Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Sintaxe

579 Aufrufe

Veröffentlicht am

ed

Veröffentlicht in: Bildung
  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Sintaxe

  1. 1. Sintaxe do PortuguêsSintaxe do Português Prof. Vinícius Ramon FontanelaProf. Vinícius Ramon Fontanela
  2. 2. SINTAXESINTAXE
  3. 3. TERMOS ESSENCIAIS DATERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃOORAÇÃO SUJEITOSUJEITO  Pratica a ação contida no verbo (quando essePratica a ação contida no verbo (quando esse é de ação). É com quem o verbo concorda.é de ação). É com quem o verbo concorda. PREDICADOPREDICADO  É o que se fala do sujeito.É o que se fala do sujeito.
  4. 4. SUJEITOSUJEITO SimplesSimples  Um núcleo, expostoUm núcleo, exposto EuEu estudo portuguêsestudo português CompostoComposto  Mais de um núcleo, expostosMais de um núcleo, expostos Eu, você e a nossa amigaEu, você e a nossa amiga estudamos português.estudamos português. OcultoOculto  Núcleo escondido, a conjugação verbal dá aNúcleo escondido, a conjugação verbal dá a dicadica Estudamos português.Estudamos português.
  5. 5. SUJEITOSUJEITO IndeterminadoIndeterminado  Pegaram minhas coisas.Pegaram minhas coisas.  Precisa-se de vendedor. (Não dá certo comPrecisa-se de vendedor. (Não dá certo com VTD).VTD). InexistenteInexistente  Choveu ontemChoveu ontem  Há dez pessoas aqui.Há dez pessoas aqui.  Faz três dias que estou aqui.Faz três dias que estou aqui.  Está quente em Foz.Está quente em Foz.
  6. 6. PREDICADOPREDICADO VERBALVERBAL  O verbo é de ação.O verbo é de ação. NOMINAL – Indica estadoNOMINAL – Indica estado  O verbo é de ligaçãoO verbo é de ligação Ser, estar, permanecer, ficar, continuar, parecerSer, estar, permanecer, ficar, continuar, parecer (andar, viver, achar)(andar, viver, achar) VERBO-NOMINALVERBO-NOMINAL
  7. 7. TRANSITIVIDADE VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL Verbos intransitivosVerbos intransitivos  A informação acaba no verbo.A informação acaba no verbo. Morrer.Morrer. Verbos transitivos diretosVerbos transitivos diretos  O verbo precisa de um complemento e nãoO verbo precisa de um complemento e não usausa preposiçãopreposição para ligar-se a ele. Verbospara ligar-se a ele. Verbos transitivos diretos têm objetos diretos.transitivos diretos têm objetos diretos.  EuEu amo vocêamo você..
  8. 8. TRANSITIVIDADE VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL PreposiçãoPreposição  aa, ante, após, até,, ante, após, até, comcom, contra,, contra, dede, desde,, desde, emem, entre, perante,, entre, perante, porpor, per,, per, parapara, sem, sob,, sem, sob, sobre, trássobre, trás  Eu amoEu amo umauma pessoa.pessoa. Qual é a transitividade aqui?Qual é a transitividade aqui?
  9. 9. TRANSITIVIDADE VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL Verbos transitivos indiretosVerbos transitivos indiretos  O verbo precisa de um complemento e se ligaO verbo precisa de um complemento e se liga ao núcleo desse objeto por meio de umaao núcleo desse objeto por meio de uma preposição. Verbos transitivos indiretos têmpreposição. Verbos transitivos indiretos têm objetos indiretos.objetos indiretos. Eu gosto DE você.Eu gosto DE você. Eu assisto A um filme.Eu assisto A um filme.
  10. 10. TRANSITIVIDADE VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL Verbos transitivos diretos e indiretosVerbos transitivos diretos e indiretos (bitransitivos).(bitransitivos).  Necessitam, obrigatoriamente, de doisNecessitam, obrigatoriamente, de dois complementos. Um direto e outro indireto.complementos. Um direto e outro indireto. Eu prefiroEu prefiro teatroteatro a cinemaa cinema.. Nós emprestamosNós emprestamos os livrosos livros para a outra turmapara a outra turma..
