Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Die SlideShare-Präsentation wird heruntergeladen. ×

Jornal digital 21-02-17

Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
MORRE
MENINO
BALEADO
EM CASA
Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.111 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2017
www.grupoc...
Coisasestranhasacontecemporaqui
Injusto
Matemática do Governo Federal não está
sendo nenhum pouco justa com os Estados
do ...
3
Sempre Alerta
Geral
Grupo Ariringuá necessita de voluntários adultos, para que mais crianças e adolescentes possam ingre...
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Anzeige
Nächste SlideShare
Jornal digital 14 02-17
Jornal digital 14 02-17
Wird geladen in …3
×

Hier ansehen

1 von 20 Anzeige
Anzeige

Weitere Verwandte Inhalte

Diashows für Sie (20)

Anzeige

Ähnlich wie Jornal digital 21-02-17 (20)

Weitere von Jornal Correio do Sul (20)

Anzeige

Aktuellste (20)

Jornal digital 21-02-17

  1. 1. MORRE MENINO BALEADO EM CASA Correio do SulANO XXVI EDIÇÃO Nº 5.111 R$ 2,00TERÇA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2017 www.grupocorreiodosul.com.br 33º 23º Parcialmente Nublado - Sol entre poucas nuvens. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense ESCOTEIROS PREPARAM CHEFES PARA AUMENTAR TURMAS ATENDIDAS PREFEITO QUER VENDER IMÓVEIS PÚBLICOS PARA PAGAR PRECATÓRIOS PREFEITURA LANÇA CAMPANHA DE INCENTIVO AO PAGAMENTO DO IPTU REFORÇO ARARANGUÁ SOMBRIO Pag 3 Pag 5 Pag 7 A ndrei Ferreira, de 12 anos, foi ferido por um tiro no pescoço na madrugada da última quinta- -feira, em Jacinto Machado. Ao ser socor- rido, ele passou pelo Hospital Regional de Araranguá, de onde foi transferido em estado gravíssimo pelo helicóptero da Polícia Mi- litar, para Florianópolis, onde faleceu nesta segunda-feira. Segundo a Polícia Militar, familiares relataram que seu irmão, de 19 anos, mexia em uma pistola tipo garrucha e a disparou acidentalmente.
  2. 2. Coisasestranhasacontecemporaqui Injusto Matemática do Governo Federal não está sendo nenhum pouco justa com os Estados do Sul do país quando o assunto é o retorno dos impostos arrecadados. Em 2016 o Rio Grande do Sul arrecadou cerca de R$ 63 bilhões para a turma de Brasília, que acabou devolvendo apenas R$ 16 bilhões para os gaúchos. O Estado do Paraná arrecadou R$ 62 bilhões, mas também recebeu de volta apenas R$ 16 bilhões. Já Santa Catarina arrecadou R$ 46 bilhões e teve um retorno de meros R$ 9 bilhões. Pela média, 75% de todos os impostos arrecadados nos três Es- tados do Sul acabaram ficando em Brasília. Santa Catarina teve a menor média, ficando com apenas 20,50% do que foi arrecadado. Na prática, o Sul do Brasil arrecadou R$ 170 bilhões e recebeu de volta R$ 41 bilhões, dando um lucro de R$ 129 bilhões para o resto do país. Lucro este, suficiente para pagar quatro anos de Bolsa Família para todos os brasileiros inscritos no programa. Só tristeza Definitivamente São João do Sul não teve sorte com a implantação do posto de pedágio que será instalado no KM 458 da BR 101. É que logo em seguida, no KM 460, a BR 101 já está dentro do território de Passo de Torres. Isto significa que a Prefeitura de São João do Sul ganhará royalties sobre apenas dois quilômetros de rodovia pedagiada. No entanto, ficará com inúmeros transtornos. A localidade de Barrinha, por exemplo, que é uma atração turística do município, onde se localiza um restaurante muito bem frequen- tando, fatalmente perderá muito de seu movi- mento, já que para se chegar até o local será preciso pagar pedágio. Os sãojoãosulenses, quefrequentamcomumenteTorres(RS)terão um pedágio a sua espera, e assim por diante. Um dos consolos é saber que assim que for instalado o posto de pedágio de Tubarão, o município de São João do Sul terá direto a royalties sobre mais de dez quilômetros de BR 101 pedagiada no sentido Norte. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 “Se você agir sempre com dignidade, trabalhando para que as coisas aconteçam do modo certo, talvez não consiga mudar o mundo, mas será um canalha a menos”. John Kennedy (1917/1963) Ex-presidente dos Estados Unidos N ossa região é vitima de um fenômeno muito estranho, que eu costumo chamar de “inoperância crônica”. Este fenômeno se espraia pelas mais diversas áreas do poder público e atinge principalmente aquilo que é atribuição do governo estadual. Chamo de crônica porque não se tratadeumainoperânciapontual,aguda, queatinjaespecificamenteesteouaquele governo. Ela atinge a todos. Um exemplo clássico é a bendita rodovia José Tiscoski, no trecho que liga Sombrio a Jacinto Machado. Faz dez anos que seu recapeamento vem sendo implorado e ele simplesmente não acontece. Por que não acontece? Também não tenho ideia. Tão grotesca quanto a situação da José Tiscoski é a falta de acostamentos na SC 447, que liga Araranguá a Bal- neário Arroio do Silva. Só Deus deve saber o porquê a Secretaria de Estado da Infraestrutura, até hoje, ainda não implantou acostamento nesta rodovia. E os exemplos vão desde os mais vultuosos, como estes supracitados, até os mais simplórios, como é o caso da falta de para-peito na ponte sobre o rio Caverá, na divisa de Sombrio com Balneário Gaivota. Há quase um ano a bendita ponte está sem o seu para-peito direito, assim como não tem parte do esquerdo, por conta de um acidente de veículos. Desde então a ponte está ali simplesmente assim, sem qualquer tipo demanutenção,ou,nomínimo,sinaliza- ção condizente. Nem uma mísera corda foi colocada em sua lateral, de modo a dar segurança a pedestres ou ciclistas que passem por ela. Mas as tais coisas estranhas não pa- ram por aí. O Colégio Catulo da Paixão Cearense, de Sombrio, por exemplo, está há dois anos interditado por falta de reforma. No início de março será lançada, finalmente, a licitação para a obra,quedeverádemorarsabe-selámais quanto tempo. O que ninguém explica, deformaconvincente,éporquelevaram dois anos para que fosse feita a licitação da reforma de um colégio interditado. Estes são apenas alguns exemplos, dentre dezenas, ou talvez centenas de outros, que, definitivamente incomo- dam as comunidades do Extremo Sul Catarinense. Incomodam porque em nossa absoluta maioria somos um povo ordeiro, trabalhador e vocacionado a contribuir para que nossa região seja cada vez melhor. O problema é que há coisas que parecem querer depor constantementecontraesteideal.Coisas que se põe contra nossa ordem, nossa tranquilidade. Anítida impressão que se tem é que o governo não dá conta de resolver a contento situações que, mais cedo ou mais tarde, terão que ser resolvidas. Mas não dá conta porque não se dispõe a resolver. Não se dispõe a enfrentar o problema de frente, embora eles sejam inevitáveis. É mais ou menos como não querer pagar uma conta que, logo adiante, terá que ser paga, só que com juros.OCatulodaPaixãoCearense,por exemplo,sefossereformadotãologofoi interditado,comcertezadariametadedo prejuízoquedaráagoraaoscofrespúbli- cos,jáque,aoficarsemmanutenção,ele sofreudepreciaçãosobresuaprópriade- preciação.Porestalógica,vamosacabar trabalhandosóparapagarmosimpostos. JulgamentodeRaupp(I) Supremo Tribunal Federal vai julgar no próximo dia 7 de março denúncia contra o senador Valdir Raupp (PMDB/RO), apresentada pela Procuradoria Geral da República. A denúncia é uma das peças da Operação Lava Jato e sustenta a tese de que Valdir Raupp teria recebido R$ 500 mil para sua campanha ao Senado Federal em 2010. O valor, que