Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
A CRISE DA EDUCAÇÃO
Por Hannah Arendt
Ana Márcia, Júlia, Graciela, Lúcia, Rafaela, Vanessa e
Tatiana.
HANNAH ARENDT
Nasceu na Alemanha em 14 de outubro de 1906
e morreu em Nova York no dia 4 de dezembro de
1975 aos 69 anos. Foi uma cienti...
Durante a ascensão do regime nazista, retiram a
nacionalidade dela em 1937, o que lhe tornou
apátrida até conseguir a naci...
É conhecida como a
"Pensadora da Liberdade"
Aluna e amante do filósofo
Martin Heidegger
PRINCIPAIS OBRAS:
PRINCIPAIS OBRAS:
Tem sido uma referência importante para
os estudos sobre os direitos humanos na
contemporaneidade.
INTRODUÇÃO
O trabalho propõe uma reflexão baseada no
capítulo "A crise da Educação" do Livro
"Entre o Passado e o futuro",...
CONTEXTO
HISTÓRICO
II GUERRA MUNDIAL
(1939 - 1959)
Perplexidade da população
devido aos campos de
concentração e extermínio
MOVIMENTOS SOCIAIS
Década de 60
Fala da realidade dos EUA:
IMIGRAÇÃO E RACISMO
ESCOLAS PARA AS MASSAS
CENÁRIO EDUCACIONAL
"A Era da Criança" e ascensão das ideias de
Jonh Dewey pela "defesa da ideia de uma
Escola Ativa".
NO BRASIL:
Movimento Escola Nova
(Anísio Teixeira - uma figura importante na história da
Educação no Brasil, por sua luta ...
A autora faz críticas a forma
equivocada de como alguns
educadores implementaram as
ideias da "Escola Ativa" de John
Dewey...
CONSTATAÇÃO DA
REALIDADE DE
CRISE
CRITICAS À SOCIEDADE DE
MASSAS
RACIONALIDADE TÉCNICA
VELOCIDADE DAS
INFORMAÇÕES
SOCIEDADE DO CONSUMO
INDIVIDUALISMO/
COMPETITIVIDADE
SEPARAÇÃO DAS CRIANÇAS E
ADULTOS
DESTRUIÇÃO AMBIENTAL
O QUE FAZER
DIANTE DA CRISE?
A CRISE É UM MOMENTO
OPORTUNO PARA
REFLETIRMOS E
PENSARMOS EM POSSÍVEIS
SOLUÇÕES!
EDUCAÇÃO PARA
A NATALIDADE
●
É a essência da Educação (p. 223) o fato de
que os seres humanos "nascem para o
Mundo".
É pela natalidade que o ser humano é posto
num mundo que já existia antes do seu
nascimento. Este fato de se nascer num mu...
É pela natalidade que o mundo dá ao
homem constantemente uma oportunidade
para se renovar, para pensar de novo,
para pensa...
CONSERVAÇÃO
A autora faz uma reeleitura do conceito de
Conservação. O conservadorismo na
educação é para a autora, a garan...
"Exatamente em benefício daquilo que é novo e
revolucionário em cada criança é que a
educação precisa ser conservadora. El...
TRADIÇÃO
A tradição, para a autora diz respeito a
preservaçãopreservação do legado dos saberes e do
conhecimento que human...
A QUESTÃO DA AUTORIDADE
Se opõe ao conceito de autoritarismo. Nesse
sentido a autoridade seria autorizar-se alguém
com mai...
RESPONSABILIDADE
A condição que os sujeitos assumem individual
ou coletivamente pelo mundo, visando
garantir que este mund...
"A educação é o ponto em que decidimos se
amamos o mundo o bastante para assumirmos
a responsabilidade por ele e, com tal ...
O QUE ESTAMOS FAZENDO?
E O QUE PODEMOS FAZER?
REFERÊNCIASREFERÊNCIAS
ARENDT, Hannah. A crise na educação. In:
Entre o passado e o futuro. Tradução Mauro
W. Barbosa de A...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

