Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Arquitetura grega e análise do 1º caso prático - Pártenon e Atena Niké

Destinado aos alunos de História da Cultura e das Artes.
Adaptado de powerpoint da Raiz Editora.

  • Als Erste(r) kommentieren

Arquitetura grega e análise do 1º caso prático - Pártenon e Atena Niké

  1. 1. Paulo Simões Nunes O Pártenon (Acrópole de Atenas) um Caso Prático em sala de aula MÓDULO 1
  2. 2. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes Pártenon Arquitetos: Ictinos e Calícrates Executado: entre c. 447 e 432 a. C. Materiais: edifício em pedra mármore branca Dimensões: 69,50 m x 30,88 m Localização: Acrópole, Atenas, Grécia 1. Classificação 29 Pártenon de Ictinos e Calícrates
  3. 3. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 2. Contexto histórico-cultural  O século de Péricles (século V a. C.) e a Idade de Ouro da Grécia Antiga. 30 Atenas e o domínio do mar Mediterrâneo no século VI a. C. A trirreme, o navio de guerra grego que protagonizou a vitória dos Gregos sobre os Persas. 2.1. A obra no seu tempo  As Guerras Médicas (499-478 a. C.): a vitória dos Gregos, sob a direção de Atenas, sobre os Persas garantiu o prestígio desta cidade e o domínio sobre as restantes cidades-estado gregas.  Atenas exerceu forte hegemonia sobre as rotas marítimas e comerciais no Mediterrâneo.  O século V a. C. registou um período de estabilidade política, progresso económico e bem- -estar social.  Este foi um tempo de paz, de consolidação da democracia e de afirmação da liberdade dos cidadãos.
  4. 4. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 2. Contexto histórico-cultural 2.2. A obra no seu espaço  Após a sua destruição pelos Persas, em 480 a. C., a Acrópole permaneceu em ruínas até à sua reconstrução implementada por Péricles.  Péricles utilizou o “Tesouro dos Deuses” e os fundos da Liga de Delos para a reconstrução da Acrópole.  A Acrópole converteu-se num conjunto artístico monumental, integrando os edifícios mais significativos da Antiguidade Clássica.  A Acrópole: um monumento com significado político, enaltecendo os atributos de uma sociedade e o carácter de uma civilização. 31 Péricles foi estadista, grande orador e strategos de Atenas. Fortaleceu a democracia, desenvolveu a economia, as artes e as letras e conferiu um sentido monumental à cidade com a sua maior obra, a Acrópole e o Pártenon.
  5. 5. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 3. Integração do Pártenon na Acrópole 32 12 3 4 56 789 10 1. Pártenon 3. Altar de Atena 2. Erectéion 4. Estátua de Atena Promachos 5. Teatro de Dioniso 6. Calcoteca (oferendas a Deuses) 7. Escadaria monumental 8. Propileus (porta monumental) 9. Pinacoteca (acervo de pinturas) 10. Templo de Atena Niké
  6. 6. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 3. Integração do Pártenon na Acrópole 33  A maior parte dos edifícios da Acrópole foram construídos durante o governo de Péricles, na Idade de Ouro de Atenas, durante o século V a. C. A maior parte das obras foram supervisionadas por Fídias, o escultor dos frisos e relevos do Pártenon. Vista do Pártenon a partir do Propileus, o pórtico de entrada na Acrópole. A estátua em bronze de Atena Promachos, com 9 m de altura, de Fídias, dominava todo o espaço central. Templo de Atena Niké.  O Propileus, o pórtico monumental de entrada, foi dirigido por Mnésicles, entre 437 e 432 a. C.  O Templo de Atena Niké, o pequeno templo jónico concebido por Calícrates para um promontório junto ao pórtico oriental, foi erguido entre 437 e 425 a. C.  As obras para o santuário Erectéion decorreram entre 421 e 402 a. C. É um templo complexo, atribuído a Calícrates ou Mnésicles, construído em honra de Atena Polias, Posídon e Erecteu, um rei de Atenas.  O Pártenon, a maior obra de Péricles, foi construído entre 447 e 432 a. C., a partir do projeto de Ictinos e Calícrates, e sob a direção de obras de Fídias.  Na encosta sul da Acrópole, foi construído o Teatro de Dioniso, onde foram representadas peças de Sófocles, Ésquilo e Eurípedes, as maiores da Antiguidade. O santuário de Erectéion com a célebre Tribuna das Cariátides.