foi depositado na conta do PMDB de Rondônia, a titulo de doação de campanha, e depois repassado a Raupp, seria fruto dos esquemas de corrupção que envolvem a Petrobrás. Pesa contra o sena- dor o fato de em uma das agendas apreen- didas pela Polícia Federal, durante as fases iniciais da Lava Jato, constar a anotação “VR 500”. De acordo com a Procuradoria da República, a anotação se referia a Valdir Raupp R$ 500 mil. A tese é reforçada pelo fato do valor ter sido doado ao PMDB de Rondônia, mas repassado integramente ao senador, que disputava a reeleição. JulgamentodeRaupp(II) De acordo com Valdir Raupp, “os R$ 500 mil que foram doados ao PMDB de Rondônia não constituem dinheiro ilícito”. Em março do ano passado, quando veio participar da inauguração de uma obra viária em São João do Sul, construída através de recursos intermediados por ele, o senador disse que o judiciário estava fazendo uma interpretação equivocada dos fatos. Na ocasião ele se mostrou tranquilo, ressaltando que “as ditas provas são meras suposições”, e que, por conta disto, o jul- gamento acabaria por absolvê-lo. Caso seja condenado no próximo dia 7, Valdir Raupp fica passível de perder seu mandato, pois estaria, oficialmente, envolvido em atos de corrupção investigados pela Lava Jato. De todo modo, não é nada fácil de acreditar que o presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB/CE), colocaria em votação no plenário a cassação de Valdir Raupp, caso ele fosse condenado pelo STF. Rolando Christian CoelhoRolando Christian Coelho Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 rolando_coelho@hotmail.com (48) 99945.6787 POLÍTICA
  3. 3. 3 Sempre Alerta Geral Grupo Ariringuá necessita de voluntários adultos, para que mais crianças e adolescentes possam ingressar no movimento A conteceu neste fim de semana, na sede do Grupo de Escoteiro Ariringuá, um curso preliminar para escotistas e di- rigentes adultos, para que estes possam trabalhar com crianças e adolescentes em atividades de escotismo. Participaram da instrução, ministrada pela Equipe de Formação Escoteira da Regional de Santa Catarina, 52 homens e mulheres, de vários municípios do estado, como Laguna, Lauro Muller, Urussanga, Criciúma, Içara, Treviso, Cocal do Sul, Santa Rosa do Sul e Meleiro. No sábado as aulas ocor- reram das 9 às 23 horas e no domingo,das8às13horas,sob acoordenaçãodopresidentees- tadualdoMovimentoEscoteiro, Celso Carneiro de Menezes. De acordo com Celso, o adulto pode participar do curso preliminar sem ter sido escotei- roantes.“Elesimplesmentetem Gislaine Fontoura Araranguá Araranguá que ter vontade de colaborar com a educação dos jovens”, ponderou. Celso contou que entre os grupos que estiveram em Araranguá neste final de semana, três são novos, vindos dos municípios de Meleiro, Santa Rosa do Sul e Laguna e irão iniciar as atividades em breve. OAriringuá contou com dois adultos voluntários que Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 Gruposdeescoteirosformamchefes CarnavalvaipintaroGrêmioFronteiradeneon Umdosmaisprestigiados carnavais de salão da região, o Confete e Serpentina do Grêmio Fronteira, tem este ano o tema Carnaval Neon. O clube está organizando todos os detalhes para a festa da noite de sexta-feira. Conforme um dos or- ganizadores, Everaldo Bela- da, a abertura do Confete e Serpentina será no pátio do clube, com a bateria da Escola de Samba Unidos do Arroio. “E um dos diferenciais deste ano, será em relação a duração da folia. Serão oito horas de muita diversão”, revela. O baile começa a partir das 22h deste dia 24 e acaba somente no sábado, às 6h. Para manter o público no cli- ma, a animação ficará a cargo da Banda Scorpions e Top Bannda. “Além disso, vamos abrir uma segunda pista, com funk house, que ficará a cargo dos DJs Jack e Rafa Punk”, completa Belada. O tema do carnaval Con- fete e Serpentina 2017 vai ce- lebrar todas as cores do neon e o presidente do Fronteira, Osmar Dagostin, promete algumas surpresas. “Toda organização já está envolvida com a decoração. Vamos in- vestir nas pinturas artísticas, que mescladas com as luzes negras, vão destacar as cores em neon por todo o salão no- bre. Pulseiras e colares neon Adultos participaram de curso para aprender a liderar crianças e adolescentes que querem participar dos escoteiros Mulherada fazendo a festa no Confete e Serpentina 2016 serão distribuídos aos foliões, paraqueadiversãosejagaran- tida”, adianta Dagostin. Os ingressos estão sendo vendidosna Secretariadoclu- be, Marbon, Drogaria Marista e site minhaentrada.com.br. A história do Grêmio Fronteira se confunde com a história de Araranguá. E as memórias do Confete e Serpentina não são diferentes. Com um passado de glórias, o evento quase viu sua tra- dição ser extinta nas décadas passadas. Quem conta é uma das pessoas mais envolvidas com o clube. Eurico Ferreira, de aprenderam desde as primeiras noções do movimento esco- teiro, como finalidade, leitura básica, pessoas e órgãos que o movimento pode contar. “É o primeirocontatodessesadultos com o movimento escoteiro”, revelou. Mais de 20 unidades didá- ticas, teóricas e práticas, foram passadasaoschefesvoluntários Fila de espera História 71 anos, já foi presidente do Fronteira nos anos 90 e ainda hoje auxilia em importantes tarefas. “Quando eu fui pre- sidente, o clube vinha de uma parada de 20 anos em seus eventos sociais”, relembra. A parada que seu Eurico se refere aconteceu no período emqueoGrêmioFronteiraes- tava em processo de transição do Calçadão, onde hoje fica localizada a Galeria Fronteira, para o local atual, na avenida Quinze de Novembro. “Du- rante esse tempo não teve ne- nhum evento social no clube por causa das obras. Foram 20 anos sem baile de debutantes ou Confete e Serpentina”, detalha. Mas quando uma iniciati- va nasce para ser a estrela do carnaval, nem duas décadas podem apagar o seu brilho e alegria. Após ser apenas uma lembrança dos mais saudosis- tas, na metade da década de 90 o baile voltou a ser realizado anualmente e desde então, não parou de crescer e se consoli- dar em toda a região. duranteemdoisdias.Conforme Celso, o curso preliminar já capacita o adulto para traba- lhar como chefe de escoteiros, porém existem outros dois que devem ser feitos, o Básico e o Avançado. Em Araranguá, 60 crian- ças e adolescentes participam das atividades, coordenadas por 18 chefes adultos e se- gundo o diretor presidente do Escoteiro Ariringuá, Ricardo Assis Alves, existe uma fila de espera grande, no entanto é necessário que mais adultos voluntáriostrabalhemparaque as vagas possam aumentar. As atividades incluem acam- pamentos, excursões, contato com a natureza, ações sociais e espirituais. O Grupo Escoteiro Ariringuá funciona na rua Pro- cópioCaetano,número123,no Centrode,Araranguá.Contatos no email: ge-ariringuá@bol. com.br, na FanPage https:// www.facebook.com/grupoes- coteiroariringua/ ou no blog - www.geariringua.blogspot. com.br e foi reativado no ano de 2013. Em toda a região do sul catarinense, existem atual- mente 14 grupos escoteiros em funcionamento, conforme Celso, em 2011 existia apenas um. “Conseguimos reativar o escotimos nesta região do estado e todos os grupos pre- cisam de voluntários, estamos abertos à receber interessados, principalmente agora neste co- meço de ano, que recomeçam as atividades, mesmo aqueles que nunca tiveram contato e tenham vontade de participar, tanto na parte burocrática, quantonaaplicaçãodeativida- descomosjovens”,asseverou.
