Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Apresentação joao costa

237 Aufrufe

Veröffentlicht am

Apresentação elaborada a partir do texto: “O Uso de Computadores em Escolas: Fundamentos e Críticas”
Autor: Eduardo O. C. Chaves
Elaborada por Joao Costa
Professor Simão Pedro Marinho

Veröffentlicht in: Bildung
  • Sua apresentação mostrou ideias bem visionárias acerca do computador na escola, realmente precisamos discuti-las, pois será que a criatura dominará o criador?
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier
  • João, A posição ficou bem defendida, porém acho que você poderia ter sintetizado sua ideias e utilizado mais fotos e figuras. Outro ponto é o número de slides e as cores escolhidas, que em alguns momentos comprometem a leitura.
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier
  • João, a sua ideia foi defendida. Porém, ultrapassou o número de slides permitidos. No último slide a cor escolhida dificulda a leitura. Seria interessante utilizar imagens com o objetivo de enriquecer sua afirmação.
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier
  • Olá, João! Os textos que você elaborou expõem muito claramente sua posição. Isso, o mais importante! No entanto, em trabalhos postados nos Slide share, cria-se uma expectativa em aliar o texto verbal com o não verbal. Isso contribui muito para uma mais rápida captação das ideias que se quer trabalhar. Além disso, as imagens favorecem a pronta empatia com o leitor.
    Abraços fraternos,
    VIL
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier
  • Gostei de seu trabalho, embora você tenha colocado muito texto em alguns slides e senti falta de imagens para ilustrar seu lado tecnófilo. E faltou colocar seu nome no primeiro slide e seu papel escolhido.
       Antworten 
    Sind Sie sicher, dass Sie …  Ja  Nein
    Ihre Nachricht erscheint hier

Apresentação joao costa

  1. 1. URGENTE E NECESSÁRIO!
  2. 2. Computador na Escola Crianças, jovens e computador são a completa interação
  3. 3. Uma política de informática real deve englobar as medidas necessárias para que a sociedade saiba fazer bom uso dos computadores e esteja preparada para as transformações sociais e culturais que advirão de seu uso em larga escala.
  4. 4. 1. Criação da SEI - Secretaria Especial de informática no MEC; 2. Março de 1980, a SEI instituiu a Comissão Especial de Educação; 3. Primeiro Seminário Informática na Educação = Agosto de 1981, na Universidade de Brasília; 4.Segundo Seminário Informática na Educação = Agosto de 1982, na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
  5. 5. Primeiro Seminário = Principais sugestões e recomendações: •Uso de computadores pode ajudar a melhorar o desempenho e a qualidade da educação oferecida; •Adoção de uma política de incentivos fiscais e financiamentos aos produtores nacionais de hardware e software voltados para a educação; •Implantação de centros-piloto de informática na educação; •Ênfase à preparação de recursos humanos; Histórico da Informática na Educação do Brasil.
  6. 6. Segundo Seminário Informática na Educação = Recomenda-se que todas as possibilidades de uso do computador na educação fossem exploradas, sem imposição de limitações a priori.   Histórico da Informática na Educação do Brasil.
  7. 7. Herriott e Clive Sinclair afirmam: "Há uma possibilidade bastante acentuada de que antes do final deste século os estudantes venham a receber toda a sua instrução através de computadores, sem absolutamente nenhum contato com professores vivos.” “Chegará o dia em que os computadores ensinarão melhor do que seres humanos, porque computadores podem ser bem mais pacientes e bastante ajustados às diferenças individuais. O computador substituirá não só a Encyclopaedia Britannica, mas também a escola (citado in Computing Today, janeiro de 1983, p. 29).
  8. 8. Críticas com Relação à Oportunidade (As escolas não dispõem de instalações adequadas, não têm recursos para material de consumo e didático e os professores são mal pagos e isto é prioritário); •Não saber lidar com o computador equivalerá ao analfabeto de hoje. •Apresentar o computador à criança, ensiná-la a utilizá-lo e a dominá-lo, são funções a que nenhuma escola pode atualmente se furtar. Amanhã será muito tarde. •Tentar impedir o uso educacional de computadores alegando que outras coisas que são mais prioritárias é assumir a atitude passiva daqueles que, não podendo fazer tudo o que querem, resolveram nada fazer. Retrucando as Críticas ao uso do computador
  9. 9. Críticas com Relação ao Potencial: A utilização de computadores na educação não afetará drasticamente a maneira de aprender e pensar dos alunos, a ponto de justificar o investimento. •O computador pode e deve ser utilizado como uma Ferramenta de inestimável valia para ajudar a criança no seu desenvolvimento intelectual. •Computadores fornecem um contexto cheio de problemas excitantes e atraentes para as crianças e as desafiam a solucioná- los. Até mesmo as mais elementares tarefas de programação são suficientemente ricas e complexas para ajudar no desenvolvimento de uma série de habilidades essenciais no processo de solução de problemas. Retrucando as Críticas ao uso do computador
  10. 10. Críticas com Relação à Ação Educacional: do poderoso efeito que o computador poderá exercer sobre a educação, temem que tal efeito seja indesejável ou mesmo danoso. •Em contato com o computador, a criança aprende muito cedo a distinguir o pensamento mecânico do que não o é. •O efeito positivo do computador sobre o desenvolvimento intelectual e cognitivo da criança parece acontecer independentemente da modalidade do contato; •Isto se observa quando ela aprende a programar, ou quando usa o computador para aprender outros conteúdos, ou quando usa programas aplicativos genéricos, como processadores de texto, gerenciadores de bancos de dados, planilhas eletrônicas, etc., ou mesmo quando usa o computador no lazer (jogos). Retrucando as Críticas ao uso do computador
  11. 11. O sistema educacional desprezará a difusão dos computadores e permitirá que o conhecimento e as atitudes das crianças sejam mais influenciados pelo que aprendem no meio extraescolar do que pelo que aprendem na escola propriamente dita? Não temos dúvida. A resposta é não. Toda a força ao computador na escola! OBSERVAÇÕES FINAIS
  12. 12. Apresentação elaborada a partir do texto: “O Uso de Computadores em Escolas: Fundamentos e Críticas” Autor: Eduardo O. C. Chaves http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq1/local/ec_funteve.htm acesso em 03 de setembro de 2013, 17:21 horas PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PUCMINAS ICH - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO TECNOLOGIAS DIGITAIS, CURRÍCULO E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PROFESSOR: DR. SIMÃO PEDRO PINTO MARINHO ALUNO: JOAO COSTA AGUIAR FILHO

×