  7. 7. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 4. Análise técnica e formal 34 Vista da fachada frontal oeste, aquela que dava acesso ao opistódomos onde se guardava o Tesouro da Liga de Delos. Pronaos Cella ou Naos Nave com dupla colunata dórica, sobreposta Estátua colossal de Atena Partenos Opistódomos com 4 colunas jónicas Fachada este Fachada oeste Pronaos 69,50 m 30,88 m Pórtico hexastilo (6 colunas) Templo octástilo (8 colunas) na fachada frontal Pronaos Cella ou NaosOpistódomos Distância entre colunas encurta nos ângulos Estilóbato e entablamento ligeiramente curvos (o centro está mais alto que os extremos)
  8. 8. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 4. Análise técnica e formal 35 Alçado da fachada este Acrotério Frontão este: Nascimento de Atena a partir da cabeça de Zeus. Cornija Friso Arquitrave Capitel Fuste Coluna Estilóbata Estereóbata Tríglifo Métopa Cornija Arquitrave Entablamento Ábaco Coxim Friso Entasis – a cerca de 1/3 da altura, as colunas apresentam uma ligeira curva convexa. As colunas medem 10,43 m de altura. São formadas por 11 “tambores” com o diâmetro de 1,92 m, na base, estreitando até 1,49 m, no topo.
  9. 9. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 5. Análise temática  O conteúdo temático dos frisos da cella, dos frontões e das métopas devia exaltar a história e os atributos dos Gregos, através dos seus mitos e lendas. 36 A estátua colossal de Atena Partenos, em ouro e marfim, media 12 m de altura e estava alojada na cella, formada por colunas dóricas duplas sobrepostas. Vista da fachada frontal este que dava acesso à cella onde se encontrava a estátua de Atena Partenos.  O Pártenon é o principal edifício da Acrópole, o recinto sagrado dedicado aos deuses.  Destinava-se a alojar a estátua colossal da deusa Atena Partenos, de Fídias.  A ordem das colunas perípteras é dórica.  Mas é um templo octástilo (8 colunas na fachada), tal como os templos jónicos.  As colunas duplas e sobrepostas da cella são dóricas (enquadrando a estátua).  Mas o friso que reveste exteriormente a cella é jónico (o Friso das Panateneias) .
  10. 10. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 5. Análise temática Estátua de Dioniso. 37 Reconstituição dos relevos do frontão oeste, representando a disputa entre Atena e Posídon pela posse da Ática. Fragmento de uma métopa do friso sul, representando cenas de Centauromaquia. Fragmento do relevo do frontão oeste. Os frisos, os frontões e as métopas exaltam a gloriosa história dos Gregos: o mito do nascimento de Atena, a luta pela disputa da Ática, as cenas de Gigantomaquia, Centauromaquia e Amazonomaquia. Fragmento do frontão este: Nascimento de Atena, a partir da cabeça de Zeus.
  11. 11. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes 5. Análise temática Fragmento do frontão este: As Moiras (ou As Parcas, em latim) eram três irmãs que, segundo a mitologia grega, decidiam o destino quer dos humanos quer dos deuses; as três fabricavam, teciam e cortavam o fio da vida. 38 Fragmento do friso jónico da cella: a Procissão das Panateneias. Fragmento da Procissão das Panateneias, o friso jónico que revestia as paredes exteriores da cella. A Cavalgada, fragmento do friso da cella.
  12. 12. História da Cultura e das Artes | 10.º ano | Paulo Simões Nunes Na conceção do Pártenon projeta-se o ideal grego de beleza, tanto platónico como aristotélico. Os temas mitológicos e o arranjo de formas, elementos e espaços do templo respondem ao ideal transcendente de beleza e perfeição, segundo Platão. O projeto do edifício fundamentado nas leis racionais de medida e ordem, corresponde ao modo de compreender e ordenar o espaço ancorado à Poética, de Aristóteles. Ordem, harmonia e proporção resultam num edifício total e completo que fazem do Pártenon um paradigma da arquitetura clássica.

    Als Erste(r) kommentieren

    Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

  • FERNANDAPEREIRADOSSA2

    Nov. 27, 2017
  • DannNeves

    Dec. 4, 2019
  • Renatasilva377

    Oct. 27, 2020

Destinado aos alunos de História da Cultura e das Artes. Adaptado de powerpoint da Raiz Editora.

Aufrufe

Aufrufe insgesamt

2.212

Auf Slideshare

0

Aus Einbettungen

0

Anzahl der Einbettungen

2

Befehle

Downloads

18

Geteilt

0

Kommentare

0

Likes

3

×