  4. 4. 4 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  5. 5. Prefeitos de pires na mão Marianoquervenderbensparapagarprecatórios Machadinhosatisfeito com ida à Brasília De Belmonte e São José dos Cedros a Praia Grande e São João do Sul. Prefeitos de toda Santa Catarina estiveram na semana pas- sada em Brasília para pedir recursos de emendas ao Orçamento da União. Dezenas deles, acompanhados de vice-prefeitos, vereadores e secretários, foram recebidos pelo senador Paulo Bauer, líder do PSDB no Senado. Não houve distinção de partidos: PSDB, PSD, PMDB, PP, PT, PR, DEM e PSB. Os trabalhos no Senado e a agenda nos ministérios fizeram com que o senador recebesse os prefeitos em pequenos grupos na sala da Liderança do PSDB. Mas, nem por isso, as conversas deixaram de ser produtivas e os pedidos deixaram de ser entregues.Aos prefeitos, Paulo Bauer sugeriu que busquem recursos nos programas do Governo Federal. São cerca de 12 mil que vão desde saúde até infraestru- tura, passando por educação e segurança. “É uma fonte importante para as prefeituras. O Governo Federal tem esses programas e os ministérios precisam receber projetos para viabilizá-losjuntoaosmunicípios.Seessaviabilizaçãonãoocorre,osrecursossãodevolvidosaoTesouronofimdoano”,explicouosenador. Segundo Paulo Bauer, os programas governamentais tendem a gerar mais recursos para as prefeituras do que as emendas parlamen- tares.Ao todo, cada senador ou deputado tem R$ 15 milhões para alocar em suas emendas. Em Santa Catarina existem 295 municípios e nenhum parlamentar consegue atender o estado inteiro. Os chefes dos executivos municipais estiveram em Brasília por causa do prazo de definição de emendas ao Orçamento que se en- cerrou na sexta-feira. Um projeto enviado pela administração municipal de Araranguá a Câmara de Vereadores, provocou polêmica na sessão desta segunda-feira. Atravésdoprojetodelei05/2017,oprefeitoMarianoMazzuccopedeautorizaçãoparavenderbensimóveisparapagarprecatórios. Amatéria foi discutida em plenário sem passar pelas comissões e a sessão foi interrompida para que os vereadores discutissem o assunto. A principal queixa dos vereadores é que o texto é bastante genérico e não especifica que bens serão vendidos. O vereador José Márcio Scarsanella, o Tubinho, pediu vistas e o projeto saiu da pauta, sem prazo para votacão. O vereador Alexandre Pereira se manifestou, solicitando que o projeto fosse devolvido ao Execu- tivo e voltasse reformado. Também antecipou que se voltar como está, ele vai votar contra, pois no seu entendimento o prefeito tem que solicitar permissão para cada imóvel que queira vender. Na sua opinião, aprovar o texto como está é dar um cheque em branco para o prefeito. Outros vereadores tiveram a mesma reação e o projeto saiu da pauta sem data para retornar. De volta a Balneário Gaivota, o prefeito em e x e r c í c i o Evânio Iris M a c h a d o contabilizou como muito positiva a ida até a capital federal. Macha- dinho visi- tou diversos gabinetes de deputados federais e se- nadores, acompanhado do secretário de Administração Jeferson Raupp, protocolando pedidos de emendas para os projetos do município. Na sua avaliação, algumas emendas tomaram mais força depois de defendidas pessoalmente. “Estamos bem confiantes quanto a ampliação da rede de abastecimento de água para a parte sul do balneário e também da reno- vação e ampliação da estação de tratamento, aumentando a capacidade de fornecimento de água para o Jardim Ultramar e bairros mais ao sul”, comentou. Outra obra que Machadinho e Jeferson enfatizaram foi a Avenida Beira Mar, parte norte. “O projeto do executivo é revitalizar a Beira Mar até a praia Janaina, fazendo em etapas. Na primeira o projeto alcança até o final da comunidade da Santa Fé” explicou Jeferson Raupp. G erir um projeto em meio a fartura é fácil, é possível até errar sem grandes danos, já em meio a uma crise econômica é preciso ter muito mais criatividade e coragem, duas qualidades que não faltam ao empresário sombriense Cristian Rosa. Cristian assumiu no primeiro dia de fevereiro a presidência do Shopping Prime, em São João do Sul, disposto a não se render a recessão que afeta o país. Ele lembra o quanto o setor da confecção é importante para a região, e por isso precisa ser protegido. “É um desafio grande e de responsabilidade, mas é também estimulante”, diz. De maneira geral, os centros de compras locais seguiram o cenário nacional e passaram a registrar queda nas vendas no segundo semestre de 2015, atravessando todo o ano de 2016 com números ruins. A situação no extremo-sul catarinense pode ter sido ainda mais afetada do que o restante do Brasil pela crise monumental que atingiu o Rio Grande do Sul. É do estado vizinho que vêm cerca de 80% dos clientes do Prime, e nos demais atacados da região a realidade é parecida. Inaugurado em 2013, com 46 lojas, o Prime conseguiu cres- cer graças a vários benefícios que oferece aos lojistas, e a uma política de busca pela inovação. É este caminho que Cristian começa a trilhar como presidente, em parceria com a diretoria. A gerente geral do shopping, Rosângela Barbosa, confirma que um novo projeto está sendo proposto aos lojistas, com grande chance de êxito. “Neste poucos dias em que assumiu, o Cristian já mostrou a que veio. Este projeto está em fase de pesquisa para implantação”, diz. Tanto ela quanto o empresário mantêm sigilo sobre esta nova ideia, que por enquanto ainda não foi totalmente implantada. Os dois estão animados, o que é excelente para todos, afinal, o Prime gera cerca de 400 empregos diretos. São centenas de famílias que dependem e torcem pelo aumento do sucesso do empreendimento. Se todas estas pessoas ganham, a região inteira ganha também. Jabson MullerJabson Muller Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 (48) 99955.5313 POLÍTICA jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br SanguenovonoShoppingPrime
  6. 6. 6 GeralJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 diretor@grupocorreiodosul.com.br Redação: editor@grupocorreiodosul.com.br Publicações legais: tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro financeiro@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Jacinto Machado Araranguá O s cerca de 250 idosos que fre- quentam o grupo da Terceira Idade em Jacinto Machado terão o primeiro encontro de 2017, nesta terça- -feira, no Centro de Convivên- cia, a partir das 14h. Emclimacarnavalesco,os senhoresesenhorasvãopartici- par de uma tarde diferenciada, No decorrer desta sema- na, policiais militares do Pe- com muita diversão e café, seguido pela tradicional dança. As atividades recomeçam com o apoiou do prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola. “O trabalho desenvolvido com a terceiraidadeémuitoimportan- te,poisintegraosparticipantes, melhorandoaqualidadedevida e a saúde de cada um”, aprova o prefeito. Após o período da quares- ma, em que as atividades são lotão de PatrulhamentoTático do 19º Batalhão realizaram mais uma instrução do calen- dário de atividades de 2017. restritas a jogos e conversas, os encontros retornam sema- nalmente. “É um momento de valorização do idoso, em que eles percebem que ainda são pessoas ativas, vivendo em so- ciedade. É também uma forma de valorização da autoestima, pois eles se socializam com outras pessoas que participam de programas como eles”, des- taca a secretária deAssistência Social, Noêmia Brognoli. Eles passaram por ativi- dades de resistência física na orla marítima com corrida na areia e no período seguinte, os sargentos instrutores do grupo, ministraram instrução de abordagem veicular com revista pessoal e busca no in- terior do veículo, uso de alge- mas, aproximação de veículos suspeitos e deslocamento com dispositivos de iluminação e sonoros em via urbana. O calendário de treina- mento do primeiro semestre está em vigor, e muitas ou- tras instruções ocorrerão até junho. Baile de carnaval é uma tradição do grupo, antes que comece a quaresma na quarta-feira Policiais treinaram abordagem a veículos e motoristas Retorno Idosos fazem baile de carnaval PPT segue rotina de treinos A Segurança Pública é uma prioridade. Os bandidos não terão paz aqui em Santa Catarina. Eles serão enfrentados. A opção do governo é pela sociedade, pela tranquilidade, pelo direito de ir e vir. Vice-governador Eduardo Moreira “ ” Reforço na Segurança Pública A Polícia Militar de Santa Catarina vai receber o reforço de 1.084 novos policiais. O treinamento dos praças começará em maio e na primei- ra quinzena de dezembro o grupo deve estar apto para começar a atuar na Segurança Pública. O anúncio foi feito ontem, em Florianópolis, pelo governador Raimundo Colombo, em solenidade que teve a participa- ção do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, dos secretários de Estado da Segurança Pública, César Grubba, da Fazenda, Antonio Gavazzoni, da Casa Civil, Nelson Serpa, e da Comunicação, João Debiasi. A decisão foi tomada durante a reunião do colegiado do governo, na semana passada, em Lages, e motivada, segundo Colombo, “pela compreensão do agravamento da situação social”. Essa percepção tem como base relatórios da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e da Agência Brasileira de Inteli- gência (ABIN) recebidos pelo governo do Estado. O novo contingente será distribuído com critérios técnicos definidos SSP, mas o próprio governador já apontou as regiões que mais preocupam atualmente: Criciúma, Chape- có, Joinville, Grande Florianópolis, Blumenau, Foz