Hino de Belford Roxo
Velho brejo, Velho Brejo!
Onde o sol sempre nasceu sorrindo
Como invejo a tua gente
Essa gente tão so...
Hino de Itaguaí - RJ
Itaguaí,
antigamente era chamado,
o município abandonado.
Hoje ele surge,
imponente, rico e belo como...
Hino de Nilópolis
Povo Nilopolitano
Povo forte, varonil,
És um marco de esperança
Nesse imenso chão-Brasil
És um povo hosp...
Hino de Paracambi - RJ
Dentro da Pátria maior,
há um pedaço melhor
que outras terras não têm...
Este recanto adorado
é o m...
Quero chorar do amor que te sinto
Ao ver teu brasão acendendo.
Hino de Seropédica – RJ
Nas planícies e nos vales
Nas agulh...
Hinos da baixada
Hinos da baixada
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Hinos da baixada

858 Aufrufe

Veröffentlicht am

Veröffentlicht in: Bildung
0 Kommentare
0 Gefällt mir
Statistik
Notizen
  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Keine Downloads
Aufrufe
Aufrufe insgesamt
858
Auf SlideShare
0
Aus Einbettungen
0
Anzahl an Einbettungen
2
Aktionen
Geteilt
0
Downloads
2
Kommentare
0
Gefällt mir
0
Einbettungen 0
Keine Einbettungen

