Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
O Sistema de...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Recrutamento...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Tipos de Rec...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Seleção
Cons...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Instrumentos...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Entrevista d...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Entrevista d...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
O que a Entr...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Questões mai...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Como Deve Se...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Elaborando o...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Testes de Se...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Dinâmicas de...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Treinamento ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Principais o...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Desenvolvime...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Avaliação de...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Modelo de Av...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Avaliação de...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Plano de Car...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Benefícios
C...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Remuneração ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Classificaçã...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Relação de E...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Relação de E...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Tipos de Con...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Formas de Co...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Admissão de ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Etapas do Pr...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Processo de ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Carteira de ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Documentos N...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Hierarquia d...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
A CLT e a Co...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Duração do T...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
FGTS
Consult...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
FGTS
Consult...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Quando posso...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
PIS / PASEP
...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
MONTE A FOLH...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Remuneração ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Contra chequ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Descontos Ob...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
INSS
Consult...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício 01...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Cálculo do D...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício 02...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício 02...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Recursos Hum...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
IR – Imposto...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
IRRF - Impos...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício - ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Pode ser Dec...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Vale Transpo...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exemplo de S...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exemplo de S...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Salário Famí...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício - ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Férias
Consu...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Férias e Abo...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Férias Venci...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
13º Salário
...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício 01...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Adicional de...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício – ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício - ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício - ...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Prêmios e Co...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Exercício Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Rescisão Con...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Modalidade d...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Verbas Resci...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Quando o Fun...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Quando o Fun...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Quando o Fun...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Outros Casos...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Quando o Fun...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Gráfico - Re...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Seguro Desem...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Seguro Desem...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Seguro Desem...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Liderança
Co...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano DuarteConsultor Pro...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Funções Bási...
Consultoria de Planejamento - CPLAN
Secretaria de Estado da Administração - SEA
Consultor
Adm. Fabiano Duarte
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Aulão recrutamento e seleção

844 Aufrufe

Veröffentlicht am

Foco em Recursos Humanos

Veröffentlicht in: Business
0 Kommentare
2 Gefällt mir
Statistik
Notizen
  • Als Erste(r) kommentieren

Keine Downloads
Aufrufe
Aufrufe insgesamt
844
Auf SlideShare
0
Aus Einbettungen
0
Anzahl an Einbettungen
4
Aktionen
Geteilt
0
Downloads
20
Kommentare
0
Gefällt mir
2
Einbettungen 0
Keine Einbettungen

Keine Notizen für die Folie

Aulão recrutamento e seleção

  1. 1. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Recursos Humanos e Departamento de Pessoal
  2. 2. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte
  3. 3. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte A área de RH deve estar voltada, permanentemente, para ajudar a organização alcançar seus objetivos e a realizar suas missões, tornando-a competitiva. Deve prover empregados bem treinados e bem motivados, ao mesmo tempo em que desenvolve e mantém a qualidade de vida no trabalho, administra as mudanças e incentiva as políticas éticas e comportamento socialmente responsável.
  4. 4. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte O Sistema de Administração de RH Consultor Prof. Fabiano Duarte Administração de Recursos Humanos (Gerência) Recrutament o e Seleção (R&S) Treinamento e Desenvol- vimento (T&D) Remuneraçã o ou Cargos e Salários (C&S) Higiene e Segurança no Trabalho (HST) Departa- mento de Pessoal (DP) Relações Trabalhistas (RT)
  5. 5. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Recrutamento e Seleção Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  6. 6. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Recrutamento Consultor Prof. Fabiano Duarte É o processo de atração de pessoas, visando as necessidades presentes e futuras da empresa. Após ser detectada a necessidade de pessoal, o(s) departamento(s) interessado(s) envia(m) ao D.P. “solicitação de aumento de funcionários”.
  7. 7. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Tipos de Recrutamento Consultor Prof. Fabiano Duarte Interno Aproveitamento dos recursos humanos existentes na própria empresa. Realizado através de: análise de currículos, entrevistas, testes, avaliação de mérito ou qualquer outro tipo de meio disponível. Vantagens: Confiabilidade na pessoa que vai ser aproveitada, facilidade de moldagem aos objetivos da empresa. Externo Realizado fora do âmbito da empresa. Pode ser feito por intermédio de: agências de emprego, anúncios, cartazes, associações, faculdades, internet. Vantagens: Traz “sangue novo” para a empresa, novas idéias, etc.
  8. 8. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Seleção Consultor Prof. Fabiano Duarte É o processo de escolha do melhor candidato para o cargo, tendo como base dois critérios: 1. Requisitos que o cargo exige do ocupante. x 2. Perfil (características) que o candidato apresenta para disputar a vaga.
  9. 9. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Instrumentos de Seleção Consultor Prof. Fabiano Duarte Para verificar aspectos profissionais, personalidade etc., os candidatos passarão por: * Entrevista de Seleção. * Teste de conhecimento específico, geral, psicotécnicos. * Dinâmicas de grupo.
  10. 10. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Entrevista de Seleção Consultor Prof. Fabiano Duarte É a técnica de seleção mais amplamente utilizada nas empresas. Etapa mais importante do processo seletivo, é o momento de conversar com as pessoas, de conhecê-las e de dar a elas a oportunidade de conhecer a empresa. É a entrevista que mais influencia a decisão final a respeito da contratação dos candidatos. 1 2 3
  11. 11. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Entrevista de Seleção Consultor Prof. Fabiano Duarte
  12. 12. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte O que a Entrevista de Seleção Avalia? Consultor Prof. Fabiano Duarte 1 2 3 * Aparência pessoal e a facilidade de expressão; * Organização e apresentação das idéias (autoconfiança); * Intensões dos candidatos quanto ao emprego; * Experiências e estabilidade nos empregos; * Motivação quanto ao emprego e nível de conhecimento; * Interesses sociais, hobbies e aspectos familiares;
  13. 13. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Questões mais usadas em entrevistas Consultor Prof. Fabiano Duarte 1 2 3 * Quais são seus pontos fortes e fracos? * Por que esta empresa deve contratá-lo? * Em que tipo de ambiente de trabalho você se sente mais confortável? * Descreva uma situação onde você teve que tomar a iniciativa para resolver alguma questão. * O que seu último chefe ressaltaria como suas qualidades e limites? * Fale-me ao seu respeito (vida pessoal).
  14. 14. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Como Deve Ser Desenvolvida a Entrevista? Consultor Prof. Fabiano Duarte  O clima da entrevista deve ser natural, agradável e humano;  O entrevistador deve ouvir atentamente o entrevistado e demonstrar interesse por ele;  Deve evitar tomar muitas anotações durante a entrevista;  Evitar subestimar e classificar o candidato com rótulos de bom, regular ou péssimo.
  15. 15. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Elaborando o Currículo Consultor Prof. Fabiano Duarte CLEMENTINA SEVERO DA SILVA DADOS PESSOAIS  Endereço: Av. Brasil, nº 30. Bairro: Califórnia, Maceió-AL. CEP: 57.000-230.  Estado Civil: Solteira. Idade: 20 anos (18/01/1993)  Contatos: (82) 9999-7878 E-mail: clementinasevero@hotmail.com OBJETIVO  Em busca do primeiro emprego, adquirir experiência profissional para desenvolver os meus conhecimentos e crescer junto com a empresa ou vaga específica ou uma área em particular. FORMAÇÃO  Ensino médio completo Colégio José Alencar (2013) – Maceió/AL. EXPERIÊNCIA  Relate as experiêcias que você possui da mais recente para a mais antiga; CURSOS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS  Auxiliar Administrativo (160 horas) – SENAI/2013  Operador de Microcomputador (160 horas) – SENAI/2013  Inglês fluente.  1 página é o ideal para seu currículo;  Letra preta;  Tamanho 12;  Fonte Arial ou Time New Roman;  Tópicos em MAIÚSCULAS ou em negrito;  Cuidado com o português;  Pretensão salarial só se pedir;  Currículo tem que ser elegante e discreto;
  16. 16. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte
  17. 17. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte
  18. 18. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Testes de Seleção Consultor Prof. Fabiano Duarte 1 2 * Teste prático Avaliar determinado conhecimento ou prática de trabalho, a nível de escritório, tarefas como digitação, atendimento, registros contábeis etc.; * Teste situacional Colocar o candidato frente a situações problemáticas para avaliar a sua rapidez e eficácia na tomada de decisão; * Teste psicológico Permite ao psicólogo avaliar características específicas dos indivíduos;
  19. 19. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Dinâmicas de Grupo Consultor Prof. Fabiano Duarte 2 Técnica onde os candidatos são reunidos numa sala onde, sob a coordenação de um profissional especializado e alguns assistentes (observadores), serão submetidos a um exercício ou teste situacional que permita avaliar as ações e reações de cada um com relação a um perfil esperado.
  20. 20. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Treinamento e Desenvolvimento Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  21. 21. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Treinamento e Desenvolvimento Consultor Prof. Fabiano Duarte O treinamento envolve desde a transmissão de conhecimentos específicos relativos ao trabalho e suas tarefas específicas até a mudança de atitudes de aspectos da organização e do ambiente, gerando desenvolvimento de habilidades e comportamentos desejados.