do Itajaí e áreas rurais de todo o território catarinense, que passarão a ser protegidas mais direta- mente pela Polícia Militar Ambiental. Além dos novos PMs, também serão chamados em breve os aprovados no concurso da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias. Além disso, o governador anunciou para o segundo semes- tre um concurso para o Corpo de Bombeiros Militares. Renovação A chamada dos 1.084 novos policiais militares é a maior feita de uma só vez na história de quase 182 anos da PMSC. Se todos ingressarem na corpora- ção, isso representará um custo de apro- ximadamente R$ 70 milhões por ano em salários. Nos dois períodos do governo Colombo, ingressaram quase 7 mil novos agentes de segurança, o que representa praticamente 50% do efetivo total. Reserva O impacto da chamada de tan- tos policiais será um tanto reduzido pela passagem de cerca de 400 para a reserva só em 2017. A média anual já chegou a 600 e a tendência, com a renovação da tropa, é que baixe para 180 por ano. Criminalidade O comandante geral da PMSC, Paulo Henrique Hemm, demons- trou em números a necessidade de mais policiais militares em ação no estado. Até o dia 10 de fevereiro foram atendidas 35 mil ocorrências, contra as menos de 32 mil atendidas no mesmo período de 2016. Comprometimento A incorporação dos novos agentes de segurança vai au- mentar o comprometimento da receita estadual, em queda, com a folha de paga- mento. O secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni, lembrou que deve chegar a 48% para um limite de 49% conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal. No entan- to, confirmada a recuperação da economia aguardada para o segundo semestre, o ín- dice deve cair para 46%. Demandas A duplicação da BR-282 - principal eixo para escoamento da pro- dução e ligação do Oeste ao Litoral -, o Festival de Inverno da Serra e as feiras itinerantes foram os principais temas do encontro de dirigentes lojistas da Serra, ontem, em Lages. O encontro, organizado pela Federação das CDLs (FCDL-SC), faz partedaagendaquejápassouporChapecó e Joaçaba, ambas na semana passada. Es- tão previstos 20 encontros durante o ano. Com o Sebrae todo mundo pode. Por Andréa Leonora redacao@peloestado.com.br 21/Fev/2017 Brinquedotecas Uma lei federal (nº 11.104/2005) obriga hospitais com atendimento pediátrico, e regime de internação, a te- rem brinquedotecas em suas dependências. Com base nisso, o deputado João Amin (PP) encaminhou Pedi- do de Informação à Secretaria de Estado da Casa Civil para saber se a lei está sendo cumprida em Santa Ca- tarina. Resultado: dos 101 hospitais com atendimento pediátrico no estado, somente 35 dispõem de brinque- dotecas. Para corrigir o problema, Amin já apresen- tou uma Indicação ao secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, sugerindo não só a instalação dos equipamentos voltados às crianças internadas, mas também a fiscalização so- bre o cumprimento da lei. “As brinquedotecas hospitalares têm a função de amenizar o sofrimento e o trauma que a hospitalização pode causar à criança. O período de internação, o distanciamento da família e os procedimentos invasi- vos podem prejudicar o desenvolvimento e recuperação das crianças”, defende. MiriamZomer/AgênciaAL
  7. 7. 7Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 Confira as informações: Desconto maior Carnê na Mão Sombrio A reclamação é diá- ria. Em uma ou em outra conversa nas ruasportodoopaísalguémfala: nosso problema nem é pagar imposto,masteroretornosobre oquepagamos.Poisépensando nisso que a prefeitura de Som- brio lançou esta semana uma campanha que mostra através de anúncios e reportagens as realizaçõesemobraseações,de tudo o que foi feito nos últimos anosnomunicípio,especialmen- te com o auxílio da população. “É inegável a evolução de nossomunicípioemtodososse- tores.Maisescolas,maisprofes- sores, mais ônibus escolares na educação. Mais remédios, mais exames, mais postos de saúde, mais médicos, mais dentistas, nasaúde;maisobrasnosbairros, mais investimento na agricul- tura, no esporte e na cultura. E tudo isso é possível com a ajuda do sombriense, que contribui, paga seu imposto em dia para que tenhamos condições de dar contrapartida sem cobrar a taxa decontribuiçãodemelhoriaque antigamente era cobrada”, ex- plica o prefeito Zênio Cardoso. PrefeiturafazcampanhapeloIPTU ‘Em Sombrio vale a pena pagar’, administração quer mostrar melhorias realizadas com ajuda do sombriense Deacordocomosecretário de Administração e Finanças José Sidnei Januário,o Zezé, o Imposto Predial e Territorial Urbano é o imposto que mais retorna aos cofres públicos, sem necessidade de interferência de terceiros.“OIPTUfica100%na cidadeequantomaiscontribuin- tescolaborarem,realizaremseus pagamentos dentro dos prazos, mais a cidade tem condições de investir em si própria, ainda mais em tempos de crise como osquevivemosemtodoopaís”, lembra. Responsávelpelasfinanças e por todos os cálculos diários, semanais, mensais e anuais da prefeitura,Zezésalientatambém que governos estaduais e muni- cipais por todo o país enfrentam crises tão grandes que chegam a ter que parcelar salários de servidores. “Nãoéonossocaso.Eaíse o cidadão pensa que é só pagar simplesmente o funcionário público, pode esquecer que é o médico, a enfermeira, o gari, o maquinista que pilota os trato- res, enfim, quem faz o serviço essencial do dia a dia para a cidadefuncionar.Amanutenção damáquinapública,dasescolas, dascrechesedospostosdesaúde dependedessacolaboraçãoeem Sombrio, graças a Deus, nos úl- timos anos tem crescido porque o cidadão sabe que em nossa cidade vale investir”, enfatiza. Para o contribuinte que pagar a vista seu IPTU em 2017 a prefeitura lançou um desconto maior que o de 2016. Ao invés dos 10% de anos anteriores, o desconto agora é de 20% para quem quitar até dia 13 de março e pode ser parcelado em seis vezes no valor total. Manifestações via redes sociais especialmente tem sido feitas também reclamando do valor mais alto, este ano, do IPTU. Segundo a prefeitura, a justificativa para o reajuste está no próprio carnê. Na parte de trásdodocumentooproprietário que recebe o imposto tem o va- lor venal do seu imóvel, que foi recalculado pela administração municipal. “Aindanãoéovalorexato, masparaocidadãoterumabase, basta ele imaginar quanto vale seu imóvel e calcular quanto deveriaserovalorrealdoIPTU. Região Jovens organizam retiros de carnaval As festas de carnaval se aproximam e, enquanto isso, milhares de jovens católicos da regiãosemobilizamparapassar os dias com o coração voltado para Deus. Na Diocese de Criciúma, serão realizados oito retirosnascidadesdeCriciúma, Içara, Sombrio, Nova Veneza, Jacinto Machado e Treviso. A maioria dedicará quatro dias a espiritualidade, sendo que dois retirosterãocomopúblico-alvo também os adultos. Para o bispo diocesano, Dom Jacinto Inácio Flach, há sete anos a frente da Igreja em Criciúma,osretirosdecarnaval são uma verdadeira bênção. “Desde que cheguei à Diocese, percebiquehaviaestainiciativa em fazer esses retiros, numa época em que tantos jovens se perdem através de coisas que destroem a vida e o futuro deles.Nóstemosaalegriadeter tantos jovens se reunindo para brincar, para se divertir, mas, sobretudo, com Deus em seu meio”, ressalta Dom Jacinto. Todos os anos, o bispo faz questão de marcar presença junto aos jovens, que também recebem o apoio de padres, re- ligiosos, religiosas e lideranças duranteosdiasdeoração.“Nós sempre participamos para que realmente seja algo da Igreja. Os retiros são uma opção que devesermuitoapoiada,primei- ro pela Igreja, depois por todas as famílias que têm a alegria de enviá-los nessa época tão perigosa da vida. Agradeço às famílias que trabalham e que colaboram,permitindoqueseus filhos participem. Agradeço a Deus por todo o esforço das pessoasquefazemessesretiros acontecerem, cujas bênçãos e resultados a gente vê acontecer nos encontros”, disse o bispo. Retiro Vinde e Vede Centro de Eventos José Ijair Conti – Santa Bárbara, Cri- ciúma Tema: “Meu espírito exulta de Prefeitura está divulgando obras que foram realizadas com apoio de recursos do IPTU alegria” (Lc 1,47) Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores: Luciana Neves, Gilmar Mazinho e pregadores da Diocese de Criciúma Participações: Padre Elinton Costa (Comunidade Bethânia) e DJ Léo Guimarães (Projeto ElectroCristo) Animação: Ministério de Mú- sica Bem-Aventurados Programação: durante o retiro haverá confissões, pregações, oração, adoração, dança, tea- tro, evangelizashow e missas. Retiro de Oração por Cura e Libertação Comunidade Santa Rita de Cássia Tema: “Meu espírito exulta de alegria” (Lc 1,47) Data: 25 e 26 de fevereiro Pregadores: Padres João Luiz Lemos, Marcos Rech e Antô- nio Vander, Luciana Neves, GilmarMazinhoeLuizCarlos Animação: Ministério de Mú- sica Shekiná Programação: haverá mo- mentos especiais de Nossa Senhora, orações por cura e libertação, adoração a Je- sus, pregações, testemunhos e missas. Retiro Alegra-te Salão Paroquial da Igreja Ma- triz Santo Antônio de Pádua – Sombrio Tema: “Meu espírito exulta de alegria” (Lc 1,47) Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores: Caio, Darlan, Diego, Beatriz e Padre Gilson Pereira Animação: Ministério Anjo Amigo/ Show com Amados do Eterno Retiro Anuncia-me Palácio das Águas – Nova Veneza Tema: “Somos cidadãos dos céus” (Fp 3,20) Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores: grupo de jovens, seminaristas, padres e psicó- logos