Anexo I – Programa de Trabalho

Anexo I - PROGRAMA DE TRABALHO 
OBJETO DO TERMO DE PARCERIA: 
Fomento, execução e promoção de atividades culturais, educativas e informativas por meio da produção e veiculação de radiodifusão. 
QUADRO DE INDICADORES E METAS PARA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 
Descrição dos Resultados Indicador de Resultado 
Unidade Peso Valor de 
Referência Meta 2006 Meta 2007 
Elevação da qualidade, confiabilidade e % de redução de erros operacionais % 2 * 50 70 
disponibilidade do setor técnico. % de atendimento às solicitaç ões por gravações, exibições e 
transmissões % 1 * 90 90 
% de redução de ocorrência de defeitos técnicos % 2 * 80 90 
Confiabilidade e disponibilidade de equipamentos % de aumento de disponibilização de infraestrutura técnica % 3 * 90 90 
e infraestrutura técnica Recursos investidos em atualização tecnológica / Recursos 
Totais (R$) Índice 3 * 0,15 0,15 
N° de horas de programação própria produzidas por mês Horas/M ês 2 160 210 220 
Sistematização e ampliação das atividades de N° de projetos espec iais1 realizados Unidade 2 30 50 50 
produção 
Arrecadação direta com projetos especiais R$ 3 409.000 650.000 750.000 
Nº de horas de programação própria transmitidas por mês Horas/Mês 2 250 300 320 
N° de horas de programação própria inédita transmitidas por 
mês Horas/M ês 3 160 210 220 
Tempo médio de programação para divulgação das políticas 
públicas estaduais por mês Horas/Mês 3 20 30 35 
Nº de horas de programação interativa por mês Horas/M ês 2 25 35 40 
Qualidade e diversidade da grade de 
programação. 
Nº de horas de conteúdo sobre o interior mineiro veiculadas 
por mês Horas/Mês 3 4 12 15 
1 Projetos especiais são produções realizadas para terceiros.
% de satisfação dos clientes externos com a programação 
(Pesquisa Qualitativa)2 % 3 * 80 85 
Nº de horas de jornalismo veiculadas por mês Horas/Mês 2 45 50 50 
N° de matérias, transmitidas pela Rede Minas, exibidas 
pelas coligadas Número 3 20 30 35 
N° de eventos com cobertura especial e transmissão ao vivo Número 2 3 6 8 
Jornalismo abrangente e de qualidade 
Grau de reconhecimento da qualidade do jornalismo pela 
população (Pesquisa Qualitativa)2 % 3 * 10 15 
Índice de Liquidez Seca (Total de Ativo Circulante / Total de 
Passivo Circulante) Índice 2 1,29 1,12 1,18 
Evolução da situação financeira 
Receita Diretamente Arrecadada / Receita Total Índice 3 * 0,45 0,50 
* Não há valores de referência para estes indicadores, tendo em vista que os mesmos nunca foram aferidos, devendo ser apurados e construídos durante o primeiro ano de operação. 
2 A meta para o período será a definição do valor de referência, como base em pesquisa qualitativa realizada por Instituto de Pesquisas. 
AÇÕES ESTRUTURANTES 
Duração 
Descrição das Etapas 
Início Término 
Parcela dos 
desembolsos que 
custeará a etapa 
Normatização e sistematização da entidade Mês 01 Mês 03 1ª 
Implantar mecanismos de integração entre planejamento estratégico, planejamento orçamentário e financeiro e 
resultados finalísticos. Mês 02 Mês 07 1ª 
Elaboração de Planejamento Estratégico e de Negócios, com o respectivo orçamento adequado às novas operações, 
com os planos de captação de recursos e investimentos.** Mês 01 Mês 03 1ª 
Implantar mecanismos de organização e gestão para as áreas financeira, contábil, rh, suprimentos e custos. Mês 02 Mês 07 1ª 
Conhecer a posição da emissora no mercado televisivo. Mês 04 Mês 13 2ª 
Conhecer a opinião de clientes com relação à programação da emissora. Mês 08 Mês 13 3ª 
Conhecer a participação da emissora na grade de programação de outras emissoras Mês 08 Mês 13 3ª 