  11. 11. TRANSITIVIDADE VERBALTRANSITIVIDADE VERBAL Alguns verbos mudam de sentido quandoAlguns verbos mudam de sentido quando se muda a transitividade verbal:se muda a transitividade verbal:  Aspirar o ar de montanha. (= sorver, respirar)Aspirar o ar de montanha. (= sorver, respirar)  Aspirar a um alto cargo. (= desejar, pretender)Aspirar a um alto cargo. (= desejar, pretender)  Pedro assistiu ao jogo. (= presenciar, ver)Pedro assistiu ao jogo. (= presenciar, ver)  O médico assistiu o doente. (= prestar assistência,O médico assistiu o doente. (= prestar assistência, ajudar)ajudar)  Olhe para ele. (= fixar o olhar)Olhe para ele. (= fixar o olhar)  Olhe por ele. (= cuidar, interessar-se)Olhe por ele. (= cuidar, interessar-se)  Ela não precisou a quantia. (= informar com exatidão)Ela não precisou a quantia. (= informar com exatidão)  Ela não precisou da quantia. (= necessitar)Ela não precisou da quantia. (= necessitar)
  12. 12. PREDICADOPREDICADO Predicado verbal tem objeto (a não ser que oPredicado verbal tem objeto (a não ser que o verbo seja intransitivo).verbo seja intransitivo). Predicado nominal tem PREDICATIVO DOPredicado nominal tem PREDICATIVO DO SUJEITO.SUJEITO.  Eu estouEu estou cansadocansado.. Predicativo do SujeitoPredicativo do Sujeito Predicado verbo-nominal une as duas coisas.Predicado verbo-nominal une as duas coisas.  Eu cheguei cansado.Eu cheguei cansado.  VerbalVerbal NominalNominal  Eu cheguei (e estava) cansado.Eu cheguei (e estava) cansado.  Ela entrou risonha na sala.Ela entrou risonha na sala.  Ele abaixou os olhos pensativo.Ele abaixou os olhos pensativo.
  13. 13. TERMOS ACESSÓRIOS DATERMOS ACESSÓRIOS DA ORAÇÃOORAÇÃO Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal Adjunto AdverbialAdjunto Adverbial VocativoVocativo ApostoAposto Complemento NominalComplemento Nominal
  14. 14. Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal São termos que acompanham ou trazem umaSão termos que acompanham ou trazem uma nova informação aonova informação ao substantivosubstantivo.. O lindoO lindo tremtrem azul, de ferro, da Ferroparazul, de ferro, da Ferropar sai às onze.sai às onze. NúcleoNúcleo ____________________________________________ ________________________________________________________ ____________ SUJEITO SIMPLESSUJEITO SIMPLES P.VERBALP.VERBAL
  15. 15. Adjunto AdverbialAdjunto Adverbial São termos que se relacionam com oSão termos que se relacionam com o VERBOVERBO..  Os adjuntos adverbiais podem ser de:Os adjuntos adverbiais podem ser de: Intensidade: Choveu MUITO.Intensidade: Choveu MUITO. Modo: Ele dirige BEM.Modo: Ele dirige BEM. Tempo: Choveu ONTEM.Tempo: Choveu ONTEM. Lugar: Choveu em Toledo.Lugar: Choveu em Toledo. Negação: Não choveu.Negação: Não choveu. Dúvida: Talvez chova.Dúvida: Talvez chova. Afirmação: Realmente funcionou.Afirmação: Realmente funcionou. Instrumento: Escreveu a lápis.Instrumento: Escreveu a lápis.
  16. 16. VocativoVocativo É usado para chamar alguém, sempreÉ usado para chamar alguém, sempre separa-se por vírgula.separa-se por vírgula.  Moça, venha cá!Moça, venha cá!  Moça – VocativoMoça – Vocativo  Sujeito – Oculto (você)Sujeito – Oculto (você)  Predicado – Verbal (venha cá)Predicado – Verbal (venha cá)  Cá – Adjunto Adverbial de LugarCá – Adjunto Adverbial de Lugar
  17. 17. ApostoAposto É uma explicação sobre um substantivoÉ uma explicação sobre um substantivo que sempre aparece isolado por vírgulasque sempre aparece isolado por vírgulas ou dois pontos.ou dois pontos.  Ele tem duas filhas: Carol e Betina.Ele tem duas filhas: Carol e Betina.  O professor, licenciado em Letras, leciona.O professor, licenciado em Letras, leciona.  Cascavel, a capital do oeste, está perigosa.Cascavel, a capital do oeste, está perigosa.