von

Hannah apresentacao (1) Slide 1 Hannah apresentacao (1) Slide 2 Hannah apresentacao (1) Slide 3 Hannah apresentacao (1) Slide 4 Hannah apresentacao (1) Slide 5 Hannah apresentacao (1) Slide 6 Hannah apresentacao (1) Slide 7 Hannah apresentacao (1) Slide 8 Hannah apresentacao (1) Slide 9 Hannah apresentacao (1) Slide 10 Hannah apresentacao (1) Slide 11 Hannah apresentacao (1) Slide 12 Hannah apresentacao (1) Slide 13 Hannah apresentacao (1) Slide 14 Hannah apresentacao (1) Slide 15 Hannah apresentacao (1) Slide 16 Hannah apresentacao (1) Slide 17 Hannah apresentacao (1) Slide 18 Hannah apresentacao (1) Slide 19 Hannah apresentacao (1) Slide 20 Hannah apresentacao (1) Slide 21 Hannah apresentacao (1) Slide 22 Hannah apresentacao (1) Slide 23 Hannah apresentacao (1) Slide 24 Hannah apresentacao (1) Slide 25 Hannah apresentacao (1) Slide 26 Hannah apresentacao (1) Slide 27 Hannah apresentacao (1) Slide 28 Hannah apresentacao (1) Slide 29 Hannah apresentacao (1) Slide 30 Hannah apresentacao (1) Slide 31 Hannah apresentacao (1) Slide 32 Hannah apresentacao (1) Slide 33 Hannah apresentacao (1) Slide 34 Hannah apresentacao (1) Slide 35 Hannah apresentacao (1) Slide 36 Hannah apresentacao (1) Slide 37 Hannah apresentacao (1) Slide 38 Hannah apresentacao (1) Slide 39 Hannah apresentacao (1) Slide 40

Hannah apresentacao (1)

