Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Teorias da administração

4.055 Aufrufe

Veröffentlicht am

Teoria Clássica e sua relação com a Teoria Científica.

-É uma escola de pensamento administrativo idealizada pelo engenheiro francês Henri Fayol, a partir da década de 1910.

-É um sistema de organização industrial criado pelo engenheiro mecânico e economista norte-americano Frederick Winslow Taylor, no final do século XIX.

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

Teorias da administração

  1. 1. Teoria Clássica da Administração Taylor e Fayol Acadêmicos: Ignacio San Martín Monosalva Maessa Gatto Tamires Dantas
  2. 2. TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO • É uma escola de pensamento administrativo idealizada pelo engenheiro francês Henri Fayol, a partir da década de 1910. • Caracteriza-se pela ênfase na estrutura organizacional, pela visão do homem econômico, pela busca da máxima eficiência e também pelo olhar sobre todas as esferas da organização (operacionais e gerenciais), bem como na direção de aplicação do topo para baixo (da gerência para a produção). • Desenvolveu 14 princípios básicos: Divisão do trabalho, Autoridade, Disciplina, Unidade de comando, Unidade de direção, Subordinação dos interesses individuais, Remuneração, Centralização, Linha de Comando, Ordem, Equidade, Estabilidade dos funcionários, Iniciativa e Espírito de equipe. Funções Técnicas Funções Comerciais Funções Financeiras Funções de Segurança Funções Contábeis Funções Administrativas
  3. 3. TEORIA CLÁSSICADA ADMINISTRAÇÃO ASPECTOS POSITIVOS • Profissionalização da administração. • Deu ênfase na estrutura da organização. • Divisão de trabalho. • Contribuição para a administração moderna. ASPECTOS NEGATIVOS • Obsessão pelo comando. • A empresa como sistema fechado. • Manipulação dos trabalhadores. • A inexistência de fundamentação científica das concepções.
  4. 4. TEORIA CIENTÍFICA DA ADMINISTRAÇÃO • É um sistema de organização industrial criado pelo engenheiro mecânico e economista norte-americano Frederick Winslow Taylor, no final do século XIX. • A principal característica deste sistema é a organização e divisão de tarefas dentro de uma empresa com o objetivo de obter o máximo de rendimento e eficiência com o mínimo de tempo e atividade. • Com esse novo modelo administrativo, as empresas aumentavam sua produção, os empregados ganhavam mais e os produtos ficavam mais baratos para os consumidores.
  5. 5. TEORIA CIENTÍFICA DA ADMINISTRAÇÃO ASPECTOS POSITIVOS • Reduzindo os movimentos inúteis, melhorando as ferramentas e arrumação do local de trabalho. • Realizar sempre a mesma atividade. • Fordismo. • Seleção de empregados. ASPECTOS NEGATIVOS • Não consideração das necessidades sociais. • Ignora as necessidades dos trabalhadores. • Transformou o homem em uma máquina. • Trata os indivíduos como um só grupo.
  6. 6. Confronto das teorias
  7. 7. Teoria Clássica e sua relação com a Teoria Científica. • Ambas surgiram pela necessidade de maior rendimento devido à concorrência. • A teoria de Fayol utiliza a divisão do trabalho na organização pelas Funções Administrativas de PLANEJAR, ORGANIZAR, COMANDAR, COORDENAR e CONTROLAR. • Ele formulou também 14 princípios para orientar o administrador. Entre as várias qualidades para tornar-se um, cita qualidades físicas como saúde, vigor e destreza. • As mesmas que tinham grande importância para os trabalhadores de Taylor. • Nas duas teorias notam-se doutrinas militares como hierarquia, disciplina, autoridade e unidade de comando demonstrando rigidez.
  8. 8. Foto: Frederick Taylor Fonte: Google Foto: Henri Fayol Fonte: Google Foto: Operários Fonte: Google
  9. 9. CONCLUSÃO • As Teorias Administrativas apresentam diferentes abordagens para a Administração das organizações. • Cada uma delas reflete os fenômenos históricos, sociais, culturais, tecnológicos e econômicos de sua época, bem como os problemas que afligiam as organizações. • Cada Teoria representa as soluções administrativas encontradas para determinadas circunstâncias, tendo em vista as variáveis focalizadas e os temas mais relevantes.
  10. 10. REFERÊNCIAS • CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 6a. Edição Atualizada. São Paulo, Ed. Campus, 2003. • Autor: RAGO, LUZIA MARGARETH / MOREIRA, EDUARDO F. P. O que é Taylorismo (Coleção Primeiros Passos). Editora: Brasiliense. • http://www.administradores.com.br/artigos/

×