Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
IX SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL
24 a 26 de junho de 2015
CAFÉ CONILON
MELHORAMENTO GENÉTICO DE CAFÉ CONILON:
Romário Gava Ferrão
Eng. Agr., D.Sc Genética Melhoramento de Plantas, Pesquisador I...
Coffea canephora: porque optamos pelo Conilon?
• Adaptação para clima quente e tem tolerância a seca;
• Elevado potencial ...
Total do número de pés de café
Robusta/Conilon/estado/município
69 mil sacas
164 mil sacas
1,55 milhões de
sacas
• 86 mil ...
O CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO
Arábica
Conilon
12,8 milhões
sacas
8,5 milhões Km2
0,5% Brasil
9,9
milhões
Sacas
2,9
milhões
sacas
Cafeicultura de Conilon de 20 Anos atrás
2015 : Atual cafeiculturas de conilon no ES
PESQUISA CIENTÍFICA CAFÉ
CONILON : 1985
Produtividade, qualidade e sustentabilidade
SEDE Vitória/ES
• 59 ANOS
• 30 ANOS DE PESQUISA CAFÉ CONILON.
• 20 ANOS DE PESQUISA CAFÉ ARÁBICA
MELHORAMENTO
GENÉTICO DE CAFÉ
CONILON
PESQUISA CIENTÍFICA APLICADA
RESPOSTA
/Tecnologia,
Conhecimento
PROBLEMA/
DÚVIDA
MÉTODO
CIENTÍFICO
•10 Projetos de pesquisa.
•+ 2000 materiais genéticos.
•70 experimentos.
•10 Jardins clonais.
•6 laboratórios.
•10 pesquis...
 Desenvolver cultivares com alta produtividade, ampla adaptação e estabilidade de
produção, com características agronômic...
VARIABILIDADE GENÉTICA DO CAFÉ CONILON
TOLERÂNCIA A SECA E COCHONILHA DA ROSETA
Fonte: Ferrão et al, 2007
2000
clones
Variabilidade
Fazenda Experimental de Marilândia /Incaper
30 experimentos/ações
Fazenda Experimental de Sooretama/Incaper
15 experimentos/ações
Fazenda Experimental de Bananal do Norte/Incaper
25 experimento/ações
Produtividade
Adaptabilidade
Estabilidade
Produção
<Bienualidade
Uniformidade
MaturaçãoResistências a
pragas e doenças
Tol...
Cultivares
Registradas/Protegidas de
café conilon no Brasil
*, **
*, **
*
*
*, **
*
*
*
*
• * Registrada
• ** Protegida
 1985 Início do Programa de Melhoramento Incaper: 8,0 Sacas/ha.
 1993 Lançamento das ‘Emcapa 8111’, ‘Emcapa 8121’ e ‘Emc...
COMO FORAM DESENVOLVIDAS ?
ESTRATÉGIAS DE MELHORAMETNO ASSEXUADO
(Clonal – Propagação vegetativa)
301 dias (julho)284 dias (junho)243 dias (maio)
Protegidas
• 84,0 Sacas/ha sem irrigação
• 120 Sacas/ha com irrigação.
• A...
LANÇAMENTO FEBN/INCAPER
13/06/2013
MUDAS AOS PRODUTORES
CAMINHO PARA CONHECER
AS TECNOLOGIAS
UNIDADE DEMONSTRATIVA
116,0 sacas/ha
Campos de multiplicações de clones de variedades geneticamente superiores
Jardins Clonais de Café Conilon
220 Jardins Clon...
JARDIM CLONAL: DIAMANTE, JEQUITIBÁ E CENTENÁRIA - COOABRIEL
Março 2013
Jardins Clonais
Diamante, Jequitibá e
Centenária.
• LANÇAMENTO: 2013
• 212 mil estacas.
• 45 municípios.
• 166 Jardins clo...
CULTIVAR ‘DIAMANTE ES 8112’
20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
CULTIVAR ‘ES 8122’ - JEQUITIBÁ
20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
CULTIVAR ‘CENTENÁRIA ES 8132’
20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
INDENTIFICAÇÃO E CLONAGEM DE GENÓTIPOS DE CONILON
SUPERIORES PARA O PROGRAMA DE MELHORAMENTO INCAPER
Seleção Recorrente
Fazenda Experimental de Marilândia
• Três populações com diferentes épocas de
maturações;
• Início dos ...
