Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
Licenciatura em Engenharia Agro – Pecuária

Carbúnculo Hemático e
Carbúnculo Sintomático
Disciplina: Unidade biológica ani...
O Carbúnculo Hemático é causada
pelo Bacillus anthracis, uma bactéria
gram-positiva, encapsulada, imóvel e
com tendência d...
Etiopatogenia
•

•

•
•

O modo mais comum de infecção
natural é pela via oral os esporos
podem ser ingeridos através de
p...
Sintomatologia
• Carbúnculo hemático nos animais:

• Carbúnculo Hemático no homem:

• Esta enfermidade é
conhecida como mo...
Carbúnculo Sintomático nos animais:
•

•

•
•
•
•
•

Afecta principalmente a musculatura estriada
(coração). Lesões nas ma...
Diagnóstico Carbúnculo
sintomático

Diagnóstico Carbúnculo
hemático
• Na maioria das vezes a observação
dos sinais clínico...
Prevenção
•
•
•
•

imunização dos animais sensíveis;
destruição das carcaças de animais mortos;
durante a tosquia, evitar ...
Conclusões finais
O carbúnculo no presente e no futuro é uma das doenças mais
importantes e que maior problemas causa ás e...
Em termos gerais, para combater todas as doenças
animais o caminho mais importante é sistema de
prevenção (como por exempl...
Referencias Bibliográficas
 http://www.infoescola.com/doencas/carbunculo-hematico/
 http://www.infoescola.com/medicina-v...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.

Únidade Biológica Animal (UBA)
Escola Superior Agrária de Coimbra.
Licenciatura em Engenharia Agro - Pecúaria.
__________@x__________.

  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.