Implantar o método de medição da adequação de gastos com relação à grade de programação Mês 08 Mês 13 3ª 
Implantar o método de medição da proporção entre receita própria / número de funcionários Mês 04 Mês 08 2ª
** Ao final da etapa, deverão ser avaliadas a programaç ão estipulada neste Termo de Parceria, os Planos formulados e seus respectivos custos e orçamentos de implantação e funcionamento para, se for o caso, 
aditar este Termo com as devidas correções e adequações. 
CRONOGRAMA DE DESEMBOLSOS*** 
VALOR DATA CONDIÇÕES 
1ª parcela R$ 2.700.000,00 Dez/05 Na assinatura do Termo de Parceria 
2ª parcela R$ 749.797,08 10/02/06 ----- 
3° parcela R$ 1.849.255,95 20/03/06 Conforme resultado da primeira avaliação parcial 
4ª parcela R$ 1.849.255,95 20/06/06 Conforme resultado da segunda avaliação parcial 
5ª parcela R$ 1.849.255,95 20/09/06 Conforme resultado da terceira avaliação parcial 
6ª parcela R$ 2.061.908,73 20/12/06 Conforme resultado da quarta avaliação parcial 
7ª parcela R$ 2.061.908,73 20/03/07 Conforme resultado da quinta avaliação parcial 
8ª parcela R$ 2.061.908,73 20/06/07 Conforme resultado da sexta avaliação parcial 
9ª parcela R$ 2.061.908,73 20/09/07 Conforme resultado da sétima avaliação parcial 
*** Ao final de 2006 deverá ser verificada a conveniência de se aditar o Programa de Trabalho, com a incorporação das atividades e indicadores desenvolvidos durante o primeiro ano e alteração dos desembolsos.
PREVISÃO DE RECEITAS E DESPESAS 
ANOS DE 2005/2006 (valores mensais médios em R$) 
dez/05 jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06 
1. RECEITAS 
OPERACIONAIS 
1.1 Termo de 
Parceria 2.700.000,00 749.797,08 1.849.255,95 1.849.255,95 1.849.255,95 2.061.908,73 
1.2 Receitas 
Captadas 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 
TOTAL 
RECEITAS 2.700.000,00 0,00 749.797,08 1.849.255,95 624.482,12 624.482,12 2.473.738,07 624.482,12 624.482,12 2.473.738,07 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 
2. DESPESAS 
OPERACIONAIS 
2.1. Despesa de 
pessoal - 
salários 33.797,46 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 
2.2. Despesa de 
pessoal - 
encargos 25.349,66 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 
2.3. Despesa de 
pessoal - 
benefícios 3.382,88 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 
2.4. Bolsas, 
estágios, etc. 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 
2.5. Despesa de 
custeio 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 
2.6. Investimento 200.000,00 200.000,00 200.000,00 100.000,00 
TOTAL 
DESPESAS 262.530,00 1.349.364,50 1.349.364,50 1.255.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50
PREVISÃO DE RECEITAS E DESPESAS 
ANO DE 2007 (valores mensais médios em R$) 
jan/07 fev/07 mar/07 abr/07 mai/07 jun/07 jul/07 ago/07 set/07 out/07 nov/07 dez/07 
1. RECEITAS 
OPERACIONAIS 
1.1 Termo de 
Parceria 2.061.908,73 2.061.908,73 2.061.908,73 
1.2 Receitas 
Captadas 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 
TOTAL 
RECEITAS 0,00 0,00 2.061.908,73 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 624.482,12 624.482,12 624.482,12 
2. DESPESAS 
OPERACIONAIS 
2.1. Despesa de 
pessoal - 
salários 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 
2.2. Despesa de 
pessoal - 
encargos 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 
2.3. Despesa de 
pessoal - 
benefícios 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 
2.4. Bolsas, 
estágios, etc. 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 
2.5. Despesa de 
custeio 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 
2.6. Investimento 
TOTAL 
DESPESAS 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50
1 von 5