SELEÇÃO RECORRENTE: POPULAÇÃO
TARDIA
Recombinação e 11 progenitores tardios: 1019 FMI
FAZENDA EXPERIMENTAL MARILÂNDIA, ES
Tratamentos Progenitores FMI
N Final de
Plantas/FMI
1 Clone 139 FMI-1 51
2 Clone 76/1 FMI-2 50
3 Clone 76/2 FMI-3 118
4 C...
Ganhos de Seleção em população Tardia
Seleção Recorrente
Variável GSe(%) GSd(%) GSed(%)
Média
predita
Média
Original
Peso ...
SELEÇÃO RECORRENTE:
POPULAÇÃO PRECOCE
Recombinação e 11 progenitores Tardios tardios:
1019 FMI
FAZENDA EXPERIMENTAL MARILÂ...
SELEÇÃO RECORRENTE EM POPULAÇÃO PRECOCE
Objetivos
a) Avaliar o desempenho “per se” e de combinações híbridas;
b) Estimar a...
Progenitor 10Biênio CGC 20Biênio CGC 30Biênio CGC AC CGCAC
CL02 (1) 12,54 -1,18 57,78 6,19 19,34 -5,68 89,66 -0,66
CL 03 1...
Aditivo Mulamba e Mock Multiplicativo
Ordem Família Ganho Ordem Família Ganho Ordem Família Ganho
1 4 2,6 1 6 I 32,4 1 4 2...
Grupos Genótipos
(2)
I 15 30 75 60 47 62 77 32 45 13 2 17 28 7
II 11 43 58 73 26 88 41 56 71
III 46 61 76 31 14 29 1
IV 63...
Cruzamentos dialélicos: + 80 híbridos superiores.
Fazenda Experimental Marilância/Incaper: 500 clones
• Os melhores híbrid...
PROGRAMA MELHORAMENTO EMBRAPA RONDÔNIA
Fazenda Experimental de Ouro Preto.
EMBRAPA RONDÔNIA – 2012
•15 clones superiores
•70 sacas/há
• Moderada Resistência ferrugem
• Alto vigor vegetativo.
BRS OU...
Viveiro clonal para produção BRS Ouro Preto
BRS OURO PRETO
Fonte: Dalazen, J, Emater RO.
-4
-3
-2
-1
0
1
2
-1.5 -1 -0.5 0 0.5 1 1.5 2
Congolense
Conilon
Guineano
Hibridos
Conilon: Base Genética Estreita.
Fonte: ...
MECANIZAÇÃO DA COLHEITA NO CONILON
78
EXPERIMENTOS: AVALIAÇÃO DE CLONES PARA COLHEITA MECÂNICA
AVALIAÇÃO DE CLONES PARA COLHEITA MECÂNICA
Propriedade do Sr. Jésus Lubiana, São Mateus: plantio – Outubro 2012
Associação de café com outras culturas
SUCESSO CAFEICULTURA: Uso Tecnologias
RENOVAÇÃO COM CULTIVARES MELHORADAS
CULTIVARES MELHORADAS:
12 MESES
Sr. Bento Ventorim: São Domingos do Norte, ES
CULTIVARES MELHORADAS:
12 MESES
LAVOURA RENOVADAS COM CULTIVARES MELHORADAS:
36 meses: + 100 Sacas por hectares
CULTIVARES MELHORADAS:
36 meses: + 120 Sacas por hectares
CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’
24 meses: + 100 Sacas por hectares
CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’
24 meses: + 100 Sacas por hectares
CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’ – COLHEITA MECÂNICA
48 meses: + 140 Sacas por hectares
TECNOLOGIAS
Qualidade
SUSTENTABILIDADE
PRODUTIVIDADE
Gestão
Empreendedorismos
Capacitação
SUSTENTABILIDADE
Tecnologias
CONILON: uma das cafeiculturas mais
competitiva do mundo
BALANÇO SOCIAL DO
INCAPER 2013
•Cultivares melhoradas
•27,4%:R$ 299,0 milhões
Evolução da produção de café conilon no ES
2.4
9,9
INCREMENTO DE CERCA DE 300% PRODUTIVIDADE
CAMINHOS FUTUROS
• NOVAS CULTIVARES
• Seca.
• Ferrugem
• Colheita mecânica.
• Altitudes mais
elevadas.
• Associação com
ár...