  22. 22. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Principais objetivos da área de T&D Consultor Prof. Fabiano Duarte * Formação Profissional Visando a capacitação do colaborador (antes do ingresso visa a integração e o conhecimento, depois do ingresso visa o desenvolvimento e o aperfeiçoamento). * Especialização Formação específica para uma área de trabalho. * Reciclagem Rever conceitos ou práticas de trabalho, renovando-os ou atualizando-os.
  23. 23. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Desenvolvimento de Pessoal Consultor Prof. Fabiano Duarte 1 2 3 CH A Conheciment o (Ter o Saber) Habilidades (Saber fazer) Atitudes (Querer fazer)
  24. 24. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Avaliação de Desempenho Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  25. 25. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Avaliação de Desempenho Consultor Prof. Fabiano Duarte O treinamento tem como meta (objetivo) produzir modificações no comportamento dos funcionários para alcançar as metas da empresa e é isso justamente o que se quer considerar na avaliação. A avaliação de desempenho é um feedback da eficiência dos processos de treinamento e desenvolvimento.
  26. 26. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Modelo de Avaliação de Desempenho Consultor Prof. Fabiano Duarte Visa promover a melhoria do desempenho através de incentivos e de medidas tendentes ao aperfeiçoamento e não privilegiar o castigo e as penalizações
  27. 27. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Avaliação de Desempenho Consultor Prof. Fabiano Duarte
  28. 28. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Plano de Cargos e Salários Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  29. 29. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Plano de Cargos e Salários Consultor Prof. Fabiano Duarte Tem como objetivo alcançar os equilíbrios internos e externos, através da definição das atribuições, deveres e responsabilidades de cada cargo e os seus níveis salariais. É uma ferramenta utilizada para determinar ou sustentar as estruturas de cargos e salários de forma justa dentro da organização. Visa remunerar cada colaborador de acordo com o valor do cargo que ocupa através da remuneração direta e indireta.
  30. 30. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Benefícios Consultor Prof. Fabiano Duarte É uma forma de remuneração indireta que a empresa oferece aos seus empregados, objetivando a satisfação de suas necessidades pessoais, constituindo-se uma política de fundamental importância que conduz fatalmente à produtividade. Devem ser encarados pela empresa como responsabilidade social.
  31. 31. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Remuneração através de Benefícios Consultor Prof. Fabiano Duarte 1. Oferecidos no exercício do cargo: como, por exemplo: gratificações, prêmios de produtividade, seguros de vida, veículo, transporte, dentre outros. 2. Oferecidos dentro da empresa: porém fora do cargo, como refeitório, instrução, lazer e outros. 3. Oferecidos fora da empresa: incluindo familiares e dependentes, como assistência médica e odontológica extensiva, clube e outros.
  32. 32. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Classificação dos Benefícios Consultor Prof. Fabiano Duarte Legais Espontâneos Concedidos por mera liberdade da empresa como convênio médico e odontológico, refeição, transporte, viagens, seguro de vida em grupo, etc. São os obrigatórios e exigidos por Lei, pela Previdência ou pela Convenção Coletiva de Trabalho da categoria sindical à qual o empregado pertence, como 13º salário, férias, seguro de acidente do trabalho, horas extras, adicionais, dentre outros.
  33. 33. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Relação de Emprego Consultor Prof. Fabiano Duarte É aquela em que estão envolvidas as figuras do empregado e do empregador, mediante direitos e obrigações recíprocos. Para que ocorra a relação de emprego, é necessária a ocorrência simultânea de circunstâncias básicas: pessoalidade, habitualidade, subordinação, trabalho e salário.
  34. 34. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Relação de Emprego Consultor Prof. Fabiano Duarte Empregador (CLT) - é aquele que assume riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação de serviços. Empregado (CLT) – é a pessoa física que presta serviços ao empregador de maneira não eventual, sob dependência e mediante salário.
  35. 35. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Tipos de Contrato de Trabalho - CLT Consultor Prof. Fabiano Duarte  Prazo indeterminado: é aquele que tem prazo certo de início, sem previsão de término.  Prazo determinado: é aquele que tem data certa para início e término.  Experiência: tipo de contrato por tempo determinado, com as mesmas características, mas que não pode ultrapassar 90 (dias), podendo ser firmado por períodos inferiores e ser dividido em dois.
  36. 36. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Formas de Contratação Consultor Prof. Fabiano Duarte Estagiári o TemporárioAutônomo Doméstic o Terceirizado Rural Aprendiz CooperadoAvulso
  37. 37. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Processo de Admissão Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  38. 38. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Admissão de Pessoal Consultor Prof. Fabiano Duarte Ambientação Seleção Recrutamento O Processo de Admissão de Pessoal engloba três fases:
  39. 39. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Etapas do Processo de Admissão de Pessoal Consultor Prof. Fabiano Duarte Recrutamento de candidatos – atração, chamado. Processo seletivo – escolha. Aplicação das técnicas de seleção – entrevista etc. Análise e decisão pela contratação Exame médico admissional Admissão – assinatura da carteira de trabalho Ambientação do candidato à empresa - integração 1 2 3 4 5 6 7
  40. 40. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Processo de Admissão Consultor Prof. Fabiano Duarte É o processo que dá início ao contrato de trabalho, observando o que prevê a CLT. Na admissão se dá a oficialização da relação de emprego, razão pela qual é importante que cada documento seja lido pelo empregado antes da assinatura.
  41. 41. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Carteira de Trabalho e Previdência Social Consultor Prof. Fabiano Duarte  Documento obrigatório para toda e qualquer pessoa que venha prestar algum tipo de serviço;  Reproduz com tempestividade a vida funcional do trabalhador;  Garante o acesso a alguns dos principais direitos trabalhistas, como seguro-desemprego, benefícios previdenciários e FGTS;
  42. 42. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Documentos Necessários Consultor Prof. Fabiano Duarte  Carteira de trabalho e previdência social;  R.G. ;  C.P.F.;  PIS ou PASEP.;  Título de eleitor;  Comprovante de quitação com o serviço militar;  Certidão de casamento;  Certidão de nascimento dos filhos menores de 14 anos;  Carteira de vacinação de filhos menores de 7 anos;  Comprovante de frequência escolar dos filhos a partir dos 7 anos. Para o Processo de Admissão, o novo empregado deve apresentar os seguintes documentos:
  43. 43. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Legislação Trabalhista e Previdenciária Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  44. 44. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Hierarquia das Leis Trabalhistas Consultor Prof. Fabiano Duarte  Constituição Federal;  CLT;  Jurisprudência (conjunto uniforme de sentenças proferidas por juízas);  Doutrina (Conjunto dos pareceres dos juristas, estudiosos);  Norma coletiva de trabalho (negociação entre empregados, sindicatos e patrões);  Regimento Interno da empresa;  Contrato Individual de Trabalho; Nos dias de hoje, a NORMA COLETIVA DE TRABALHO (dissídio, acordo ou contrato coletivo) vem despontando como o veículo mais adequado para modificar as relações de trabalho, gerando novos direitos e deveres ou ampliando os existentes.
  45. 45. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte A CLT e a Convenção Coletiva de Trabalho Consultor Prof. Fabiano Duarte CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO (CLT), constitui-se na reunião das normas disciplinadoras das relações de trabalho. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - é um acordo trabalhista firmado entre empresa, sindicato e empregado que melhora e amplia as disposições contidas na CLT. Suas cláusulas prevalecem sobre a CLT quando modificam seus valores, direitos e obrigações. Além de conter as regras básicas do direito do trabalho, a CLT traz alguns assuntos, tais como: fiscalização do trabalho, trabalho portuário, FGTS, rescisão do contrato de trabalho, seguro- desemprego, etc., podemos dizer que é um MANUAL DE MESA NO DEPARTAMENTO PESSOAL.
  46. 46. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Duração do Trabalho Consultor Prof. Fabiano Duarte A duração normal do trabalho para os empregados em qualquer atividade privada NÃO EXCEDERÁ 8 HORAS DIÁRIAS. Art. 7º da Constituição , estabelece a duração do contrato de trabalho normal não superior a 8:00 horas diárias de trabalho e 44 horas semanais (44:00 horas ÷ 6 dias = 7:33 hs ou 7:20 hs por dia)  Até 4:00 horas de trabalho = não há intervalo;  De 4:00 horas a 6:00 horas = de 1:00 hora a 2:00 horas;  Acima de 6:00 horas = de 1:00 hora a 2:00 horas; QUANDO O INTERVALO NÃO FOR CONCEDIDO PELO EMPREGADOR, ELE DEVE REMUNERAR COM 50% SOBRE O VALOR DA HORA NORMAL DE TRABALHO. Intervalo para Repouso e Alimentação
  47. 47. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  48. 48. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte FGTS Consultor Prof. Fabiano Duarte QUAL O VALOR DE DEPÓSITO?  É de 8% do valor do salário pago ou devido ao trabalhador.  No caso de contratos de aprendizagem (menor aprendiz), o percentual é reduzido para 2%. O FGTS NÃO É DESCONTADO DO SALÁRIO, É OBRIGAÇÃO DO EMPREGADOR. QUEM TEM DIREITO AO FGTS?  Todos os trabalhadores regidos pela CLT;  Os trabalhadores rurais, os temporários, os avulsos, os safreiros (operários rurais, que trabalham apenas no período de colheita) e os atletas profissionais (jogadores de futebol, vôlei, etc.). QUEM DEPOSITA O FGTS NA CONTA DO TRABALHADOR?  O empregador ou o tomador de serviços. E o depósito pode ser feito até o dia 7 de cada mês.