  1. 1. Licenciatura em Engenharia Agro – Pecuária Carbúnculo Hemático e Carbúnculo Sintomático Disciplina: Unidade biológica animal Docente: Fernando Delgado Trabalho realizado por: Alarindo Salvador 20120160 David Marques 20120130 Marco Santos 20120167 Coimbra 12/13
  2. 2. O Carbúnculo Hemático é causada pelo Bacillus anthracis, uma bactéria gram-positiva, encapsulada, imóvel e com tendência de formação de esporos. Etiologia Os esporos podem se espalhar através de água de rios, insectos, animais selvagens e aves. Podem estar presentes em pastagens o que é muito preocupante. O carbúnculo sintomático, provoca uma inflamação clostridial dos músculos esqueléticos, é causado pelo Clostridium chaouvei, uma bactéria gram- positiva em forma de bastonete e produtora de esporos. A bactéria é altamente resistente às mudanças ambientais e desinfectantes, persistindo no solo por muitos anos.
  3. 3. Etiopatogenia • • • • O modo mais comum de infecção natural é pela via oral os esporos podem ser ingeridos através de pastos contaminados, através de água contaminada, ou em rações que tem na composição produtos de origem animais contaminado. O carbúnculo pode entrar no corpo humano através dos intestinos, pulmões (inalação) ou pele, sendo que esta doença não é contagiosa. A infecção dá-se quase sempre através dos esporos e não pela forma activa. Normalmente o período de incubação da bactéria é de algumas horas a 7 dias.
  4. 4. Sintomatologia • Carbúnculo hemático nos animais: • Carbúnculo Hemático no homem: • Esta enfermidade é conhecida como moléstia febril, aparecendo sintomas de depressão, debilidade, escorrimentos hemorrágicos em diferentes orifícios do corpo e presença de tumefações subcutâneas edematosas. • Por vezes os sintomas podem passar despercebidos(não há tempo de o animal os exibir) • Infecção Pulmonar – problemas respiratórios graves. • Infecção gastrointestinalVómitos sanguíneos e diarreia • Infecção cutânea – Formação de um ponto negro que ganha grande exuberância.
  5. 5. Carbúnculo Sintomático nos animais: • • • • • • • Afecta principalmente a musculatura estriada (coração). Lesões nas massas musculares germinação dos esporos em lesões que possam existir na massa muscular. 1º sintoma é uma manqueira. Há perda de apetite, febre alta, cólicas, respiração acelerada, apatia, dispneia e os característicos tumores crepitantes (tumefações gasosas), quentes e dolorosas. Aumento de volume da massa muscular com crepitação no local, intenso edema gelatinoso avermelhado em torno da lesão. A musculatura afectada é negra, seca, porosa e friável. O fígado, coração, e rins estão pálidos. Quando o animal está á beira da morte, apresenta tremores musculares.
  6. 6. Diagnóstico Carbúnculo sintomático Diagnóstico Carbúnculo hemático • Na maioria das vezes a observação dos sinais clínicos não chega a acontecer. • Necropsia em função da morte rápida. • A rápida decomposição da carcaça, • “rigor mortis” ausente ou incompleto. • derrames de sangue não coagulado pelas aberturas naturais e edemas generalizados. • PCR (Reacção da Polimerase em Cadeia), • esfregação sanguíneo ou de órgãos e músculos lesionados • imunofluorescência directa. • O “rigor mortis” nestes animais é bastante precoce e entra rapidamente em putrefacção Nota: Nos casos superagudos são encontradas poucas lesões características o que dificulta o diagnóstico, por esse motivo a colheita de material deve ser realizada de preferência por uma pessoa habilitada.
  7. 7. Prevenção • • • • imunização dos animais sensíveis; destruição das carcaças de animais mortos; durante a tosquia, evitar os cortes; vacinação sistemática dos animais; Outras medidas: • Notificação de qualquer caso às autoridades sanitárias mais próximas; • Isolamento dos pastos contaminados; • Desinfecção energética ou queima dos objectos e utensílios contaminados; • Tratamento dos animais doentes com doses adequadas de soro anti - carbunculoso; • Drenagem e saneamento das áreas pantanosas. Tratamento • Uso de antibióticos (ex.: penicilina, tetraciclina, eritromicina ou cloranfenicol) Excell 10 vacina para prevenção do carbúnculo sintomático Nota: Devido á morte rápida dos animais sem apresentação dos sinais clínicos impede a realização de tratamentos curativos.
  8. 8. Conclusões finais O carbúnculo no presente e no futuro é uma das doenças mais importantes e que maior problemas causa ás espécies pecuárias. • O Bacillus anthracis é como que o terrorista em caso de existir bioterrorismo esta bactéria seria a grande “bomba atómica”, ao provocar a morte sem sequer usar a sua forma activa É necessário que haja prevenção da doença para reduzir a enfermidade e para reduzir possíveis perdas a nível económico e social
  9. 9. Em termos gerais, para combater todas as doenças animais o caminho mais importante é sistema de prevenção (como por exemplo: vacinação, saneamento, bem estar animal, etc…). Um bom criador deve saber: “PREVENTION IS BETTER THAN CURE”
  10. 10. Referencias Bibliográficas  http://www.infoescola.com/doencas/carbunculo-hematico/  http://www.infoescola.com/medicina-veterinaria/carbunculo-sintomatico/5  http://www.vetmed.vt.edu/education/curriculum/vm8054/Labs/Lab10/CASES/BLACKLE G/CHAUVOEI%20COMPOSITE.jpg  http://ocw.tufts.edu/data/6/207367/207373_xlarge.jpg  http://www.webrural.com.br/webrural/artigos/pecuariacorte/sanidade/carbunculoh_a rquivos/image007.jpg  http://coral.ufsm.br/lpv/aulas/claudio/ptg1001muscular_arquivos/slide0035_image010 .jpg  http://www.webrural.com.br/webrural/artigos/pecuariacorte/sanidade/carbunculoh_a rquivos/image004.jpg  http://4.bp.blogspot.com/-Lp9B5i5tX-8/TeVHR5tFhI/AAAAAAAAAJ8/nz7qO6eVkpE/s1600/manqueira+%25283%2529.jpg  http://api.ning.com/files/Nm3Pgdyn9zHrIymXs9Kh97EWkys*HjG1A9QgI8IMF6UUcfRTE9qSNlhcvdBlaqkphHyWseBKbrLiJ4YOdyjB9Et9cRQdtcB/Ima gem019.jpg  http://eyepathologist.com/images/KL16847.jpgttp://www.vetboi.com.br/produtos/Exc ell_10_20DS_100ML_detp.png  www3.fmvz.usp.br:8080/index.../Carbunculo%20Hemático%20(1).pd

×