Categoria: Resultados para a sociedade
Projeto: Melhoramento Genético Sustentável
do Café Conilon
Instituto Capixaba Pesqu...
SOLENIDADE DE ENTREGA DO PRÊMIO
INOVES/2014
AGRADECIMENTO
OBRIGADO !
Contatos:
Email romario@incaper.es.gov.br
Tel. 27 3636 9812
Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão
Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão
Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão

Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão

  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Palestra ix simpósio pesquisa cafeeira, Melhoramento genético café conilon - Romario Ferrão

  1. 1. IX SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL 24 a 26 de junho de 2015 CAFÉ CONILON
  2. 2. MELHORAMENTO GENÉTICO DE CAFÉ CONILON: Romário Gava Ferrão Eng. Agr., D.Sc Genética Melhoramento de Plantas, Pesquisador Incaper
  3. 3. Coffea canephora: porque optamos pelo Conilon? • Adaptação para clima quente e tem tolerância a seca; • Elevado potencial produtivo; • Alógama 100% fecundação cruzada: grande variabilidade genética para diferentes características, inclusive para qualidade de bebida; • Facilidade propagação vegetativa: ganhos mais rápidos em Programa de Melhoramento Genético. • 78% área apta ao cultivo do ES com + 350 mm déficit hídrico anual; • 40 % demanda mundial de café. 55 milhões de sacas/ano – Demanda crescente.
  4. 4. Total do número de pés de café Robusta/Conilon/estado/município 69 mil sacas 164 mil sacas 1,55 milhões de sacas • 86 mil ha • 17,00 saca/ha 1,04 milhões de sacas 9,95 milhões sacas • 283 mil ha • 35,00 sacas/ha Cafeicultura em produção do conilon no Brasil: 2014 Área: 441 mil ha Parque: 941 milhões de pés Produtividade: 29,54 sacas/ha Produção: 13 milhões sacas 297 mil sacas
  5. 5. O CAFÉ NO ESPÍRITO SANTO Arábica Conilon 12,8 milhões sacas 8,5 milhões Km2 0,5% Brasil 9,9 milhões Sacas 2,9 milhões sacas
  6. 6. Cafeicultura de Conilon de 20 Anos atrás
  7. 7. 2015 : Atual cafeiculturas de conilon no ES
  8. 8. PESQUISA CIENTÍFICA CAFÉ CONILON : 1985 Produtividade, qualidade e sustentabilidade
  9. 9. SEDE Vitória/ES • 59 ANOS • 30 ANOS DE PESQUISA CAFÉ CONILON. • 20 ANOS DE PESQUISA CAFÉ ARÁBICA
  10. 10. MELHORAMENTO GENÉTICO DE CAFÉ CONILON
  11. 11. PESQUISA CIENTÍFICA APLICADA RESPOSTA /Tecnologia, Conhecimento PROBLEMA/ DÚVIDA MÉTODO CIENTÍFICO
  12. 12. •10 Projetos de pesquisa. •+ 2000 materiais genéticos. •70 experimentos. •10 Jardins clonais. •6 laboratórios. •10 pesquisadores, PESQUISA CAMPO
  13. 13.  Desenvolver cultivares com alta produtividade, ampla adaptação e estabilidade de produção, com características agronômicas desejadas e, com qualidade superior de bebida, para atender da melhor forma aos produtores, a indústria e aos consumidores.  Disponibilizar materiais genéticos das cultivares aos viveiristas para implantação de jardins clonais e campos de produção de sementes, visando atender com mudas a renovação de lavouras com cultivares superiores.  Promover o aumento da produtividade e melhoria da qualidade do café conilon capixaba de forma sustentável.  Manter e caracterizar materiais genéticos em Banco Ativo de Germoplasma.  Ampliar a base do conhecimento em Genética e Melhoramento para o Café Conilon. Principais objetivos do Programa de Melhoramento Genético de Café Conilon
  14. 14. VARIABILIDADE GENÉTICA DO CAFÉ CONILON TOLERÂNCIA A SECA E COCHONILHA DA ROSETA
  15. 15. Fonte: Ferrão et al, 2007 2000 clones Variabilidade