  49. 49. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte FGTS Consultor Prof. Fabiano Duarte E SE O EMPREGADOR NÃO ESTIVER DEPOSITANDO?O trabalhador deverá procurar a Delegacia Regional do Trabalho (DRT), já que o responsável pela fiscalização das empresas é o Ministério do Trabalho e Emprego. COMO CONFERIR SE ESTÁ SENDO FEITO O DEPÓSITO?  A partir do extrato do FGTS, que o trabalhador recebe em casa a cada 2 meses. Se não estiver recebendo o extrato, o trabalhador deverá informar seu endereço completo em uma agência da CAIXA. A CONTA DO FGTS TEM RENDIMENTO?  Sim. Todo dia 10 recebem atualização monetária mensal mais juros de 3% ao ano. O FGTS É UM DIREITO CONSTITUCIONAL DO TRABALHADOR
  50. 50. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Quando posso sacar o FGTS ? Consultor Prof. Fabiano Duarte  Na demissão sem justa causa;  No término do contrato por prazo determinado;  Na rescisão do contrato por extinção total da empresa;  Na aposentadoria;  No caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido pelo Governo Federal;  Na suspensão do Trabalho Avulso;  No falecimento do trabalhador;  Quando o titular da conta vinculada tiver idade igual ou superior a 70 anos;  Quando o trabalhador ou seu dependente for portador do vírus HIV;  Quando o trabalhador ou seu dependente estiver com câncer;  Quando o trabalhador ou seu dependente estiver em estágio terminal;  Para aquisição ou liquidação de moradia própria;
  51. 51. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte PIS – Programa de Integração Social. PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público. Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  52. 52. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte PIS / PASEP Consultor Prof. Fabiano Duarte É UM ABONO SALARIAL NO VALOR DE UM SALÁRIO MÍNIMO PAGO AOS EMPREGADOS QUEM TEM DIREITO AO PIS / PASEP?  Estar cadastrado há pelo menos cinco anos no PIS.  Tenha recebido, em média, até dois salários mínimos por mês.  Tenha trabalhado, no mínimo, 30 dias com carteira assinada para empregadores contribuintes dos PIS.  Tenha sido informado na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). É a empresa em que trabalha que faz esse procedimento. QUANDO POSSO RECEBER?  O abono do PIS pode ser recebido em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, de acordo com um calendário que é definido pelo Ministério do Trabalho.
  53. 53. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Folha de Pagamento Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  54. 54. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte NOME SALÁRI O HORA EXTR A INSAL./ PERIC. SALÁRI O TOTAL DESCONTOS Acréscimo VALO R TOTA L INSS IR VALE Sal. Família TOTAL DA FOLHA FGTS MONTE A FOLHA DE PAGAMENTO Empresa: _________________________ Período: ____/____/____
  55. 55. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte MONTE A FOLHA DE PAGAMENTO Consultor Prof. Fabiano Duarte NOME SALÁRI O 1/3 DE FÉRIA S HORA EXTR A INSAL. / PERIC . SALÁR IO TOTAL DESCONTOS Acréscim o VALO R TOTA LINSS IR VALE Sal. Família TOTAL DA FOLHA FGTS Empresa: _________________________ Período: ____/____/____
  56. 56. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Remuneração – Principais Parcelas Consultor Prof. Fabiano Duarte As principais parcelas que compõem a remuneração são:  Salário - pode ser fixado por mês, dia, hora ou tarefa, caracterizando assim o empregado, mensalista, diarista, horista ou tarefeiro;  Adicionais - Férias, 13º Salário, Horas Extras, Noturno, Insalubridade, Periculosidade;  Abonos - Importâncias pagas com habitualidade aos empregados para suprir determinadas necessidades;  Gratificações - Pagamentos efetuados aos empregados em decorrência de trabalhos executados, e que também integram o salário;  Prêmios ou Comissões - São vantagens salariais pagas a empregados, em decorrência de sua colaboração ou de sua participação na consecução dos objetivos ou lucros da empresa;
  57. 57. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Contra cheque Consultor Prof. Fabiano Duarte
  58. 58. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Descontos Obrigatórios e Facultativos Consultor Prof. Fabiano Duarte DESCONTOS OBRIGATÓRIOS – são aqueles baseados na lei que rege a relação trabalhista e independente d autorização do empregado, como o INSS, o IRRF e a contribuição sindical; DESCONTOS FACULTATIVOS – aqueles que o empregado autoriza, como, por exemplo, os convênios com a farmácia, supermercado, assistência médica, dentre outros;
  59. 59. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte INSS Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  60. 60. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte INSS Consultor Prof. Fabiano Duarte TABELA PARAA PREVIDÊNCIA SOCIAL TRABALHADOR ASSALARIADO SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO (R$) ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO (%) Até 1.247,70 8,00% De R$ 1.247,71 até R$ 2.079,50 9,00% De R$ 2.079,51 até R$ 3.916,20 11,00% Acima de R$ 3.916,20 Desconta o TETO de CONTRIBUIÇÃO de R$ 457,48 O INSS é descontado todo mês dos salários dos empregados e o seu valor varia de acordo com a tabela de SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO, estipulada pelo Governo Federal anualmente.
  61. 61. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício 01 - INSS Consultor Prof. Fabiano Duarte Calcule os valores dos respectivos DESCONTOS DE INSS: COLABORADO RES VALOR DO SALÁRIO BRUTO (R$) ALÍQUO TA INSS (%) VALOR DO DESCONTO DO INSS (R$) Marcos 11.200,00 Adriana 622,00 Fernando 1.340,00 Carla 789,00 Patrícia 2.467,00 Maurício 5.789,00 Josefa 6.890,00 Diego 876,50
  62. 62. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Cálculo do Desc. do INSS e Salário Base Consultor Prof. Fabiano Duarte Para calcular o desconto, basta multiplicar o valor do salário pelo percentual de desconto, veja o exemplo: SALÁRIO BASE = SALÁRIO BRUTO – VALOR DO DESC. DO INSS SALÁRIO BASE = R$ 2.465,00 – R$ 271,15 = R$ 2.193,85 DESCONTO DO INSS = SALÁRIO BRUTO X INSS % (ver tabela) DESCONTO DO INSS = R$ 2.465,00 X 11% = R$ 271,15 Para calcular o Salário Base, basta subtrair do Salário Bruto o Valor do Desconto do INSS.
  63. 63. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício 02 - INSS Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORADO RES VALOR DO SALÁRIO BRUTO (R$) ALÍQUO TA INSS (%) VALOR DO DESCONT O INSS (R$) VALOR DO SALÁRIO LÍQUIDO (R$) João 750,00 Marcela 1.890,00 Alexsandra 1.150,00 Camila 2.550,00 Carla 3.000,00 Danyele 622,00 Fábio 3.270,00 Jair 1.990,00 Calcule o valor dos salários dos colaboradores abaixo:
  64. 64. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício 02 - Respostas Consultor Prof. Fabiano Duarte Calcule o valor dos salários dos colaboradores abaixo: COLABORADO RES VALOR DO SALÁRIO BRUTO (R$) ALÍQUO TA INSS (%) VALOR DO DESCONT O INSS (R$) VALOR DO SALÁRIO LÍQUIDO (R$) João 750,00 8 % 60,00 690,00 Marcela 1.890,00 9 % 170,10 1.719,90 Alexsandra 1.150,00 8 % 92,00 1.058,00 Camila 2.550,00 11 % 280,50 2.269,50 Carla 3.000,00 11 % 330,00 2.670,00 Danyele 622,00 8 % 49,76 572,24 Fábio 3.270,00 11 % 359,70 2.910,30 Jair 1.990,00 9 % 179,10 1.810,90
  65. 65. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Recursos Humanos e Departamento Pessoal Consultor Prof. Fabiano Duarte IR - Imposto de Renda
  66. 66. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte IR – Imposto de Renda Consultor Prof. Fabiano Duarte IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte Faz parte das obrigações trabalhistas pois se trata de um desconto realizado mensalmente no salário dos colaboradores.
