente de capacidade térmica desprezível são colocados dois líquidos de calores específicos c1 e c2 a temperaturas iniciais t1 e t2, respectivamente. Após algum tempo os líquidos, que possuem massas iguais, atingem o equilíbrio térmico. Considerando a situação descrita, pode-se expressar a temperatura final, tf, da mistura por meio da equação 2 UNIOESTE 2013 ESPECIAL R Os fornos de micro-ondas caseiros fornecem, em geral, uma potência de 420 W aos alimentos. Considerando 1cal = 4,2 J, a massa especifica da agua 1 g.cm-3, o calor especifico da agua 1 cal.g- 1 .K-1 e supondo que todo o calor fornecido seja absorvido pela agua, o tempo necessário e suficiente para aquecer um copo com 200 mL de agua, inicialmente a 25o C, até a ebulição (100o C) e: A. 50 s. B. 1 min e 50 s. C. 2 min. D. 2 min e 30 s. E. 2 min e 50 s. 3 UNIOESTE 2011 GERAL R Considere as afirmações abaixo em relação a física térmica e assinale a alternativa correta. I. Calor e uma substancia invisível que flui do objeto de maior temperatura para aquele de menor temperatura. II. Calor e a quantidade de energia térmica do objeto. III. Calor e a quantidade de energia que e transferida de um objeto de maior Temperatura para outro cuja temperatura e menor. IV. Calor e maior no objeto que esteja na temperatura mais elevada. V. A temperatura de um sistema somente pode aumentar se for transferido calor ao mesmo. A. As afirmações I e II estão corretas. B. Apenas a afirmação V está correta. C. A afirmação III e a única falsa. D. As afirmações II e IV estão corretas. E. Apenas a afirmação III está correta. 4 - UNIOESTE 2010 GERAL R Se misturarmos, num recipiente de capacidade térmica desprezível, 150 g de água a 80ºC com 50 g de gelo a 0ºC, considerando o calor específico da água igual a 1 cal/gºC e o calor de fusão do gelo como 80 cal/g, a temperatura de equilíbrio da mistura será de A. 20 ºC. B. 25 ºC. C. 30 ºC. D. 35 ºC. E. 40 ºC. 5 – UNIOESTE 2009 GERAL R Um experimento simples para estimar a potência de um forno de micro-ondas e medir a elevação da temperatura de uma certa quantidade de agua colocada em seu interior, de forma a permitir o cálculo do calor absorvido durante um certo intervalo de tempo. Suponha que 500 g de água, a temperatura inicial de 20oC, foram colocadas no forno e este mantido em funcionamento durante um minuto. Verifica-se que a agua atingiu a temperatura de 40oC. Pode-se afirmar que neste processo a taxa com que a agua absorveu energia foi de
  21. 21. 21 (Dados: calor especifico da agua: c = 1 cal.g- 1 .o C-1 e 1 cal = 4,2 J) (A) 167 W (B) 540 W (C) 700 W (D) 1000 W (E) 1200 W GABARITO 1 – C 2 – D 3 – E 4 – E 5 – C GASES Questão 01) R Um gás ideal, em um estado inicial i, pode ser levado a um estado final f por meio dos processos I, II e III, representados neste diagrama de pressão versus volume: Sejam WI, WII e WIII os módulos dos trabalhos realizados pelo gás nos processos I, II e III, respectivamente. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que: a) WI < WII < WIII . b) WI = WII = WIII . c) WI = WIII > WII . d) WI > WII > WIII . Questão 02) R Um gás, que segue a equação de estado do gás ideal, contido num cilindro com êmbolo móvel, sofre uma expansão isotérmica. É correto concluir que, durante essa expansão. a) o gás recebe calor e aumenta sua energia interna. b) o gás recebe calor e diminui sua energia interna. c) o gás cede calor e diminui sua energia interna. d) o gás não cede e nem recebe calor, mantendo constante sua energia interna. e) o gás recebe calor e mantém constante sua energia interna. Questão 04) R Quando um gás ideal, em uma transformação isovolumétrica, tem sua temperatura variando de 20o C a 40o C, é correto afirmar que: a) a pressão do gás dobra. b) o volume do gás aumenta . c) sua pressão aumenta aproximadamente em 6,8% . d) a temperatura do gás aumenta em 200% . e) a pressão do gás não se altera. Questão 05) R Os gráficos abaixo ilustram transformações termodinâmicas de uma massa constante de um gás ideal, relacionando as variáveis de estado termodinâmico, pressão P, volume V e temperatura T. Dos gráficos acima, aqueles que podem representar os processos isotérmico, isobárico e isovolumétrico, são, respectivamente: a) I, II e III b) II, III e IV c) III, IV e II d) I, III e V e) III, II e V Questão 16) R Um cilindro contém uma certa massa M0 de um gás a T0 = 7 ºC (280 K) e pressão P0. Ele possui uma válvula de segurança que impede a pressão interna de alcançar valores superiores a P0. Se essa pressão ultrapassar P0, parte do gás é liberada para o ambiente. Ao ser aquecido até T = 77 ºC (350 K), a válvula do cilindro libera parte do gás, mantendo a pressão interna no valor P0. No final do aquecimento, a massa de gás que permanece no cilindro é, aproximadamente, de: a) 1,0 M0 b) 0,8 M0 c) 0,7 M0 d) 0,5 M0 e) 0,1 M0 Questão 20) R Gabriela segura um balão com gás hélio durante uma viagem do Rio de Janeiro até o pico das Agulhas Negras.
  22. 22. 22 No Rio de Janeiro, o volume do balão era V0, e o gás estava à pressão p0 e à temperatura T0, medida em Kelvin. Ao chegar ao pico, porém, Gabriela observa que o volume do balão passa a ser 6/5Vo e temperatura do gás, 9/10To . Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que, no pico das Agulhas Negras, a pressão do gás, no interior do balão, é: GABARITO: 1) Gab: D ; 2) Gab: E ; 3) Gab: C ; 4) Gab: C ; 5) Gab: C ; 6) Gab: C ; 7) Gab: E ; 8) Gab: A ; 9) Gab: CEECE ; 10) Gab: D ; 11) Gab: C ; 12) Gab: D ; 13) Gab: D ; 14) Gab: C ; 15) Gab: E ; 16) Gab: B ; 17) Gab:E ; 18) Gab: D ; 19) Gab: C ; 20) Gab: B GASES CALORIMETRIA
  23. 23. 23 LISTA 9 - TERMODINÂMICA Questão 01 - (UDESC) O gráfico abaixo apresenta dois processos termodinâmicos distintos, utilizados para levar uma massa gasosa de gás ideal de uma temperatura inicial T0 até uma temperatura Tx. O primeiro (A) é um processo isobárico e o segundo (B) é um processo isocórico. Analise as afirmativas abaixo, relacionadas aos processos termodinâmicos descritos no gráfico: I. A variação de energia interna do gás foi a mesma nos dois processos. II. A quantidade de calor fornecida ao gás foi a mesma nos dois processos. III. A temperatura Tx é maior do que a temperatura T0. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa III é verdadeira. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente a afirmativa II é verdadeira. e) Todas as afirmativas são verdadeiras. Questão 02 - (FMJ SP) Um gás ideal é levado de um estado A a um estado B pelos processos ACB e ADB mostrados no diagrama PxV. A respeito do trabalho realizado pelas forças de pressão desse gás nessas transformações, é correto o indicado na alternativa Questão 03 - (UFV MG) Em um certo processo termodinâmico, o sistema não troca calor com a sua vizinhança. É CORRETO inferir que, nesse processo, necessariamente: a) a pressão no sistema aumenta. b) a temperatura do sistema é constante. c) o trabalho realizado pelo sistema é igual ao produto da sua pressão inicial pela variação de volume. d) o módulo da variação da energia interna do sistema é igual ao módulo do trabalho realizado por ele. Questão 04 - (UNCISAL) Certa massa de gás ideal é aquecida e passa pela transformação ilustrada no gráfico da pressão (p), em função do volume (V) da figura. Durante o processo, sua energia interna sofre um acréscimo de 110 J. Sabendo que 1 atm = 1,0 x 105 Pa e que 1 m3 = 103 L, o trabalho realizado pelo gás e o calor por ele recebido nessa transformação serão, respectivamente, em joules, de a) 19 e 129. b) 190 e 300. c) 300 e 410. d) 1 900 e 2 010. e) 2 200 e 2 310. Questão 05 - (UDESC) Em uma transformação isobárica, o volume de um gás ideal aumenta de 100 L para 200 L, sob pressão de 10 N/m2 . Durante o processo, o gás recebe do ambiente 8 J de calor. A variação da energia interna do gás é:
  24. 24. 24 a) 1000 J b) 7 J c) 990 J d) 10 J e) 8 J Questão 06 - (PUC RS) O êmbolo de um cilindro que contém um gás ideal é empurrado para baixo conforme mostra a figura a seguir. Sabe-se que tanto as paredes do cilindro como o próprio êmbolo constituem-se de materiais que são isolantes térmicos. Com relação a esse processo, é correto afirmar que a) não houve trocas de energia entre o gás e a vizinhança, e a pressão do gás aumentou, enquanto sua temperatura permaneceu constante. b) não houve trocas de energia entre o gás e a vizinhança, e a pressão e a temperatura do gás permaneceram constantes. c) o gás recebeu energia da vizinhança, e sua pressão e temperatura aumentaram. d) o gás recebeu energia da vizinhança, sua pressão aumentou e a sua temperatura diminuiu. e) o gás perdeu energia para a vizinhança, sua pressão diminuiu e sua temperatura permaneceu constante. Questão 07 - (UECE) A figura mostra três etapas de um processo termodinâmico isotérmico à temperatura T, no qual ΔV1 = ΔV2 = ΔV3. Considere que ΔW e ΔU são o trabalho realizado pelo sistema e a variação de energia interna em cada etapa, respectivamente. Observando as três etapas, pode-se afirmar corretamente que a) ΔW1 = ΔW2 e ΔU1 = ΔU2. b) ΔW2 = ΔW3 e ΔU2 = ΔU3. c) ΔW2 = ΔW3 e ΔU2 = ΔU3. d) ΔW3 = ΔW2 e ΔU1 = ΔU2. Questão 08 - (UECE) Um aluno, estudando física térmica, fez as seguintes afirmações: ( ) A variação da energia interna de um sistema em um processo termodinâmico é a diferença entre o trabalho realizado e o calor trocado com o meio. ( ) O rendimento máximo de uma máquina térmica é 1. ( ) A energia do universo sempre se mantém constante. ( ) O calor sempre flui espontaneamente de um corpo quente para um corpo frio. Classifique as afirmações anteriores como verdadeiras (V) ou falsas (F), baseando-se, somente, no enunciado da Segunda Lei da Termodinâmica, e assinale a opção que contem a sequência correta, de cima para baixo. a) VFVF b) VFVV c) FVVF d) FFFV Questão 09 - (UEPG PR) Sobre processos termodinâmicos, assinale o que for correto. 01. As variações na temperatura de um corpo estão relacionadas às variações na sua energia interna. 02. De acordo com a 2a lei da termodinâmica, o calor não flui espontaneamente de um corpo de menor temperatura para outro de maior temperatura. 04. Numa transformação adiabática, se o trabalho é realizado sobre o sistema, sua energia interna aumenta. 08. O rendimento de um ciclo de Carnot independe da diferença de temperatura entre os reservatórios térmicos. 16. Em processos naturais, a energia de alta qualidade tende a se transformar em energia de qualidade mais baixa. A ordem tende para a desordem. Questão 10 - (UFAC)
  25. 25. 25 Analise as afirmações a seguir e assinale a opção INCORRETA: a) Um sistema que realiza transformações cíclicas, retornando ao estado inicial pode ser uma máquina térmica. b) Calor é transferido espontaneamente do corpo de maior temperatura para o corpo de menor temperatura. c) Duas fontes de calor, com diferentes temperaturas, podem transformar calor em trabalho. d) É possível construir duas máquinas de Carnot que operem entre as mesmas temperaturas e tenham rendimentos distintos. e) Energia não pode ser criada e nem destruída, mas pode ser transformada de uma forma em outra. Questão 11 - (UFMA) Uma máquina térmica, operando em ciclos, recebe 800J de calor e realiza 240J de trabalho por ciclo. Qual sua potência útil em watts, sabendo-se que a máquina opera com 30 ciclos por minuto? a) 300 b) 240 c) 120 d) 360 e) 800 Questão 12 - (UFPA) As centrais termelétricas, as máquinas refrigeradoras, os motores de carros são, em essência, máquinas térmicas. Sobre os três tipos de máquinas, é correto afirmar: a) As três máquinas térmicas convertem integralmente em trabalho o calor recebido de uma única fonte quente. b) As máquinas térmicas realizam duas transformações adiabáticas alternadas com duas transformações isobáricas. c) As três máquinas térmicas obedecem à segunda lei da Termodinâmica. d) O rendimento máximo de qualquer das três máquinas térmicas é expresso operacionalmente por r = 1 – T2/T1, onde T1 e T2 são as temperaturas absolutas das fontes quente e fria, respectivamente. e) Os três tipos de máquinas térmicas transferem calor de um sistema em maior temperatura para outro com temperatura menos elevada. Questão 13 - (UNIFOR CE) Uma máquina térmica realiza o ciclo da figura com frequência de 10 hertz. A potência da máquina, em kW, é a) 0,8 b) 0,6 c) 0,4 d) 0,2 e) 0,1 Questão 14 - (CEFET PR) O diagrama a seguir representa a transformação cíclica termodinâmica sofrida por uma massa gasosa: De acordo com o digrama é correto afirmar que: a) se o ciclo for percorrido em sentido horário, há conversão de calor em trabalho. b) ao passar de D para A, o trabalho realizado pelo gás é positivo. c) ao passar de B para C, o trabalho realizado pelo gás é positivo. d) a quantidade de calor recebida pelo gás é numericamente igual à área do quadrilátero ABCD. e) se o ciclo for percorrido em sentido horário, o sistema realiza trabalho sobre o gás. Questão 15 - (UFRGS) A cada ciclo, uma máquina térmica extrai 45 kJ de calor da sua fonte quente e descarrega 36 kJ de calor na sua fonte fria. O rendimento máximo que essa máquina pode ter é de: a) 20% b) 25% c) 75% d) 80% e) 100% Questão 16 - (UFSM)
  26. 26. 26 Além de contribuir para a análise das condições de saúde, a tecnologia é um meio para promover bem–estar. O condicionador de ar é uma máquina térmica e funciona com um ciclo termodinâmico que possui quatro processos, sendo dois adiabáticos. Numa _________ adiabática de um gás ideal, o trabalho realizado contra a vizinhança faz _________ a energia interna do gás, provocando um __________ na sua temperatura. Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas. a) expansão – diminuir – aumento b) compressão – aumentar – abaixamento c) expansão – aumentar – abaixamento d) compressão – diminuir – aumento e) expansão – diminuir – abaixamento Questão 17 - (UFSM) Um condicionador de ar, funcionando no verão, durante certo intervalo de tempo, consome 1.600 cal de energia elétrica, retira certa quantidade de energia do ambiente que está sendo climatizado e rejeita 2.400 cal para o exterior. A eficiência desse condicionador de ar é: a) 0,33 b) 0,50 c) 0,63 d) 1,50 e) 2,00 Questão 18 - (UNIFOR CE) Uma máquina térmica opera segundo o ciclo de Carnot entre duas fontes térmicas cujas temperaturas são –23 °C e 227 °C. Se, em cada ciclo, a máquina rejeita para a fonte fria 24 calorias, o trabalho que ela realiza, por ciclo, em calorias, vale: a) 48 b) 36 c) 24 d) 12 e) 6,0 Questão 19 - (UNIMONTES MG) Um gás é aquecido a volume constante. A pressão exercida pelo gás sobre as paredes do recipiente aumenta porque a) a massa das moléculas aumenta. b) as moléculas passam a se chocar com maior frequência, exercendo maior força média sobre as paredes. c) a perda de energia cinética das moléculas, nas colisões com a parede, aumenta. d) a distância média entre as moléculas aumenta. Questão 20 - (UFPel RS) Os pontos A, B e C do gráfico representam três estados térmicos de uma determinada massa de gás, sendo Ta, Tb e Tc as temperaturas absolutas correspondentes. Baseado no gráfico e em seus conhecimentos, é correto afirmar que: a) Tc = Tb > Ta. b) Tc > Tb >Ta. c) Tc = Tb = Ta. d) Tc < Tb = Ta. e) Tc > Tb = Ta. GABARITO: 1) Gab: C 2) Gab: A 3) Gab: D 4) Gab: B 5) Gab: B 6) Gab: C 7) Gab: B 8) Gab: D 9) Gab: 23 10) Gab: D 11) Gab: C 12) Gab: C 13) Gab: C 14) Gab: A 15) Gab: A 16) Gab: E 17) Gab: B 18) Gab: C 19) Gab: B 20) Gab: A