Keine Notizen für die Folie

Hinos da baixada

  1. 1. Hino de Belford Roxo Velho brejo, Velho Brejo! Onde o sol sempre nasceu sorrindo Como invejo a tua gente Essa gente tão sofrida, tão valente. Essa gente que progride Que trabalha, que estuda Essa gente que decide O que é bom para o lugar Que é calada e não muda. Na luta, não se divide Belford Roxo em sua arte Sou parte da tua parte Sou vida da tua vida. A canoa dos baixios De teus rios de outros cais Terra boa de outras eras Primavera, laranjais. Teu destino, tua história Na memória dos avós Faz o hino que te oferta Céu aberto sobre nós. Hino de Caxias Sobre a história da Pátria, ó Caxias, Quando a guerra troveja minaz, O esplendor do teu gládio irradias, Como um íris de glória e de paz. Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil. Foste o alferes, que guiando, na frente, O novel pavilhão nacional, Só no Deus dos exércitos crente, Coroaste-o de louro imortal! Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil. De vitória em vitória, traçaste Essa grande odisséia, que vai Das revoltas que aqui dominaste, Às jornadas do atroz Paraguai. Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil. Do teu gládio sem par, forte e brando, O arco de ouro da paz se forjou, Que as províncias do Império estreitando À unidade da Pátria salvou. Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil. Em teu nome ó Caxias, se encerra Todo ideal do Brasil militar: Uma espada tão brava na guerra, Que fecunda na paz a brilhar! Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil. Tu, que foste, qual fiel condestável, Do dever e da lei o campeão Sê o indígete sacro o inviolável, Que hoje inspire e proteja a Nação! Salve, Duque Glorioso e sagrado Ó Caxias invicto e gentil! Salve, flor de estadista e soldado! Salve, herói militar do Brasil.
  2. 2. Hino de Itaguaí - RJ Itaguaí, antigamente era chamado, o município abandonado. Hoje ele surge, imponente, rico e belo como é. Salve as belezas, Salve as riquezas, da terra de Tefé. Itaguaí, berço de nomes históricos. Itaguaí, terra de homens heróicos. O seu clíma faz viver seu céu de anil. Tudo isso quer dizer, Brasil!Brasil! Hino de Japeri Avante cidadão japeriense A vitória conquistou Com a luta e o suor da nossa gente. Mostraremos seu amor. Para defender o patrimônio nacional Em nossa terra trabalhamos com fervor E garantindo a liberdade com harmonia. Construindo com a alegria do seu povo sonhador. Avante cidadão japeriense Já mostrou que és capaz Agora seu futuro é ir em frente E crescer bem mais bem mais. És uma célula do Rio de Janeiro Seu coração bate pelo Brasil inteiro. Avante cidadão japeriense Vai mostrar a nossa gente o seu valor. Hino de Magé Mageenses escutai, a voz que sai do coração Ao nosso canto atentai, que eleva o nosso torrão Nossa terra é querida, tem heróis e tradições É ela que dá garrida e amor, e glória aos corações Magé linda Magé Terra de tradição Magé linda Magé Terra do coração A serra se eleva e mostra o Dedo de Deus O mar reflete o lindo céu de anil Seus filhos abençoados pelo senhor Tecem os mais lindos cantos de amor A Magé e ao Brasil Hino de Mesquita No ressoar de uma feliz memória O coração pulsa forte e avista Passado unido ao futuro na historia A estampar os sinais de conquistas As chaminés das tuas olarias Apontam o sol a trazer novos dias. Terra que um dia foi caminho do ouro No Estado do Rio também registrado Como o Engenho da Cachoeira Marcando o brilho de um tempo novo Que ali já nascia indicando que havia uma força sobremaneira. Mesquita, nasce em setembro a tua primavera que floresce a esperança Mesquita, na marcha do tempo bela aurora prá ti sempre avança. Dos jacutingas guerreiros a herança de carregar a bravura tenaz Um refrigério foste pros tropeiros que descansavam em teus mananciais E desfrutavam em teu tenro seio puros momentos de sonhos e paz Em tuas serras um verde esperança De um povo que sempre espera Ir colhendo frutos doces de muitas mudanças Lembrando o doce dos canaviais E o destaque ao exportar indo além das fronteiras Com a colheita dos teus laranjais. Mesquita, nasce em setembro a tua primavera que floresce a esperança Mesquita, na marcha do tempo bela aurora prá ti sempre avança. Celeiro abrigo de muitos artistas que a arte de te exaltar sopre forte Um eterno ar que dê cidadania A uma gente que sempre se importe Com um chão fértil e por quem nele habita Cantando as glórias e tuas conquistas Tu és cidade de um belo passado Estrada de ferro, olarias, laranjas e indústrias nunca sairão Da mente onde estarão ilustrados O esforço, o suor, a determinação das pessoas da raiz do teu chão.