Animação: Ministério de Mú- sica Proclamando a Glória Programação: recreação, pre- gações, orações, palestras e missas. Retiro Obra Nova Cedup Abílio Paulo – Univer- sitário, Criciúma Tema: “O Espírito do Senhor descerá sobre ti” Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores: Padre Elinton Costa e Jhonys, Luciana Ne- ves, Padre Gabriel Dalmolin, Salésio Lima e Gilmar Ma- zinho Animação:MinistériodeLou- vor e Adoração Vida e San- tidade Programação: pregações, ora- ção do terço, cinema, show de talentos, adoração ao Santís- simo, teatro, evangeliza show e missas. Reajo - Retiro Acampamento de Jovens SítioTrombim – NovaVeneza Tema: “Vivendo a Paz do Senhor aos olhos de São Fran- cisco” Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores:SálesioLima,Bár- bara Mastella, Richar Abreu, Ivone, Túlio e Cristiano Animação: Grupo Semente Programação: confissões, pa- lestras, trabalhos em grupos, gincana, evangeliza-show, show de valores e missa. Retiro AILOF Engenho Velho, Jacinto Ma- chado Data: 25 a 28 de fevereiro Pregadores: Padres Helder Benedet,Jonas Velho,Alírio Leandro, Imã Erenita, Daniel, Tayse, André e Cida Animação: Ministério de Mú- sica Resgate Programação: pregações, oração do terço, confissões, adoração, noite de talentos, piquenique, banho de lama/ cachoeira, luau e missas. Retiro da Legião de Maria Guanabara, Treviso Data: 24 a 28 de fevereiro Pregadores e animação: le- gionários Programação:oração, canto, palestras e missa. Nos aproximamos mais disso, masoobjetivoparaospróximos anos é fazer a visita casa a casa e verificar o exato valor, pro- movendo assim a justiça fiscal, tanto para quem tem imóveis maioresemaisbemlocalizados, quanto para quem tem imóveis menores e mais distantes. Um exemplo é que quem mora nos bairrospodeestarpagandomais doquequemmoranoCentro.E a justiça sobre estes valores es- tamoscomeçandoapromover”, finaliza Zezé.
  8. 8. L ouzada teme pela segu- rança de Carol e vai até a pousada com Ana. Lo- retta tenta seduzir Mesquita. César resgata as gravações que Carol fez de suas con- fissões, mas não percebe quando um dos pendrives cai. Sinhá divulga a história do passado de Tanaka nas redes sociais. Lenita conta sobre sua filha paraAlice. Sinhá se enfurece ao ver na TV o depoimento de Mocinha em apoio aTanaka. César ateia fogo ao quarto de Carol, mas Louzada salva a advogada. EntretenimentoEntretenimentoNovelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas D iana tem um ataque de raiva e Gordo aconse- lha a filha a esquecer Gui. Diana garante ao pai que vai se livrar de Júlia. Nanda planeja um encontro casual com Gordo. Gui diz a Júlia que a ama. Roberto avisa a Nicolau que ele está com pneumonia. Gui conta a Eva a história de Júlia. Diana pensa em usar o que sabe sobre Lorena para derrubar Júlia. Léo segue os conselhos de Lázaro sobre como se portar na reunião com Diana e Gordo. T ião prende Magnólia em um quarto e pas- sa a noite com Aline. Helô apoia a viagem de Pedro a Luanda. Tiago se desentende com Felipe e Letícia o deixa sozinho no restaurante. Misael sente ciúmes de Flávia com Elio. Ruty Raquel sai novamente com Jáder. Gledson recla- ma de seu encontro com Wesley. Letícia discute com Tiago por causa de Marina. Magnólia expulsa Aline da casa de Tião. Sol Nascente -18h A Lei do Amor -21h Rock Story -19h Rapidinhas Áries 21/03 a 20/04 21/04 a 20/05 21/05 a 20/06 21/06 a 20/07 21/07 a 20/08 21/08 a 20/09 21/09 a 20/10 21/10 a 20/11 21/11 a 20/12 21/12 a 20/01 21/01 a 20/02 21/02 a 20/03 Leão HoróscopoHoróscopo Sagitário Gêmeos Libra Aquário Touro Mostrará um sentimento mais impulsivo devido à atividade intensa em Vênus. Tomar a iniciativa deve ser uma grande prioridade para você. Aja com coragem mesmo que ás vezes pareça que tudo vai mal. Algumas de suas ideias de realizações serão frustradas. Urano irá prejudicar a forma com que você vem tentando fazer as coisas. Porém não desista, persista na sua busca por uma vida melhor. Será difícil para você. Amudança pode ser a palavra chave para o seu dia, todos devemos procurar melhorar. Porém para esta constelação Mercúrio favorecerá neste aspecto de mutação. Evite agir de forma contraditória tenha coerência. Não sentirá muitas mudanças, apresentará de forma simples uma personalidade um pouco mais sobre afetuosidade. A Lua será responsá- vel por esta personalidade mais afetiva. Pode sentir um pouco de melancolia. O egoísmo estará mais visível no dia de hoje, terá uma forte influência de Mercúrio. É neces- sário que demonstre que acima de tudo você é uma pessoa leal. Será uma tarefa difícil para você que tem uma personalidade tão forte. Terá um dia mais tranquilo e com leveza, a coerência estará presente nas suas opiniões. O elemento terra será afirmativo para o seu sentido prático e organizado. Procure executar mais o seu lado da praticidade. Será um dia equilibrado e mais tranquilo, Sa- turno ajudará nesta questão. Apenas algumas questões que estavam mal resolvidas podem vir lhe incomodar um pouco. Use sua diplomacia para resolver estas intempéries. Ficará um pouco desconfiado em relação algu- mas pessoas que já teve problemas. Seu pro- blema com revanches pode ser agravado com a atividade de Vênus. É bom que utilize o bom senso para usar seu processo transformador. Não terá o mesmo bom humor que você vinha carregando. Mercúrio fará com que você fique um pouco mais irresponsável. Deve agir com mais sinceridade e responsabilidade com as tarefas que você precisar executar. O seu realismo irá ajudar você conseguir passar por cima de alguns problemas. Realizará algu- mas ideias que te deixarão com orgulho. Marte auxiliará nessa sua caminhada. Não sucumba ao pessimismo e a ganância. Agirá com mais independência e livre de algu- mas atividades imprevisíveis. Saturno deixará você com um espírito mais simpático e tolerante. Essa energia deve ser preservada, tente ativi- dades em grupo também. O elemento água ajudará você a ter um espírito mais romântico e carinhoso. Vênus também contribuirá para que você possa se aproximar de algumas pessoas. É muito importante que você não deixe levar por algumas conquistas. Virgem Capricórnio Câncer Escorpião Peixes A a t r i z Paolla Olivei- ra emprestou toda sua bele- za e boa forma para riscar a passarela da grife Pernam- bucanas para a p r e s e n t a r coleção de outono-inver- no 2017. Com pernas de fora, ela esbanjou simpatia du- rante o evento que acoteceu nesta segun- da-feira, 20, na tradicional Rua Augusta em São Paulo. Desde que começou a reinar na Unidos da Tijuca, há cinco anos, JulianaAlves, de 34, ouvia vez por outra que aquele seria seu último ano à frente da bateria da escola. O tempo passou, ela permaneceu e aprendeu a rir de tudo isso. Na verdade, a atriz está cada vez mais à vontade no posto. Está mais ousada nos looks, sem deixar de ser elegante, está em ótima forma e incremen- ta cada vez mais seu samba com alguns passos de dança. Passos que também ensaiou durante a sessão de fotos do ensaio de carnaval do EGO, “Amenina dança”, em que transformamos rainhas em bailarinas e dançarinas do samba. Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  9. 9. TÂNIA DUARTE Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 48 3533.0762 Carnaval Vintage O evento com promoção da Eve’Som vai acontecer em uma única noite, sábado ( 25) , no To- cadero Beach Pub, no Morro Dos Conventos.A noite será embala- da pelas antigas marchinhas e sambas que ficaram na história, mas terá o tempero de outros gêneros em ritmo do tradicional carnaval. Para sacudir o público, além de DJ Vintage, teremos a banda A TURMA DO VINIL, nome plagiado da famosa mar- chinha “A turma do funil”, com músicos experientes e que parti- ciparam dos antigos carnavais.A festa tem início programado para as 23 horas e se você quiser pode até colocar aquela fantasia pra entrar no clima. Informações: (48) 9 9985-0988 Confete e Serpentina Começou a contagem regressiva para o maior carnaval de salão do Vale doAraranguá. O Confete e Serpentina do Grêmio Frontei- ra ocorre na próxima sexta (24), no salão nobre Valmor Pacheco a partir das 22h. Com o tema Carnaval Neon, a edição deste ano contará com diversas atra- ções, como a banda Scorpions e Top Bannda, além da nova pista de funk house, que contará com o estilo musical dos DJs Bela- da, Jack e Rafa Punk.Confira o preço do terceiro lote: Pista: R$ 45,00 / Sócios free; Open Bar: R$ 130,00 / Sócios: R$ 90,00; Camarote para 20 pessoas, com combo de bebidas, frutas e salgados: R$ 1.500,00. Onde comprar: Araranguá: Secretaria do clube e Marbon; Arroio do Silva: Drogaria Marista; Sombrio: Matricc ou pelo site minhaentra- da.com.br. tania@grupocorreiodosul.com.br facebook.com/tania.duartecoelho SocialSocial O tenente-coronel Dimitri comemorou seu aniversário com os amigos do 19º Batalhão de Polícia Militar. Dupla comemoração em família no último domingo em Fort Lauderdale nos Estados Unidos: aniversário da Giselle Estevam Thackrey e batizado do pequeno Jack, filho dela com Derek Thackrey. Os avós corujas Everaldo Ferreira e Lana Goulart e o titio/dindo Fabiano Ferreira não poderiam faltar. Parabéns, linda família! As gêmeas Larissa e Rafaela comemoraram os seus 8 anos no último fim de semana... na foto com a irmã Tamila e a mãe Mari Leila, família linda. Parabéns! A aniversariante de hoje Danusa Gar- cia , da Redin Bloo . Parabéns!!! No último sábado (18) quem soprou velas foi o Teco Silvério, na foto com a esposa Alissandra Paga- nini e os filhos. Parabéns!!!