  27. 27. 27 LISTA 10 – ÓPTICA E ESPELHO PLANO Questão 01 - (UEL PR) R Em um dia ensolarado, você observa a sombra de uma torre projetada no chão e resolve fazer uma estimativa da altura da mesma. Qual das alternativas apresentadas abaixo lista as grandezas necessárias para efetuar este cálculo? a) A distância entre você e a torre, o comprimento de sua sombra projetada no chão e o comprimento da sombra da torre projetada no chão. b) A distância entre a Terra e o Sol e o ângulo de elevação do Sol com relação à linha do horizonte. c) A distância entre a Terra e o Sol e o comprimento da sombra da torre projetada no chão. d) A sua altura, o comprimento de sua sombra projetada no chão e o comprimento da sombra da torre projetada no chão. e) O comprimento de sua sombra projetada no chão, a distância entre a Terra e o Sol, bem como a distância entre você e a torre. Questão 03 - (UFAM) R Um homem de altura y está a uma distância D de uma câmara escura de orifício de comprimento L. A sua imagem formada no interior da câmara tem uma altura y/20. Se duplicarmos a distância entre o homem e o orifício, a nova imagem terá altura: a) y/120 b) y/80 c) y/60 d) y/2 e) y/40 Questão 05 - (UNESP) R Um pai, desejando brincar com seu filho com a sombra de um boneco projetada na parede, acende uma lâmpada, considerada uma fonte de luz puntiforme, distante 2 metros do boneco e 6 metros da parede na qual a sombra será projetada. Admitindo que a altura do boneco seja igual a 20 cm, qual a altura da sombra projetada na parede? Faça um desenho, na folha de respostas, representando os raios de luz a partir da lâmpada até a parede e indicando a posição do boneco e a região de sombra. Questão 12 - (ASCES PE) R A figura a seguir ilustra um raio de luz incidindo em um espelho plano e sendo refletido. A linha tracejada é normal à superfície do espelho. Se o ângulo α é igual a 37º, a soma α + β vale a) 18,7º b) 55,5° c) 74º d) 90º e) 127º Questão 16 - (UFRJ) R Uma pessoa está a 3,5 metros de um espelho plano vertical, observando sua imagem. Em seguida, ela se aproxima até ficar a 1,0 metro do espelho. Calcule quanto diminuiu a distância entre a pessoa e sua imagem. Questão 17 - (FUVEST SP) R Uma jovem está parada em A, diante de uma vitrine, cujo vidro, de 3 m de largura, age como uma superfície refletora plana vertical. Ela observa a vitrine e não repara que um amigo, que no instante t0 está em B, se aproxima, com velocidade constante de 1 m/s, como indicado na figura, vista de cima. Se continuar observando a vitrine, a jovem poderá começar a ver a imagem do amigo, refletida no vidro, após um intervalo de tempo, aproximadamente, de:
  28. 28. 28 A) 2S B) 3S C) 4S D) 5S E) 6S GABARITO: 1) Gab: D 2) Gab: C 3) Gab: E 4) Gab: C 5) Gab: 60 cm 6) Gab: A 7) Gab: E 8) Gab: B 9) Gab: A 10) Gab: E 11) Gab: D 12) Gab: D 13) Gab: D 14) Gab: E 15) Gab: A 16) Gab: Em um espelho plano, a distância entre imagem e objeto é o dobro da distância entre imagem e espelho. Desse modo, antes de a pessoa se aproximar do espelho a distância entre ela e sua imagem é 3,5 m x 2 e, depois de se aproximar, 1,0 m x 2. Portanto, na aproximação a distância diminuiu 3,5 m x 2 − 1,0 m x 2, isto é, 5,0 m . 17) Gab: A 18) Gab: B 19) Gab: E 20) Gab: C
  29. 29. 29 LISTA 11 – ESPELHOS ESFÉRICOS Questão 01 - (Fac. Santa Marcelina SP/2014) R A fim de observar minuciosamente os dentes de um paciente, um dentista utiliza um espelho esférico côncavo, obtendo uma imagem virtual, direita e ampliada do dente. (www.infoescola.c om) Para isso, o dentista posiciona o espelho próximo ao dente, de tal forma que o dente permaneça a) entre o vértice e o foco principal do espelho. b) entre o foco principal e o centro de curvatura do espelho. c) sobre o foco principal do espelho. d) sobre o centro de curvatura do espelho. e) após o centro de curvatura do espelho. Questão 03 - (Unicastelo SP/2014) R Na fotografia, pode-se ver as imagens de um mesmo carro, circulado em vermelho, formadas por dois espelhos, 1 e 2. (http://blog.brasilacademico.com. Adaptado.) Comparando as características dessas imagens e sabendo que o espelho 1 é esférico e o espelho 2 é plano, é correto afirmar que o espelho 1 é a) convexo e a imagem conjugada por ele é virtual. b) côncavo e a imagem conjugada por ele é real. c) côncavo e a imagem conjugada por ele é virtual. d) convexo e a imagem conjugada por ele é imprópria. e) convexo e a imagem conjugada por ele é real. Questão 07 - (UEPA/2014) R Num tratamento dentário é comum o odontólogo usar um pequeno espelho para observar as características do dente do paciente. Considere um dente de 0,8 cm de altura, posicionado a 1,0 cm de um espelho côncavo de distância focal igual a 5,0 cm. A partir dessas informações, o tamanho da imagem que o odontólogo consegue ver, em cm, é igual a: a) 0,6 b) 0,8 c) 1,0 d) 1,2 e) 1,4 Questão 09 - (UFPB/2013) R Faróis de automóveis e alguns focos cirúrgicos, como os utilizados por dentistas, usam espelhos esféricos para ampliar imagens. Suponha que um filamento de lâmpada de 1cm de tamanho está a 4cm do vértice de um espelho côncavo, conforme mostrado na figura esquemática a seguir:
  30. 30. 30 Quando o filamento de lâmpada emite luz na direção do espelho, uma imagem real de 3cm de tamanho é formada em um anteparo a uma certa distância do vértice do espelho. Com base no exposto, é correto afirmar que a distância focal desse espelho, em cm, é de: a) 3,0 b) 3,5 c) 4,0 d) 4,5 e) 5,0 Questão 10 - (UNIMONTES MG/2013) R Um comerciante precisa dimensionar um espelho esférico convexo para monitorar alguns produtos que ficam na estante atrás do balcão. A finalidade do espelho é visualizar os produtos na estante, a partir do balcão, sem a necessidade de virar-se para trás. A estante (objeto) está a 180cm do vértice do espelho, e a imagem virtual precisa ser formada com 2/3 do tamanho original do objeto. O raio de curvatura do espelho que deve ser usado pelo comerciante é: a) 720 cm. b) 360 cm. c) 180 cm. d) 540 cm. Questão 20 - (PUC MG/2012) R Enquanto aguarda o seu almoço, um estudante observa sua imagem através da superfície côncava de uma colher, próxima ao prato sobre a mesa. Considerando-se a colher como um espelho esférico, é CORRETO afirmar que a imagem vista pelo estudante é: a) real, maior e direita. b) real, menor e invertida. c) virtual, menor e direita. d) virtual, maior e direita. GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: E 3) Gab: A 4) Gab: A 5) Gab: B 6) Gab: A 7) Gab: C 8) Gab: D 9) Gab: A 10) Gab: A 11) Gab: A 12) Gab: A 13) Gab: C 14) Gab: E 15) Gab: A 16) Gab: E 17) Gab: C 18) Gab: A 19) Gab: B 20) Gab: B
  31. 31. 31 LISTA 12 – REFRAÇÃO E LENTES ESFÉRICAS Questão 01 - (UFU MG/2016) Um famoso truque de mágica é aquele em que um ilusionista caminha sobre a água de uma piscina, por exemplo, sem afundar. O segredo desse truque é haver, sob a superfície da água da piscina, um suporte feito de acrílico transparente, sobre o qual o mágico se apoia, e que é de difícil detecção pelo público. Nessa situação, o acrílico é quase transparente porque a) seu índice de refração é muito próximo ao da água da piscina. b) o ângulo da luz incidente sobre ele é igual ao ângulo de reflexão. c) absorve toda a luz do meio externo que nele é incidida. d) refrata toda a luz que vem do fundo da piscina. Questão 02 - (UFRR/2015) Em um experimento, temos uma placa de vidro que é atravessada por um feixe de luz. Nesta placa de vidro, em especial, a velocidade da luz é 2,5 x 108 m/s. Considerando a velocidade da luz no vácuo como sendo igual a 3,0 x 108 m/s, marque a alternativa que corresponde ao índice de refração do vidro neste experimento. a) 7,5 b) 1,5 c) 1,2 d) 0,83 e) 5,5 Questão 03 - (UNIMONTES MG/2013) Uma onda propaga-se com velocidade v = 20 cm/s em um meio 1. Após passar para um meio 2, seu comprimento de onda diminui para  = 5 cm, e sua velocidade cai para metade. O comprimento de onda no meio 1, em centímetros, era: a) 20. b) 10. c) 15. d) 5. Questão 04 - (Mackenzie SP/2012) Um raio de luz monocromático que se propaga no ar (índice de refração = 1) atinge a superfície de separação com um meio homogêneo e transparente, sob determinado ângulo de incidência, diferente de 0º. Considerando os meios da tabela abaixo, aquele para o qual o raio luminoso tem o menor desvio é 1,52comumVidro 1,47Glicerina 2,42Diamante 1,66etílicoÁlcool 1,33Água refraçãodeÍndiceMeio a) Água b) Álcool etílico c) Diamante d) Glicerina e) Vidro comum TEXTO: 1 - Comum à questão: 5 Dados: Aceleração da gravidade: 10 m/s2 Densidade do mercúrio: 13,6 g/cm3 Pressão atmosférica: 1,0x105 N/m2 Constante eletrostática: k0 = 1/40 = 9,0x109 N.m2 /C2 Questão 05 - (UFPE/2012) Um raio de luz incide na parte curva de um cilindro de plástico de seção semicircular formando um ângulo i com o eixo de simetria. O raio emerge na face plana formando um ângulo r com o mesmo eixo. Um estudante fez medidas do ângulo r em função do ângulo i e o resultado está mostrado no gráfico r versus i. Determine o índice de refração deste plástico.