  3. 3. Hino de Nilópolis Povo Nilopolitano Povo forte, varonil, És um marco de esperança Nesse imenso chão-Brasil És um povo hospitaleiro Tua história assim o diz Tens progresso, és hordeiro, És um povo feliz. Povo Nilopolitano Tu és vencedor És um povo valoroso, forte, Cheio de vigor. Tão pequeno, tão gigante, Tua história assim o diz. Vai à luta, segue avante, Serve ao teu país. Desde os tempos mais antigos Já lutamos por vencer As correntes, os limites Que impediam o teu crescer, Mas um dia ouviu-se o brado: Liberdade aqui chegou! O ideal por ti sonhado se realizou. Povo Nilopolitano Tu és vencedor És um povo valoroso, forte, Cheio de vigor. Tão pequeno, tão gigante, Tua história assim o diz. Vai à luta, segue avante, Serve ao teu país. És celeiro de artistas, Lutas pela educação. Tens os olhos no futuro, Pois integras a nação. Tu caminhas, altaneira, Vislumbrando o porvir Da família brasileira Que começa em ti. Povo Nilopolitano Tu és vencedor És um povo valoroso, forte, Cheio de vigor. Tão pequeno, tão gigante, Tua história assim o diz. Vai à luta, segue avante, Serve ao teu país. Hino de Nova Iguaçu Nova Iguaçu! Terra linda e encantadora, Desde os tempos de outrora, Dos meus velhos ancestrais. Tens uma história, Cheia de belezas mil, O encanto Fluminense, É o orgulho do Brasil. A Maxambomba! Dos engenhos do passado, Nova Iguaçu! Dos dourados laranjais. Hoje feliz, Com teu rico alvorecer, Com teu progresso e beleza, Fiz consulta a natureza, És grande desde o nascer!
  4. 4. Hino de Paracambi - RJ Dentro da Pátria maior, há um pedaço melhor que outras terras não têm... Este recanto adorado é o manto sagrado que queremos bem... Onde o amor fez morada e a luz da alvorada viu nosso nascer. É este solo bendito que eu amo, que eu grito de tanto querer... É minha terra natal Todo amor fraternal Paracambi... Há progresso e fé. Há trabalho e paz tudo em meu Paracambi... Tenho orgulho e amor, tudo sou capaz pela terra em que nasci... Rios e montes, cascatas e o verde das matas em seu derredor... Povo que acorda bem cedo, lutando sem medo por algo melhor... E sob a luz das estrelas, que só sabe vê-las quem fala de amor... Toda a cidade adormece, na luz de uma prece que sobe ao Senhor. Terra em nela nasci não existe outra igual Paracambi... Hino de Queimados – RJ Num passado mui remoto Na freguesia de Marapicu Iniciamos nossa história No município de Iguaçu Nosso nome tem história De escravos, leprosos, imperador Não importa sua origem hoje tem o seu valor! Queimadenses, eia avante! Prossigamos sem temer Nossa história é de lutas Mas com Deus vamos vencer! Do escravo ao imigrante Da fazenda ao loteamento Freguesia a Distrito Hoje cidade livre como o vento Superemos as barreiras E lutemos por um ideal Ver feliz a nossa gente Triunfantes afinal! Hino de São João de Meriti Desejando, a lei, conceber o progresso De ver o Sol, renascendo maior, Fez ir ao berço da mãe gentil São João transformado em cidade. Do passado é memória na história presente Para tecer um futuro melhor. Continuamente, nosso dever É guiá-lo crescendo e avante. São João de Meriti é o nome da terra que louvamos! O povo meritiense com áureos lauréis honramos! Se tiver que partir eu irei onde a vida decidir! Mas em meu coração levarei a bandeira de Meriti! Sobre o chão dos "Tamoios" virou "Freguesias", Nas sesmarias de "Iguaçu", A produzir finas iguarias Levadas nas águas do rio. Tal labor construiu sobre tua presença Templos à pura e exata razão Enaltecendo a doce emoção De quem ama, trabalha e pensa. Que teu céu guarde o voo da sã liberdade E que teu solo a permita correr. Fartas virtudes possam chover Sobre nossa querida cidade, Pois ao imaginar não haver mais saída, Quando a luz do final se apagar,
  5. 5. Quero chorar do amor que te sinto Ao ver teu brasão acendendo. Hino de Seropédica – RJ Nas planícies e nos vales Nas agulhas do tear Foi surgindo a nossa história Como um fuso a girar Um casulo gigantesco Neste solo do Brasil Vai tecendo o progresso Com orgulho varonil Estribilho Vencer, vencer, desenvolver No esplendor dessa nação Seropédica à Glória De uma nova geração Seropédica à Glória De uma nova união Sobre campos verdejantes A ciência vem buscar Apurar conhecimentos da cultura milenar. Solo fértil hospitaleiro Com o povo a trabalhar vislumbrando o sucesso Com o futuro a conquistar Estribilho Vencer, vencer, desenvolver No esplendor dessa nação Seropédica à Glória De uma nova geração Seropédica à Glória De uma nova união Nasce um sol do novo tempo De raríssimo fulgor Traz a chama da certeza De um mundo promissor Não há terra mais formosa Nem de braço acolhedor Entre toda és mais bela Porque Deus te abençoou Vencer, vencer, desenvolver No esplendor dessa nação Seropédica à Glória De uma nova geração Seropédica à Glória De uma nova união! Hino de Guapimirim - RJ Canta a brisa na Mata Atlântica, Gorjeios de sons varonis. Fonte pequena de imensa beleza, Brilhando no sol de Guapimirim. Canta em nossa alma, esperança Surpresas de emoções gentis. No Dedo-de-Deus, arco íris Iluminando esse nosso Brasil! Estribilho Somos bravos, somos fortes E jamais seremos fracos Nos braços do vento norte. (2x) Raios e trovões abalam E o destino cristão Fundando casas de honrosa ação Na alegria de nos salvar. Corre água em cachoeiras Lírios e os manguezais E o dito que é popular: - Quem bebe água de Guapi saudoso voltará! (Porque...) Estribilho Somos bravos, somos fortes E jamais seremos fracos Nos braços do vento norte. (2x) Doura nuvens, a lua cheia Sob as estrelas, o amor E pelos campos, nossos cantadores Trovando a vida de Guapimirim. Na lembrança, tribos remotas Guerreiros plenos de furor Sedentos de humanos desejos De luta e glória por Guapimirim. Estribilho Somos bravos, somos fortes E jamais seremos fracos Nos braços do vento norte. (2x)

×