Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Trombocitopenia na infância - Caso Clínico

941 Aufrufe

Veröffentlicht am

Trombocitopenia na infância - Caso Clínico apresentado em Reunião Científica da Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Natal, Brasil.

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Trombocitopenia na infância - Caso Clínico

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE PEDIATRIA LIGA ACADÊMICA DE PEDIATRIA DA UFRN- LAPED UFRN REUNIÃO CIENTÍFICA – APRESENTAÇÃO DE CASO CLÍNICO CORDENAÇÃO: Prof. Leonardo Moura Ferreira de Souza e Convidado (a) LIGANTES APRESENTADORES: Gustavo e Heitor I - HISTÓRIA CLÍNICA Identificação F.L.N, sexo masculino, 2 anos e 10 meses. Cor Parda. Natural e Procedente São Jose de Mipibu Queixa Principal (QP): “Manchas no corpo” História da Doença Atual (HDA) Mãe refere que o paciente apresenta quadro de IVAS há alguns dias, sendo levado por este motivo ao PS há 8 dias onde foi medicado para infecção de garganta com Sulfametoxazol+Trimetoprima (5 dias). No momento da consulta, a mãe mostrou algumas equimoses – joelho, costas e orelha – que haviam aparecido após inicio do quadro respiratório, foi tranqüilizada com a informação de que possivelmente eram fruto de alguma injúria que a criança sofrera. A medicação foi usada conforme orientação do médico, porém não houve melhora significativa do quadro respiratório e as equimoses haviam aumentado em tamanho e quantidade, atingindo todo o corpo, inclusive couro cabeludo. Nega febre e outros sangramentos. Antecedentes Pessoais Fisiológicos (APF): nascido parto normal, a termo, PN: 3.500 g Cumprimento: 50 cm PC: 35cm Apgar: 9/9. Sem intercorrências neonatais. Antecedentes Pessoais Patológicos (APP): NDN Antecedentes Pessoais Familiares (APF): Diabete; HAS. Hábitos de vida- Reside em casa de alvenaria, Presença de instalações hidroelétricas e sanitárias. Água tratada.  Vacinação: atualizada
  2. 2.   DNPM: adequado para idade Alimentação: Leite materno exclusivo até 6 meses. Complementado até 2 e ½. Alimentação atual com boa ingestão de proteínas, leguminosas, cereal (tubérculo), verduras e legumes II- EXAME FÍSICO PESO Peso : 13,8 (-2< Z 0) Estatura: 82cm (-2< Z 0) BEG, eupnéico, acianótico, anictérico AP: MVF, simétrico, sem ruídos adventícios FR: 28 ipm AVC: RCR em 2T Bulhas normofonéticas FC: 88bpm Abdome: Flácido, sem viscero megalias Pele: 1º DIA DA CONSULTA AMBULATORIAL
  3. 3.  Foram solicitados exames com urgência:  Hemograma com plaquetas.  PCR  TAP  TTP Programado retorno com 24hrs para apresentar exames. 2º DIA DA CONSULTA AMBULATORIAL :RETORNO a)- Resultado dos exames complementares
  4. 4. b)Exame físico Novo sintoma Diante deste quadro acima apresentado, pergunta-se a) Qual o provável diagnóstico? b) Que diagnósticos diferenciais devem ser feitos?

×