  67. 67. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte IRRF - Imposto de Renda Retido na Fonte Consultor Prof. Fabiano Duarte BASE DE CÁLCULO (R$) ALÍQUOTA (%) PARCELA A DEDUZIR DO IMPOSTO (R$) Até R$ 1.710,78 - - De R$ 1.710,79 até R$2.563,91 7,5% R$ 128,31 De R$ 2.563,92 até R$ 3.418,59 15% R$ 320,60 De R$ 3.418,60 até R$ 4.271,59 22,5% R$ 577,00 Acima de R$ 4.271,59 27,5% R$ 790,58 TABELA DA RECEITA FEDERAL - IRRF
  68. 68. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido Consultor Prof. Fabiano Duarte O Salário de João é R$ 3.000,00. Qual o valor do desconto do INSS? Quanto ele paga de IR? Qual o valor do salário líquido de Paulo? DESC. DO INSS = SALÁRIO BRUTO X ALÍQUOTA DO INSS % (tabela) DESC. DO INSS = R$ 3.000,00 X 11% = R$ 330,00 SALÁRIO BASE = SALÁRIO BRUTO - VALOR DO DESCONTO DO INSS SALÁRIO BASE = R$ 3.000,00 - R$ 330,00 = R$ 2.670,00 IR = SALÁRIO BASE x ALÍQUOTA DO IR % - VALOR A SER DEDUZIDO (tabela) IR = R$ 2.670,00 x 15% - R$ 320,60 = R$ 400,50 - R$ 320,60 = R$ 79,90 SALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE - IR SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 2.670,00 - R$ 79,90 = 2.590,10
  69. 69. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – INSS, IR e Salário Líquido Consultor Prof. Fabiano Duarte Calcule o INSS, o IR e informe o salário líquido de cada colaborador. COLABORAD OR SALÁRIO BRUTO (R$) INSS (%) VALOR DO DESC. INSS IR (%) VALOR A DEDUZI RDO IR VALOR DO DESC. IR SALÁRIO LÍQUIDO (R$) Antônio R$ 3.600,00 Paula R$ 2.650,00 José R$ 1.890,00 Ana Claudia R$ 4.100,00 João Pedro R$ 3.800,00 Claudia R$ 990,00 Renata R$ 2.080,00 Helena R$ 1.600,00 Felipe R$ 2.283,00 Bruno R$ 5.100,00
  70. 70. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício - Respostas Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRIO BRUTO (R$) INSS (%) VALOR DO DESC. INSS IR (%) VALOR A DEDUZI RDO IR VALOR DO DESC. IR SALÁRIO LÍQUIDO (R$) Antônio R$ 3.600,00 11 % 396,00 15 % 320,60 160,00 3.044,00 Paula R$ 2.650,00 11 % 291,50 7,5 % 128,31 48,57 2.309,93 José R$ 1.890,00 9 % 170,10 7,5 % 128,31 0,68 1.719,22 Ana Claudia R$ 4.100,00 - 457,48 22,5 % 577,00 242,56 3.399,96 João Pedro R$ 3.800,00 11 % 418,00 15 % 320,60 186,70 3.195,30 Claudia R$ 990,00 8 % 79,20 - - - 910,80 Renata R$ 2.080,00 11 % 228,80 7,5 % 128,31 10,53 1.840,67 Helena R$ 1.600,00 9 % 144,00 - - - 1.456,00 Felipe R$ 2.283,00 11 % 251,13 7,5 % 128,31 24,08 2.007,79 Bruno R$ 5.100,00 - 457,48 27,5 % 790,58 486,11 4.156,41 Calcule o INSS, o IR e informe o salário líquido de cada colaborador.
  71. 71. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Pode ser Declarado como dependente do IR: Consultor Prof. Fabiano Duarte  Companheiro(a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos;  Filho(a) ou enteado(a), até 21 anos de idade;  Filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade;  Irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a), sem amparo dos pais, com idade de 21 anos até 24 anos, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial.  Pessoa absolutamente incapaz a qual o contribuinte seja tutor ou curador. VALOR POR DEPENDENTE = R$ 171,97
  72. 72. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido Consultor Prof. Fabiano Duarte O Salário de João é R$ 3.546,00 e tem um filho menor de 18 anos. Qual o valor do desconto do INSS? Quanto ele paga de IR? Qual o valor do salário líquido de Paulo? DESC. DO INSS = SALÁRIO BRUTO X ALÍQUOTA DO INSS % (tabela) DESC. DO INSS = R$ 3.546,00 X 11% = R$ 390,06 SALÁRIO BASE = SALÁRIO BRUTO - VALOR DO DESC. DO INSS - DEPENDENTE SALÁRIO BASE = R$ 3.546,00 - R$ 390,06 - R$ 171,97 = R$ 2.983,97 IR = SALÁRIO BASE x ALÍQUOTA DO IR % - VALOR A SER DEDUZIDO (tabela) IR = R$ 2.983,97 x 15% - R$ 320,60 = R$ 447,59 - R$ 320,60 = R$ 126,99 SALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE - IR SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 2.983,97 - R$ 126,99 = 2.856,98
  73. 73. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRI O BRUTO (R$) Nº DE FILH OS INS S (%) VALOR DESCONTAD O POR FILHO VALO R DO DESC . INSS IR (%) VALO R A DEDUZ IR DO IR VALO R DO DESC . IR SALÁRI O LÍQUID O (R$) João 2.880,00 1 Antônio 5.000,00 2 Josefa 3.350,00 3 Eloísa 1.430,00 1 Pedro 1.536,10 5 Calcule o INSS, o IR e informe o salário líquido de cada um dos colaboradores de acordo com o número de dependentes. Exercício - INSS e IR e Salário Líquido
  74. 74. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Exercício - Respostas COLABORAD OR SALÁRI O BRUTO (R$) Nº DE FILH OS INS S (%) VALOR DESCONTAD O POR FILHO VALO R DO DESC . INSS IR (%) VALO R A DEDUZ IR DO IR VALO R DO DESC . IR SALÁRI O LÍQUID O (R$) João 2.880,00 1 11 % 171,97 316,80 7,5 % 128,31 51,03 2.340,20 Antônio 5.000,00 2 - 343,94 457,48 22,5 % 577,00 367,68 3.830,90 Josefa 3.350,00 3 11 % 515,91 368,50 7,5 % 128,31 56,60 2.408,99 Eloísa 1.430,00 1 9 % 171,97 128,70 - - - 1.129,33 Pedro 1.536,10 5 Calcule o INSS, o IR e informe o salário líquido de cada um dos colaboradores de acordo com o número de dependentes.
  75. 75. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Vale Transporte Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  76. 76. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Vale Transporte Consultor Prof. Fabiano Duarte O colaborador que optar pelo VALE TRANSPORTE será DESCONTADO 6% DO SALÁRIO independente do valor. Para que o vale transporte seja fornecido, cabe ao EMPREGADO INFORMAR AO EMPREGADOR, POR ESCRITO. SOBRE A PARCELA CORRESPONDENTE AO VALE TRANSPORTE concedido nos termos da Lei nº 7.418/85 e Decreto nº 95.247/87 NÃO INCIDE INSS, IRRF E FGTS.
  77. 77. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exemplo de Solicitação de Vale Transporte Consultor Prof. Fabiano Duarte Compra de vale transporte por Henrique no mês de Setembro: * Quantidade diária necessária 2 vales. * Dias úteis em Setembro de 2012 19 dias. * Quantidade a comprar = 2 vales x 19 dias = 38 vales no mês. * Valor da tarifa = R$ 2,50 cada vale. * Valor total da compra no mês = R$ 2,50 x 38 vales = R$ 95,00 Desconto dos vales na folha de pagamento da empresa: * Salário de Henrique R$ 678,00 * Desconto de 6 % do salário R$ 40,68
  78. 78. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exemplo de Solicitação de Vale Transporte Consultor Prof. Fabiano Duarte Compra de vale transporte por Maurício no mês de Setembro: * Quantidade diária necessária 2 vales. * Dias úteis em Setembro de 2012 19 dias. * Quantidade a comprar = 2 vales x 19 dias = 38 vales no mês. * Valor da tarifa = R$ 2,50 cada vale. * Valor total da compra no mês = R$ 2,50 x 38 vales = R$ 95,00 Desconto dos vales na folha de pagamento da empresa: * Salário de Maurício R$ 3.000,00 * Desconto de 6 % do salário R$ 180,00 6 % sobre o salário? Ou o valor gasto com a compra dos vales transportes? NESTE CASO DEVE-SE ANALISAR O QUE É MENOR E DESCONTAR. (Artigos 9º e 11º do Decreto 95.247/87)
  79. 79. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Vale Transporte Consultor Prof. Fabiano Duarte COL A- BOR A- DOR SALÁRIO BRUTO (R$) DEPENDEN TE MÊS / QUANT. DE VALE TRANSPORT E DESCONTOS SALÁRIO BASE (R$) ACRÉSCI MO SALÁRI O LÍQUIDO (R$) INSS IR VALE SALÁRI O FAMÍLIA Ala n 3.030,00 1 filho de 8 anos Janeiro (22dias) 4 vales por dia Lia 908,00 1 filho de 4 anos e 1 filho de 8 anos Março (19dias) 2 vales por dia Jea n 605,00 1 filho de 4 anos Setembro (21dias) 4 vales por dia Sabendo que a tarifa é de R$ 2,30, calcule os valores dos Vales Transportes, dos colaboradores e o salário líquido de cada um.
  80. 80. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Respostas Consultor Prof. Fabiano Duarte COL A- BOR A- DOR SALÁRIO BRUTO (R$) DEPENDEN TE MÊS / QUANT. DE VALE TRANSPORT E DESCONTOS SALÁRIO BASE (R$) ACRÉSCI MO SALÁRI O LÍQUIDO (R$) INSS IR VALE SALÁRI O FAMÍLIA Ala n 3.030,00 1 filho de 8 anos Janeiro (22dias) 4 vales por dia 333,30 83,90 181,80 2.696,70 - 2.431,00 Lia 908,00 1 filho de 4 anos e 1 filho de 8 anos Março (19dias) 2 vales por dia 72,64 - 54,48 835,36 46,72 827,60 Jea n 605,00 1 filho de 4 anos Setembro (21dias) 4 vales por dia 48,40 - 36,30 556,60 33,16 553,46 Sabendo que a tarifa é de R$ 2,30, calcule os valores dos Vales Transportes, dos colaboradores e o salário líquido de cada um.