  1. 1. A CRISE DA EDUCAÇÃO Por Hannah Arendt Ana Márcia, Júlia, Graciela, Lúcia, Rafaela, Vanessa e Tatiana.
  2. 2. HANNAH ARENDT
  3. 3. Nasceu na Alemanha em 14 de outubro de 1906 e morreu em Nova York no dia 4 de dezembro de 1975 aos 69 anos. Foi uma cientista política alemã de origem judaica, uma das mais influentes do Século XX.
  4. 4. Durante a ascensão do regime nazista, retiram a nacionalidade dela em 1937, o que lhe tornou apátrida até conseguir a nacionalidade estadunidense em 1951.
  5. 5. É conhecida como a "Pensadora da Liberdade"
  6. 6. Aluna e amante do filósofo Martin Heidegger
  7. 7. PRINCIPAIS OBRAS:
  8. 8. PRINCIPAIS OBRAS:
  9. 9. Tem sido uma referência importante para os estudos sobre os direitos humanos na contemporaneidade.
  10. 10. INTRODUÇÃO O trabalho propõe uma reflexão baseada no capítulo "A crise da Educação" do Livro "Entre o Passado e o futuro", em que Hannah Arendt pensa, analisa e problematiza a educação em tempos de crise da modernidade.
  11. 11. CONTEXTO HISTÓRICO
  12. 12. II GUERRA MUNDIAL (1939 - 1959)
  13. 13. Perplexidade da população devido aos campos de concentração e extermínio
  14. 14. MOVIMENTOS SOCIAIS Década de 60
  15. 15. Fala da realidade dos EUA: IMIGRAÇÃO E RACISMO
  16. 16. ESCOLAS PARA AS MASSAS
  17. 17. CENÁRIO EDUCACIONAL "A Era da Criança" e ascensão das ideias de Jonh Dewey pela "defesa da ideia de uma Escola Ativa".
  18. 18. NO BRASIL: Movimento Escola Nova (Anísio Teixeira - uma figura importante na história da Educação no Brasil, por sua luta pela defesa do ensino público, gratuito, laico e obrigatório).
  19. 19. A autora faz críticas a forma equivocada de como alguns educadores implementaram as ideias da "Escola Ativa" de John Dewey no contexto americano.
  20. 20. CONSTATAÇÃO DA REALIDADE DE CRISE
  21. 21. CRITICAS À SOCIEDADE DE MASSAS
  22. 22. RACIONALIDADE TÉCNICA
  23. 23. VELOCIDADE DAS INFORMAÇÕES
  24. 24. SOCIEDADE DO CONSUMO
  25. 25. INDIVIDUALISMO/ COMPETITIVIDADE
  26. 26. SEPARAÇÃO DAS CRIANÇAS E ADULTOS
  27. 27. DESTRUIÇÃO AMBIENTAL
  28. 28. O QUE FAZER DIANTE DA CRISE?
  29. 29. A CRISE É UM MOMENTO OPORTUNO PARA REFLETIRMOS E PENSARMOS EM POSSÍVEIS SOLUÇÕES!
  30. 30. EDUCAÇÃO PARA A NATALIDADE ● É a essência da Educação (p. 223) o fato de que os seres humanos "nascem para o Mundo".
  31. 31. É pela natalidade que o ser humano é posto num mundo que já existia antes do seu nascimento. Este fato de se nascer num mundo já pré-existente, exige de nós adultos, um esforço grande.
  32. 32. É pela natalidade que o mundo dá ao homem constantemente uma oportunidade para se renovar, para pensar de novo, para pensar o novo.
  33. 33. CONSERVAÇÃO A autora faz uma reeleitura do conceito de Conservação. O conservadorismo na educação é para a autora, a garantia do novo, é a própria perspectiva do novo, ou seja, é a luta para preservar o novo, do vir a ser!
  34. 34. "Exatamente em benefício daquilo que é novo e revolucionário em cada criança é que a educação precisa ser conservadora. Ela deve preservar essa novidade e introduzi-la como algo novo em um mundo velho". (Arendt, 2005, p. 243).
  35. 35. TRADIÇÃO A tradição, para a autora diz respeito a preservaçãopreservação do legado dos saberes e do conhecimento que humanidade produziu historicamente.
  36. 36. A QUESTÃO DA AUTORIDADE Se opõe ao conceito de autoritarismo. Nesse sentido a autoridade seria autorizar-se alguém com mais experiências de vida a falar sobre algo e compartilhar saberes para aqueles que estão vindo ao mundo.
  37. 37. RESPONSABILIDADE A condição que os sujeitos assumem individual ou coletivamente pelo mundo, visando garantir que este mundo exista para as próximas gerações.
  38. 38. "A educação é o ponto em que decidimos se amamos o mundo o bastante para assumirmos a responsabilidade por ele e, com tal gesto, salvá-lo da ruína que seria inevitável não fosse a renovação da vinda dos novos e dos jovens." Hannah Arendt.
  39. 39. O QUE ESTAMOS FAZENDO? E O QUE PODEMOS FAZER?
  40. 40. REFERÊNCIASREFERÊNCIAS ARENDT, Hannah. A crise na educação. In: Entre o passado e o futuro. Tradução Mauro W. Barbosa de Almeida. 3a reimpressão da 5ª ed. de 2000. São Paulo: Perspectiva, 2005. Banco de Imagens do Google
  • RaylaCosta

    Nov. 24, 2019
  • matheuslevi1

    Apr. 11, 2019
  • victriaSantosSilva

    Aug. 14, 2017
  • joelson_mattos

    Oct. 2, 2016
  • PedroCastor10

    Sep. 5, 2016
  • CarlaRosngelaBinsfel

    Feb. 19, 2016
  • xlpimentel

    Sep. 7, 2015
  • PauloSrgioBorges

    Apr. 17, 2015
  • vaalw

    Feb. 22, 2015

Aufrufe

Aufrufe insgesamt

7.786

Auf Slideshare

0

Aus Einbettungen

0

Anzahl der Einbettungen

16

Befehle

Downloads

370

Geteilt

0

Kommentare

0

Likes

9

×