  16. 16. Fazenda Experimental de Marilândia /Incaper 30 experimentos/ações
  17. 17. Fazenda Experimental de Sooretama/Incaper 15 experimentos/ações
  18. 18. Fazenda Experimental de Bananal do Norte/Incaper 25 experimento/ações
  19. 19. Produtividade Adaptabilidade Estabilidade Produção <Bienualidade Uniformidade MaturaçãoResistências a pragas e doenças Tolerância Seca Grãos Grandes Rendimento Beneficiamento Qualidade Viveiro Arquitetura Principais características avaliadas no Melhoramento Genético de Café Conilon
  20. 20. Cultivares Registradas/Protegidas de café conilon no Brasil *, ** *, ** * * *, ** * * * * • * Registrada • ** Protegida
  21. 21.  1985 Início do Programa de Melhoramento Incaper: 8,0 Sacas/ha.  1993 Lançamento das ‘Emcapa 8111’, ‘Emcapa 8121’ e ‘Emcapa 8131’ – 9,2 Sacas/ha.  1999 Lançamento da ‘Emcapa 8141’ – Robustão Capixaba.  2000 Lançamento da ‘Emcaper 8151’ – Robusta Tropical.  2004 Lançamento da ‘Vitória Incaper 8142’ – 26,0 Sacas/ha.  2012 BRS Ouro Preto  2013 Lançamento das ‘Diamante ES8112’, ‘ES8122’ – Jequitibá e ‘Centenária ES8132’: 35,0 Sc/ha.  Base da Renovação do Parque Cafeeiro de Conilon do Brasil. CULTIVARES: histórico, evolução e principais resultados
  22. 22. COMO FORAM DESENVOLVIDAS ?
  23. 23. ESTRATÉGIAS DE MELHORAMETNO ASSEXUADO (Clonal – Propagação vegetativa)
  24. 24. 301 dias (julho)284 dias (junho)243 dias (maio) Protegidas • 84,0 Sacas/ha sem irrigação • 120 Sacas/ha com irrigação. • Alto Vigor Vegetativo. • Épocas diferenciadas de maturação. • Uniformidade de maturação dos frutos. • Moderada Resistência a Ferrugem. • Tolerância a Seca • Qualidade superior de bebida Diamante Jequitibá Centenária
  25. 25. LANÇAMENTO FEBN/INCAPER 13/06/2013 MUDAS AOS PRODUTORES CAMINHO PARA CONHECER AS TECNOLOGIAS
  26. 26. UNIDADE DEMONSTRATIVA 116,0 sacas/ha
  27. 27. Campos de multiplicações de clones de variedades geneticamente superiores Jardins Clonais de Café Conilon 220 Jardins Clonais Capacidade para renovar 8% do parque cafeeiro por ano +50 milhões de mudas/ano .
  28. 28. JARDIM CLONAL: DIAMANTE, JEQUITIBÁ E CENTENÁRIA - COOABRIEL Março 2013
  29. 29. Jardins Clonais Diamante, Jequitibá e Centenária. • LANÇAMENTO: 2013 • 212 mil estacas. • 45 municípios. • 166 Jardins clonais/viveiristas • 2016 • Potencial: + 40 milhões mudas/ano
  30. 30. CULTIVAR ‘DIAMANTE ES 8112’ 20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
  31. 31. CULTIVAR ‘ES 8122’ - JEQUITIBÁ 20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
  32. 32. CULTIVAR ‘CENTENÁRIA ES 8132’ 20 MESES: NOVA VENÉCIA – Sr. Luciano Zanotti: 12 Jan. 2015
  33. 33. INDENTIFICAÇÃO E CLONAGEM DE GENÓTIPOS DE CONILON SUPERIORES PARA O PROGRAMA DE MELHORAMENTO INCAPER
  34. 34. Seleção Recorrente Fazenda Experimental de Marilândia • Três populações com diferentes épocas de maturações; • Início dos trabalhos: 1989; • 2º Ciclo do Seleção Recorrente; • Avaliação dos Ganhos.
  35. 35. SELEÇÃO RECORRENTE: POPULAÇÃO TARDIA Recombinação e 11 progenitores tardios: 1019 FMI FAZENDA EXPERIMENTAL MARILÂNDIA, ES
  36. 36. Tratamentos Progenitores FMI N Final de Plantas/FMI 1 Clone 139 FMI-1 51 2 Clone 76/1 FMI-2 50 3 Clone 76/2 FMI-3 118 4 Clone 45 FMI-4 151 5 Clone 153 FMI-5 148 6 Clone 80-87/1 FMI-6 78 7 Clone 79 FMI-7 62 8 Clone 21+21 FMI-8 102 9 Clone 106 FMI-9 80 10 Clone 99 FMI-10 92 11 Clone 25 + 8 FMI-11 87 Total 1019 Relação de 11 progenitores e 1019 progênies de meios irmãos Tardias (FMI) avaliadas na Fazenda Experimental de Marilândia, Incaper.