  81. 81. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Salário Família Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  82. 82. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Salário Família Consultor Prof. Fabiano Duarte Salário família - Benefício da Previdência Social pago aos empregados, exceto os domésticos, e aos trabalhadores avulsos com SALÁRIO MENSAL DE ATÉ R$ 971,78, para auxiliar no sustento dos filhos de até 14 anos de idade ou inválidos de qualquer idade (o filho têm que está estudando e com o cartão de vacinação em dia). TABELA DO SALÁRIO FAMÍLIA (A PARTIR DE 01/01/2013) SALÁRIO BRUTO DE REFERÊNCIA VALOR RECEBIDO POR FILHO Salário até R$ 646,55 R$ 33,16 De R$ 646,56 até R$ 971,78 R$ 23,36 O benefício será encerrado quando o(a) filho(a) completar 14 anos, em caso de falecimento do filho, por ocasião de desemprego do segurado e, no caso do filho inválido, quando da cessação da incapacidade.
  83. 83. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício - Resolvido Consultor Prof. Fabiano Duarte Alexsandra é Auxiliar contábil e tem um salário de R$ 900,00. Calcule o valor do salário família de Alexsandra sabendo que ela têm três filhos. SALÁRIO BASE = SALÁRIO BRUTO – VALOR DO DESC. DO INSS SALÁRIO BASE = R$ 900,00 – R$ 72,00 = R$ 828,00 DESC. DO INSS = SALÁRIO BRUTO X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 900,00 X 8 % = R$ 72,00 SALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE + VALOR POR FILHO SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 828,00 + (R$ 23,36 X 3 filhos) = R$ 898,08
  84. 84. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Salário Família Consultor Prof. Fabiano Duarte Todos os colaboradores abaixo estão com histórico escolar dos filhos e com os cartões de vacina atualizados, com base nestas informações calcule o valor do salário família de cada um. COLABORAD OR SALÁRIO BRUTO (R$) DEPENDENTE S INSS (%) DESC. DO INSS SALÁRIO BASE (R$) SALÁRIO FAMÍLIA (R$) SALÁRIO LÍQUIDO (R$) João 678,00 1 filho de 10 anos Pedro 890,00 1 filho de 7 anos Lucas 590,00 2 filhos menores que 8 anos
  85. 85. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Respostas Consultor Prof. Fabiano Duarte Todos os colaboradores abaixo estão com histórico escolar dos filhos e com os cartões de vacina atualizados, com base nestas informações calcule o valor do salário família de cada um. COLABORAD OR SALÁRIO BRUTO (R$) DEPENDENTE S INSS (%) DESC. DO INSS SALÁRIO BASE (R$) SALÁRIO FAMÍLIA (R$) SALÁRIO LÍQUIDO (R$) João 678,00 1 filho de 10 anos 8 % 54,24 623,76 23,36 647,12 Pedro 890,00 1 filho de 7 anos 8 % 71,20 818,80 23,36 842,16 Lucas 590,00 2 filhos menores que 8 anos 8 % 47,20 542,80 66,32 609,12
  86. 86. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Férias Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  87. 87. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Férias Consultor Prof. Fabiano Duarte Após cada período de 12 meses (1 ano) do contrato de trabalho o colaborador terá direito a FÉRIAS REMUNERADAS. As FÉRIAS serão REMUNERADAS com acréscimo de um terço (1/3) sobre o salário normal, ou seja, SALÁRIO + 1/3 SOBRE SALÁRIO (dividir o salário por 3).
  88. 88. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido 01 - Férias Normais (1 ano) Consultor Prof. Fabiano Duarte Pedro é Auxiliar Administrativo e ganha R$ 900,00 mensais, ele tem 1 ano de empresa. Quanto ele vai receber de férias? DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 1.200,00 X 9% = R$ 108,00 SALÁRIO = R$ 900,00 1/3 SOBRE FÉRIAS = R$ 900,00 ÷ 3 = R$ 300,00 REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO + 1/3 SOBRE FÉRIAS REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 900,00 + R$ 300,00 = R$ 1.200,00 FÉRIAS = REMUNERAÇÃO TOTAL - DESC. DO INSS FÉRIAS = R$ 1.200,00 - R$ 108,00 = R$ 1.092,00 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR
  89. 89. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido 02 - Férias Normais (1 ano) Consultor Prof. Fabiano Duarte DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 2.000,00 X 9% = R$ 180,00 SALÁRIO = R$ 1.500,00 1/3 SOBRE FÉRIAS = R$ 1.500,00 ÷ 3 = R$ 500,00 REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO + 1/3 SOBRE FÉRIAS REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 1.500,00 + R$ 500,00 = R$ 2.000,00 FÉRIAS = SALÁRIO BASE - IR FÉRIAS = R$ 1.820,00 – R$ 7,19 = R$ 1.812,81 Maria é Auxiliar Administrativo e ganha R$ 1.500,00 mensais, ela tem 1 ano de empresa. Quanto ela vai receber de férias? IR = SALÁRIO BASE X ALÍQUOTA DO IR % - VALOR A SER DEDUZIDO IR = R$ 1.820,00 X 7,5% - 128,31 = R$ 135,50 - R$ 128,31 = R$ 7,19
  90. 90. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Férias Normais Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRIO (R$) TEMPO DE EMPRESA Laura R$ 3.490,00 1 ano Renata R$ 810,00 4 anos Calcule as férias dos colaboradores abaixo:
  91. 91. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Férias Proporcionais Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  92. 92. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido - Férias Proporcionais (Menos de 1 ano na empresa) Consultor Prof. Fabiano Duarte FÉRIAS PROPORCIONAIS = SALÁRIO ÷ 12 = VALOR X Nº DE MESES TRABALHADOS FÉRIAS PROPORCIONAIS = R$ 1.500 ÷ 12 = R$ 125,00 x 4 meses = R$ 500,00 1/3 SOBRE FÉRIAS = R$ 500,00 ÷ 3 = R$ 166,66 Sandra trabalhou 4 meses na empresa X e ganhava R$ 1.500,00 mensais. Quanto ela vai receber de férias proporcionais? DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 666,66 X 8 % = R$ 53,33 FÉRIAS = REMUNERAÇÃO TOTAL - DESC. DO INSS FÉRIAS = R$ 666,66 – 53,33 = R$ 613,33 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR REMUNERAÇÃO TOTAL = FÉRIAS PROPORCIONAIS + 1/3 SOBRE FÉRIAS REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 500,00 + R$ 166,66 = R$ 666,66
  93. 93. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Férias Proporcionais Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORADOR SALÁRIO (R$) TEMPO DE EMPRESA Janderson R$ 1.490,00 10 meses Claudio R$ 990,00 7 meses Calcule as FÉRIAS PROPORCIONAIS dos colaboradores abaixo:
  94. 94. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Férias e Abono Pecuniário Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  95. 95. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Férias e Abono Pecuniário Consultor Prof. Fabiano Duarte TABELA DE FÉRIAS E ABONO PECUNIÁRIO Nº DE FALTAS INJUSTIFICADAS DIAS DE FÉRIAS ABONO DIAS DE FÉRIAS Até 5 30 dias 10 dias 20 dias De 6 a 14 faltas 24 dias 8 dias 16 dias De 15 a 23 faltas 18 dias 6 dias 12 dias De 24 a 32 faltas 12 dias 4 dias 8 dias AS FÉRIAS serão reduzidas conforme o número de faltas. ABONO PECUNIÁRIO só é permitido por lei o abono de no máximo 10 dias conforme tabela abaixo.
