Professor: Gustavo Silva de Souza
A península Arábica era tradicionalmente habitada
por clãs e tribos que viviam do pastoreio e do
comércio
A cidade de Meca...
eram comerciantes por tradição.
Os árabes
viajavam em caravanas comerciais por regiões
longínquas.
fundaram povoados ao re...
Características da península Arábica
até o século VII:
• não havia unidade política
entre os clãs;
• as populações eram
po...
A partir de 613, o comerciante árabe Maomé desafiou a cultura tradicional
ao condenar o politeísmo.
Semelhante aos cristão...
Maomé vivia em Meca. Porém, como suas ideias e doutrina não estavam de acordo
com o politeísmo local, ele e seus seguidore...
Alcorão ( Livro Sagrado)
Distribuição de Xiitas e Sunitas no mundo
Caaba – Meca ( Arábia Saudita)
Masjid al-Haram (Mesquita
sagrada)
Mesquita ( Local Sagrado)
Túmulo de Maomé em Medina
Império Islâmico
Nas artes, a influência islâmica é bastante atuante nos objetos decorativos e na
tapeçaria, item muito presente nas mesqui...
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Islamismo (resumo)
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Islamismo (resumo)

1.078 Aufrufe

Veröffentlicht am

Apresentação sobre Islamismo

Veröffentlicht in: Bildung
  • Als Erste(r) kommentieren

Islamismo (resumo)

  1. 1. Professor: Gustavo Silva de Souza
  2. 2. A península Arábica era tradicionalmente habitada por clãs e tribos que viviam do pastoreio e do comércio A cidade de Meca era um dos maiores centros comerciais e religiosos da península Arábica A Península Arábica
  3. 3. eram comerciantes por tradição. Os árabes viajavam em caravanas comerciais por regiões longínquas. fundaram povoados ao redor de oásis que se transformaram em cidades. encontravam pessoas de diferentes regiões nas cidades, com quem realizavam o comércio e a troca de ideias. intermediaram o comércio entre a Ásia e a Europa e obtiveram muito lucro com ele. …... Os Árabes
  4. 4. Características da península Arábica até o século VII: • não havia unidade política entre os clãs; • as populações eram politeístas; • havia peregrinação religiosa para Meca. Na Caaba, eram cultuados diversos deuses. Peregrinos ao redor da Caaba, 2010. Ainda hoje há peregrinação para a Caaba, mas os motivos religiosos e a representação do templo são diferentes. Os Árabes
  5. 5. A partir de 613, o comerciante árabe Maomé desafiou a cultura tradicional ao condenar o politeísmo. Semelhante aos cristãos e judeus, Maomé acreditava na existência de um único Deus, a quem chamou de Alá. A doutrina criada por Maomé foi chamada de islã, que significa ‘submissão a Deus’, por isso a religião surgida de seus seguidores é denominada islamismo. Após a morte de Maomé, os ensinamentos dele foram reunidos no Corão, o livro sagrado dos muçulmanos. Maomé e o Islamismo
  6. 6. Maomé vivia em Meca. Porém, como suas ideias e doutrina não estavam de acordo com o politeísmo local, ele e seus seguidores foram perseguidos e migraram para o povoado de Yatreb, que passou a se chamar Medina (cidade do profeta). Calendário cristão Calendário islâmico Hégira 0 622 1436 2015 Hoje Essa emigração é conhecida como hégira e marca o início do calendário islâmico. Maomé e o Islamismo
  7. 7. Alcorão ( Livro Sagrado)
  8. 8. Distribuição de Xiitas e Sunitas no mundo
  9. 9. Caaba – Meca ( Arábia Saudita)
  10. 10. Masjid al-Haram (Mesquita sagrada)
  11. 11. Mesquita ( Local Sagrado)
  12. 12. Túmulo de Maomé em Medina
  13. 13. Império Islâmico
  14. 14. Nas artes, a influência islâmica é bastante atuante nos objetos decorativos e na tapeçaria, item muito presente nas mesquitas. Interior da Mesquita Azul, em Istambul (Turquia), coberta por tapetes. Influência Islâmica nas Artes

×