  37. 37. Ganhos de Seleção em população Tardia Seleção Recorrente Variável GSe(%) GSd(%) GSed(%) Média predita Média Original Peso Cereja 7,11 3,35 10,46 2,94 2,67 Epóca Maturação 1,52 0,53 2,05 4,51 4,42 T.Grão 6,63 8,01 14,64 3,73 3,32 U. Maturação -0,63 -0,27 -0,90 1,07 1,19 Ferrugem -2,00 -0,62 -2,62 2,30 3,13 Ganhos de seleção entre (GSe), dentro (GSd) e entre e dentro (GSed) e médias preditas e originais para as características estudadas nas famílias de meios- irmãos de C. canephora.
  38. 38. SELEÇÃO RECORRENTE: POPULAÇÃO PRECOCE Recombinação e 11 progenitores Tardios tardios: 1019 FMI FAZENDA EXPERIMENTAL MARILÂNDIA, ES
  39. 39. SELEÇÃO RECORRENTE EM POPULAÇÃO PRECOCE Objetivos a) Avaliar o desempenho “per se” e de combinações híbridas; b) Estimar a capacidade geral de combinação; c) Avaliar os ganhos genéticos preditos por meio de diferentes índices de seleção pela metodologia Modelos Mistos REML/BLUP; d)Estudar a divergência genética das progênies selecionadas
  40. 40. Progenitor 10Biênio CGC 20Biênio CGC 30Biênio CGC AC CGCAC CL02 (1) 12,54 -1,18 57,78 6,19 19,34 -5,68 89,66 -0,66 CL 03 17,85 4,14 60,47 8,88 29,97 4,95 108,30 17,97 CL 67 21,07 7,35 49,71 -1,88 7,19 -17,83 77,97 -12,35 CL48 17,00 3,28 51,00 -0,59 30,39 5,37 98,39 8,07 CL24+8 8,15 -5,56 50,83 -0,76 12,84 -12,18 71,81 -18,52 CL22/89 9,40 -4,31 38,20 -13,39 60,69 35,67 108,29 17,97 CL4+8 13,58 -0,14 61,24 9,65 26,27 1,25 101,09 10,76 CL 26 10,14 -3,58 43,48 -8,11 13,46 -11,56 67,08 -23,25 Estimativas dos efeitos de capacidade geral de combinação (CGC) para cada biênios e a média acumulada dos biênios (AC) considerando a característica produção (sc ha-1) de café conilon. Fazenda Experimental de Marilândia-ES.
  41. 41. Aditivo Mulamba e Mock Multiplicativo Ordem Família Ganho Ordem Família Ganho Ordem Família Ganho 1 4 2,6 1 6 I 32,4 1 4 21,1 2 3 1,9 2 3 I 28,6 2 5 19,2 3 6 1,6 3 4 I 20,6 3 3 15,9 4 5 1,3 4 1 I 15,4 4 2 12,5 5 2 1,1 5 2 11,4 5 6 9,1 6 8 0,7 6 8 8,0 6 8 6,8 7 1 0,3 7 5 5,0 7 7 4,1 8 7 0,0 8 7 0,0 8 1 0,0 I: Famílias selecionadas a partir do índice de seleção Ganhos Genéticos por três abordagens de 8 famílias de meios- irmãos usando cinco características da planta. Estatística: Modelos Mistos - REML/BLUP.
  42. 42. Grupos Genótipos (2) I 15 30 75 60 47 62 77 32 45 13 2 17 28 7 II 11 43 58 73 26 88 41 56 71 III 46 61 76 31 14 29 1 IV 63 78 48 33 18 3 65 50 80 V 52 67 82 22 37 5 20 39 54 VI 69 84 24 9 86 VII 21 36 6 51 66 38 53 68 VIII 25 40 55 70 85 10 72 57 42 87 IX 64 79 49 34 19 4 X 12 27 59 74 XI 8 23 XII 83 XIII 81 XIV 16 XV 44 XVI 35 Agrupamento, pelo método de Tocher, de 80 genótipos e seus progenitores de Coffea canephora selecionados via blup individual, com base na dissimilaridade expressa pela distância euclidiana média, estimada a partir de 14 características morfoagronômicas(1). (1) TG = tamanho de grão; PRO = produtividade; PT = porte da planta; VIG = vigor da planta; FER = resistência ferrugem; MAT= maturação; UM = uniformidade de maturação; COR = cor do fruto; CER = cersóspora; SP = seca d ponteiro; EG = escala geral; MM = mancha manteigosa; BM = bicho mineiro; GI = grau de inclinação. (2) (Progênies vai de 1 a 80 e para os progenitores vão de 81 a 88).