Recomendados

17 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
17 relatorio-da-comissao-de-avaliacao17 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
17 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
396 views19 Folien
Exame normal cfiii iis 2014 (1) von
Exame normal   cfiii iis 2014 (1)Exame normal   cfiii iis 2014 (1)
Exame normal cfiii iis 2014 (1)flichucha
55 views3 Folien
01 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
01 relatorio-da-comissao-de-avaliacao01 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
01 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
384 views5 Folien
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao (1) von
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao (1)18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao (1)
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao (1)redeminastv
172 views16 Folien
08 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
08 relatorio-da-comissao-de-avaliacao08 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
08 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
368 views12 Folien
05 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
05 relatorio-da-comissao-de-avaliacao05 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
05 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
333 views12 Folien

Más contenido relacionado

Was ist angesagt?

07 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
07 relatorio-da-comissao-de-avaliacao07 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
07 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
401 views12 Folien
Matematica financeira parte_03_carreiras_fiscais_2013_brunno_lima_logos von
Matematica financeira parte_03_carreiras_fiscais_2013_brunno_lima_logosMatematica financeira parte_03_carreiras_fiscais_2013_brunno_lima_logos
Matematica financeira parte_03_carreiras_fiscais_2013_brunno_lima_logosAntonio Carlos Correa da Silva
962 views8 Folien
Analise orçamentaria von
Analise orçamentariaAnalise orçamentaria
Analise orçamentariazeramento contabil
170 views17 Folien
Ncrf 02 df_caixa von
Ncrf 02 df_caixaNcrf 02 df_caixa
Ncrf 02 df_caixaMediadoraefa
678 views10 Folien
Balanco Náutico 2014 von
Balanco Náutico 2014Balanco Náutico 2014
Balanco Náutico 2014Portal NE10
6.9K views4 Folien
Apresentação cr2 jp morgan fev-11 von
Apresentação cr2 jp morgan   fev-11Apresentação cr2 jp morgan   fev-11
Apresentação cr2 jp morgan fev-11SiteriCR2
186 views29 Folien

Was ist angesagt?(6)

Similar a Anexo I – Programa de Trabalho

03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
03 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
319 views12 Folien
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
334 views11 Folien
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
327 views13 Folien
19 relatorio-gerencial von
19 relatorio-gerencial19 relatorio-gerencial
19 relatorio-gerencialredeminastv
718 views43 Folien
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
362 views16 Folien
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacaoredeminastv
378 views18 Folien

Similar a Anexo I – Programa de Trabalho(20)

03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
03 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv319 views
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
02 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv334 views
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
04 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv327 views
19 relatorio-gerencial von redeminastv
19 relatorio-gerencial19 relatorio-gerencial
19 relatorio-gerencial
redeminastv718 views
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
19 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv362 views
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
14 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv378 views
16 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
16 relatorio-da-comissao-de-avaliacao16 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
16 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv553 views
7. anexo vii elementos do projeto básico von Felipe Carvalho
7. anexo vii   elementos do projeto básico7. anexo vii   elementos do projeto básico
7. anexo vii elementos do projeto básico
Felipe Carvalho320 views
15 relatorio-gerencial von redeminastv
15 relatorio-gerencial15 relatorio-gerencial
15 relatorio-gerencial
redeminastv791 views
13 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
13 relatorio-da-comissao-de-avaliacao13 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
13 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv345 views
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
18 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv430 views
(Transformar 16) aspectos financeiros 2.1 von Ink_conteudos
(Transformar 16) aspectos financeiros 2.1(Transformar 16) aspectos financeiros 2.1
(Transformar 16) aspectos financeiros 2.1
Ink_conteudos428 views
Apresentação dos Resultados do 2T15 von TegmaRI
Apresentação dos Resultados do 2T15Apresentação dos Resultados do 2T15
Apresentação dos Resultados do 2T15
TegmaRI382 views
15 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
15 relatorio-da-comissao-de-avaliacao15 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
15 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv444 views
Sebrae Pe Geor T1 2007 Turismo Caruaru von Compet
Sebrae Pe Geor T1 2007 Turismo CaruaruSebrae Pe Geor T1 2007 Turismo Caruaru
Sebrae Pe Geor T1 2007 Turismo Caruaru
Compet 439 views
Pesquisa de Opinião junto aos Usuários de Água - Anexo III von CBH Rio das Velhas
Pesquisa de Opinião junto aos Usuários de Água - Anexo IIIPesquisa de Opinião junto aos Usuários de Água - Anexo III
Pesquisa de Opinião junto aos Usuários de Água - Anexo III
CBH Rio das Velhas170 views
Sebrae Pe Geor T1 2007 Comercio Varejista Petrolina von Compet
Sebrae Pe Geor T1 2007 Comercio Varejista PetrolinaSebrae Pe Geor T1 2007 Comercio Varejista Petrolina
Sebrae Pe Geor T1 2007 Comercio Varejista Petrolina
Compet 399 views
CAT - Centro de Apoio ao Turista von Marco Coghi
CAT - Centro de Apoio ao TuristaCAT - Centro de Apoio ao Turista
CAT - Centro de Apoio ao Turista
Marco Coghi1K views

