Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Casos de 
concordância 
COM O SUJEITO COMPOSTO 
PROFESSORA: ISABELLA D. LUNARDI RAMOS
REGRA GERAL 
 Em geral, o sujeito composto exige a colocação do verbo no plural. 
 Ex: O aluno e seus pais compareceram ...
Sujeito resumido por por pronome 
indefinido 
 Quando o sujeito composto é resumido por um pronome indefinido 
 (TUDO, N...
Um e outro/ um ou outro 
 Quando sujeito é representado pela expressão um e outro, o verbo pode ficar no 
SINGULAR ou PLU...
 A expressão um ou outro exige a colocação do verbo na 3ª pessoa do singular. 
Ex: Um ou outro aluno fará a prova de segu...
 Quando o sentido é de EXCLUSÃO, o verbo fica no singular: 
Ex: Mariana ou Cecília ganhará o concurso de poesia. 
 Quand...
Verbos no infinitivo: terminados em ar, er, 
ir. 
 Quando o sujeito for formado por infinitivos, o verbo fica no singular...
Núcleos do sujeito sinônimos ou em 
gradação 
 No caso de os núcleos do sujeito serem sinônimos (ou quase) e estarem no 
...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Concordância sujeito composto

454 Aufrufe

Veröffentlicht am

Conceito conteúdo: Concordância Verbal com Sujeito Composto.

Trabalho elaborado para o 9º ano.

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Concordância sujeito composto

  1. 1. Casos de concordância COM O SUJEITO COMPOSTO PROFESSORA: ISABELLA D. LUNARDI RAMOS
  2. 2. REGRA GERAL  Em geral, o sujeito composto exige a colocação do verbo no plural.  Ex: O aluno e seus pais compareceram à festa de formatra.  Se o sujeito vier após o verbo (posposto), é possível se fazer a concordância no plural ou no singular, por atração com o núcleo mais próximo do verbo.  Ex: Naquele dia chuvoso, vieram a tia e o namorado. Naquele dia chuvoso, veio a tia e o namorado.
  3. 3. Sujeito resumido por por pronome indefinido  Quando o sujeito composto é resumido por um pronome indefinido  (TUDO, NADA, NINGUÉM, ALGUÉM) o verbo fica no SINGULAR concordando como pronome. Ex: Música, festas, reuniões, tudo o aborrece. Professor, diretor, coordenador, ninguém convencia a aluna.
  4. 4. Um e outro/ um ou outro  Quando sujeito é representado pela expressão um e outro, o verbo pode ficar no SINGULAR ou PLURAL indiferentemente. Ex: Um e outro cozinheiro tinha boas receitas. Um e outro cozinheiro tinham boas receitas.  No caso de o sujeito ser representado pela expressão nem um nem outro, o verbo fica no singular, pois existe ideia de exclusão. Ex: Nem um nem outro amigo, deu-lhe parabéns.
  5. 5.  A expressão um ou outro exige a colocação do verbo na 3ª pessoa do singular. Ex: Um ou outro aluno fará a prova de segunda chamada. NÚCLEOS DO SUJEITO LIGADOS POR OU No caso de os núcleo do sujeito composto estarem ligados pela conjunção ou, a concordância pode ocorrer de duas formas:
  6. 6.  Quando o sentido é de EXCLUSÃO, o verbo fica no singular: Ex: Mariana ou Cecília ganhará o concurso de poesia.  Quando o sentido é de INCLUSÃO, o verbo fica no plural. Ex: Música boa e literatura fazem bem à alma.
  7. 7. Verbos no infinitivo: terminados em ar, er, ir.  Quando o sujeito for formado por infinitivos, o verbo fica no singular. Caso os infinitivos sejam antônimos, o verbo concorda no plural. Ex: Ler e escrever fornecem a base para o bom conhecimento da língua. Comer muito e beber em excesso não traz benefícios ao organismo. O escrever e o ler são a base do bom conhecimento da língua.
  8. 8. Núcleos do sujeito sinônimos ou em gradação  No caso de os núcleos do sujeito serem sinônimos (ou quase) e estarem no singular, o verbo poderá concordar no plural ou no singular. Ex: A angústia e ansiedade tomaram conta do rapaz. A angústia e a ansiedade tomou conta do rapaz. Quando há gradação entre os núcleos o verbo fica no singular. Ex: Lamento, choro, desespero marcava sua face.

×