Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
PÓS-MODERNISMO EA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
   Pré-História (milhões de anos até 4000 a 3500 a.C –    Invenção da escrita)   Antiguidade (4000 a 3500 a.C até 476 d....
   Revolução Francesa (1789)   Revolução Industrial (meados do séc. XVIII /    expandiu-se a partir do séc. XIX)   Cres...
   O que é o Neoliberalismo?   Termo criado em 1938, pelo economista alemão    Alexander Rustow   O Estado não deve int...
   Contexto Histórico
   1945 – Disputa eleitoral na Inglaterra   Conservadores x Trabalhistas
   Friedrich August von Hayek lança    O Caminho da Servidão, que serve    como um verdadeiro manifesto da    doutrina li...
   Milton Friedman é contra a    intervenção do Estado na    economia.   Critica a postura do    presidente Roosevelt e ...
   Assim como nos EUA, os incentivos foram    adotados também pelo estado nazista na    Alemanha pós Primeira Guerra.   ...
   Friedman critica o    keynesianismo, pois,    segundo ele, a intervenção    do Estado retarda a    recuperação econômi...
   País laboratório: Chile (década de 1970)   Década de 1980 – EUA (Ronald Reagan) e    Inglaterra (Margareth Thatcher)
   não intervencionismo na economia   o mercado se auto-regula   privatização da previdência   privatização das teleco...
   Não existe doutrina neoliberal. O termo    neoliberal é pejorativo. O que existe na    prática é a retomada da doutrin...
   Definição: Processo de aprofundamento da    integração política, econômica e cultural
Origem   alguns estudiosos apontam a Globalização tendo    início durante o período mercantilista (séc. XV a XVIII)   cr...
   Na prática   9/11/1989 – Queda do    Muro de Berlim    (marco simbólico)
fim da percepção do mundo bipolarizado(URSS x EUA)
   Começo dos anos 1990    Desmantelamento do    Estado Comunista e    fim da União Soviética    (1922-1991)
Características:   o mundo representado por blocos: UE, Nafta,    Mercosul, G-8, G-20, BRICs etc.   diminuição das barre...
   Também chamada de sociedade pós-industrial e    sociedade tecnológica, a sociedade da    informação é aquela marcada p...
Características   Nessa sociedade há a convergência dos sistemas de    comunicação, tecnologias da informação e crescimen...
   sociedade dinâmica   evolução tecnológica   novo paradigma social   sociedade regida economicamente pelo setor    d...
   - a informação passa a ser uma commodity    (softwares, desenvolvimento de programas    da área de TI, padrões de cons...
   - O capital internacional ampliou sua área de    atuação na Sociedade em Rede e desestimu    lou o setor produtivo   ...
   formação de bolhas econômicas   crises globais   estigmatização de alguns países como meros    fornecedores de mão d...
   aumento do desemprego (em função da    substituição da mão de obra pela    tecnologia – eliminação de postos de    tra...
   Fim da II Guerra Mundial   Mudança de Paradigmas
   desenvolvimento tecnológico (eletrônica,    satélites, internet, telefonia, celulares, redes,    fibra ótica, ampliaçã...
   mudança no paradigma dos meios – passagem    dos meios de comunicação convencionais (um-    todos) para a comunicação ...
   niilismo – o excesso de discursos leva ao vazio    discursivo. As ideologias já não explicam mais os    fenômenos da s...
   simulacro (Jean Baudrillard) – os meios de    comunicação (cinema, videogame, televisão)    criam uma outra realidade ...
Globalizacao
Globalizacao
Globalizacao
Globalizacao
Globalizacao
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Globalizacao