Más de redeminastv

20 rgr ftvm_adtv von
20 rgr ftvm_adtv20 rgr ftvm_adtv
20 rgr ftvm_adtvredeminastv
371 views164 Folien
20 rca ftvm_adtv von
20 rca ftvm_adtv20 rca ftvm_adtv
20 rca ftvm_adtvredeminastv
336 views14 Folien
23 rca ftvm_adtv von
23 rca ftvm_adtv23 rca ftvm_adtv
23 rca ftvm_adtvredeminastv
138 views15 Folien
23 rgr ftvm_adtv von
23 rgr ftvm_adtv23 rgr ftvm_adtv
23 rgr ftvm_adtvredeminastv
150 views34 Folien
17 relatorio-gerencial von
17 relatorio-gerencial17 relatorio-gerencial
17 relatorio-gerencialredeminastv
782 views39 Folien
16 relatorio-gerencial von
16 relatorio-gerencial16 relatorio-gerencial
16 relatorio-gerencialredeminastv
985 views42 Folien

Más de redeminastv(18)

17 relatorio-gerencial von redeminastv
17 relatorio-gerencial17 relatorio-gerencial
17 relatorio-gerencial
redeminastv782 views
16 relatorio-gerencial von redeminastv
16 relatorio-gerencial16 relatorio-gerencial
16 relatorio-gerencial
redeminastv985 views
14 relatorio-gerencial von redeminastv
14 relatorio-gerencial14 relatorio-gerencial
14 relatorio-gerencial
redeminastv1K views
13 relatorio-gerencial von redeminastv
13 relatorio-gerencial13 relatorio-gerencial
13 relatorio-gerencial
redeminastv347 views
12 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
12 relatorio-da-comissao-de-avaliacao12 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
12 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv300 views
12 relatorio-gerencial von redeminastv
12 relatorio-gerencial12 relatorio-gerencial
12 relatorio-gerencial
redeminastv1.1K views
11 relatorio-gerencial von redeminastv
11 relatorio-gerencial11 relatorio-gerencial
11 relatorio-gerencial
redeminastv881 views
11 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
11 relatorio-da-comissao-de-avaliacao11 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
11 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv338 views
10 relatorio-gerencial von redeminastv
10 relatorio-gerencial10 relatorio-gerencial
10 relatorio-gerencial
redeminastv1.3K views
10 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
10 relatorio-da-comissao-de-avaliacao10 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
10 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv389 views
09 relatorio-da-comissao-de-avaliacao von redeminastv
09 relatorio-da-comissao-de-avaliacao09 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
09 relatorio-da-comissao-de-avaliacao
redeminastv362 views
09 relatorio-gerencial von redeminastv
09 relatorio-gerencial09 relatorio-gerencial
09 relatorio-gerencial
redeminastv431 views
08 relatorio-gerencial von redeminastv
08 relatorio-gerencial08 relatorio-gerencial
08 relatorio-gerencial
redeminastv531 views
07 relatorio-gerencial von redeminastv
07 relatorio-gerencial07 relatorio-gerencial
07 relatorio-gerencial
redeminastv457 views

