Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Economia Política
Tema da Aula: O Processo Histórico Humano-Social
Prof. George Francisco Ceolin
Trabalho, hominização e ser social
 Atividades que atendem as necessidades de
sobrevivência são generalizadas entre as
es...
Trabalho, hominização e ser social
 Processa pela intervenção e condução humano;
 Herança construída e reproduzida histo...
Trabalho, hominização e ser social
 Trabalho é a base da produção;
 Produção é a base da vida social;
 Produção de bens...
Trabalho, hominização e ser social
 Na produção social o homem estabelece determinadas
relações de produção;
 O conjunto...
Trabalho, hominização e ser social
 Exige instrumentos que rompe com a atuação imediata
sobre a matéria;
 Exige habilida...
Trabalho, hominização e ser social
 Não são atividades determinadas pela natureza;
 É um processo entre o gênero humano ...
Trabalho, hominização e ser social
 Exige sempre um instrumento que media essa relação;
 Relação mediada entre o sujeito...
Trabalho, hominização e ser social
 A finalidade exige a construção ideal (prévia ideação)
antes de efetivação da ativida...
Trabalho, hominização e ser social
 A atividade do trabalho pressupõe:
 o conhecimento das propriedades da natureza;
 a...
Trabalho, hominização e ser social
 A realização do processo de trabalho só se efetiva com
a transformação material do ob...
Trabalho, hominização e ser social
 A atividade do trabalho pressupõe:
 A prefiguração no âmbito do sujeito (plano subje...
Trabalho, hominização e ser social
 A objetivação do trabalho (atividade projetada e
materializada na transformação do ob...
Trabalho, hominização e ser social
 Ao transformar a natureza, o trabalho transforma
também seu sujeito;
 O metabolismo ...
Processo Humano-Social
“...o processo de reprodução tornou-se cada vez mais nitidamente
social. Quando Marx se refere a um...
Processo Humano-Social
“...e, por outro, que – tanto no plano quantitativo quanto
no qualitativo – diminui constantemente ...
Processo Humano-Social
“...ou, em outras palavras, todos os momentos decisivos
da reprodução humana (basta pensar em aspec...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Constituição do processo humano social

295 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Constituição do processo humano social

  1. 1. Economia Política Tema da Aula: O Processo Histórico Humano-Social Prof. George Francisco Ceolin
  2. 2. Trabalho, hominização e ser social  Atividades que atendem as necessidades de sobrevivência são generalizadas entre as espécies animais:  Processam de modo natural;  Herança determinada geneticamente;  Necessidades biologicamente determinadas;  Relação imediata entre o animal e a natureza;  Metabolismo Biológico entre Reino Animal e a Natureza
  3. 3. Trabalho, hominização e ser social  Processa pela intervenção e condução humano;  Herança construída e reproduzida historicamente;  Necessidades biológicas determinadas e socialmente estabelecidas;  Relação entre o humano e a natureza mediada pela técnica;  Metabolismo Social entre Gênero Humano e a Natureza
  4. 4. Trabalho, hominização e ser social  Trabalho é a base da produção;  Produção é a base da vida social;  Produção de bens materiais é a base econômica da vida social. Trabalho Base econômica da vida social
  5. 5. Trabalho, hominização e ser social  Na produção social o homem estabelece determinadas relações de produção;  O conjunto dessas relações de produção constitui a estrutura econômica da sociedade;  Sobre essa estrutura é formada uma superestrutura (política, jurídica, ideológica);  O modo de produção da vida material determina o processo da vida social, política e ideológica. Trabalho Base da vida material, social e de suas formas de consciência (ideologias)
  6. 6. Trabalho, hominização e ser social  Exige instrumentos que rompe com a atuação imediata sobre a matéria;  Exige habilidades e conhecimentos, rompendo com as determinações genéticas;  Implica no desenvolvimento de novas necessidades, superando as necessidades biologicamente estabelecidas. Trabalho Rompe com padrão natural das atividades (metabolismo natural):
  7. 7. Trabalho, hominização e ser social  Não são atividades determinadas pela natureza;  É um processo entre o gênero humano e a natureza;  O humano, por sua própria ação, media, regula e controla seu metabolismo com a natureza;  Diferencia e distancia o homem da natureza. Trabalho Um novo tipo de atividade (metabolismo social):
  8. 8. Trabalho, hominização e ser social  Exige sempre um instrumento que media essa relação;  Relação mediada entre o sujeito e seu objeto;  Instrumentos são criações do gênero humano (técnica);  Criação que coloca para o criador o problema dos meios e das finalidades, portanto, das escolhas (tecnologia). Trabalho Mediação entre homem e natureza (técnica e tecnologia):
  9. 9. Trabalho, hominização e ser social  A finalidade exige a construção ideal (prévia ideação) antes de efetivação da atividade do trabalho;  O sujeito prefigura o resultado de sua ação (teleologia);  O trabalho é uma atividade projetada, com uma intencionalidade direcionada. Trabalho Prévia ideação ou prefiguração ideal das finalidades:
  10. 10. Trabalho, hominização e ser social  A atividade do trabalho pressupõe:  o conhecimento das propriedades da natureza;  as escolhas entre as alternativas concretas possíveis para materializar a intencionalidade prévia (atividade projetada). Trabalho Idealização e objetivação do processo de trabalho
  11. 11. Trabalho, hominização e ser social  A realização do processo de trabalho só se efetiva com a transformação material do objeto pelo sujeito, segundo a finalidade pretendida;  O processo de trabalho extingue-se no produto do trabalho;  O trabalho realizou seu objetivo (trabalho objetivado). Trabalho Objetivação da prévia ideação: trabalho objetivado
  12. 12. Trabalho, hominização e ser social  A atividade do trabalho pressupõe:  A prefiguração no âmbito do sujeito (plano subjetivo);  A transformação material do objeto (plano objetivo). Trabalho Indissociabilidade entre plano subjetivo e objetivo
  13. 13. Trabalho, hominização e ser social  A objetivação do trabalho (atividade projetada e materializada na transformação do objeto) constitui uma objetivação do sujeito que a realiza;  O projeto antecipado na consciência e objetivado pelo trabalho materializa a idealização do sujeito.  O trabalho autonomiza o sujeito e seu objeto. Trabalho Trabalho objetivado e objetivação do sujeito
  14. 14. Trabalho, hominização e ser social  Ao transformar a natureza, o trabalho transforma também seu sujeito;  O metabolismo entre o humano e a natureza passa a ser mediada, regulada e controlada pelo homem.  Foi o trabalho que fez emergir um novo tipo de ser: o ser social. Trabalho Constituição do ser social
  15. 15. Processo Humano-Social “...o processo de reprodução tornou-se cada vez mais nitidamente social. Quando Marx se refere a um constante ‘recuo dos limites naturais’, pretende indicar, por um lado, que a vida humana (e portanto social) jamais pode desvincular-se inteiramente de sua base em processos naturais;...” (Georg Lukács)
  16. 16. Processo Humano-Social “...e, por outro, que – tanto no plano quantitativo quanto no qualitativo – diminui constantemente o papel do elemento puramente natural, quer na produção, quer nos produtos;...” (Georg Lukács)
  17. 17. Processo Humano-Social “...ou, em outras palavras, todos os momentos decisivos da reprodução humana (basta pensar em aspectos naturais como a nutrição ou a sexualidade) acolhem em si, com intensidade cada vez maior, momentos sociais, pelos quais são constante e essencialmente transformados.” (Georg Lukács)

×