Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

VIVÊNCIA ESPÍRITA

4.681 Aufrufe

Veröffentlicht am

Palestra espírita "Vivência Espírita", elaborada por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.
email: jorge.grauca@gmail.com

  • Als Erste(r) kommentieren

VIVÊNCIA ESPÍRITA

  1. 1. Por que sou Espírita? O que pretendo com o Espiritismo? Que influência tem o Espiritismo exercidoem minha vida?
  2. 2. CLASSES DE ADEPTOS1.Os que crêem nas manifestações e se limitam a constatá-las: para eles é uma ciência de experimentação;2.Os que compreendem as suas conseqüências morais;3.Os que praticam ou se esforçam por praticar essa moral.
  3. 3. MISSÃO DOS ESPÍRITAS“(...) novos apóstolos da crença revelada pelasvozes proféticas superiores, ides pregar odogma novo da reencarnação e da elevaçãodos Espíritos, segundo o bom ou maudesempenho de suas missões e a maneira porque a suportaram as suas provas terrenas.(...) Oh! Verdadeiros adeptos do Espiritismo:vós sois os eleitos de Deus! Ide e pregai apalavra divina.(...)” ( O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XX – item4)
  4. 4. BONS ESPÍRITAS“O Espiritismo bem compreendido, massobretudo bem sentido, conduzforçosamente aos resultados acima (OHomem de Bem), que caracterizam overdadeiro espírita como o verdadeirocristão, pois um e outro são a mesma coisa.O Espiritismo não cria uma nova moral, masfacilita a compreensão e a prática da moraldo Cristo, ao dar uma fé sólida e esclarecidaaos que duvidam e vacilam.” (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XVII – item 4)
  5. 5. CONCEITOS E VIVÊNCIA“Pelo Espiritismo, o homem sabe donde vem,para onde vai, porque está na Terra, porquesofre temporariamente e vê por toda a parte ajustiça de Deus” ( A Gênese – Cap. I – item 30)“Se o homem participa dos dois planos da Natureza – o material eo espiritual – (...) evidentemente abrange a ciência e a filosofia.Assim, O QUE É e COMO É o homem físico são dados atinentesao trabalho científico. Mas DE ONDE VEM e PARA ONDEVAI são elementos de profunda acuidade filosófica.(...)” (AMORIM, Deolindo in Análises Espíritas)
  6. 6. CONVICÇÃO E VIVÊNCIA“A simples compreensão de uma doutrina, porémnão implica a sua vivência. Além de compreendê-la, temos de senti-la. Somente quandocompreendemos e sentimos o Espiritismo, quandoincorporamos à nossa personalidade, quando oassimilamos profundamente em nosso ser, é quepodemos vivê-lo” (PIRES, J. Herculano in O Infinito e o Finito)“O Espiritismo é uma questão de fundo; prender-se a formaseria puerilidade indigna da grandeza do assunto.(...) (Óbras Póstumas – Constituição do Espiritismo)
  7. 7. SER ESPÍRITA“Aquele que podemos, com razão, qualificar deverdadeiro e sincero espírita, encontra-se num grausuperior de adiantamento moral. O Espírito já dominamais completamente a matéria e lhe dá umapercepção mais clara do futuro; os princípios dadoutrina fazem vibrar-lhe as fibras que nos outrospermanecem mudas; numa palavra: foi tocado pelocoração e, por isso, a sua fé é inabalável.(...)Reconhece-se o verdadeiro espírita pela suatransformação moral e pelos esforços que faz paradominar suas más inclinações.” (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XVII – item 4)
  8. 8. VIVÊNCIA ESPÍRITA“Podeis reconhecê-los pelo ensino e a práticados verdadeiros princípios da caridade; pelaconsolação que distribuírem aos aflitos; peloamor que dedicarem ao próximo; pela suaabnegação e o seu altruísmo. Podeisreconhecê-los, finalmente, pela vitória dos seusprincípios, porque Deus quer que a sua leitriunfe; e os que a seguem são os escolhidosque vencerão.(...)” (Espírito Erasto) (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XX – item 4)
  9. 9. “Já não é mais momento de ater-se o discursoà excelsitude das aplicações da DoutrinaEspírita, o exemplo não pode sofreradiamentos. Não se farão só comparações emrelação às idéias, serão os profitentes queestarão sendo observados,(...).”(SOUZA, Elzio F. pelo Espírito Deolindo Amorim in Espiritismo em Movimento)“Com o Espiritismo a Humanidade deve entrarnuma fase nova: a do progresso moral, que lheé uma conseqüência inevitável.” (Allan Kardec – O Livro dos Espíritos – Conclusão – item V
  10. 10. TRADUÇÕES “Traduziremos o evangelho em todas as línguas, em todas as culturas exaltando- lhe a grandeza, destacando-lhe a sublimidade semeando-lhe a poesia, comentado- lhe a verdade, interpretando-lhe as lições, impondo-no-lo ao raciocínio, aprimorando-nos o coração e renovando a inteligência, reformando leis, aperfeiçoando costumes e aclarando caminhos, mas virá o momento em que a boa nova deve ser impressa em nós mesmos, nos refolhos da mente, nos recessos do peito através das palavras e ações, dosprincípios e ideais, das aspirações e esperanças, dos gestos e pensamentos porque,em verdade: se o céu nos permite espalhar a divina mensagem no mundo um dia exigirá nos convertamos em traduções vivas do evangelho na terra.“ (Espírito Emmanuel, Psicografia de F. C. Xavier)
  11. 11. “Espírita deve ser o seu caráter, ainda mesmo tesintas em reajuste, depois da queda.Espírita deve ser a sua conduta, ainda mesmoque estejas em duras experiências.Espírita dever ser o nome de teu nome, aindamesmo respires em aflitivos combates contigomesmo.Espírita dever ser o claro objetivo de tuainstituição, ainda mesmo que, por isso, tefaltem as passageiras subvenções e honrariasterrestres.Doutrina Espírita quer dizer Doutrina do Cristo.E a Doutrina do Cristo é a doutrina doaperfeiçoamento moral em todos os mundos.” (Xavier, Fco. C., pelo Espírito Emmanuel in Religião dos Espíritos)

×