Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
O Digital e a Universidade
uma reflexão para um tempo novo
Luis Borges Gouveia
lmbg@ufp.edu.pt, Universidade Fernando Pess...
Sinopse
• Somos confrontados com um contexto de complexidade crescente
que impõe novos desafios, também eles, complexos.
•...
A crítica mais comum: depósito de pessoas
(destruição de diversidade…)
Contexto: digital, redes, distribuído, global, complexo
Ultrapassa a escala humana e torna a emoção mais relevante
Luis Bo...
partilhas
Desafios
(ecossistema digital)
Desafios
(rumo a um ecossistema digital)
• O mundo é um local que está a tornar-se:
• Rápido
• Global
• Diverso
• Complexo...
Ensino Superior
(perspetiva do
conhecimento)
Ensino Superior
Com base numa perspetiva do conhecimento
• A casa do conhecimento (podemos associar a gestão do conhecimen...
Aspetos
e
limitações
Aspetos e limitações
• Quanto melhor o (seu) ensino superior, melhor o potencial do território:
• Para fazer, desenvolver ...
Reinventar
o ensino superior
A ideia de reinventar o ensino superior
• Resultado de uma economia global e da competição à escala mundial em
complemento...
Algumas ideias
Algumas ideias
para lá da inovação e de outras “modas”
• A sala de aula como um local de identidade
• Projetos em vez de d...
Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt
Criar um espaço aberto e plural de criação de conhecimento, que
permita a construção de identidades e a formação de valor(...
Nota biográfica
http://homepage.ufp.pt/lmbg/
• Luis Borges Gouveia
• Professor Catedrático da Universidade Fernando Pessoa...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo

639 Aufrufe

Veröffentlicht am

Somos confrontados com um contexto de complexidade crescente que impõe novos desafios, também eles, complexos.
Parte das transformações que ocorrem e que tem provocado alterações significativas no modo como nos organizamos, nos divertimos e aprendemos resultam de um ambiente onde o digital impera. E a Universidade, enquanto casa do conhecimento, como tem lidado com estes desafios do digital?
É proposta uma reflexão que considere o digital como ponto de partida para alterações mais radicais na forma como organizamos a atividade na Universidade e que permita responder a novos desafios, mantendo parte do seu papel, mas repensando as práticas.

Veröffentlicht in: Bildung
  • DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THIS can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THIS is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THIS Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THIS the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THIS Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier

O Digital e a Universidade: uma reflexão para um tempo novo

  1. 1. O Digital e a Universidade uma reflexão para um tempo novo Luis Borges Gouveia lmbg@ufp.edu.pt, Universidade Fernando Pessoa Aula de Abertura do Mestrado em Comunicação Digital 7 de Novembro de 2017, Universidade Católica Portuguesa, Braga
  2. 2. Sinopse • Somos confrontados com um contexto de complexidade crescente que impõe novos desafios, também eles, complexos. • Parte das transformações que ocorrem e que tem provocado alterações significativas no modo como nos organizamos, nos divertimos e aprendemos resultam de um ambiente onde o digital impera. E a Universidade, enquanto casa do conhecimento, como tem lidado com estes desafios do digital? • É proposta uma reflexão que considere o digital como ponto de partida para alterações mais radicais na forma como organizamos a atividade na Universidade e que permita responder a novos desafios, mantendo parte do seu papel, mas repensando as práticas. Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt
  3. 3. A crítica mais comum: depósito de pessoas (destruição de diversidade…)
  4. 4. Contexto: digital, redes, distribuído, global, complexo Ultrapassa a escala humana e torna a emoção mais relevante Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt
  5. 5. partilhas
  6. 6. Desafios (ecossistema digital)
  7. 7. Desafios (rumo a um ecossistema digital) • O mundo é um local que está a tornar-se: • Rápido • Global • Diverso • Complexo • Com múltipla sabedoria (várias verdades alternativas) • Consciente do dados (e do seu valor) • Com excesso de informação (disponível) • Caro e pouco sustentável • Menos estável (requer governança do social, do económico e do ambiente) • Mais pessoas que contam, menos tempo para impor diferenças e altamente interligado, sem uma voz (liderança) clara e distinta, para seguir • Orientado à tomada de risco, em que o erro necessita de ser evitado (função da experiência) Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt 1 / 5
  8. 8. Ensino Superior (perspetiva do conhecimento)
  9. 9. Ensino Superior Com base numa perspetiva do conhecimento • A casa do conhecimento (podemos associar a gestão do conhecimento?) • Organizar o conhecimento existente • Comunicar e partilhar conhecimento • Armazenar e preservar conhecimento • Utilizar e disseminar conhecimento • Validar e avaliar conhecimento • Criar novo conhecimento • Quem é responsável por manter o conhecimento a fluir? (ainda é uma missão?) • Estado? Sociedade? Grupo de pessoas? Organização? Outros? • Tipos de conhecimento: • Explícito e implícito: o conhecimento a transmitir e ensinar • Tácito: o conhecimento a transferir pela experiência • Cultura: o conhecimento a transferir pela vivência Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt 2 / 5
  10. 10. Aspetos e limitações
  11. 11. Aspetos e limitações • Quanto melhor o (seu) ensino superior, melhor o potencial do território: • Para fazer, desenvolver e reagir • Para entender e equilibrar as suas respostas • Para raciocinar e produzir as melhores soluções (possíveis) • Para escolher a sua verdade e sentir único, diferenciador no contexto global (autenticidade) • Limitações: utilização instrumental • A ideia que o conhecimento é um equivalente à liberdade • A ideia que o conhecimento é um equivalente à soberania • A ideia que o conhecimento é um equivalente à melhoria da condição humana • A ideia que o conhecimento é um equivalente ao poder Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt 3 / 5
  12. 12. Reinventar o ensino superior
  13. 13. A ideia de reinventar o ensino superior • Resultado de uma economia global e da competição à escala mundial em complemento com quantidades massivas de informação acessível e em formato digital • ... (e conhecimento) que leva a um “mercado” de ensino superior mais competitivo e global (possuir estratégia própria, torna-se crítico) • Podemos sempre ter as grandes marcas junto a nós (ou ser uma delas) • Podemos contratar as melhores pessoas ou as mais adequadas • Podemos potenciar e associar o talento local e aproveitar os 10% de população que é educada e competitiva local e globalmente • Podemos correr riscos e inovar como ensino superior, explorando o digital sem amarras a um espaço físico (ou em mistura físico e virtual) • Algumas das propostas estão relacionadas com aspetos como as redes, o ágil, o foco no essencial e são de natureza multidisciplinar • Plataformas digitais, inteligência artificial para relacionamentos massivos e um a um, entre aluno(s) e conteúdo (s) Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt 4 / 5
  14. 14. Algumas ideias
  15. 15. Algumas ideias para lá da inovação e de outras “modas” • A sala de aula como um local de identidade • Projetos em vez de disciplinas • Escala humana para o espaço e tempo, como o novo luxo • A queda do tempo como a divisão de trabalho principal no ensino superior • A queda dos assuntos, como a organização principal da aprendizagem • O novo jogo é atribuir marcas a tudo (existente, memória e o produzido) • A quebra da cadeia de abastecimento das atividades principais de uma escola • Aprender e Ensinar • Avaliar e Qualificar • Certificar e Homologar • Criação de conteúdos pedagógicos • Investigação e Desenvolvimento (criação de conhecimento) • Gestão de projetos e atividades Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt 5 / 5
  16. 16. Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt
  17. 17. Criar um espaço aberto e plural de criação de conhecimento, que permita a construção de identidades e a formação de valor(es) Luis Borges Gouveia, lmbg@ufp.edu.pt
  18. 18. Nota biográfica http://homepage.ufp.pt/lmbg/ • Luis Borges Gouveia • Professor Catedrático da Universidade Fernando Pessoa. • Coordenador do Programa de Doutoramento em Ciências da Informação, ramo Sistemas, Tecnologias e Gestão da Informação, também na Universidade Fernando Pessoa. • Agregado em Engenharia e Gestão Industrial pela Universidade de Aveiro, Doutorado em Ciências da Computação pela Universidade de Lancaster, Reino Unido e Mestre em Engenharia Electrónica e de Computadores, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. • Tem desenvolvido trabalho no impacto que o digital, as redes e os computadores imprimem à atividade humana, em particular no contexto do e-government e do e-learning. • Autor de 16 livros de natureza técnica e de cerca de três centenas de publicações científicas na sua área de especialidade.

×