  32. 32. 32 Questão 06 - (FUVEST SP/2016) Uma moeda está no centro do fundo de uma caixa d’água cilíndrica de 0,87 m de altura e base circular com 1,0 m de diâmetro, totalmente preenchida com água, como esquematizado na figura. Se um feixe de luz laser incidir em uma direção que passa pela borda da caixa, fazendo um ângulo  com a vertical, ele só poderá iluminar a moeda se a)  = 20º b)  = 30º c)  = 45º d)  = 60º e)  = 70º Note e adote: Índice de refração da água: 1,4 n1sen(  1) = n2 sen(  2) sen(20º) = cos(70º) = 0,35 sen(30º) = cos(60º) = 0,50 sen(45º) = cos(45º) = 0,70 sen(60º) = cos(30º) = 0,87 sen(70º) = cos(20º) = 0,94 Questão 07 - (FM Petrópolis RJ/2015) Um raio de luz monocromática se propaga em um meio cujo índice de refração é 1,20. O raio atinge a superfície que separa esse meio de outro menos refringente, segundo um ângulo de incidência igual a 30º. O raio sofre um desvio em sua trajetória e continua a se propagar nesse segundo meio. Se o índice de refração desse outro meio é 0,75, então o seno do desvio sofrido é, aproximadamente, Dado: 7,13  a) 0,11 b) 0,31 c) 0,38 d) 0,58 e) 0,98 Questão 08 - (UFU MG/2008) A figura abaixo apresenta um feixe de luz branca viajando no ar e incidindo sobre um pedaço de vidro crown. A tabela apresenta os índices de refração (n) para algumas cores nesse vidro. Nesse esquema, o feixe refratado 3 corresponde à cor a) branca. b) violeta. c) verde. d) vermelha. Questão 09 - (Mackenzie SP/2007) Um raio de luz monocromática, que se propaga em um meio de índice de refração 2, atinge a superfície que separa esse meio do ar (índice de refração = 1). O raio luminoso passará para o ar se o seu ângulo de incidência nessa superfície for a) igual a 45° b) maior que 30° c) menor que 30° d) maior que 60° e) menor que 60° Questão 10 - (UCB DF/2016) Um relógio a prova d’água, com mostrador de vidro plano, é submergido em um balde cheio de água cristalina. Um observador sempre analisa o relógio com um ângulo de visada perpendicular à superfície da água. Seus ponteiros são facilmente visualizados quando o observador o verifica de modo que o ângulo de visada seja perpendicular à superfície do vidro. Entretanto, existe uma angulação para a qual não é possível visualizar os ponteiros, pois o vidro se comportará como um espelho. Considerando essas informações, no que se refere ao fenômeno observado, é correto afirmar que o vidro se comporta como um espelho a) em função do fenômeno do ângulo crítico, gerando reflexão dos raios de luz. Isso ocorre apenas quando a luz viaja de um meio com índice de refração menor para um maior.
  33. 33. 33 b) em razão do fenômeno do ângulo crítico, gerando reflexão dos raios de luz. Isso ocorre apenas quando a luz viaja de um meio com índice de refração maior para um menor. c) em virtude do índice de refração negativo da água. d) porque, nesta situação, a lei de Snell adquire um sinal negativo. e) por causa da birrefringência gerada pela diferença entre os índices de refração da água e do vidro. Questão 11 - (Fac. Cultura Inglesa SP/2015) Os esquemas apresentados mostram o que acontece quando um raio de luz monocromática, que se propaga no ar, atravessa uma superfície plana de vidro e quando ele passa de uma superfície plana de vidro para o ar. O desvio na direção original da trajetória de um raio luminoso, quando transmitido de um meio para outro, é causado pelo fenômeno da a) flexão. b) difração. c) refração. d) dispersão. e) interferência. Questão 12 - (ENEM/2015) Será que uma miragem ajudou a afundar o Titanic? O fenômeno ótico conhecido como Fata Morgana pode fazer com que uma falsa parede de água apareça sobre o horizonte molhado. Quando as condições são favoráveis, a luz refletida pela água fria pode ser desviada por uma camada incomum de ar quente acima, chegando até o observador, vinda de muitos ângulos diferentes. De acordo com estudos de pesquisadores da Universidade de San Diego, uma Fata Morgana pode ter obscurecido os icebergs da visão da tripulação que estava a bordo do Titanic. Dessa forma, a certa distância, o horizonte verdadeiro fica encoberto por uma névoa escurecida, que se parece muito com águas calmas no escuro. Disponível em: http://apod.nasa.gov. Acesso em: 6 set. 2012 (adaptado). O fenômeno ótico que, segundo os pesquisadores, provoca a Fata Morgana é a a) ressonância. b) refração. c) difração. d) reflexão. e) difusão. Questão 13 - (UNIMONTES MG/2014) Os índios brasileiros têm, na pesca, uma rica fonte de alimentação. Ainda na sua infância, eles aprendem que se deve mirar num ponto um pouco abaixo do lugar em que se vê o peixe, para acertá-lo com a flecha. Em relação ao fenômeno físico associado a essa situação, é CORRETO afirmar que a) a refração da luz faz com que o peixe aparente estar um pouco acima de sua posição real. b) a difração da luz causa uma aparente mudança de posição do peixe. c) a reflexão da luz faz com que o peixe perceba a flecha e nade em direção ao fundo do rio. d) o peixe aparenta estar um pouco acima de sua posição real, devido à dispersão da luz. Questão 14 - (UNCISAL/2014) Um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos foi o humorista Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho ou simplesmente, Chico Anysio, que ficou famoso pelo grande número de personagens criados e interpretados na TV e no cinema. Um destes personagens é o caixeiro- viajante Onestal do Veridiano da Silva (figura), que, mesmo não apresentando muita beleza física, fazia muito sucesso com as mulheres. Disponível em: http://www.globo.com. Acesso em: 01 nov. 2013. Os óculos utilizados por Silva produz uma imagem dos seus olhos bem maior do que o tamanho real deles. Para obter este efeito de máxima ampliação da imagem dos olhos, tão marcante no figurino deste personagem, as lentes utilizadas devem ser a) convergentes, com comprimento focal menor que a distância entre a lente e os olhos.