  96. 96. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido - Férias e Abono Pecuniário Edson ganhava R$ 900,00 mensais na empresa X, ele vai entrar de férias porém tem 12 dias de faltas injustificadas. Quanto ele vai receber de férias? DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 960,00 X 8 % = R$ 76,80 FÉRIAS PROPORCIONAIS = SALÁRIO ÷ 30 dias = VALOR X Nº DIAS TRABALHADOS FÉRIAS PROPORCIONAIS = R$ 900,00 ÷ 30 dias = R$ 30,00 x 24 dias = R$ 720,00 1/3 SOBRE FÉRIAS = R$ 720,00 ÷ 3 = R$ 240,00 REMUNERAÇÃO TOTAL = FÉRIAS PROPORCIONAIS + 1/3 SOBRE FÉRIAS REMUNERAÇÃO TOTAL= R$ 720,00 + R$ 240,00 = R$ 960,00 FÉRIAS = REMUNERAÇÃO TOTAL – VALOR DO DESC. DO INSS SALÁRIO BASE = R$ 960,00 – 76,80 = 883,20 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR Consultor Prof. Fabiano Duarte
  97. 97. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Férias e Abono Pecuniário Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRIO (R$) NÚMERO DE FALTAS Roberta R$ 1.400,00 6 dias Arilson R$ 3.000,00 10 dias Simone R$ 730,00 18 dias Sandra R$ 2.560,00 23 dias Calcule as férias dos colaboradores abaixo:
  98. 98. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Férias Vencidas Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  99. 99. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Férias Vencidas Consultor Prof. Fabiano Duarte O trabalhador terá direito a receber as férias vencidas em dobro quando não tiver tirado as férias que tem direito no ano. Esta dobra ocorre apenas em relação à remuneração. Assim o empregado tira 30 dias de descanso e recebe 60 dias em dinheiro.  Admissão: 11/06/2010 (entrada do funcionário na empresa).  Início do período concessivo de férias: 10/06/2011 (1 ano de empresa).  Término do período concessivo de férias: 10/06/2012 (vencimento do período concessivo de férias) e o trabalhador não tirou.  Então a empresa decide conceder as férias do funcionário e ele tira suas férias no período de: 01/12/2012 a 30/12/2012. NESTE CASO O COLABORADOR TIRA 30 DIAS DE DESCANSO E RECEBE A REMUNERAÇÃO EM DOBRO, POIS ULTRAPASSOU O PERÍODO CONCESSIVO. EXEMPLO
  100. 100. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte 13º Salário Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  101. 101. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte 13º Salário Consultor Prof. Fabiano Duarte O 13º SALÁRIO OU GRATIFICAÇÃO DE NATAL É DEVIDAA TODO EMPREGADO, E CORRESPONDE AO VALOR DE UM SALÁRIO MENSAL. 13º SALÁRIO É PAGO EM 2 PARCELAS: → 1º parcela paga de fevereiro até 30/11 de cada ano; → 2º parcela até 20/12 de cada ano; 13º SALÁRIO PROPORCIONAL é muito simples calcular: 13º SALÁRIO PROPORCIONAL = VALOR DO SALÁRIO ÷ 12 MESES = VALOR X Nº DE MESES TRABALHADOS ATENÇÃO: É NA SEGUNDA PARCELA DO 13º SALÁRIO QUE SÃO DESCONTADOS O INSS E O IR.
  102. 102. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte O Salário de Gabriel é de R$ 1.960,00. Qual o valor do seu 13º salário descontados o INSS e o IR? DESC. DO INSS = 2º PARCELA X ALÍQUOTA DO INSS % (tabela) DESC. DO INSS = R$ 980,00 x 8% = 78,40 Exercício Resolvido 13º Salário Completo (1 ano trabalhado) PARCELANDO O 13º TEMOS: R$ 1.960,00 ÷ 2 = R$ 980,00 1ª Parcela = R$ 980,00 2ª Parcela = R$ 980,00 - INSS 13º SALÁRIO BRUTO = R$ 1.960,00 2ª PARCELA = 2º PARCELA – DESC. DO INSS 2ª PARCELA = R$ 980,00 – R$ 78,40 = R$ 901,60 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR
  103. 103. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte DESC. DO INSS = 2ª PARCELA X ALÍQUOTA DO INSS % (tabela) DESC. DO INSS = R$ 124,98 x 8 % = R$ 9,99 13º SALÁRIO PROPORCIONAL = VALOR DO SALÁRIO ÷ 12 MESES = VALOR X Nº DE MESES TRABALHADOS PARCELANDO O 13º TEMOS: R$ 249,96 ÷ 2 = R$ 124,98 1ª Parcela = R$ 124,98 2ª Parcela = R$ 124,98 - INSS João da Silva têm 6 meses que entrou na empresa X e ganha mensalmente R$ 500,00. Qual será seu 13º salário proporcional? Exercício Resolvido - 13º Salário Proporcional (Menos de 1 ano trabalhado) 13º SALÁRIO PROPORCIONAL = R$ 500,00 ÷ 12 MESES = R$ 41,66 x 6 = R$ 249,96 2ª PARCELA = 2º PARCELA – DESC. DO INSS 2ª PARCELA = R$ 124,98 – R$ 9,99 = R$ 114,99 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR
  104. 104. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício 01 – 13º Salário Consultor Prof. Fabiano Duarte Calcule os valores do 13º SALÁRIO de cada um dos colaboradores, levando-se em conta o tempo que cada um tem de empresa. COLABORADOR SALÁRIO (R$) PERÍODO NA EMPRESA Denise R$ 2.000,00 12 meses Arthur R$ 1.980,00 6 meses Andrea R$ 2.283,00 12 meses Thiago R$ 870,00 4 meses
  105. 105. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Adicional de Horas Extras Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  106. 106. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Adicional de Horas Extras Consultor Prof. Fabiano Duarte Os passos para se calcular as horas extras são os seguintes: 1º) ACHAR O VALOR DO SALÁRIO HORA:  SALÁRIO HORA = SALÁRIO TOTAL ÷ 220 HORAS 2º) ACHAR O VALOR DE 1 HORA EXTRA:  1 HORA EXTRA = VALOR DO SALÁRIO HORA + 50 %, que é o percentual legal da hora extra de segunda a sábado, ou + 100%, que é o valor da hora extra de domingos e feriados. 3º) ACHAR O VALOR DE TODAS AS HORAS EXTRAS TRABALHADAS NO MÊS:  HORA EXTRA = VALOR DE 1 HORA EXTRA X HORAS TRABALHADAS A MAIS Para uma jornada de trabalho semanal de 44 horas, por exemplo, divida essas horas por seis (referentes aos dias de trabalho da semana, pela legislação brasileira). Esse número deve ser multiplicado por 30. O resultado será de 220 horas por mês, que é a base mensal em horas de 220. No caso de jornadas de 40 horas, a base será de 200 horas.
  107. 107. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido – Horas Extras Consultor Prof. Fabiano Duarte João ganha R$ 660,00 mensais e fez 20 horas extras de segunda a sábado neste mês. Qual será o valor das HORAS EXTRAS e o valor do Salário Líquido de João? SALÁRIO HORA = SALÁRIO TOTAL ÷ 220 HORAS SALÁRIO HORA = R$ 660,00 ÷ 220 HORAS = R$ 3,00 (salário por Hora de João) 1 HORA EXTRA = VALOR DO SALÁRIO HORA + 50 % 1 HORA EXTRA = R$ 3,00 + 50 % = R$ 3,00 + R$ 1,50 = R$ 4,50 (1 Hora extra de João) HORA EXTRA = VALOR DE 1 HORA EXTRA X HORAS TRABALHADAS A MAIS HORA EXTRA = R$ 4,50 X 20 (Horas trabalhadas a mais) = R$ 90,00 DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (tabela) DESC. DO INSS = R$ 750,00 X 8 % = R$ 60,00 SALÁRIO LÍQUIDO = REMUNERAÇÃO TOTAL - VALOR DO DESC. DO INSS SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 750,00 – R$ 60,00 = R$ 690,00 → ESTE VALOR NÃO RECOLHE IR REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO + HORA EXTRA REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 660,00 + R$ 90,00 = R$ 750,00
  108. 108. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício – Adicional de Horas Extras Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORADOR SALÁRIO (R$) DEPENDENTES NÚMERO DE HORAS EXTRAS REALIZADAS NO MÊS Henrique 1.400,00 1 filho de 10 anos 20 horas de segunda a sábado Maurício 2.300,00 1 filho de 7 anos 8 horas no feriado Ezequiel 790,00 2 menores que 8 anos 30 horas de segunda a sábado Lucivânia 10.000 3 filhos menores que 5 anos 7 horas no feriado Calcule os valores das HORAS EXTRAS dos Colaboradores Abaixo:
  109. 109. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Adicional Noturno Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  110. 110. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte O Horário Noturno apresenta três aspectos: 1. Trabalho executado ENTRE AS 22 HORAS E 5 HORAS da manhã; 2. A jornada noturna completa-se após 7 horas de trabalho, ou seja, 7 HORAS NOTURNAS EQUIVALEM A 8 HORAS DIURNAS; 3. A Hora Noturna é ACRESCIDA DO ADICIONAL DE 20 %; Assim, para fazer o cálculo de ADICIONAL NOTURNO é preciso descobrir qual O VALOR DA HORA DE TRABALHO E APLICAR O ADICIONAL DE 20 %. Adicional Noturno
