Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Proposta de Redação, Ensino domiciliar em debate no Brasil contemporâneo

89 Aufrufe

Veröffentlicht am

Redação, ENEM, Ensino domiciliar, Educação no Brasil, Ensino domiciliar no Brasil contemporâneo, Proposta de redação sobre Ensino domiciliar, Ensino domiciliar na redação, Manoel Neves, Propostas de redação, Propostas de redação para o ENEM, Salinha de Redação, Salinha de redação para o ENEM, Curso on-line, Curso online, Curso de redação on-line, Curso de redação online, Salinha de redação em Belo Horizonte, Manoel Neves

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Proposta de Redação, Ensino domiciliar em debate no Brasil contemporâneo

  1. 1. Acesse nosso site para mais conteúdo de Redação, linguagens para o ENEM, literatura, língua portuguesa e concursos públicos. www.manoelneves.com - contato@manoelneves.com Instagram: @ manoelnevesmn / Facebook: manoelnevespontocom. INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO • O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. • O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas. • A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadasdesconsiderado para efeito de correção. • Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que: a) tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”; b) fugir ao tema ou que não attender ao tipo dissertativo-argumentativo; c) apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto. TEXTOS MOTIVADORES TEXTO 01 Anunciado como uma das 35 prioridades dos 100 primeiros dias do governo do novo presidente, o ensino domiciliar será legalizado por meio de uma medida provisória (MP) a ser publicada nos próximos dias. Ensino domiciliar: o que muda com a legislação proposta pelo governo. Huffpost Brasil, 15 fev. 2019. Disponível em: https://www.huffpostbrasil.com/entry/ensino-domiciliar-damares_br_5c65d2bee4b0aec93d3ce75f. Acesso em 14 mai. 2019. TEXTO 02 Nos termos do art. 55 do Estatuto da Criança e Adolescente (Lei 8069/90), os pais ou responsáveis têm a obrigação de matricular seus filhos ou pupilos na rede regular de ensino. “Da mesma forma, o art. 6º da Lei nº 11.114/05, que alterou a Lei 9394/96 (LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação), determina o dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores, a partir dos 6 anos de idade, no ensino fundamental”. […] Especialmente pelo fato de não ser uma prática legalizada no Brasil, os pais que optam pelo ensino domiciliar podem passar por algumas dificuldades: . Os pais que não matriculam seus filhos na escola estão sujeitos à aplicação do art. 246 do Código Penal, referente ao “abandono intelectual”, conforme destaca Consuelo. . “Muitas famílias que optam pelo ensino domiciliar vivem, assim, na clandestinidade, pois são perseguidas e processadas pelo Ministério Público”, diz Consuelo. . Na parte educacional, de acordo com Consuelo, existe dificuldade no preparo de um currículo a ser seguido, falta disponibilização de orientação e ferramentas para as famílias. Ensino domiciliar prevê ensino-aprendizagem fora do ambiente escolar. Dicas de mulher, 2019. Disponível em: https://www.dicasdemulher.com.br/ensino-domiciliar/. Acesso em: 14 mai. 2019. TEXTO 03 Há um pouco mais de leitores no Brasil. Se em 2011 eles representavam 50% da população, em 2015 eles são 56%. Mas ainda é pouco. O índice de leitura, apesar de ligeira melhora, indica que o brasileiro lê apenas 4,96 livros por ano – desses, 0,94 são indicados pela escola e 2,88 lidos por vontade própria. Do total de livros lidos, 2,43 foram terminados e 2,53 lidos em partes. A média anterior era de 4 livros lidos por ano. Os dados foram revelados na tarde desta quarta- feira, 18, e integram a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil. Três em cda 10 são analfabetos funcionais no Brasil, aponta estudo. Época negócios. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2018/08/epoca-negocios- tres-em-cada-10-sao-analfabetos-funcionais-no-pais-aponta-estudo.html. Acesso em: 14 mai. 2019. TEXTO 04 Um estudo conduzido em 35 países para avaliar o status dos professores na sociedade mostrou que o Brasil é o que menos os valoriza, enquanto a China lidera no reconhecimento aos educadores. Brasil é o país que menos valoriza professores, diz estudo. O globo. 4 dez. 2018. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/brasil- o-pais-que-menos-valoriza-professores-diz-estudo-china-lidera-23279507. Acesso em: 14 mai. 2019.
  2. 2. Acesse nosso site para mais conteúdo de Redação, linguagens para o ENEM, literatura, língua portuguesa e concursos públicos. www.manoelneves.com - contato@manoelneves.com Instagram: @ manoelnevesmn / Facebook: manoelnevespontocom. TEXTO 05 Há um pouco mais de leitores no Brasil. Se em 2011 eles representavam 50% da população, em 2015 eles são 56%. Mas ainda é pouco. O índice de leitura, apesar de ligeira melhora, indica que o brasileiro lê apenas 4,96 livros por ano – desses, 0,94 são indicados pela escola e 2,88 lidos por vontade própria. Do total de livros lidos, 2,43 foram terminados e 2,53 lidos em partes. A média anterior era de 4 livros lidos por ano. Os dados foram revelados na tarde desta quarta- feira, 18, e integram a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil. 44% da população brasileira não leem e 30% nunca compraram um livro, aponta pesquisa Retratos da Leitura. Estadão, 18 mai. 2016. Disponível em: https://cultura.estadao.com.br/blogs/babel/44-da-populacao-brasileira-nao-le-e-30-nunca-comprou-um-livro-aponta-pesquisa-retratos-da-leitura/. Acesso em: 14 mai. 2019. PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema: “Ensino domiciliar em debate no Brasil contemporâneo”. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

×