  34. 34. 34 b) divergentes, com comprimento focal ligeiramente maior que a distância entre a lente e os olhos. c) convergentes, com comprimento focal ligeiramente maior que a distância entre a lente e os olhos. d) divergentes, com comprimento focal muito maior que a distância entre a lente e os olhos. e) planas, com comprimento focal muito maior que a distância entre a lente e os olhos. Questão 15 - (UNIMONTES MG/2014) Um biólogo, através de uma lente convergente encostada no olho, observa um inseto com uma ampliação de 5 vezes. Sabendo-se que a focalização ocular humana é de 25cm, ou seja, a imagem ampliada deve ser formada a 25cm de distância do olho, a distância que o inseto deve ficar da lente, em cm, é: a) 4,0. b) 5,0. c) 2,5. d) 6,0. Questão 16 - (Mackenzie SP/2013) Em uma experiência de óptica, na sala de aula, coloca-se um objeto real à distância de 6 cm do centro óptico de uma lente biconvexa de distância focal 4 cm. Sendo observadas as condições de Gauss, a distância entre esse objeto e sua imagem será de a) 6 cm b) 9 cm c) 12 cm d) 15 cm e) 18 cm Questão 17 - (UFG GO/2013) Uma lente convergente de vidro possui distância focal f quando imersa no ar. Essa lente é mergulhada em glicerina, um tipo de álcool com índice de refração maior que o do ar. Considerando-se que o índice de refração do vidro é o mesmo da glicerina (iguais a 1,5), conclui-se que o diagrama que representa o comportamento de um feixe de luz incidindo sobre a lente imersa na glicerina é o seguinte: a) b) c) d) e) Questão 18 - (UNICAMP SP/2013) Um objeto é disposto em frente a uma lente convergente, conforme a figura abaixo. Os focos principais da lente são indicados com a letra F. Pode-se afirmar que a imagem formada pela lente a) é real, invertida e mede 4 cm. b) é virtual, direta e fica a 6 cm da lente. c) é real, direta e mede 2 cm. d) é real, invertida e fica a 3 cm da lente. Questão 19 - (Mackenzie SP/2013) Uma Lupa, também conhecida por microscópio simples, consiste de uma lente convergente. Considerando-se que as lentes abaixo ilustradas são constituídas de material cujo índice de refração absoluto é maior que o do meio que as envolve, as que podem ser usadas como lupa são
  35. 35. 35 a) L1 e L4 b) L2 e L4 c) L1 e L2 d) L2 e L3 e) L1 e L3 Questão 20 - (UNIOESTE PR/2013) Uma vela com 10 cm de altura é colocada a 10 cm de uma lente convergente de distância focal igual a 20 cm. Com relação a estes dados, assinale a alternativa correta. a) A vergência da lente é 2,0 di. b) A imagem é real, invertida e possui 20 cm de altura. c) A imagem é virtual, direta e possui 5,0 cm de altura. d) A imagem é virtual, direta e possui 20 cm de altura. e) As lentes convergentes sempre produzem imagens reais de objetos reais. GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: C 3) Gab: B 4) Gab: A 5) Gab: n = 2 6) Gab: C 7) Gab: C 8) Gab: B 9) Gab: C 10) Gab: B 11) Gab: C 12) Gab: B 13) Gab: A 14) Gab: C 15) Gab: B 16) Gab: E 17) Gab: E 18) Gab: A 19) Gab: E 20) Gab: D
  36. 36. 36 LISTA 13 - ELETROSTÁTICA Questão 02) R Campos eletrizados ocorrem naturalmente no nosso cotidiano. Um exemplo disso é o fato de algumas vezes levarmos pequenos choques elétricos ao encostarmos em automóveis. Tais choques são devidos ao fato de estarem os automóveis eletricamente carregados. Sobre a natureza dos corpos (eletrizados ou neutros), considere as afirmativas a seguir: I. Se um corpo está eletrizado, então o número de cargas elétricas negativas e positivas não é o mesmo. II. Se um corpo tem cargas elétricas, então está eletrizado. III. Um corpo neutro é aquele que não tem cargas elétricas. IV. Ao serem atritados, dois corpos neutros, de materiais diferentes, tornam-se eletrizados com cargas opostas, devido ao princípio de conservação das cargas elétricas. V. Na eletrização por indução, é possível obter- se corpos eletrizados com quantidades diferentes de cargas. Sobre as afirmativas acima, assinale a alternativa correta. a) Apenas as afirmativas I, II e III são verdadeiras. b) Apenas as afirmativas I, IV e V são verdadeiras. c) Apenas as afirmativas I e IV são verdadeiras. d) Apenas as afirmativas II, IV e V são verdadeiras. e) Apenas as afirmativas II, III e V são verdadeiras. Questão 04) R Três esferas metálicas iguais, A, B e C, estão apoiadas em suportes isolantes, tendo a esfera A carga elétrica negativa. Próximas a ela, as esferas B e C estão em contato entre si, sendo que C está ligada à terra por um fio condutor, como na figura. A partir dessa configuração, o fio é retirado e, em seguida, a esfera A é levada para muito longe. Finalmente, as esferas B e C são afastadas uma da outra. Após esses procedimentos, as cargas das três esferas satisfazem as relações a) QA < 0 QB >0 QC >0 b) QA < 0 QB = 0 QC = 0 c) QA = 0 QB < 0 QC < 0 d) QA > 0 QB > 0 QC = 0 e) QA > 0 QB < 0 QC > 0 Questão 07) R Quatro esferas metálicas idênticas estão isoladas uma das outras. As esferas A, B e C estão inicialmente neutras (sem carga) , enquanto a esfera D está eletrizada com carga Q. A esfera D é colocada inicialmente em contato com a esfera A, depois é afastada e colocada em contato com a esfera B. Depois de ser afastada da esfera B, a esfera D é colocada em contato com a esfera C e afastada a seguir. Pode-se afirmar que ao final do processo as cargas das esferas C e D são, respectivamente, a) Q/8 e Q/8 b) Q/8 e Q/4 c) Q/4 e Q/8 d) Q/2 e Q/2 e) Questão 12) R O gráfico representa o comportamento da intensidade da força elétrica, F, em função da distância, d, entre duas cargas pontuais idênticas. 1 2 3 d(m) 1 9 0 F(10N)3
  37. 37. 37 Considerando-se a constante eletrostática do meio igual a 9.109 Nm2 C-2 e com base na informação, é correto afirmar: a) a força elétrica de interação entre as cargas tem natureza atrativa. b) O módulo da força elétrica de interação entre as cargas é 3,5 . 103 N para d = 2m. c) O módulo de cada carga elétrica é igual a 1.10- 3 C. d) O módulo do campo elétrico, no ponto médio da reta que une as cargas é igual a 9.109 N/C para d = 3m. e) O potencial elétrico, no ponto médio da reta que une as cargas, é nulo para d = 1m. Questão 13) R Quatro pequenas cargas elétricas encontram-se fixas nos vértices de um quadrado, conforme figura abaixo. Um elétron no centro desse quadrado ficaria submetido, devido às quatro cargas, a uma força, que está corretamente representada na alternativa Questão 16) R Duas cargas elétricas +4Q e +Q estão fixadas nas posições indicadas no esquema. De acordo com o esquema, a força eletrostática resultante exercida por essas cargas sobre uma carga de prova será nula se esta for colocada no ponto a) P1 b) P2 c) P3 d) P4 e) P5 GABARITO: 1) Gab: E 2) Gab: B 3) Gab: A 4) Gab: A 5) Gab: FFVVV 6) Gab: A 7) Gab: A 8) Gab: C 9) Gab: A 10) Gab: A 11) Gab: C 12) Gab: C 13) Gab: C 14) Gab: a) q1 é positiva e q2 é negativa; b) cargas de sinais opostos, a força é de atração. 15) Gab: E 16) Gab: D 17) Gab: C 18) Gab: B 19) Gab: 003 20) Gab: E
  38. 38. 38 LISTA 14 - CAMPO ELÉTRICO E POTENCIAL ELÉTRICO Questão 01 - (UNIFOR CE) R Uma partícula de massa m = 1,0.10-4 kg e eletrizada com carga q = 1,0.10-6 C fica em equilíbrio quando colocada em uma região onde existe apenas um campo elétrico uniforme e vertical e o campo gravitacional. Sendo g = 10 m/s2 , o módulo do vetor campo elétrico, em V/m, e o seu sentido são a) 1010 , ascendente. b) 103 , ascendente. c) 102 , ascendente. d) 10, descendente. e) 10-2 , descendente. Questão 04 - (ETAPA SP) R Quatro cargas puntiformes, q1 = q2 = q3 =1µC e q4 = -1µC são fixadas formando um quadrado de lado a = 1,0 m. Sendo Ko = 9,0.10-9 N.m2 /C2 , o vetor campo elétrico resultante no centro do quadrado tem valor: a) 9 0 . 103 N/C b) 18 . 103 N/C c) 36 . 103 N/C d) 54 . 103 N/C e) 72 . 103 N/C Questão 12 - (UNIMONTES MG) R Em um dado flash de relâmpago, a diferença de potencial entre a nuvem e o solo é 1,0.109 V, e a quantidade de carga transferida é de 31,25 C. Se toda a variação de energia potencial elétrica da carga transferida fosse usada para acelerar uma caminhonete de 1600 kg, a partir do repouso, a velocidade final do veículo, em m/s, seria igual a a) 2500. b) 6250. c) 7000. d) 1200. Questão 14 - (UNISA SP) R Uma partícula, de massa 1.10–5 kg e eletrizada com carga 2µC, é abandonada no ponto A de um campo elétrico uniforme , cujas linhas de força e superfícies equipotenciais estão representadas na figura. A velocidade com que atingirá o ponto B, em m/s, será de a) 4. b) 6. c) 10. d) 16. e) 20. Questão 15 - (CEFET PR) R Um quadrado de lado √8 m apresenta 3 vértices com cargas elétricas fixadas conforme mostra o esquema abaixo. Determine o valor da carga Q4 para que o potencial elétrico se torna nulo na região central do quadrado (Dado: ko = 9 x 109 Nm2 /C2 ). Q1 = -1µC Q2 = -4µC Q3 = +2µC Q4 = ? a) +8x10-6 C b) –3x10-6 C c) +3x10-6 C d) –8x10-6 C e) +8x10-3 C Questão 19 - (UECE) R N prótons, cada um de carga q, foram distribuídos aleatoriamente ao longo de um arco de círculo de 60º e raio r, conforme ilustra a figura.