  111. 111. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido – Adicional Noturno Raul trabalha em uma rede de supermercados que funciona 24 horas, seu salário é R$ 1.100,00 e seu horário de trabalho é das 22:00 as 5:00 horas (7horas). Quanto será que Raul recebeu de Adicional Noturno por dia trabalhado e seu salário no fim do mês? SALÁRIO HORA = SALÁRIO TOTAL ÷ 220 HORAS SALÁRIO HORA = R$ 1.100 ÷ 220 HORAS = R$ 5,00 (salário por hora de Raul) ADICIONAL NOTURNO = SALÁRIO HORA X 20 % ADICIONAL NOTURNO = R$ 5,00 X 20 % = R$ 1,00 (valor do adicional por hora da noite) ADICIONAL POR DIA = R$ 6,00 X 7 HORAS = R$ 42,00 ADICIONAL POR MÊS = R$ 42,00 X 30 DIAS = R$ 1.260,00 REMUNERÇÃO TOTAL = R$ 1.100,00 + R$ 1.260 = R$ 2.360,00 ADICIONAL POR HORA = SALÁRIO HORA + ADICIONAL NOTURNO ADICIONAL POR HORA = R$ 5,00 + R$ 1,00 = R$ 6,00 DESC. DO INSS = R$ 2.360,00 X 11% = R$ 259,60 SALÁRIO BASE = R$ 2.360,00 – R$ 259,60 = R$ 2.100,40 IR = R$ 2.100,40 X 7,5 % - 128,31 = R$ 157,53 – R$128,31 = R$ 29,22 SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 2.100,40 – R$29,22 = R$ 2.071,18
  112. 112. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Exercício - Adicional Noturno COLABORADOR SALÁRIO (R$) HORAS TRABALHADAS DE 22:00 ÀS 05:00 HORAS (7 HORAS) Cícera 790,00 10 dias Lúcia 2.100,00 15 dias Maria 990,00 8 dias Calcule as HORAS TRABALHADAS, os valores dos ADICIONAIS NOTURNOS E OS SALÁRIOS dos colaboradores:
  113. 113. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Adicional de Insalubridade Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  114. 114. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte É pago aos empregados que exercem trabalho em condições que podem causar danos à saúde. Ex.: Hospital. 1. GRAU MÍNIMO = 10 % do salário mínimo; 2. GRAU MÉDIO = 20 % do salário mínimo; 3. GRAU MÁXIMO = 40 % do salário mínimo; Adicional de Insalubridade Pode ser de três graus:
  115. 115. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido - Insalubridade Márcia trabalha em um hospital e recebe adicional de insalubridade considerado de RISCO MÉDIO, seu salário é de R$ 2.500,00, tem 1 dependente para fins de declaração de IR e optou por não receber o vale transporte. Qual o valor do seu salário líquido? DESC. DO INSS = R$ 2.635,60 X 11 % = R$ 289,91 SALÁRIO BASE = R$ 2.635,60 - 289,91 - 171,97 (1 filho dep.) = R$ 2.173,72 IR = SALÁRIO BASE x ALÍQUOTA DO IR - VALOR A SER DEDUZIDO (ver tabela) IR = R$ 2.173,72 x 7,5 % - R$ 128,31 = R$ 163,02 - R$ 128,31 = R$ 34,71 SALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE - IR SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 2.173,72 - 34,71 = R$ 2.139,01 REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO + % SOBRE O SALÁRIO MÍNIMO REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 2.500,00 + R$ 135,60 = R$ 2.635,60 ADIC. DE INSALUBRIDADE = SALÁRIO MÍNIMO X % SOBRE O SALÁRIO MÍNIMO ADIC. DE INSALUBRIDADE = R$ 678,00 X 20% = R$ 135,60 SALÁRIO MÍNIMO = R$ 678,00 (ajustado anualmente)
  116. 116. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício - Insalubridade Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRIO (R$) INSALUBRIDA DE DEPENDEN TE Sarah 3.000,00 20% 2 filhos Rogério 2.160,00 40% 1 filho Claudia 1.990,00 10% 3 filhos Calcule os ADICIONAIS DE INSALUBRIDADE sabendo que os colaboradores tem dependentes para fins de declaração de IR:
  117. 117. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Adicional de Periculosidade Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  118. 118. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte É devido aos empregados que trabalham em condições perigosas ou em contato com produtos inflamáveis e explosivos. ESTE ADICIONAL CORRESPONDE A 30 % DO SALÁRIO DO EMPREGADO; O pagamento de adicional de periculosidade NÃO EXIME A EMPRESA DA ENTREGA DO EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) e do treinamento para o seu uso. Adicional de Periculosidade
  119. 119. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido - Periculosidade Consultor Prof. Fabiano Duarte João trabalha em uma indústria de produtos químicos e recebe adicional de periculosidade devido ao risco de ocorrer explosão, seu salário é R$ 3.600,00, têm 2 dependentes para fins de declaração de IR e optou por não receber vale transporte. Qual o valor de seu salário líquido? IR = SALÁRIO BASE x ALÍQUOTA DO IR - VALOR A SER DEDUZIDO (ver tabela) IR = R$ 3.878,58 x 22,5 % - R$ 577,00 = R$ 872,68 - R$ 577,00 = R$ 295,68 IRSALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE - IR SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 3.878,58 - R$ 295,68 = R$ 3.582,90 REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO + 30 % DE PERICULOSIDADE REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 3.600,00 + 30 % = R$ 4.680,00 DESC. DO INSS = REMUNERAÇÃO TOTAL X ALÍQUOTA DO INSS % (ver tabela) DESC. DO INSS = R$ 457,48 SALÁRIO BASE = R$ 4.680,00 - R$ 457,48 – R$ 343,94 (2 Filhos) = R$ 3.878,58
  120. 120. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício - Periculosidade Consultor Prof. Fabiano Duarte COLABORAD OR SALÁRIO (R$) DEPENDEN TES Raul 3.087,00 1 filho Talles 2.500,00 2 filhos Davi 910,00 3 filhos Calcule os ADICIONAIS DE PERICULOSIDADE E OS SALÁRIOS LÍQUIDOS dos colaboradores sabendo que eles têm dependentes para fins de declaração de IR:
  121. 121. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Prêmios e Comissões Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  122. 122. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Prêmios e Comissões Consultor Prof. Fabiano Duarte São VANTAGENS SALARIAIS PAGAS A EMPREGADOS, em decorrência de sua colaboração ou de sua participação na consecução dos objetivos ou lucros da empresa. Essa remuneração é geralmente FIXADA EM PERCENTUAIS e também INTEGRA O SALÁRIO DO EMPREGADO. O salário do comércio é R$ 708,00 (CDL) alterado anualmente.
  123. 123. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Exercício Resolvido - Prêmios e Comissões Consultor Prof. Fabiano Duarte Monique trabalhou a 6 meses em uma loja de Móveis. Qual será o valor do seu 13º salário, sabendo que ela recebeu o salário do comércio + 2% de comissão sobre as vendas mensais? COMISSÃO = FATURAMENTO DO MÊS X COMISSÃO (%) = R$ 123.000,00 X 2% = R$ 2.460 SALÁRIO LÍQUIDO = SALÁRIO BASE - IR SALÁRIO LÍQUIDO = R$ 2.819,52 – R$ 102,32 = R$ 2.717,20 Conforme a TABELA DE FATURAMENTO MENSAL DA LOJA DE MÓVEIS, calcule o Salário líquido mensal para pagar o 13º Salário de Monique. MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO R$ 123.000,00 R$ 80.000,00 R$ 137.000,00 R$ 90.000,00 R$ 145.000,00 R$ 95.000,00 DESC. DO INSS = R$ 3.168,00 x 11% = R$ 348,48 SALÁRIO BASE = R$ 3.168,00 – R$ 348,48 = R$ 2.819,52 IR = R$ 2.819,52 x 15 % - R$ 320,60 = R$ 422,92 – R$ 320,60 = R$ 102,32 REMUNERAÇÃO TOTAL = SALÁRIO DO COMÉRCIO + COMISSÃO REMUNERAÇÃO TOTAL = R$ 708,00 + R$ 2.460 = R$ 3. 168,00
  124. 124. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO R$ 123.000,00 R$ 80.000,00 R$ 137.000,00 R$ 90.000,00 R$ 145.000,00 R$ 95.000,00 MÊS SALÁRIO LÍQUIDO (R$) MARÇO 2.717,20 ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO TOTAL Exercício Resolvido - Prêmios e Comissões DESC. DO INSS = 2ª PARCELA X ALÍQUOTA INSS % DESC. DO INSS = MÉDIA DO SALÁRIO LÍQUIDO = TOTAL ÷ 6 MÉDIA DO SALÁRIO LÍQUIDO = 2ª PARCELA = 2ª PARCELA – VALOR DO DESC. INSS 2ª PARCELA = 13º SALÁRIO PROPORCIONAL = MÉDIA DO SALÁRIO ÷ 12 = VALOR X Nº DE MESES TRABALHADOS 13º SAL. PROP. = PARCELANDO O 13º TEMOS: 1ª Parcela = 2ª Parcela =
  125. 125. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO R$ 123.000,00 R$ 80.000,00 R$ 137.000,00 R$ 90.000,00 R$ 145.000,00 R$ 95.000,00 MÊS SALÁRIO LÍQUIDO (R$) MARÇO 2.717,20 ABRIL 2.028,38 MAIO 2.929,02 JUNHO 2.193,03 JULHO 3.050,06 AGOSTO 2.275,35 TOTAL 15.193,04 DESC. DO INSS = 2ª PARCELA X ALÍQUOTA INSS % DESC. DO INSS = 633,04 X 8 % = 50,64 MÉDIA DO SALÁRIO LÍQUIDO = TOTAL ÷ 6 MÉDIA DO SALÁRIO LÍQUIDO = 15.193,04 ÷ 6 = 2.532,17 2ª PARCELA = 2ª PARCELA – VALOR DO DESC. INSS 2ª PARCELA = 633,04 – 50,64 = 582,40 Exercício Resolvido - Prêmios e Comissões - Respostas 13º SALÁRIO PROPORCIONAL = MÉDIA DO SALÁRIO ÷ 12 = VALOR X Nº DE MESES TRABALHADOS 13º SAL. PROP. = 2.532,17 ÷ 12 = 211,01 X 6 MESES = 1.266,08 PARCELANDO O 13º TEMOS: R$ 1.266.08 ÷ 2 = R$ 633,04 1ª Parcela = R$ 633,04 2ª Parcela = R$ 633,04 - INSS
  126. 126. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Rescisão Contratual Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  127. 127. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Rescisão Contratual Consultor Prof. Fabiano Duarte Quando o colaborador se desligar da empresa, temos um processo chamado DEMISSIONAL e a conclusão desse processo é a RESCISÃO CONTRATUAL, onde consta todos os direitos e obrigações de ambas as partes.