Anexo I – Programa de Trabalho

  • 1. Anexo I - PROGRAMA DE TRABALHO OBJETO DO TERMO DE PARCERIA: Fomento, execução e promoção de atividades culturais, educativas e informativas por meio da produção e veiculação de radiodifusão. QUADRO DE INDICADORES E METAS PARA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO Descrição dos Resultados Indicador de Resultado Unidade Peso Valor de Referência Meta 2006 Meta 2007 Elevação da qualidade, confiabilidade e % de redução de erros operacionais % 2 * 50 70 disponibilidade do setor técnico. % de atendimento às solicitaç ões por gravações, exibições e transmissões % 1 * 90 90 % de redução de ocorrência de defeitos técnicos % 2 * 80 90 Confiabilidade e disponibilidade de equipamentos % de aumento de disponibilização de infraestrutura técnica % 3 * 90 90 e infraestrutura técnica Recursos investidos em atualização tecnológica / Recursos Totais (R$) Índice 3 * 0,15 0,15 N° de horas de programação própria produzidas por mês Horas/M ês 2 160 210 220 Sistematização e ampliação das atividades de N° de projetos espec iais1 realizados Unidade 2 30 50 50 produção Arrecadação direta com projetos especiais R$ 3 409.000 650.000 750.000 Nº de horas de programação própria transmitidas por mês Horas/Mês 2 250 300 320 N° de horas de programação própria inédita transmitidas por mês Horas/M ês 3 160 210 220 Tempo médio de programação para divulgação das políticas públicas estaduais por mês Horas/Mês 3 20 30 35 Nº de horas de programação interativa por mês Horas/M ês 2 25 35 40 Qualidade e diversidade da grade de programação. Nº de horas de conteúdo sobre o interior mineiro veiculadas por mês Horas/Mês 3 4 12 15 1 Projetos especiais são produções realizadas para terceiros.
  • 2. % de satisfação dos clientes externos com a programação (Pesquisa Qualitativa)2 % 3 * 80 85 Nº de horas de jornalismo veiculadas por mês Horas/Mês 2 45 50 50 N° de matérias, transmitidas pela Rede Minas, exibidas pelas coligadas Número 3 20 30 35 N° de eventos com cobertura especial e transmissão ao vivo Número 2 3 6 8 Jornalismo abrangente e de qualidade Grau de reconhecimento da qualidade do jornalismo pela população (Pesquisa Qualitativa)2 % 3 * 10 15 Índice de Liquidez Seca (Total de Ativo Circulante / Total de Passivo Circulante) Índice 2 1,29 1,12 1,18 Evolução da situação financeira Receita Diretamente Arrecadada / Receita Total Índice 3 * 0,45 0,50 * Não há valores de referência para estes indicadores, tendo em vista que os mesmos nunca foram aferidos, devendo ser apurados e construídos durante o primeiro ano de operação. 2 A meta para o período será a definição do valor de referência, como base em pesquisa qualitativa realizada por Instituto de Pesquisas. AÇÕES ESTRUTURANTES Duração Descrição das Etapas Início Término Parcela dos desembolsos que custeará a etapa Normatização e sistematização da entidade Mês 01 Mês 03 1ª Implantar mecanismos de integração entre planejamento estratégico, planejamento orçamentário e financeiro e resultados finalísticos. Mês 02 Mês 07 1ª Elaboração de Planejamento Estratégico e de Negócios, com o respectivo orçamento adequado às novas operações, com os planos de captação de recursos e investimentos.** Mês 01 Mês 03 1ª Implantar mecanismos de organização e gestão para as áreas financeira, contábil, rh, suprimentos e custos. Mês 02 Mês 07 1ª Conhecer a posição da emissora no mercado televisivo. Mês 04 Mês 13 2ª Conhecer a opinião de clientes com relação à programação da emissora. Mês 08 Mês 13 3ª Conhecer a participação da emissora na grade de programação de outras emissoras Mês 08 Mês 13 3ª Implantar o método de medição da adequação de gastos com relação à grade de programação Mês 08 Mês 13 3ª Implantar o método de medição da proporção entre receita própria / número de funcionários Mês 04 Mês 08 2ª