  39. 39. 39 Considere Ko = 9.109 N.m2 /C2 e o potencial no infinito igual a zero, assinale a alternativa que contém o valor do potencial elétrico no ponto O devido a esses prótons. GABARITO: 1) Gab: B 2) Gab: B 3) Gab: A 4) Gab: C 5) Gab: D 6) Gab: D 7) Gab: 8) Gab: C 9) Gab: FVFVV 10) Gab: B 11) Gab: C 12) Gab: B 13) Gab: A 14) Gab: A 15) Gab: C 16) Gab: E 17) Gab: D 18) Gab: B 19) Gab: C 20) Gab: B
  40. 40. 40 LISTA 15 – LEIS DE ÔHM E RESISTORES Questão 02 - (UEA AM/2016) R As lâmpadas A, B, C e D são idênticas e estão ligadas à fonte de tensão V, conforme esquematizado na figura. Considere que inicialmente todas as lâmpadas estão acesas. Se a lâmpada D queimar, é correto afirmar que a) A, B e C apagarão. b) A, B e C permanecerão acesas. c) somente B apagará. d) somente A e C apagarão. e) somente A e B permanecerão acesas. Questão 03 - (Unievangélica GO/2015) R O gráfico a seguir representa a curva característica de um resistor desconhecido. Para esse resistor desconhecido, qual é o gráfico da resistência aparente versus a corrente elétrica i ? a) b) c) d) Questão 05 - (UNCISAL/2012) R Em uma reforma em um dos cômodos da casa se faz necessário a substituição do fio existente, de resistividade 1,5  10–8 m. , por um fio cuja resistividade é 3,0  10–8 m. . O circuito elétrico permanecerá o mesmo, de maneira que o tamanho dos fios são iguais, bem como a tensão elétrica de alimentação. Com o objetivo conservar a resistência do circuito, a razão entre a área da seção transversal do fio novo e a área da seção transversal do fio velho deve ser a) 0,5. b) 1. c) 1,5. d) 2,0. e) 2,5. Questão 06 - (PUC RS/2010) R Durante um experimento realizado com um condutor que obedece à lei de Ohm, observou-se que o seu comprimento dobrou, enquanto a área da sua secção transversal foi reduzida à metade. Neste caso, se as demais condições experimentais permanecerem inalteradas, pode-se afirmar que a resistência final do condutor, em relação à resistência original, será a) dividida por 4. b) quadruplicada. c) duplicada. d) dividida por 2. e) mantida. Questão 11 - (ESCS DF/2009) R Considere a figura abaixo: O gráfico representa a curva característica de um resistor. Se o resistor é percorrido por uma corrente
  41. 41. 41 elétrica de 10A, a diferença de potencial aplicada ao resistor é de: a) 20V b) 30V c) 40V d) 50V e) 60V Questão 17 - (UERN/2015) R A resistência R na associação de resistores a seguir é igual a a) 10 . b) 20 . c) 30 . d) 40 . GABARITO: 1) Gab: FFVV 2) Gab: B 3) Gab: B 4) Gab: E 5) Gab: D 6) Gab: B 7) Gab: E 8) Gab: B 9) Gab: E 10) Gab: D 11) Gab: D 12) Gab: E 13) Gab: A 14) Gab: D 15) Gab: E 16) Gab: A 17) Gab: C 18) Gab: D 19) Gab: A 20) Gab: B
  42. 42. 42 LISTA 16 – CIRCUITOS ELÉTRICOS Questão 01 - (ACAFE SC/2016) R Em uma atividade experimental um estudante dispõe de um voltímetro V e um amperímetro A. Uma lâmpada de potência desconhecida é ligada a uma fonte de tensão, estabelecendo um circuito acrescido de tais medidores. A alternativa correta que mostra a conexão de circuito que permite achar o valor da potência dessa lâmpada é: a) b) c) d) Questão 03 - (UNIMONTES MG/2008) R No circuito abaixo, temos uma bateria e um amperímetro ideais, mas o voltímetro, conectado aos vértices X e Y do circuito, tem uma resistência interna de 600  . As leituras do amperímetro e do voltímetro são, respectivamente, a) i = 500 mA , V = 60 V. b) i = 300 mA , V = 120 V. c) i = 400 mA , V = 80 V. d) i = 600 mA , V = 70 V. Questão 05 - (FATEC SP/2006) R No circuito esquematizado abaixo, o amperímetro ideal A indica 400mA. O voltímetro V, também ideal, indica, em V, a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 10 Questão 13 - (UNIFICADO RJ/2016) R Um secador de cabelos tem potência 1.200 W. Esse secador está ligado a uma linha de 120 V para tomadas, com a limitação dada por um fusível de 15 A. Nessas condições, o fusível a) não queima, e a corrente que percorre o secador é de 1,0 A. b) não queima, e a corrente que percorre o secador é de 1,2 A. c) não queima, e a corrente que percorre o secador é de 10 A. d) não queima, e a corrente que percorre o secador é de 12 A. e) queima e, portanto, a corrente que percorre o secador é zero. Questão 15 - (UEMG/2016) R “Em casa, corria ao banho, à sala, à cozinha (…). Corria contra a corda bamba, invisível e opressora do tempo. Era preciso avançar sempre e sempre.” EVARISTO, 2014, p. 66. O chuveiro da casa de Cida tem uma potência de 4300 W, na posição inverno. Como estava quente, Cida mudou a posição do chuveiro para a posição verão, alterando a resistência elétrica e a potência do chuveiro. Ao fazer isso, o chuveiro de Cida: a) Teve a resistência aumentada e a corrente diminuída.