  10. 10. 10 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  11. 11. 11Geral Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 Obra na Rocinha Timbé do Sul C apacitar, sensibi- lizar e oportuni- zar espaços para a troca de experiências com os colaboradores das obras de implantação e pavimentação da BR-285, no trecho da Serra da Rocinha. Estes são alguns dos objetivos do Programa de Educação Ambiental desen- volvido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por meio da Gestão Ambiental (STE S.A.), durante a execução do empreendimento. Na semana passada, no canteiro de obras do con- Dnit incentiva operários a ter responsabilidade ambiental sórcio que executa o Lote 2, em Timbé do Sul, a equipe dialogoucomostrabalhadores e promoveu uma dinâmica participativa visando o enga- jamento do público com as propostas apresentadas. Na palestra da educadora ambiental Ciane Fochesatto constavam dados como a localização da rodovia, os be- nefícios do empreendimento, as etapas do licenciamento ambientaleinformaçõessobre os 24 Programas Ambientais realizados simultaneamen- te às obras. Ela ressaltou que os colaboradores são os principais agentes de trans- formação da paisagem e que, por isso, devem atuar com responsabilidade para que os impactos negativos sejam minimizados. “Trabalhamos em um local privilegiado em relação aos recursos naturais. É fundamental que vocês se apropriem do motivo de cada regra ou cuidado previsto para que, ao longo deste processo deconstrução,nãofiquemras- tros desnecessários no meio ambiente”, explicou. Após a apresentação, o público foi convidado a refletir sobre o papel de cada colaborador na busca de uma efetiva qualidade ambiental das obras. Os participantes receberamumafolhaembran- co para escrever ou desenhar a sua sugestão. Surgiram da dinâmica ações para reduzir a geração de resíduos, cuidados com a poluição, atenção com as plantas e os animais, entre outras. Ciane destacou que as informações coletadas subsi- diarão a confecção coletiva da cartilha do trabalhador, um manual que irá materializar o comprometimento do grupo com as temáticas propostas. Araranguá Sine capacita servidores Ronda Policial -Jáestavaescurecendonanoitedesábado,quandooCorpodeBombeirosdePassodeTorresfoiacionado para atender uma ocorrência na rodovia SC 290, próximo a comunidade da Cohab, em Praia Grande. Segundo os bombeiros, uma mulher tinha sido retirada da água por populares e estava recebendo atendi- mentodeguardavidasquetrabalhamatrêsquilômetrosdolocalondeelaseafogou.Quandoosbombeiros chegaram a mulher estava deitada, recebeu atendimento e foi conduzida ao hospital Nossa Senhora de Fátima de Praia Grande. - Na madrugada de segunda-feira, por volta das 3h25min, uma guarnição da Polícia Militar deAraranguá em rondas realizou a abordagem de duas mulheres que estavam em um bar no bairro MatoAlto. Durante revista pessoal, os policiais militares localizaram duas porções de cocaína com elas. -Na estrada geral do bairro São Luiz, emTurvo,houve mais um acidente envolvendo moto na região. Um veículo Celta de cor cinza e placas IDH 1944 e uma moto Broz 150 de cor vermelha e placa MLY 403 colidiram pouco depois do meio-dia. Os bombeiros foram acionados e ao chegar encontraram a condutora da motocicleta, Luciana Florentino Gomes, de 26 anos, caída e recebendo auxílio de populares. Ela estava consciente, com sinais vitais normais,escoriações nas pernas e suspeita de traumatismo no pé esquerdo. Luciana foi conduzida ao hospital de Turvo. - No início da tarde de segunda-feira, a Polícia Militar de Sombrio recuperou um veículo com registo de furto. O Fiat Uno de cor azul e placas ICT 5644 de Praia Grande tinha sido furtado no último final de semana em uma baile no bairro Januária,em Simbrio. Ocarrofoiabandonadonomesmobairroeficoudoisdiasestacionadoemfrenteaumaresidência,causando estranheza entre a vizinhança, que acionou a Polícia Militar. EstemodeloantigodeFiatoferecefacilidadedeligarcomváriostiposdechave,nestecaso,foiligadocom uma chave de residência que ainda estava no veículo quando encontrado. -Nanoitedesábado,porvoltadas22h15min,umaguarniçãodaPolíciaMilitardeAraranguáfoiacionada via Central de Operações da Polícia Militar (COPOM - 190), para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairroAlto Feliz. Nolocal,avítimarelatouaospoliciaismilitaresqueseuex-companheiroveiovisitarseufilhoequedisseque ficariaporhorárioindeterminado,equeaopedirqueelefosseembora,acabousendoameaçadaeagredida. Diantedosfatos,ospoliciaismilitaresconstataramofato,deramvozdeprisãoaohomemeoencaminharam à Central de Polícia. Os servidores do Sistema Nacional de Emprego (Sine) da região sul do estado se- rão capacitados nesta terça e quarta-feira, em Araranguá, no Centro de Treinamento da Epagri das 8h às 18h. Esta é a últimaetapadotreinamentodos funcionários do Sine em Santa Catarina, que também incluiu os pólos de Chapecó e do Vale do Itajaí. Cento e vinte funcionários dos postos de execução direta do estado receberam infor- mações sobre a importância da qualidade no atendimento, análise de informações do mercado de trabalho, interme- diação de mão de obra, seguro desempregoeempregadorweb. “Acapacitaçãoémuitopositiva porque os funcionários podem compartilhar o aprendizado e trocar informações ”, destaca o Diretor de Trabalho, Emprego eRendadaSecretariadeEstado daAssistênciaSocial,Trabalho eHabitação(SST),ThiagoJosé Chaves. O secretário de Estado de Assistência Social, Trabalho Trabalhadores foram incentivados a escrever ou desenhar sugestões para as obras e Habitação, Valmir Comin, explica que a medida adotada serve para preparar melhor quem atende a população, com o objetivo de combater o desemprego. Para o segundo semestre deste ano está previsto um grandeencontrodecapacitação emqueosservidoresdospostos conveniados também partici- pam. A Secretaria promoveu a capacitação por meio da Di- retoria de Trabalho e Emprego a capacitação dos atendentes e gestores de políticas públicas deTrabalho,EmpregoeRenda.