  • 3. ** Ao final da etapa, deverão ser avaliadas a programaç ão estipulada neste Termo de Parceria, os Planos formulados e seus respectivos custos e orçamentos de implantação e funcionamento para, se for o caso, aditar este Termo com as devidas correções e adequações. CRONOGRAMA DE DESEMBOLSOS*** VALOR DATA CONDIÇÕES 1ª parcela R$ 2.700.000,00 Dez/05 Na assinatura do Termo de Parceria 2ª parcela R$ 749.797,08 10/02/06 ----- 3° parcela R$ 1.849.255,95 20/03/06 Conforme resultado da primeira avaliação parcial 4ª parcela R$ 1.849.255,95 20/06/06 Conforme resultado da segunda avaliação parcial 5ª parcela R$ 1.849.255,95 20/09/06 Conforme resultado da terceira avaliação parcial 6ª parcela R$ 2.061.908,73 20/12/06 Conforme resultado da quarta avaliação parcial 7ª parcela R$ 2.061.908,73 20/03/07 Conforme resultado da quinta avaliação parcial 8ª parcela R$ 2.061.908,73 20/06/07 Conforme resultado da sexta avaliação parcial 9ª parcela R$ 2.061.908,73 20/09/07 Conforme resultado da sétima avaliação parcial *** Ao final de 2006 deverá ser verificada a conveniência de se aditar o Programa de Trabalho, com a incorporação das atividades e indicadores desenvolvidos durante o primeiro ano e alteração dos desembolsos.
  • 4. PREVISÃO DE RECEITAS E DESPESAS ANOS DE 2005/2006 (valores mensais médios em R$) dez/05 jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06 1. RECEITAS OPERACIONAIS 1.1 Termo de Parceria 2.700.000,00 749.797,08 1.849.255,95 1.849.255,95 1.849.255,95 2.061.908,73 1.2 Receitas Captadas 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 TOTAL RECEITAS 2.700.000,00 0,00 749.797,08 1.849.255,95 624.482,12 624.482,12 2.473.738,07 624.482,12 624.482,12 2.473.738,07 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 2. DESPESAS OPERACIONAIS 2.1. Despesa de pessoal - salários 33.797,46 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 2.2. Despesa de pessoal - encargos 25.349,66 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 2.3. Despesa de pessoal - benefícios 3.382,88 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 2.4. Bolsas, estágios, etc. 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 2.5. Despesa de custeio 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 2.6. Investimento 200.000,00 200.000,00 200.000,00 100.000,00 TOTAL DESPESAS 262.530,00 1.349.364,50 1.349.364,50 1.255.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50
  • 5. PREVISÃO DE RECEITAS E DESPESAS ANO DE 2007 (valores mensais médios em R$) jan/07 fev/07 mar/07 abr/07 mai/07 jun/07 jul/07 ago/07 set/07 out/07 nov/07 dez/07 1. RECEITAS OPERACIONAIS 1.1 Termo de Parceria 2.061.908,73 2.061.908,73 2.061.908,73 1.2 Receitas Captadas 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 624.482,12 TOTAL RECEITAS 0,00 0,00 2.061.908,73 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 624.482,12 624.482,12 2.686.390,85 624.482,12 624.482,12 624.482,12 2. DESPESAS OPERACIONAIS 2.1. Despesa de pessoal - salários 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 450.392,80 2.2. Despesa de pessoal - encargos 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 337.815,43 2.3. Despesa de pessoal - benefícios 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 45.080,94 2.4. Bolsas, estágios, etc. 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 6.300,00 2.5. Despesa de custeio 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 316.075,33 2.6. Investimento TOTAL DESPESAS 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50 1.155.664,50