Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Bibliotecas escolares e universitárias

4.583 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

Bibliotecas escolares e universitárias

  1. 1. BIBLIOTECAS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS
  2. 3. <ul><li>Um dos principais objetivos da biblioteca escolar de acordo com o Manifesto da Unesco é: “oferecer oportunidades de vivências destinadas à produção e uso da informação voltada ao conhecimento, a compreensão, imaginação e ao entretenimento”. </li></ul><ul><li>A biblioteca escolar existe para suprir as necessidades informacionais da comunidade escolar e incentivar a leitura e a pesquisa. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>A biblioteca escolar deve habilitar os estudantes para a aprendizagem ao longo da vida, desenvolvendo sua imaginação, preparando-os para viver como cidadãos responsáveis, num centro de aprendizagem permanente. </li></ul><ul><li>A biblioteca deve também preparar o aluno desde cedo, não só para entender o significado da preservação e da valorização de espaços que reúnam o conhecimento. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>As funções de uma Biblioteca Escolar podem ser: </li></ul><ul><li>Informativa </li></ul><ul><li>Educativa </li></ul><ul><li>Cultural </li></ul><ul><li>Recreativa </li></ul>
  5. 6. <ul><li>As bibliotecas escolares devem servir todos os membros da comunidade escolar, independentemente da raça, idade, sexo, religião, nacionalidade, língua e estatuto profissional ou social. </li></ul>
  6. 10. <ul><li>Os produtos e serviços ofertados nas bibliotecas escolares vão desde livros e outras fontes de informação, obras de ficção a obras de referência, impressos ou eletrônicos, presenciais ou remotas. Estes recursos complementam e enriquecem os manuais escolares e as metodologias de ensino. </li></ul>
  7. 11. <ul><li>Empréstimo de livros </li></ul><ul><li>Auxilio em pesquisas escolares </li></ul><ul><li>Contação de histórias </li></ul><ul><li>Divulgação de datas comemorativas </li></ul><ul><li>Incentivo a leitura </li></ul><ul><li>Teatrinho </li></ul><ul><li>Murais de fotos, poesias </li></ul>
  8. 12. <ul><li>O objetivo de uma biblioteca universitária é participar efetivamente das atividades de ensino, pesquisa e extensão da instituição educacional a qual está vinculada, através da prestação dos serviços de informação, documentação e comunicações necessárias ao desenvolvimento dos seus programas acadêmicos. </li></ul>
  9. 13. <ul><li>A função da biblioteca universitária é prover a infraestrutura bibliográfica, documentária e informacional para apoiar as atividades da universidade, centrando seus objetivos nas necessidades informacionais do individuo, membro da comunidade universitária. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  10. 14. <ul><li>Os usuários que uma biblioteca universitária atende em específico é a própria comunidade acadêmica, (alunos, professores, funcionários) e a comunidade em geral. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>Consulta local (setores de referência e obras raras) </li></ul><ul><li>Empréstimo domiciliado </li></ul><ul><li>Acesso a internet </li></ul><ul><li>Disponibilização de laboratórios, salas audiovisuais </li></ul><ul><li>Auxilio do bibliotecário para consultas </li></ul><ul><li>Base de dados disponíveis no site da Biblioteca </li></ul><ul><li>Comut </li></ul>
  12. 16. <ul><li>A biblioteca híbrida é uma união da biblioteca escolar e da universitária, tendo como público os alunos de educação infantil, ensino fundamental, médio e superior, docentes e funcionários da instituição. </li></ul><ul><li>Seu objetivo principal é dar suporte ao que é proposto no projeto político pedagógico da instituição, abrigando acervo, produtos e serviços em um mesmo local, originariamente o da biblioteca escolar ali existente. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>Com relação à estrutura física o que se percebe é que o atendimento ao público se dá no mesmo ambiente tanto para escolar quanto universitário, o que torna necessário o planejamento de espaços separados para cada perfil. </li></ul><ul><li>Quanto ao acervo, deve-se atender as necessidades baseando-se nas propostas de cada nível de ensino. Para o ensino infantil e fundamental adota-se materiais didáticos. Já na formação do acervo de nível superior deve-se atentar as bibliografias básicas. Muitas das bibliotecas superiores vêm desenvolvendo projetos de qualificação de seus acervos para melhorias. </li></ul>
  14. 18. <ul><li>É muito importante que o material seja separado nas estantes de acordo com o nível de ensino. O software escolhido para o gerenciamento também deve acompanhar as necessidades de cada tipo de público. </li></ul><ul><li>A biblioteca escolar-universitária é uma junção dos dois tipos de biblioteca. Cabe a cada administração verificar as reais necessidades de seu público para assim criar ou melhorar sua estrutura e serviços prestados. </li></ul>
  15. 19. <ul><li>Hoje o principal valor dentro de uma organização é o conhecimento gerado pelo ser humano. Foi o tempo em que as instituições escolares eram apenas transmissoras de saberes; agora são geradoras de conhecimentos, tendo um papel fundamental tanto no processo de coleta e seleção das informações, quanto no auxílio da transformação destas em conhecimento. </li></ul>
  16. 20. <ul><li>MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR. Traduzido por Neusa Dias de Macedo. Disponível em: <http://www.ifla.org/VII/s11/pubs/portuguese-brazil.pdf>. Acesso em: 09 set. 2010. </li></ul><ul><li>MATTOS, Ana Luiza de Oliveira; PINHEIRO, Michelle. O perfil das novas bibliotecas escolares-universitárias (Bibliotecas Mistas) nas instituições de ensino privado no estado de Santa Catarina. Revista Acb : Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 11, n. 1, p.171-184, jan./jul. 2006. </li></ul><ul><li>OLIVEIRA, Leila Rabello de. Biblioteca universitária: uma análise sobre os padrões de qualidade atribuídos pelo Ministério da Educação. São Paulo, 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas. </li></ul>

×