  12. 12. 12 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  13. 13. 13Segurança Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 Inquérito Gislaine Fontoura Araranguá Origem E m dezembro do ano passado, a Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), deflagrou a operação Castelo de Cartas, que iden- tificou o crime de lavagem de dinheiro praticado por or- ganização criminosa especia- lizada na exploração de jogo do bicho na região Sul do Estado. Na última semana o inquérito policial, referente à investigação da primeira fase da operação, foi remetido ao Poder Judiciário e acabou por indiciar o maior banqueiro do jogo do bicho da região sul, além de mais 21 pessoas pelos crimesdelavagemdedinheiro, organizaçãocriminosaeacon- travenção penal de exploração do jogo do bicho. Outras duas pessoas ainda foram indiciadas pelo crime de tráfico de influência e também se constatou possível caixa dois de campanha eleitoral em Araranguá, após quatro cheques de vereador eleito serem encontrados em poder debicheiro.Aoperaçãoquefoi realizada em dezembro totali- zou uma apreensão de mais de Golpe duro no jogo do bicho R$ 127 mil em dinheiro, além do sequestro de 22 veículos e 29 imóveis, que correspondem a mais de R$ 6 milhões. A ação foi coordenada pela Deic de Florianópolis e contou com apoio do Ministé- rio Público de Araranguá e de delegacias de polícia de vários municípios de Santa Catarina, entre elas, a 1ª DP de Araran- guá, na época coordenada pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa, que participou, junto com o promotor Márcio Gai Veiga e policiais da Deic, de uma coletiva de imprensa, em Florianópolis, logo no início das investigações. O inquérito policial tem 15 volumes, com 4.900 folhas e será analisado pelo promotor Márcio, que apesar de não se encontrar mais emAraranguá, acompanhou toda a investiga- ção. Conforme a assessoria do promotor, por ser um inquérito bastante volumoso, a análise do Ministério Público deve demorar para ser concluída. Também foi solicitado pela Deic, o envio de cópias do inquérito para o Ministério Público Federal por conta de possível lobby e eventuais crimes correlatos por parte dos grandes banqueiros do jogo do bichodoBrasilparaaprovação de projeto de lei que legaliza os jogos de azar no Congres- so Nacional conforme seus interesses. As investigações inicia- ram há pouco mais de um ano, depoisdedenúnciaanônimade que contraventores atuavam em Araranguá, com a facili- tação de servidores públicos. Durante as investigações foi comprovado que a rede se espalhouporoutrascincocida- des do Estado. Em dezembro de2016,depossedemandados debuscaeapreensão,deprisão e de conduções coercitivas emitidos pela Comarca de Araranguá, diligências foram realizadas em Araranguá e Balneário Arroio do Silva, além de Balneário Rincão, Tubarão, Criciúma e Gravatal. De acordo com informações do delegado Lucas Rosa, que participou da operação, das seis prisões temporárias, duas aconteceram em Araranguá. Ainda em Araranguá, uma terceira pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, durante dili- gência em uma das casas com mandado de busca, esta pes- soa, um homem, pagou fiança e foi liberado, os nomes dos presos não foram divulgados. Sombrio Gislaine Fontoura Araranguá Homemdágolpedocarroquebrado MãedesacataPMeédetidacomfilho No último mês e no início de fevereiro, várias empre- sas, residências e comércios de Sombrioforamvisitadosporum homemquecontasempreames- ma história. Restaurantes, lojas, casas de família e até o Jornal CorreiodoSulforamprocurados pelo morador da cidade, que chegachamandoaspessoaspelo nome,demonstrandointimidade Na madrugada desta se- gunda-feira, a Polícia Militar foi acionada, pois três homens, em um Ford Fiesta, de cor pre- ta, teriam efetuado disparos de arma de fogo, em frente a uma casa noturna, localizada no bairro Mato Alto, às margens da BR-101, antigo traçado. Posteriormente, por volta de 3h30min, o veículo foi visto pelos militares em frente à mesma casa noturna, que cons- tava na denúncia. Em buscas, e pedindo o valor de R$30,00. Segundo os abordados, a forma dosujeitoagirémuitosemelhan- te, ele diz que seu carro quebrou emumlocalpróximooualgodo gênero e que por isso necessita deR$30,00parapagaroguincho ouoconsertodoveículo.Segun- do relato de algumas pessoas abordadas, o golpista age em diferenteshorários,tantodurante o dia quanto na madrugada. Quando alguém se recusa foi encontrada pela PM, uma espingarda, calibre .32 carre- gada com uma munição dentro do banheiro da casa noturna, já no veículo, foi encontrada uma munição de calibre .32. As chaves do carro estavam no bolso de um homem de 32 anos e abordado o suspeito, os policiais contataram que mais dois adolescentes, de 16 e 17 anos, estavam com ele. Durante a abordagem dos policiais, a mãe do homem de 26 anos, chegou no local per- turbando, iniciando uma série de insultos, xingamentos aos Delegados e promotor concederam entrevista coletiva para falar do esquema criminoso a dar a ajuda, o homem não faz nenhuma ameaça ou qualquer tipo de coação, simplesmente viraascostasevaiemboratentar a sorte em outro lugar. Segundoinformações,mais de dez pessoas foram abordadas por ele em Sombrio de janeiro até agora. A maioria não pres- tou queixa na delegacia nem acionou a Polícia Militar, por tratar-se apenas de um pedido de dinheiro. policiais militares, não obe- decendo a ordem de cessar as ofensas,caracterizandodesaca- to. Ao ser dada voz de prisão, a mulher resistiu, sendo neces- sária a imobilização da mesma e o uso de algemas. Contra o adolescente de 17 anos, havia um mandado de apreensão ativo em seu desfavor. O homem de 26 anos, sua mãe e os dois adolescentes foram encaminhados à Central de Polícia de Araranguá, bem como a arma e as munições, onde os procedimentos cabí- veis foram tomados. ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE SÃO JOÃO DO SUL FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 005/2017 PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2017 REGISTRO DE PREÇOS Objeto: Registro de preços para futura e eventual contratação de empresa(s) para fornecimento materiais ambulatoriais e odontológicos para uso na Unidade Central de saúde e ESF’s do município de São João do Sul/SC, conforme demanda, obedecidos as especificações mínimas constantes no Termo de Referência, bem como, as demais condições, constantes do Edital e demais Anexos. Entrega: Parcelada. Tipo de julgamento: menor preço por item. Regime Legal: Lei nº 10.520/2002; Lei nº 8.666/1993 e suas alterações; Lei Complementar nº 123/2006; demais legislações aplicáveis à espécie; bem como pelas disposições fixadas no Edital e seus anexos. Entrega dos Envelopes e Abertura: Os envelopes deverão ser entregues até as 09h00 min do dia 10 de março de 2017, com inicio do credenciamento e abertura marcada para as 14h00min do dia 13 de março de 2017. Edital e maiores informações na Prefeitura Municipal de São João do Sul, sito à Av. Nereu Ramos, 50, Centro de São João do Sul-SC. No Horário das 13h00min as 19h00min de segunda a sexta ou pelo tel. (48) 3539-0113. São João do Sul-SC, 20 de fevereiro de 2017. Rejane Elibio Borba Secretária Municipal de Saúde ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DO SUL AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 010/2017 PREGÃO PRESENCIAL Nº 010/2017 SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Objeto: Registro de preços para futura e eventual contratação de empresa para o fornecimento O presente procedimento licitatório tem por objetivo registrar preços p/ futura(s) e eventual(is) fornecimento(s) de materiais de expediente para diversas Secretarias desta Municipalidade, bem como materiais de expediente para as escolas da rede municipal de ensino fundamental e infantil e materiais escolares para uso em sala de aula e distribuição gratuita aos alunos da rede municipal de ensino, conforme demanda, obedecidos as especificações mínimas constantes no Termo de Referência, bem como, as demais condições, constantes do Edital e demais Anexos. Base Legal: Lei Federal 10.520, de 17 julho de 2002, Decreto Municipal n° 151, de 12 de Novembro de 2013, Lei complementar n° 123 de 14 de dezembro de 2016, Lei 8.078 de 11 de novembro de 1990 e subsidiariamente Lei 8666 de 21 de junho de 1993. Os envelopes deverão ser entregues até às 08h30min do dia 08 de março de 2017, com inicio do credenciamento e abertura marcada para as 14h00min do dia 10 de março de 2017. Edital e maiores informações na Prefeitura Municipal de São João do Sul, sito à Av. Nereu Ramos, nº 50, Centro de São João do Sul - SC. No Horário das 13h00min as 19h00min de segunda a sexta ou pelo tel. (48) 3539-0113. São João do Sul-SC, 17 de fevereiro de 2017. Moacir Francisco Teixeira Prefeito Municipal
  14. 14. 14 PublicidadeJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  15. 15. 15Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  16. 16. 16 Publicações LegaisJornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE JACINTO MACHADO Edital de Chamada Pública n° 01/2017 O Município de Jacinto Machado torna público que fará realizar chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural destinado ao atendimento do Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE, durante o ano de 2017, com entrega do envelope contendo documentação de habilitação e projeto de venda, até as 08h30min do dia 14/03/2017. Cópia deste edital e demais esclarecimentos poderão ser obtidos no Departamento de Compras e Licitações da Prefeitura Municipal de Jacinto Machado, sito a Rua Pool Jorge Zacca, 75 – Centro, Fone (48) 3535-1468, no horário das 07h30min as 11h30min e das 13h as 17h, de segunda a sexta-feira, ou no site do município www.jacintomachado.sc.gov.br . João Batista Mezzari Prefeito Municipal EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. ...............................................................................APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 155252; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/02/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155210; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155201; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569267 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/10/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155187; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569267 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155185; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2530512 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 10/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 