  128. 128. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Modalidade de Desligamento Consultor Prof. Fabiano Duarte 1. Sem justa causa => são as demissões causadas por:  Término do contrato de experiência;  Antes de completar o contrato de experiência;  Após a experiência, menos de um ano; Após um ano de trabalho. 2. Por justa causa => demissões motivadas por faltas graves cometidas durante a vigência do contrato de trabalho. * Por iniciativa do empregado: quando ele pede demissão. * Por iniciativa do empregador: neste caso há duas formas:
  129. 129. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Verbas Rescisórias Consultor Prof. Fabiano Duarte Aviso prévio (indenizado ou trabalhado); Saldo de salário (remuneração do número de dias em que o colaborador trabalhou no mês da rescisão); 13º Salário proporcional; Férias proporcionais (e férias vencidas, quando tiver); Multa contratual do FGTS (quando for o caso);  Aviso prévio trabalhado - 1º dia útil após vencimento do tempo do aviso (que é de no mínimo 30 dias);  Aviso prévio indenizado - 10º dia contando do dia da notificação desse aviso; A esse encerramento de contas chamamos de HOMOLOGAÇÃO e tem prazo para que isso aconteça, dependendo da forma da demissão:
  130. 130. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Quando o Funcionário é Demitido Consultor Prof. Fabiano Duarte VERBAS RESCISÓRIAS SEM JUSTA CAUSA - MAIS DE 1 ANO DE SERVIÇO SEM JUSTA CAUSA - MENOS DE 1 ANO DE SERVIÇO SALDO DE SALÁRIO SALDO DE SALÁRIO FÉRIAS PROPORCIONAIS FÉRIAS PROPORCIONAIS FÉRIAS VENCIDAS (se for o caso) 13˚ SALÁRIO PROPORCIONAL 13˚ SALÁRIO PROPORCIONAL SALÁRIO FAMÍLIA (se for o caso) SALÁRIO FAMÍLIA (se for o caso) FGTS RECOLHIDO + MULTA DE 50% (10% fundo previdenciário e 40% direito do trabalhador) FGTS RECOLHIDO + MULTA DE 50% (10% fundo previdenciário e 40% direito do trabalhador) GUIAS DO SEGURO DESEMPREGO GUIAS DO SEGURO DESEMPREGO (se o contrato for superior a 6 meses)
  131. 131. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Quando o Funcionário é Demitido Consultor Prof. Fabiano Duarte VERBAS RESCISÓRIAS POR JUSTA CAUSA - MAIS DE 1 ANO DE SERVIÇO POR JUSTA CAUSA - MENOS DE 1 ANO DE SERVIÇO SALDO DE SALÁRIO SALDO DE SALÁRIO FÉRIAS VENCIDAS (se for o caso) SALÁRIO FAMÍLIA (se for o caso) SALÁRIO FAMÍLIA (se for o caso)
  132. 132. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Quando o Funcionário pede Demissão Consultor Prof. Fabiano Duarte VERBAS RESCISÓRIAS MAIS DE 1 ANO DE SERVIÇO MENOS DE 1 ANO DE SERVIÇO SALDO DE SALÁRIO SALDO DE SALÁRIO FÉRIAS PROPORCIONAIS FÉRIAS PROPORCIONAIS FÉRIAS VENCIDAS (se tiver) 13˚ SALÁRIO PROPORCIONAL 13˚ SALÁRIO INTEGRAL OU PROPORCIONAL SALÁRIO FAMÍLIA (quando for o caso) SALÁRIO FAMÍLIA (quando for o caso)
  133. 133. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Outros Casos de Desligamento Consultor Prof. Fabiano Duarte  Contrato de experiência ou por prazo determinado;  Extinção do contrato por falecimento do empregado;  Extinção do contrato por aposentadoria do empregado;  Extinção do contrato por culpa recíproca;  Extinção do contrato por falecimento ou concordata do empregador;
  134. 134. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Quando o Funcionário é Demitido (Sem justa causa - Mais de 1 ano de serviço) Consultor Prof. Fabiano Duarte VERBA VALOR CORRESPONDENTE A SER RECEBIDO AVISO PRÉVIO INDENIZADO REMUNERAÇÃO IGUAL A DE SEU ÚLTIMO SALÁRIO (-DESC. DE INSS E DESC. DE IR). SALDO DE SALÁRIO REMUNERAÇÃO RELATIVAAO Nº DE DIAS TRABALHADOS NO MÊS DA RESCISÃO; ( - DESC. DO INSS, DESC. DO IR) FÉRIAS PROPORCION AIS PROPORCIONAIS = VALOR DO SALÁRIO ÷ 12 MESES X Nº DE MESES TRABALHADOS SALÁRIO + 1/3 SOBRE SALÁRIO (- DESC. DO INSS E DESC. DO IR); FÉRIAS VENCIDAS INDENIZADAS SE HOUVER SERÁ = AO VALOR DAS FÉRIAS PAGO EM DOBRO (SALÁRIO + 1/3); (- DESC. DO INSS E DESC. DO IR); 13˚ SALÁRIO INTEGRAL OU PROPORCION AL → INTEGRAL = VALOR DO SALÁRIO ( - DESC. DO INSS, DESC. DO IR E DESC.) → PROPORCIONAL = VALOR DO SALÁRIO ÷ 12 MESES = VALOR X Nº DE MESES TRABALHDOS ( - DESC. DO INSS, DESC. DO IR) SALÁRIO FAMÍLIA PAGO SOMENTE SE O SALÁRIO MENSAL DO FUNCIONÁRIO FOR DE ATÉ R$ 971,78. FGTS RECOLHIDO + MULTA DE A OBRIGAÇÃO DO EMPREGADOR SERÁ DE 50% DO TOTAL. 10% CAIRÁ NA CONTA DO FUNDO PREVIDENCIÁRIO E 40% É O DIREITO DO EMPREGADO.
  135. 135. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Gráfico - Relação Trabalhista Consultor Prof. Fabiano Duarte Empresa Relação de emprego Recrutamento e Seleção Mercado de Trabalho Admissão Carreira Demissão
  136. 136. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Seguro Desemprego Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  137. 137. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Seguro Desemprego Consultor Prof. Fabiano Duarte
  138. 138. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Seguro Desemprego Consultor Prof. Fabiano Duarte ATÉ QUANTO TEMPO APÓS A DEMISSÃO É POSSÍVEL DAR ENTRADA NO REQUERIMENTO DO SEGURO?  O Trabalhador tem do 7º ao 120º dia após a data da demissão do emprego; PERMITE UMAASSISTÊNCIA FINANCEIRA TEMPORÁRIA QUEM PODE REQUERER O SEGURO DESEMPREGO?  Todo trabalhador demitido sem justa causa, com contrato regido pela CLT, que trabalhe na mesma empresa por pelo menos 6 meses. QUANDO SERÁ PAGAA PRIMEIRA PARCELA?  30 dias após a data do requerimento; ONDE REQUERER O SEGURO DESEMPREGO?  Nos posto de atendimento do Ministério do Trabalho, do SINE (Sistema Nacional de Emprego) ou nas agências da Caixa Econômica Federal.
  139. 139. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Seguro Desemprego Consultor Prof. Fabiano Duarte EM QUANTAS PARCELAS É PAGO NORMALMENTE?  De 6 a 11 meses de serviço: 3 Parcelas;  De 1 ano a 1 ano e 11 meses de serviços : 4 Parcelas;  De 2 anos ou mais de serviço: 5 Parcelas; QUAL É O VALOR DO SEGURO- DESEMPREGO?  É considerada a média dos salários dos últimos 3 meses anteriores à dispensa, que varia de R$ 678,00 a R$ 1.235,91 conforme a faixa salarial do trabalhador. EM QUE CASOS O BENEFÍCIO É SUSPENSO?  Na admissão em novo emprego ou no caso de recebimento de benefício da Previdência Social - exceto o auxílio-acidente e a pensão por morte.
  140. 140. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Relações Humanas no Trabalho Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  141. 141. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Liderança Consultor Prof. Fabiano Duarte
  142. 142. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Na empresa moderna um LÍDER é um gerenciador de conflitos e um conciliador de interesses. O LÍDER deve possuir características que o destacam dos demais, como, por exemplo: determinação, competência, perseverança, sabedoria, entusiasmo. Liderança
  143. 143. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano DuarteConsultor Prof. Fabiano Duarte Liderança Líder Chefe
  144. 144. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte Funções Básicas do Líder Consultor Prof. Fabiano Duarte
  145. 145. Consultoria de Planejamento - CPLAN Secretaria de Estado da Administração - SEA Consultor Adm. Fabiano Duarte

×