  43. 43. 43 b) Teve a resistência aumentada e a corrente também aumentada. c) Teve a resistência diminuída e a corrente aumentada. d) Teve a resistência diminuída e a corrente também diminuída. Questão 17 - (CEFET MG/2015) R Analise o circuito elétrico de um chuveiro com as opções "quente" e "morno". Nessas condições, afirma-se: I. A chave C na posição 1 corresponde a água quente. II. A chave C na posição "morno" corresponde a uma corrente de 13,75 A. III. A chave C na posição 2 corresponde a um consumo de aproximadamente 3000 W. IV. A chave C na posição "quente" corresponde a uma diferença de potencial de 110 V em cada resistor. a) V, V, F, F. b) V, F, V, V. c) F, V, V, F. d) V, V, V, F. e) F, V, F, V. GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: B 3) Gab: C 4) Gab: 12 A 5) Gab: D 6) Gab: E 7) Gab: B 8) Gab: C 9) Gab: D 10) Gab: E 11) Gab: A 12) Gab: E 13) Gab: C 14) Gab: E 15) Gab: A 16) Gab: D 17) Gab: D 18) Gab: B 19) Gab: C 20) Gab: E
  44. 44. 44 LISTA 17 - MAGNETISMO Questão 03 - (UEMG/2015) R Em “Você Verá”, Luiz Vilela valoriza os animais. Por exemplo, no conto “Quando fiz sete anos”, ele lembra de uma bússola estragada, e de como voou “como um alegre pássaro da manhã”, ao ir para casa, doido para abrir o embrulho onde estava uma bússola estragada, que ganhara do avô. Mas, por que a bússola estava estragada? Alguns candidatos aos cursos da UEMG fizeram algumas hipóteses para responder a essa pergunta: Leonardo: um fio solto fez com que o contato elétrico da bússola estragasse e, por isso, a bússola deixou de funcionar. Lorena: o Polo Norte da agulha da bússola apontava para o Polo Norte geográfico, e isto estava errado, pois ele deveria apontar para o Polo Sul geográfico, pois um Polo Norte é atraído por um Polo Sul. Amanda: a agulha magnética poderia ter se desprendido de seu apoio, e não estava girando livremente para se orientar, segundo o campo magnético da Terra. Fez (fizeram) comentários apropriados a) apenas Lorena. b) Leonardo e Lorena. c) apenas Amanda. d) Leonardo e Amanda. Questão 07 - (IFSC/2015) R De acordo com (Young e Freedman, 2009) “Os fenômenos magnéticos foram observados, inicialmente há pelo menos cerca de 2500 anos, em fragmentos de minério de ferro imantados nas proximidades da antiga cidade de Magnésia (agora chamada de Manisa, no leste da Turquia). Esses fragmentos hoje são conhecidos como ímãs permanentes.” Sobre o assunto magnetismo, leia e analise as afirmações que seguem: I. Um ímã em forma de barra possui dois polos magnéticos, o polo sul e polo norte. II. Quando se aproximam os polos nortes de dois ímãs distintos, ocorre uma atração entre os ímãs. III. Quando se aproximam os polos norte e o sul de dois ímãs distintos, ocorre uma atração entre os ímãs. IV. Quando um ímã permanente possui forma de barra, podendo girar livremente, uma de suas extremidades aponta para o norte magnético. Assinale a alternativa CORRETA. a) Apenas as afirmações II, III e IV são verdadeiras. b) Apenas as afirmações I, III e IV são verdadeiras. c) Apenas as afirmações I, II e IV são verdadeiras. d) Apenas as afirmações I, II e III são verdadeiras. e) Todas as afirmações são verdadeiras. Questão 08 - (UFV MG/2015) R Uma pequena bússola é colocada, sucessivamente, em pontos A, B, C e D próximos de um ímã permanente. As posições assinaladas na figura em que a extremidade norte magnético da agulha da bússola apontará para o alto da página são apenas: a) A, B e D. b) B e C. c) A e D. d) B, C e D. Questão 11 - (PUC RS/2016) R Para uma espira circular condutora, percorrida por uma corrente elétrica de intensidade i, é registrado um campo magnético de intensidade B no seu centro. Alterando-se a intensidade da corrente elétrica na espira para um novo valor ifinal, observa-se que o módulo do campo magnético, no mesmo ponto, assumirá o valor 5B. Qual é a razão entre as intensidades das correntes elétricas final e inicial (ifinal / i)? a) 1/5 b) 1/25 c) 5 d) 10 e) 25
  45. 45. 45 c) térmico d) quântico Questão 14 - (UNITAU SP/2015) R É totalmente CORRETO afirmar, com relação aos campos elétrico e magnético, que a) partículas carregadas em movimento geram somente campo elétrico. b) partículas carregadas em movimento geram somente campo magnético. c) partículas carregadas em repouso geram, simultaneamente, campos elétrico e magnético. d) partículas carregadas em movimento geram, simultaneamente, campos elétrico e magnético, que dependem também das massas das partículas. e) partículas carregadas em movimento geram, simultaneamente, campos elétrico e magnético. Questão 15 - (UDESC/2015) R Considere um longo solenoide ideal composto por 10.000 espiras por metro, percorrido por uma corrente contínua de 0,2 A. O módulo e as linhas de campo magnético no interior do solenoide ideal são, respectivamente: a) nulo, inexistentes. b) T108 4  , circunferências concêntricas. c) T104 4  , hélices cilíndricas. d) T108 3  , radiais com origem no eixo do solenoide. e) T108 4  , retas paralelas ao eixo do solenoide. GABARITO: 1) Gab: C 2) Gab: A 3) Gab: C 4) Gab: A 5) Gab: A 6) Gab: D 7) Gab: B 8) Gab: C 9) Gab: C 10) Gab: E 11) Gab: C 12) Gab: C 13) Gab: A 14) Gab: E 15) Gab: E 16) Gab: 02 17) Gab: A 18) Gab: E 19) Gab: C 20) Gab: C
  46. 46. 46 LISTA 18 - FORÇA MAGNÉTICA Questão 01 - (UNIMONTES MG/2015) Na figura a seguir, temos um modelo muito simplificado de um motor de corrente contínua, como os motores de arranque dos automóveis. Uma espira retangular, que está sendo percorrida por uma corrente i, foi colocada numa região de campo magnético. Dessa maneira, a espira é capaz de girar em torno do eixo y. Entre as afirmativas abaixo, assinale a CORRETA. a) A força magnética resultante na espira é zero, porém o torque resultante é diferente de zero. b) A força magnética nos lados b e d da espira é nula. c) O campo magnético na região da espira está no sentido negativo de x. d) A força magnética nos lados a e c da espira é diferente em módulo. Questão 02 - (UNISC RS/2015) Na lei da força magnética F  que atua num fio de comprimento l e percorrido por uma corrente i quando mergulhados num campo magnético B  é dada pela relação BilF   . Podemos afirmar que os ângulos que o vetor força magnética F  faz com os vetores il e B  , respectivamente, são a) 90º e 90º b) 90º e 180º c) 90º e 45º d) 45º e 90º e) 45º e 45º Questão 03 - (FPS PE/2015) Um fio condutor retilíneo tem comprimento L = 16 metros e transporta uma corrente elétrica contínua, igual a I = 0,5 A, em um local onde existe um campo magnético perpendicular e uniforme, cujo módulo vale B = 0,25 Tesla, conforme indica a figura abaixo. O módulo da força magnética exercida pelo campo magnético sobre o fio será: a) 0,2 N. b) 20 N. c) 200 N. d) 10 N. e) 2 N. Questão 04 - (UFRGS/2015) Dois campos, um elétrico e outro magnético, antiparalelos, coexistem em certa região do espaço. Uma partícula eletricamente carregada é liberada, a partir do repouso, em um ponto qualquer dessa região. Assinale a alternativa que indica a trajetória que a partícula descreve. a) Circunferencial b) Elipsoidal c) Helicoidal d) Parabólica e) Retilínea Questão 05 - (PUC SP/2015) Considere dois fios condutores retilíneos, extensos e paralelos, separados de 10 cm e situados no vácuo. Considere, também, que cada condutor é percorrido por correntes elétricas cujos valores são i1 = 4A e i2 = 12 A, em sentidos opostos. Nessa situação, pode-se caracterizar a força magnética, para cada metro linear dos fios, como sendo: (adote: 17 0 AmT104   ) a) atrativa e de módulo igual a 9,6  10–5 N b) nem atrativa nem repulsiva, porém de módulo igual a 9,6  10–5 N c) atrativa e de módulo igual a 9,6  10–7 N d) repulsiva e de módulo igual a 9,6  10–4 N e) repulsiva e de módulo igual a 9,6  10–5 N Questão 06 - (PUC RS/2015)