47,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155239; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/01/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155180; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2569267;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:11/08/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155223; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2569268;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:11/12/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155175; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2569267;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:11/07/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155171; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2569267;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:11/06/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155169; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2530528;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:10/06/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 45,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155166; Devedor(es):ANGELSON DASILVAFORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEISEELETRODOMESTICOS; Tit:SGI_2548006;Apr:DBS.ACOMERCIODEMOVEISEELETRODOMEST;VEN:24/05/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 32,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155269; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155285; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155301; Devedor(es): ANGELSON DA SILVA FORTES - 096.014.339-45, End: Rua Marcilio Elias da Cunha, 89, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2569268 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 11/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 123,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155417; Devedor(es): EDER PORTO FERMIANO - 069.534.999-66, End: Rua Blumenau, S/N, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LITORAL SUL COMERCIO DE VIDROS LTDA ME; Sac: LITORAL SUL COMERCIO DE VIDROS LTDAME; Tit: 5595 ;Apr: FCDL; VEN: 07/10/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 824,10 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 87,89. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 20,74 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 87,89. Prot: 155025; Devedor(es): EDINA PRISCILA PAIM - 004.683.950-08, End: Estrada Geral Rio Novo, 01, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 64285111 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 28/01/2016; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 327,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 95,59. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 28,44 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 95,59. Prot: 155018; Devedor(es): EDINA PRISCILA PAIM - 004.683.950-08, End: Estrada Geral Rio Novo, 01, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 64285106 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 28/08/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 327,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 95,59. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 28,44 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 95,59. Prot: 155020; Devedor(es): EDINA PRISCILA PAIM - 004.683.950-08, End: Estrada Geral Rio Novo, 01, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 64285107 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 28/09/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 327,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 95,59. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 28,44 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 95,59. Prot: 155009; Devedor(es): EDINA PRISCILA PAIM - 004.683.950-08, End: Estrada Geral Rio Novo, 01, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 64285103 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 28/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 327,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 95,59. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 50,65 - Condução R$ 28,44 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 95,59. Prot: 155280; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 66500108 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 05/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 144,90 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155178; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2667690 ;Apr: DB S.ACOMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 04/08/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 74,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155293; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2667691 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 04/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 74,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155295; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 66500109 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 05/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 144,90 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155184; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 66500101 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 05/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 144,90 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155310; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2667691 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 04/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 74,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155313; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: 66500110 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 05/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 144,90 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58.Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Prot: 155229; Devedor(es): EDIPO BUENO TEIXEIRA - 023.319.300-66, End: Rua Emanuel Wurffel, 01, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; Sac: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMESTICOS; Tit: SGI_2667691 ; Apr: DB S.A COMERCIO DE MOVEIS E ELETRODOMEST; VEN: 04/01/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 74,50 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 56,58. Apontamento R$ 16,50 - Selo R$ 1,85 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 33,00 - Condução R$ 7,08 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 56,58. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 21/02/2017. Sombrio - SC, 21/02/2017 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  17. 17. 17Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  18. 18. Data marcada para inaugurar o Batatão Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017 Sombrio Balneário Gaivota “Oeventofoimuitobemor- ganizadoefoiumgrandedesafio para mim e o Samir vencer nos- sos professores no futevôlei que sãooOctávioeRegina,parabéns a todos”, foram as palavras do atleta Luan, que ao lado do par- ceiro Samir, ambos da cidade de Osório/RS, venceram a 9ª Taça Edmundo Coelho Luchina de Futevôlei de Balneário Gaivota. Acompetiçãorealizadapela Mattric Sports e com o apoio da Prefeitura e DME, contou com a participação de 16 duplas e se desenrolou com grandes duelos durante todo o domingo, 19, na arena da TerceiraAvenida. A dupla Octávio e Regina, também de Osório, ficou em segundo lugar e Rafa e Gabriel de Criciúma, na terceira coloca- ção. O jogador de futevôlei de Sombrio, Gabriel, que faz parte da AFUTS, também elogiou a organização do certame. “Contamos com grandes atletasdeváriascidadesdaregião e do RS, só temos a elogiar a organização”,disse.Odiretorde Esportes de Balneário Gaivota, Cleiton Rios Burin, a vereadora Cida Scheffer e o prefeito em exercício, Evânio Iris Macha- do, participaram da entrega da premiação. O estádio que ago- ra já tem nome, Vagner Viana Ferreira, e apelido, Batata, ou Batatão, já que no futebol se coloca o nome dos campos no aumentativo, demorou a sair do papel. Vinte anos, é mais ou menos a conta que faz aAssociaçãoAtlética São Luiz que, antes mesmo de ser montada, já brigava por um espaço esportivo num dos bairros mais populosos de Sombrio. Commuitasequipessem- pre atuando nas competições esportivas do município, seja de categorias de base ou na categorialivre,etambémcom projeto de escolinha munici- pal, que antes de ter estádio novo funcionava em campo particular, a necessidade de um campo era muito grande. Outro objetivo dos atletas do bairro é o de montar um time de veterano, para jogar nas tardes de sábado. O pedido era antigo, al- gumas vezes obras chega- ram a iniciar, mas nunca foi realizado nada oficial e nem entregue campo aos despor- tistas. Em 2015, o prefeito, em Reunião com a AA São Luiz garantiu a execução do projeto, conquistou área nova, atrás da escola Nilza Matos Pereira, o Caic, e deu início aos trabalhos, que se encerram no dia 12 de Março de 2017 com a inauguração de um amplo e completo complexo esportivo, agora à disposição de escolinhas, projetos e equipes do Bairro. A inauguração terá uma partida amistosa entre Ami- gos do Batata e Amigos do Jefinho, além de um jogo entreasescolinhasmunicipais do Guarani e da São Luiz. O homenageado Vagner Viana Ferreira, o Batata, nasceu em 10 de 06 de 1980, em Gravataí, mas foi em Sombrio que viveu praticamente toda sua vida. Criado no Bairro São Luiz, Batata, como era conhecido entre amigos e familiares, jamais deixou sua comuni- dade, nem para morar, nem em eventos culturais, festas da Igreja Católica local, e ja- mais deixou de representa-la fazendo o que mais gostava: jogar futebol. FilhodeGustavoFerreira (in memorian) e Elzi Viana Ferreira, irmão de Cristina Viana Ferreira, Fernando Viana Ferreira e MuriloViana Ferreira, Batata sempre foi muito família e perdeu o pai cedo, vitima de câncer. Casou-se com Suziquete Nazário Eufrázio, em 15 de Novembro de 2003, com teve a filha Nathali, que no tempo que teve com seu pai sempre contou fortemente com sua presença. Batata faleceu em 7 de Março de 2011, deixando muita saudade a todos. Os amigos fizeram ques- tão, desde que o projeto do estádio foi iniciado, de colo- car seu nome como forma de homenagem por tudo que fez pelo futebol da comunidade. 15-17-23-76-78CONCURSO 4.316 QUINA 20/02 01-02-03-04-05 06-07-10-12-15 17-18-21-22-23 CONCURSO 1.477 LOTO FÁCIL 20/02 Duplas levam títulos do futevôlei para Osório
  19. 19. 19Publicidade Jornal Correio do Sul Terça-Feira, 21 de Fevereiro de 2017
  20. 20. TERÇA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2017

×