507 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

Globalizacao

  1. 1. PÓS-MODERNISMO EA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
  2. 2.  Pré-História (milhões de anos até 4000 a 3500 a.C – Invenção da escrita) Antiguidade (4000 a 3500 a.C até 476 d.C – Queda do Império Romano) Idade Média (476 d.C até 1453 – Queda de Constantinopla) Idade Moderna (1453 – 1789 – Revolução Francesa) Idade Contemporânea (1789 – atualidade)
  3. 3.  Revolução Francesa (1789) Revolução Industrial (meados do séc. XVIII / expandiu-se a partir do séc. XIX) Crescimento da crítica socialista (séc. XIX/XX) Primeira Guerra Mundial Revolução Russa Política do Bem estar-social (welfare state) Segunda Guerra Mundial
  4. 4.  O que é o Neoliberalismo? Termo criado em 1938, pelo economista alemão Alexander Rustow O Estado não deve interferir na dinâmica social (Livre mercado)
  5. 5.  Contexto Histórico
  6. 6.  1945 – Disputa eleitoral na Inglaterra Conservadores x Trabalhistas
  7. 7.  Friedrich August von Hayek lança O Caminho da Servidão, que serve como um verdadeiro manifesto da doutrina liberal Hayek condena o fortalecimento do Estado na sociedade, que, segundo o autor, a longo prazo, conduz a sociedade para o totalitarismo e a ausência das liberdades individuais. Hayek utiliza um discurso profundamente marcado pelos conteúdo político-ideológico
  8. 8.  Milton Friedman é contra a intervenção do Estado na economia. Critica a postura do presidente Roosevelt e sua política de incentivos (New Deal) por parte do Estado, para acelerar a recuperação da crise econômica gerada pela crise de 1929.
  9. 9.  Assim como nos EUA, os incentivos foram adotados também pelo estado nazista na Alemanha pós Primeira Guerra. Esses benefícios foram teorizados e formam a base do pensamento do economista Keynes.
  10. 10.  Friedman critica o keynesianismo, pois, segundo ele, a intervenção do Estado retarda a recuperação econômica. Logo, o que Friedman prega também é o liberalismo, ou seja, a livre iniciativa.
  11. 11.  País laboratório: Chile (década de 1970) Década de 1980 – EUA (Ronald Reagan) e Inglaterra (Margareth Thatcher)
  12. 12.  não intervencionismo na economia o mercado se auto-regula privatização da previdência privatização das telecomunicações privatização das empresas estatais flexibilização das leis trabalhistas
  13. 13.  Não existe doutrina neoliberal. O termo neoliberal é pejorativo. O que existe na prática é a retomada da doutrina liberal.
  14. 14.  Definição: Processo de aprofundamento da integração política, econômica e cultural
  15. 15. Origem alguns estudiosos apontam a Globalização tendo início durante o período mercantilista (séc. XV a XVIII) criação da ONU (1945) outros apontam para o final da Segunda Guerra => criação do CECA (1951) – Comunidade Europeia do Aço e Carvão, que envolvia França, Alemanha Ocidental, Itália, Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo) => Comunidade Europeia (1967) => União Europeia (1992)
  16. 16.  Na prática 9/11/1989 – Queda do Muro de Berlim (marco simbólico)
  17. 17. fim da percepção do mundo bipolarizado(URSS x EUA)
  18. 18.  Começo dos anos 1990 Desmantelamento do Estado Comunista e fim da União Soviética (1922-1991)
  19. 19. Características: o mundo representado por blocos: UE, Nafta, Mercosul, G-8, G-20, BRICs etc. diminuição das barreiras comerciais padronização do consumo mundial presença de marcas globais (Ex. Nike, Coca-Cola, McDonalds) sociedade estruturada em rede (internet)
  20. 20.  Também chamada de sociedade pós-industrial e sociedade tecnológica, a sociedade da informação é aquela marcada por uma avalanche de informações, vindas das mais diversas fontes, em função do avanço tecnológico. É a “sociedade global” que McLuhan teria profetizado ao dizer que, graças ao surgimento dos meios de comunicação (em especial os eletrônicos - rádio e TV), voltamos à época tribal, uma “tribo eletrônica”.
  21. 21. Características Nessa sociedade há a convergência dos sistemas de comunicação, tecnologias da informação e crescimento das redes integradas. A informação é vista como uma commodity, um bem negociável. Logo, a troca de informação é a atividade econômica e social predominante. Por isso vivemos numa Economia da Informação, deixando de lado os estágios da Economia Agrária e da Economia Industrial
  22. 22.  sociedade dinâmica evolução tecnológica novo paradigma social sociedade regida economicamente pelo setor de serviços e tecnologia da informação
  23. 23.  - a informação passa a ser uma commodity (softwares, desenvolvimento de programas da área de TI, padrões de consumo refinados (valorização das marcas, p.ex.) - A sociedade passa a ser mediada pelas novas tecnologias de informação (TICs) - A inspiração das redes tem origens nas pesquisas militares
  24. 24.  - O capital internacional ampliou sua área de atuação na Sociedade em Rede e desestimu lou o setor produtivo - As tecnologias permitiram a horizontalização de suas estruturas, por meio de TICs de baixo custo, e a produção foi transnaciolizada
  25. 25.  formação de bolhas econômicas crises globais estigmatização de alguns países como meros fornecedores de mão de obra semi-escrava (China, Índia p.ex.)
  26. 26.  aumento do desemprego (em função da substituição da mão de obra pela tecnologia – eliminação de postos de trabalho) exclusão social (pela falta de acesso à informação e qualificação) aumento da desigualdade social
  27. 27.  Fim da II Guerra Mundial Mudança de Paradigmas
  28. 28.  desenvolvimento tecnológico (eletrônica, satélites, internet, telefonia, celulares, redes, fibra ótica, ampliação do número de mensagens) velocidade – não só o número de mensagens aumentou, como a velocidade em que elas são transmitidas. Vive-se num constante processo de “presentificação", em que o futuro é sempre antecipado para o presente.
  29. 29.  mudança no paradigma dos meios – passagem dos meios de comunicação convencionais (um- todos) para a comunicação em rede (todos-todos) Consumismo e hedonismo – o indivíduo, na sociedade de massas, procura desesperadamente destacar-se dos outros. O meio para isto é a compulsão consumista, que leva ao fenômeno hedonista (busca pelo prazer).
  30. 30.  niilismo – o excesso de discursos leva ao vazio discursivo. As ideologias já não explicam mais os fenômenos da sociedade moderna. Cria-se um clima de desesperança e vazio em relação ao futuro. pastiche – não existe mais originalidade. Novos discursos têm como fonte de inspiração velhos enunciados, remontados, com roupagem nova.
  31. 31.  simulacro (Jean Baudrillard) – os meios de comunicação (cinema, videogame, televisão) criam uma outra realidade (hiper-realismo), em que o entretenimento é garantido e a segurança é total.

×