Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Juventude e novas mĩdias

Mini-curso de duas horas oferecido no SESC Itaquera, no dia 17 de março de 2012. Parte do Encontro de Redes da Exposição Energia.

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Juventude e novas mĩdias

  1. 1. SESC Itaqueramarço/2012 Juventude e Novas Mídias Bianca Santana Casa da Cultura Digital Instituto Educadigital biancantana@gmail.com
  2. 2. Todos os direitos reservados Alguns direitos reservados Pode copiar, divulgar, remixar, modificar desde que seja atribuida a autoria
  3. 3. Juventude e Novas Mídias Bianca Santana Casa da Cultura Digital Instituto Educadigital biancantana@gmail.com
  4. 4. Novas MídiasUnifreire/ Instituto Paulo Freire “Acho que o uso de computadores no processo de ensino aprendizagem, em lugar de reduzir, pode expandir a capacidade crítica e criativa (...) Depende de quem usa a favor de quê e de quem e para quê.” (FREIRE, 1995: 98)
  5. 5. TecMundo Quem usa? A favor de quê e de quem? E para quê?Magazine Luiza
  6. 6. “Será hora de uma outra revolução [depois da digital/ informacional] pelo planeta e por nós mesmos?
  7. 7. Se sim, tecnologias digitais devem estar a serviço revolução pelo planeta e por nós mesmos
  8. 8. Transparência HackerLinks da Lei de Acesso a Informação PúblicaLei aprovada: Lei Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011Artigos vetados pela Presidência da República: Mensagem de vetoLeis revogadas e prazos: VigênciaTramitação: Senado e CâmaraJogo da Vida do Projeto de Lei: Últimas jogadas e Onde Está a LeiAcesso a Informação Públicadados abertos, dados públicos, informacao, lei, lei de acesso a informacao, links07/12/2011 http://catarse.me/pt/projects/167-onibus-hacker
  9. 9. Hacker, não cracker (parte 1 de 2) Segundo Eric Raymond, cinco são as atitudes típicas de um hacker: 1) o mundo está cheio de problemas fascinantes esperando para serem resolvidos; 2) um problema nunca deveria ser resolvido duas vezes; 3) tédio e trabalho enfadonho são maléficos; 4) a liberdade é boa; 5) a atitude não substitui a competência. (Silveira, 2009:9)
  10. 10. Hacker, não cracker (parte 2 de 2)Seis princípios (Pretto, 2010, citando Steven Levy)):1. o acesso a computadores e ―qualquer outra coisa que pudesse ensinar a você algumacoisa sobre como o mundo funciona deveria ser total e ilimitado;2. toda informação deveria ser livre e gratuita porque "se você não tem acesso à mesma,não terá como consertar as coisas";3. desconfiar da autoridade;4. julgar os hackers pela qualidade do que efetivamente fazem e não por critériosfalsos, como escolaridade, idade, raça ou posição;5. a possibilidade de criar arte e beleza num computador;6. a crença de que os computadores podem melhorar a vida
  11. 11. Transparência HackerLinks da Lei de Acesso a Informação PúblicaLei aprovada:Lei Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011Artigos vetados pela Presidência da República:Mensagem de vetoLeis revogadas e prazos: VigênciaTramitação: Senado e CâmaraJogo da Vida do Projeto de Lei: Últimas jogadas e Onde Está a LeiAcesso a Informação Públicadados abertos, dados públicos, informacao, lei,lei de acesso a informacao, links07/12/2011 http://catarse.me/pt/projects/167-onibus-hacker
  12. 12. Rede Mocambos http://www.mocambos.org/
  13. 13. MetaReciclagem http://www.metareciclagem.org/
  14. 14. E muito mais está acontecendo
  15. 15. SESC Itaqueramarço/2012 Obrigada! Bianca Santana Casa da Cultura Digital Instituto Educadigital biancantana@gmail.com

×