  47. 47. 47 A figura a seguir mostra a posição inicial de uma espira retangular acoplada a um eixo de rotação, sob a ação de um campo magnético originado por ímãs permanentes, e percorrida por uma corrente elétrica. A circulação dessa corrente determina o aparecimento de um par de forças na espira, que tende a movimentá-la. Em relação aos fenômenos físicos observados pela interação dos campos magnéticos originados pelos ímãs e pela corrente elétrica, é correto afirmar que a) o vetor indução magnética sobre a espira está orientado do polo S para o polo N. b) o vetor indução magnética muda o sentido da orientação enquanto a espira se move. c) a espira, percorrida pela corrente i, tende a mover-se no sentido horário quando vista de frente. d) a força magnética que atua no lado da espira próximo ao polo N tem orientação vertical para baixo. e) a força magnética que atua no lado da espira próximo ao polo S tem orientação vertical para cima. Questão 07 - (Unifacs BA/2015) Máquinas de rins artificiais utilizam bombas de sangue eletromagnéticas. O sangue fica confinado a um tubo cilíndrico de comprimento 30,0cm, eletricamente isolado e com dois eletrodos encaixados na parte superior e inferior do tubo, criando uma diferença de potencial que estabelece uma corrente elétrica de 1,0A através do sangue. Aplicando-se na região um campo magnético de módulo igual a 1,2T perpendicular ao tubo, conclui-se que a força produzida no sangue, devido a esse dispositivo, em 10–2 N, é igual a 01. 44 02. 42 03. 40 04. 38 05. 36 Questão 08 - (FMJ SP/2014) A figura mostra um dispositivo em que um pedaço de fio de cobre (fio condutor) tem sua base AB imersa em um campo magnético produzido por um ímã em forma de ferradura. Inicialmente, o sistema está desconectado da pilha. Quando o fio da direita for conectado ao terminal negativo da pilha, a corrente elétrica através do fio fará com que a base AB sofra uma força dirigida para a) dentro do ímã. b) o ponto A do fio. c) o polo sul (S) do ímã. d) o polo norte (N) do ímã. e) fora do ímã. Questão 09 - (Mackenzie SP/2014) Dois fios condutores (1) e (2), muito longos e paralelos, são percorridos por correntes elétricas i1 e i2, respectivamente, de sentidos opostos e situados no plano horizontal. A figura abaixo mostra a secção transversal desses condutores, em que a corrente elétrica i1 está saindo da página e a corrente elétrica i2 está entrando na página. A melhor representação vetorial da força magnética  mF  e do campo de indução magnética  B  agentes sobre o fio condutor (1) é a) b)
  48. 48. 48 c) d) e) Questão 10 - (Univag MT/2014) Quatro fios condutores retilíneos, longos e paralelos entre si, são percorridos por correntes elétricas contínuas, todas de mesma intensidade, nos sentidos indicados na ilustração pelas setas vermelhas. Os vetores força magnética aplicados nos condutores 1, 3 e 4 apenas pelo condutor 2 (azul) estão corretamente representados, respectivamente, por a) b) c) d) e) Questão 11 - (UERN/2015) Numa região em que atua um campo magnético uniforme de intensidade 4 T é lançada uma carga elétrica positiva conforme indicado a seguir: Ao entrar na região do campo, a carga fica sujeita a uma força magnética cuja intensidade é de 3,2  10–2 N. O valor dessa carga e o sentido do movimento por ela adquirida no interior do campo são, respectivamente: a) 1,6  10–6 C e horário. b) 2,0  10–6 C e horário. c) 2,0  10–6 C e anti-horário. d) 1,6  10–6 C e anti-horário. Questão 12 - (UFRGS/2015) Partículas  ,  e  são emitidas por uma fonte radioativa e penetram em uma região do espaço onde existe um campo magnético uniforme. As trajetórias são coplanares com o plano desta página e estão representadas na figura que segue. Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna do enunciado abaixo. A julgar pelas trajetórias representadas na figura acima, o campo magnético ........ plano da figura. a) aponta no sentido positivo do eixo X, no b) aponta no sentido negativo do eixo X, no c) aponta no sentido positivo do eixo Y, no d) entra perpendicularmente no e) sai perpendicularmente do Questão 13 - (UESB/2015) Uma partícula carregada com carga q = 3 C move-se com a velocidade de 4  106m/s em uma direção que forma um ângulo de 60º, em relação
  49. 49. 49 à direção de um campo magnético de módulo 120mT. Com base nessas informações, é correto afirmar que a força magnética que essa partícula experimenta, em N, é igual a 01. 0,72 02. 0,74 03. 0,76 04. 0,88 05. 0,80 Questão 14 - (FPS PE/2014) Uma partícula carregada com carga elétrica q = 0.06 Coulomb propaga-se com velocidade constante, cujo módulo vale v = 100 m/s. A partícula está num local onde existe um campo magnético uniforme e perpendicular à direção de propagação da partícula carregada. O módulo do campo magnético é B = 0.8 Tesla. A força magnética (em módulo) sentida pela partícula será: a) 1,8 N b) 5,8 N c) 3,8 N d) 4,8 N e) 2,8 N TEXTO: 1 - Comum à questão: 15 Dados: Aceleração da gravidade: 10 m/s2 sen(37°) = 0,60; cos(37°) = 0,80 sen(60°) = 0,86; cos(60°) = 0,50 Questão 15 - (UFPE/2014) Uma partícula carregada eletricamente penetra em uma região do espaço, no vácuo, onde há um campo elétrico uniforme e constante. O vetor campo elétrico E  é perpendicular à velocidade inicial da partícula. Despreze os efeitos da força gravitacional. Analise as afirmações seguintes. 00. Embora a partícula esteja carregada, não há força sobre ela, pois não há campo magnético na região considerada, somente campo elétrico. 11. Embora não haja um campo magnético, há uma força sobre a partícula porque ela está carregada e na presença de um campo elétrico. 22. Embora haja uma força sobre a partícula, ela não a acelera, pois a força é perpendicular à trajetória da partícula. 33. Embora haja uma força sobre a partícula, não há trabalho realizado por esta força ao longo da trajetória. 44. A energia cinética da partícula cresce à medida que ela se desloca. Questão 16 - (FPS PE/2014) Uma partícula carregada com carga elétrica q = 0.06 Coulomb propaga-se com velocidade constante, cujo módulo vale v = 100 m/s. A partícula está num local onde existe um campo magnético uniforme e perpendicular à direção de propagação da partícula carregada. O módulo do campo magnético é B = 0.8 Tesla. A força magnética (em módulo) sentida pela partícula será: a) 1,8 N b) 5,8 N c) 3,8 N d) 4,8 N e) 2,8 N Questão 17 - (PUC RJ/2013) Cientistas creem ter encontrado o tão esperado “bóson de Higgs” em experimentos de colisão próton-próton com energia inédita de 4 TeV (tera elétron-Volts) no grande colisor de hádrons, LHC. Os prótons, de massa 1,710–27 kg e carga elétrica 1,610–19 C, estão praticamente à velocidade da luz (3108 m/s) e se mantêm em uma trajetória circular graças ao campo magnético de 8 Tesla, perpendicular à trajetória dos prótons. Com estes dados, a força de deflexão magnética sofrida pelos prótons no LHC é em Newton: a) 3,810–10 b) 1,310–18 c) 4,110–18 d) 5,110–19 e) 1,910–10 Questão 18 - (UNIFOR CE/2012) Os cientistas que estudam a física das partículas necessitam estudar o comportamento e as propriedades do núcleo atômico. Para estudar os componentes dos prótons no maior acelerador do mundo, recentemente inaugurado na Suíça “LHC (Large Hadron Collider)”, prótons de massa ‘m’ e carga positiva ‘q’ são disparados em colisão frontal, com velocidades perpendiculares a Campos Magnéticos Uniformes, sofrendo ação de forças magnéticas. Os Campos Magnéticos utilizados são uniformes e atuam perpendicularmente à velocidade destas partículas. Podemos afirmar que estas forças magnéticas:
  50. 50. 50 a) Mantêm as velocidades escalares dos prótons constantes, mas os colocam em trajetórias circulares. b) Mantêm as velocidades escalares dos prótons constantes, mas os colocam em trajetórias helicoidais. c) Aumentam as velocidades escalares dos prótons e mantêm suas trajetórias retilíneas. d) Diminuem as velocidades escalares dos prótons e mantêm suas trajetórias retilíneas. e) Não alteram as velocidades escalares dos prótons nem alteram as suas trajetórias. Questão 19 - (ASCES PE/2012) Uma carga pontual move-se no vácuo numa região onde existe um campo magnético aplicado. Despreze a ação de todas as forças agindo na carga, exceto a magnética. Nesse caso, pode-se afirmar que a força magnética agindo na carga é perpendicular: a) ao vetor aceleração da carga, mas não ao seu vetor velocidade. b) ao vetor aceleração da carga, mas não ao vetor campo magnético. c) aos vetores aceleração e velocidade da carga, mas não ao vetor campo magnético. d) aos vetores velocidade da carga e campo magnético, mas não ao vetor aceleração. e) aos vetores campo magnético, aceleração e velocidade da carga. Questão 20 - (PUC MG/2012) A força de Lorentz refere-se à força que o campo magnético faz sobre cargas elétricas em movimento. No equador, o campo magnético da Terra é praticamente horizontal (paralelo à superfície) e vale aproximadamente 1,0  10–4 T e aponta para o Norte. Considere uma linha de transmissão de energia elétrica nas proximidades do equador com 1000 m de comprimento, percorrida por uma corrente contínua de 500A, orientada de Oeste para Leste. Sobre a força exercida pelo campo magnético terrestre sobre esse trecho da linha de transmissão, é CORRETO afirmar: a) F = 0, pois o campo magnético e a corrente são mutuamente perpendiculares. b) F = 50N vertical para cima em relação à superfície da Terra. c) F = 10 N, orientada de Sul para Norte. d) F = 0, pois o campo magnético não exerce forças sobre cargas elétricas em repouso como é o caso da corrente continua. GABARITO: 1) Gab: A 2) Gab: A 3) Gab: E 4) Gab: E 5) Gab: E 6) Gab: C 7) Gab: 05 8) Gab: E 9) Gab: B 10) Gab: C 11) Gab: C 12) Gab: D 13) Gab: 01 14) Gab: D 15) Gab: FVFFV 16) Gab: D 17) Gab: A 18) Gab: A 19) Gab: D 20) Gab: B

×