Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Acadêmicos:
Arialdo Jhony Costa Leuze
Matheus Felipe da Costa Pereira
1
Informática para Internet – 3º ano
O que é a Hemofilia?
• Hemofilia é uma doença genético-hereditária;
• Caracteriza-se por desordem no mecanismo de coagulaç...
A Historia
• No Talmude (O sagrado texto judeu) existia
relatos de hemofilia, a mais ou menos 2.000
mil anos atrás.
• O te...
Quais são os Sintomas?
• Os principais sintomas são:
• As dores fortes;
• O aumento da temperatura ;
• A restrição de movi...
Quais são os Sintomas?
5
Como é feita a Transmissão?
• A hemofilia é uma doença genética, ou seja, é transmitida dos pais;
• Ela é apenas transmiti...
7
Genótipo e Fenótipo
8
Sexo Genótipo → Fenótipo
Masculino
XHY → homem normal
XhY → homem hemofílico
Feminino
XHXH → mulher ...
Tipos de Hemofilia - A
• Também conhecida como Hemofilia clássica;
• Tem como característica a ausência ou deficiência do ...
Tipos de Hemofilia - B
• A hemofilia B é uma doença causada pela mutação no gene do fator IX;
• É o segundo maior tipo de ...
Tipos de Hemofilia - C
• Também conhecida como Síndrome de Rosenthal;
• É decorrente da falta do fator XI;
• É uma doença ...
Diagnósticos
• O diagnostico é feito por uma exame de sangue, que mede os fatores VIII
e IX de coagulação sanguínea;
• Tai...
Tratamento
• O tratamento é feito com a reposição pela veia do fator deficiente;
• O paciente deve fazer exames regularmen...
Sangramentos
• Geralmente, os sangramentos são internos;
• As mucosas (como nariz, gengiva, etc.) também podem sangrar.
• ...
15
Recomendações e Cuidados
• Evitar traumatismos;
• Evitar esforços físicos;
• Estabilizar as articulações em caso de hemorr...
Bibliografia
• Cartilha ‘O que é Hemofilia’, Serviço de Hemofilia da Universidade Federal
de São Paulo (UNIFESP)
• http://...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Hemofilia

17.760 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

Hemofilia

  1. 1. Acadêmicos: Arialdo Jhony Costa Leuze Matheus Felipe da Costa Pereira 1 Informática para Internet – 3º ano
  2. 2. O que é a Hemofilia? • Hemofilia é uma doença genético-hereditária; • Caracteriza-se por desordem no mecanismo de coagulação do sangue; • Manifesta-se quase exclusivamente no sexo masculino. • Existem três tipos de hemofilia: A , B e C. • A doença pode ser classificada, ainda, segundo a quantidade do fator deficitário em três categorias: • Grave (fator menor do que 1%); • Moderada (de 1% a 5%); • E leve acima de 5%. Neste caso, às vezes, a enfermidade passa despercebida até a idade adulta. 2
  3. 3. A Historia • No Talmude (O sagrado texto judeu) existia relatos de hemofilia, a mais ou menos 2.000 mil anos atrás. • O termo hemofilia surgiu em 1828. • Pavlosky, separou a hemofilia A e B em laboratório. • A hemofilia ficou mais conhecida quando atingiu a família real europeia. • A rainha Vitoria do Reino Unido era hemofílica. 3
  4. 4. Quais são os Sintomas? • Os principais sintomas são: • As dores fortes; • O aumento da temperatura ; • A restrição de movimento. • O aparecimento de equimoses (manchas roxas); • Os cortes na pele levam um tempo maior para que o sangramento pare; • Inchaço elevado em algumas regiões; • Sangramentos nasais em outras regiões; • Pode haver hemorragias intramusculares e intra-articulares que desgastam primeiro as cartilagens e depois provocam lesões ósseas. • As articulações mais comprometidas costumam ser joelho, tornozelo e cotovelo. 4
  5. 5. Quais são os Sintomas? 5
  6. 6. Como é feita a Transmissão? • A hemofilia é uma doença genética, ou seja, é transmitida dos pais; • Ela é apenas transmitida através do cromossomo X; • Uma vez com a doença, os homens hemofílicos só passam para suas filhas. • Esquema: 6
  7. 7. 7
  8. 8. Genótipo e Fenótipo 8 Sexo Genótipo → Fenótipo Masculino XHY → homem normal XhY → homem hemofílico Feminino XHXH → mulher normal XHXh → mulher normal portadora XhXh → mulher hemofílica
  9. 9. Tipos de Hemofilia - A • Também conhecida como Hemofilia clássica; • Tem como característica a ausência ou deficiência do fator VIII (oito). • Acomete 85% dos casos de Hemofilia. • Hemartroses (sangramento nas articulações) são mais frequentes. 9
  10. 10. Tipos de Hemofilia - B • A hemofilia B é uma doença causada pela mutação no gene do fator IX; • É o segundo maior tipo de hemofilia; • Também é conhecida como doença de Christmas. • Em homenagem a Stephen Christmas, o primeiro paciente descrito com esta doença. • Os dados clínicos e de laboratório são similares aos da hemofilia do tipo A. 10
  11. 11. Tipos de Hemofilia - C • Também conhecida como Síndrome de Rosenthal; • É decorrente da falta do fator XI; • É uma doença de herança autossômica recessiva. • É um tipo de hemofilia que costuma ser leve, mas pode assemelhar-se à hemofilia clássica; • É achado frequente entre famílias judaicas; • Difere da hemofilia A e B pois não leva a sangramentos nas articulacoes. 11
  12. 12. Diagnósticos • O diagnostico é feito por uma exame de sangue, que mede os fatores VIII e IX de coagulação sanguínea; • Tais exames analisam determinados parâmetros, como: • Tempo de coagulação; • Níveis de fatores de coagulação; • Presença ou ausência de fatores. • Os resultados dos testes mostrarão se a pessoa tem hemofilia, de que tipo e o quanto severa ela é. 12
  13. 13. Tratamento • O tratamento é feito com a reposição pela veia do fator deficiente; • O paciente deve fazer exames regularmente; • Os hemocentros distribuem gratuitamente essa medicação que é fornecida pelo Ministério da Saúde. • O portador de hemofilia deve ser encaminhado para fisioterapia a fim de reforçar a musculatura e promover estabilidade articular. 13
  14. 14. Sangramentos • Geralmente, os sangramentos são internos; • As mucosas (como nariz, gengiva, etc.) também podem sangrar. • Os sangramentos podem tanto surgir após um trauma ou sem nenhuma razão aparente. • Os cortes na pele levam um tempo maior para que o sangramento pare. 14
  15. 15. 15
  16. 16. Recomendações e Cuidados • Evitar traumatismos; • Evitar esforços físicos; • Estabilizar as articulações em caso de hemorragias articulares; • Quando há a perda de sangue, devem receber tratamento o mais rápido possível, para evitar sequelas musculares e articulados causados pela hemofilia; • Os pais devem procurar ajuda medica se o filho apresentar sangramentos frequentes e desproporcionais ao tamanho do trauma. 16
  17. 17. Bibliografia • Cartilha ‘O que é Hemofilia’, Serviço de Hemofilia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) • http://www.novocare.com.br/hemofilia • http://www.unb.br/acs/bcopauta/sangue • http://www.boasaude.uol.com.br • http://www.minhavida.com.br/saude/temas/hemofilia • http://hemofilia.webnode.pt/ 17

×