  18. 18. Complemento NominalComplemento Nominal AlgunsAlguns substantivossubstantivos ouou adjetivosadjetivos precisam de um complemento, assimprecisam de um complemento, assim como um verbo precisa de um objeto. Écomo um verbo precisa de um objeto. É obrigatório, sem esse complemento aobrigatório, sem esse complemento a comunicação não acontece. Quandocomunicação não acontece. Quando esses substantivos pedem complemento,esses substantivos pedem complemento, ele se chama Complemento Nominal.ele se chama Complemento Nominal.
  19. 19. Complemento NominalComplemento Nominal Ele ficou à disposiçãoEle ficou à disposição da Justiçada Justiça.. Não tenho notíciaNão tenho notícia de Joaquimde Joaquim.. Ele é favorávelEle é favorável à democraciaà democracia.. Tenho ojerizaTenho ojeriza a jornalistasa jornalistas.. Ela tem nojoEla tem nojo de baratasde baratas..
  20. 20. VOZES VERBAISVOZES VERBAIS VOZ ATIVAVOZ ATIVA  É o que estamos vendo até agora, o sujeitoÉ o que estamos vendo até agora, o sujeito pratica a ação do verbo.pratica a ação do verbo. VOZ PASSIVAVOZ PASSIVA  O sujeito recebe a ação do verbo.O sujeito recebe a ação do verbo.  Só funciona com verbos transitivos diretos.Só funciona com verbos transitivos diretos. VOZ REFLEXIVAVOZ REFLEXIVA  O sujeito pratica e recebe a ação do verbo.O sujeito pratica e recebe a ação do verbo.
  21. 21. VOZ PASSIVAVOZ PASSIVA Eu pinto a casa.Eu pinto a casa.  Eu – SujeitoEu – Sujeito  Pinto – núcleo do predicado verbalPinto – núcleo do predicado verbal  A casa – Objeto diretoA casa – Objeto direto A casa é pintada por mim.A casa é pintada por mim.  A casa – Sujeito pacienteA casa – Sujeito paciente  É pintada – Voz passivaÉ pintada – Voz passiva  Por mim – Agente da passivaPor mim – Agente da passiva
  22. 22. VOZ PASSIVA ANALÍTICAVOZ PASSIVA ANALÍTICA EUEU PINTOPINTO A CASAA CASA SUJEITO -> VERBO TD -> OBJETO DIRETOSUJEITO -> VERBO TD -> OBJETO DIRETO SUJ. PACIENTE - V. PASSIVA - AGENTE DA PASSIVASUJ. PACIENTE - V. PASSIVA - AGENTE DA PASSIVA A CASAA CASA É PINTADAÉ PINTADA POR MIMPOR MIM
  23. 23. VOZ PASSIVAVOZ PASSIVA SINTÉTICASINTÉTICA A CASA FOI PINTADAA CASA FOI PINTADA POR MIMPOR MIM.. PINTA-SE CASA.PINTA-SE CASA. NÃO FUNCIONA COM VTI.NÃO FUNCIONA COM VTI. A CASA É ALUGADA.A CASA É ALUGADA. ALUGA-SE CASA.ALUGA-SE CASA. AS CASAS SÃO ALUGADAS.AS CASAS SÃO ALUGADAS. ALUGAM-SE CASAS.ALUGAM-SE CASAS.
  24. 24. VOZ REFLEXIVAVOZ REFLEXIVA Eles se beijaram.Eles se beijaram. Ela se cortou.Ela se cortou. Nós nos abraçamos.Nós nos abraçamos. Eu me machuquei.Eu me machuquei.
  25. 25. EXERCÍCIOSEXERCÍCIOS Analise sintaticamenteAnalise sintaticamente Existe uma bela moça chorando.Existe uma bela moça chorando. Anoiteceu rapidamente.Anoiteceu rapidamente. Tu e eu sairemos rapidamente.Tu e eu sairemos rapidamente. Fez um calor insuportável.Fez um calor insuportável. Comiam-se muitas carnes.Comiam-se muitas carnes. A descoberta do Brasil foi intencional.A descoberta do Brasil foi intencional. A tarde morria sem chuva, sem sol, sem nada.A tarde morria sem chuva, sem sol, sem nada. Uma coisa o apavora: o mar agitado.Uma coisa o apavora: o mar agitado. A necessidade de alimento tornava triste a criança.A necessidade de alimento tornava triste a criança. Joaquim, nunca perca o amor à virtude.Joaquim, nunca perca o amor à virtude. A alegria do coração conserva a idade florida.A alegria do coração conserva a idade florida. Uma grande alegria traz lágrimas.Uma grande alegria traz lágrimas.

×