Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Aula 2 Algoritmo Prof.  Reverton Cristaldo www.revertoncristaldo.com
Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos Um algoritmo é um procedimento computacional definido que recebe um ou ...
Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos O algoritmo é aquela fórmula matemática, aquele pedaço de código, que f...
Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos Os passos do algoritmo para resolução deste problema ficariam da seguin...
Pseudocódigo – Introdução. É uma forma genérica de escrever um algoritmo, utilizando uma linguagem simples (nativa a quem ...
algoritmo "calculaX" // Função : Calcular: F(x) = (X2)/2 // Autor : Prof. Reverton Cristaldo // Data : 31/7/2008...
Pseudocódigo    Linguagem de Programação Pascal algoritmo "calculaX" // Função : Calcular: F(x) = (X2)/2 // Aut...
Fatores a serem levados em consideração na construção de um algoritmo 1. Complexidade Percebemos que, na medida em que  co...
Complexidade A complexidade pode ser vista como um sinônimo de variedade ( quantidade de situações diferentes que um probl...
Exemplo de Complexidade Ah!, Sim! Pode ser digital E um relógio sem ponteiro, pode ? Pode..com 3,2 ou 1 ponteiro E um reló...
Exemplo de Complexidade É um instrumento cuja finalidade é marcar o decorrer do tempo. O que é um relógio ? Algumas variáv...
Exercícios de Fixação e aprendizado <ul><li>Crie um algoritmo, ou descreva os passos para se trocar o pneu furado de um ca...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Aula2

2.083 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Technologie, Reisen
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Aula2

  1. 1. Aula 2 Algoritmo Prof. Reverton Cristaldo www.revertoncristaldo.com
  2. 2. Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos Um algoritmo é um procedimento computacional definido que recebe um ou mais valores (entrada) e produz um ou mais valores (saída) . Entrada Saída EPS
  3. 3. Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos O algoritmo é aquela fórmula matemática, aquele pedaço de código, que fica ali no meio da entrada e da saída para transformar o primeiro no segundo. Vamos supor por exemplo que temos a função:             A sua entrada é o x e a sua saída é o y (ou f(x) , o valor que a função retorna).
  4. 4. Algoritmo computacional – Trabalhando os conceitos Os passos do algoritmo para resolução deste problema ficariam da seguinte forma: <ul><li>O algoritmo aqui seria o seguinte: </li></ul><ul><li>Entrada: Receber o valor X. </li></ul><ul><li>Elevar X ao quadrado e guardar o número resultante como Z. </li></ul><ul><li>Dividir Z por 3 e guardar o número resultante como Y. </li></ul><ul><li>Saída: Imprimir o valor Y. </li></ul>
  5. 5. Pseudocódigo – Introdução. É uma forma genérica de escrever um algoritmo, utilizando uma linguagem simples (nativa a quem o escreve, de forma a ser entendida por qualquer pessoa) sem necessidade de conhecer a sintaxe de nenhuma linguagem de programação. Como ficaria a escrita do algoritmo para a resolução deste problema, independente do valor de X?
  6. 6. algoritmo &quot;calculaX&quot; // Função : Calcular: F(x) = (X2)/2 // Autor : Prof. Reverton Cristaldo // Data : 31/7/2008 // Seção de Declarações var x : real y : real inicio // Seção de Comandos leia(x) y <- (x * x)/3 escreva(&quot;O Valor de F(x) é : &quot;, y:2:2) fimalgoritmo Variáveis
  7. 7. Pseudocódigo  Linguagem de Programação Pascal algoritmo &quot;calculaX&quot; // Função : Calcular: F(x) = (X2)/2 // Autor : Prof. Reverton Cristaldo // Data : 31/7/2008 // Seção de Declarações var x : real y : real inicio // Seção de Comandos leia(x) y <- (x * x)/3 escreva(&quot;O Valor de F(x) é : &quot;, y:2:2) fimalgoritmo program calculaX; uses Crt; { Função : Calcular: F(x) = (X2)/2} { Autor : Prof. Reverton Cristaldo} { Data : 31/7/2008} { Seção de Declarações} var x : real; y : real; begin { Seção de Comandos} readln(x); y := (x * x)/3; write('O Valor de F(x) é : ', y:2:2); end. Pseudocódigo Pascal
  8. 8. Fatores a serem levados em consideração na construção de um algoritmo 1. Complexidade Percebemos que, na medida em que colocamos situações novas no problema a ser resolvido, o algoritmo vai aumentando a sua complexidade . Esse certamente é o maior problema envolvido na construção de algoritmos.
  9. 9. Complexidade A complexidade pode ser vista como um sinônimo de variedade ( quantidade de situações diferentes que um problema pode apresentar ), as quais devem ser previstas na sua solução. Complexo Simples
  10. 10. Exemplo de Complexidade Ah!, Sim! Pode ser digital E um relógio sem ponteiro, pode ? Pode..com 3,2 ou 1 ponteiro E um relógio com 1 ponteiro é possível? É...Pode ser Um relógio com 2 ponteiros é possível? É um instrumento com três ponteiros concêntricos O que é um Relógio ?
  11. 11. Exemplo de Complexidade É um instrumento cuja finalidade é marcar o decorrer do tempo. O que é um relógio ? Algumas variáveis podem aumentar ou diminuir a complexidade de um sistema quando forem bem ou mal utilizadas.
  12. 12. Exercícios de Fixação e aprendizado <ul><li>Crie um algoritmo, ou descreva os passos para se trocar o pneu furado de um carro parado no acostamento de uma rodovia. </li></ul><ul><li>Crie um algoritmo para calcular o X na seguinte fórmula: </li></ul>

×