  43. 43. Cruzamentos dialélicos: + 80 híbridos superiores. Fazenda Experimental Marilância/Incaper: 500 clones • Os melhores híbridos alcançaram produtividade média superior a 120 Sc/ha. • Heterose maior que 20% em relação a melhor pai.
  44. 44. PROGRAMA MELHORAMENTO EMBRAPA RONDÔNIA Fazenda Experimental de Ouro Preto.
  45. 45. EMBRAPA RONDÔNIA – 2012 •15 clones superiores •70 sacas/há • Moderada Resistência ferrugem • Alto vigor vegetativo. BRS OURO PRETO
  46. 46. Viveiro clonal para produção BRS Ouro Preto BRS OURO PRETO
  47. 47. Fonte: Dalazen, J, Emater RO.
  48. 48. -4 -3 -2 -1 0 1 2 -1.5 -1 -0.5 0 0.5 1 1.5 2 Congolense Conilon Guineano Hibridos Conilon: Base Genética Estreita. Fonte: Nestle, Incaper • Preocupações?? Estreitamento da base genética/Erosão genética Intercâmbio de Germoplasmas. Ganhos genéticos futuros.
  49. 49. MECANIZAÇÃO DA COLHEITA NO CONILON 78
  50. 50. EXPERIMENTOS: AVALIAÇÃO DE CLONES PARA COLHEITA MECÂNICA
  51. 51. AVALIAÇÃO DE CLONES PARA COLHEITA MECÂNICA Propriedade do Sr. Jésus Lubiana, São Mateus: plantio – Outubro 2012
  52. 52. Associação de café com outras culturas
  53. 53. SUCESSO CAFEICULTURA: Uso Tecnologias
  54. 54. RENOVAÇÃO COM CULTIVARES MELHORADAS
  55. 55. CULTIVARES MELHORADAS: 12 MESES Sr. Bento Ventorim: São Domingos do Norte, ES
  56. 56. CULTIVARES MELHORADAS: 12 MESES
  57. 57. LAVOURA RENOVADAS COM CULTIVARES MELHORADAS: 36 meses: + 100 Sacas por hectares
  58. 58. CULTIVARES MELHORADAS: 36 meses: + 120 Sacas por hectares
  59. 59. CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’ 24 meses: + 100 Sacas por hectares
  60. 60. CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’ 24 meses: + 100 Sacas por hectares
  61. 61. CULTIVAR MELHORADAS: ´VITÓRIA’ – COLHEITA MECÂNICA 48 meses: + 140 Sacas por hectares
  62. 62. TECNOLOGIAS Qualidade SUSTENTABILIDADE PRODUTIVIDADE
  63. 63. Gestão Empreendedorismos Capacitação SUSTENTABILIDADE Tecnologias
  64. 64. CONILON: uma das cafeiculturas mais competitiva do mundo
  65. 65. BALANÇO SOCIAL DO INCAPER 2013 •Cultivares melhoradas •27,4%:R$ 299,0 milhões
  66. 66. Evolução da produção de café conilon no ES 2.4 9,9 INCREMENTO DE CERCA DE 300% PRODUTIVIDADE
  67. 67. CAMINHOS FUTUROS • NOVAS CULTIVARES • Seca. • Ferrugem • Colheita mecânica. • Altitudes mais elevadas. • Associação com árvores. • Ampliação da base genética.
  68. 68. Categoria: Resultados para a sociedade Projeto: Melhoramento Genético Sustentável do Café Conilon Instituto Capixaba Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper 10ª Edição do Prêmio Inoves Visita dos avaliadores Inoves a campo
  69. 69. SOLENIDADE DE ENTREGA DO PRÊMIO INOVES/2014
  70. 70. AGRADECIMENTO
  71. 71. OBRIGADO ! Contatos: Email romario@incaper.es.gov.br Tel. 27 3636 9812

×