Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Fisiologia de peixes

peixes

  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Fisiologia de peixes

  1. 1. Fisiologia de Peixes MSc. Marianna Vaz Rodrigues mvazrodrigues@gmail.com
  2. 2. TEGUMENTO
  3. 3. Tegumento • Barreira primária
  4. 4. Tegumento • Células epiteliais • Células mucosas • Lisoenzimas • Imunoglobulinas E D C
  5. 5. Tegumento – Epiderme • Teleósteos: células malfingeanas • Células de defesa • Ciprinídeos: células shreckstoffzellen (alarme) • Gadidae: células semelhantes à cistos
  6. 6. Tegumento – Derme • Estrato esponjoso • Colágeno e fibras de reticulina • Cromatóforos –Melanóforos –Lipóforos »Eritrófitos »xantóforos • Células mast
  7. 7. Tegumento
  8. 8. Tegumento
  9. 9. SISTEMA MÚSCULO- ESQUELÉTICO
  10. 10. Sistema músculo-esquelético • Articulação mandíbula e opérculo – Respiração – Alimentação • Coluna - ligamentos
  11. 11. Sistema músculo-esquelético • Clupeidae, Salmonidae, Cyprinidae – Ossos celulares • Percidae, Centrarchidae – Ossos acelulares
  12. 12. Sistema músculo-esquelético • Muscularis lateralis supercialis (red) – Aeróbios • Muscularis lateralis profundus (white) – Anaeróbios • Velocidade de contração
  13. 13. SISTEMA RESPIRATÓRIO
  14. 14. Sistema respiratório • Brânquias – Epitélio delgado – Homeostasia – Respiração – Excreção de resíduos nitrogenados
  15. 15. Sistema respiratório • Nível de ventilação – Músculo adutor
  16. 16. Sistema respiratório
  17. 17. Sistema respiratório • Arco branquial – Epitélio delgado – Células de defesa – Células mucosas – Salina – Secreção de sal – Células com grânulos eosinofílicos – Células pilares (contráteis)
  18. 18. Sistema respiratório • Regulação do fluxo sanguíneo – Adrenalina e noradrenalina • < resistência de fluxo sanguíneo nas brânquias – Acetilcolina • > pressão sanguínea Restrição de fluxo sanguíneo leva a: - Redução da troca gasosa - Redução da exposição de fluídos corporais para troca iônica
  19. 19. Sistema respiratório • Epitélio superficial irregular – Fisiologia
  20. 20. Sistema respiratório • Respiração – Gasto de energia x oxigenação da água – Fluxo de água
  21. 21. Sistema respiratório • Tosse – > ventilação branquial – > taxa cardíaca • Pseudobrânquia – Hiperoxigenação coróide • Ritmo de respiração – Neurônios – medula oblonga
  22. 22. SISTEMA CIRCULATÓRIO
  23. 23. Sistema circulatório
  24. 24. Sistema circulatório Seio venoso Ducto curvieri Bulboarterioso
  25. 25. Sistema circulatório
  26. 26. Sistema circulatório • Controle da circulação – Catecolaminas • Permeabilidade vascular alta – Pressão osmótica baixa • Linfa – Única fonte de irrigação de músculo branco
  27. 27. Sistema respiratório • Fenômeno Root – pH baixo – Capacidade de carrear oxigênio • Temperatura alta • > dissociação dióxido de carbono • > transporte
  28. 28. COMPOSIÇÃO DO SANGUE
  29. 29. Composição do sangue • Hemácea nucleada • Células vermelhas nucleadas • Eritrócitos – Nucleados – Quantidade variável – Estresse – Temperatura ambiental – Policromatócitos – Fosforilação oxidativa (ATP)
  30. 30. Composição do sangue • Neutrófilos – Heterófilos – Leucócito tipo I – Atividade fagocitária – Polimorfismo nuclear – Resposta não específica – Rim – Baço
  31. 31. Composição do sangue • Monócitos – Fagócito mononuclear – Rim • Trombócitos – Coagulação – Prevenção de perda de fluídos – Vacúolos no citoplasma
  32. 32. Composição do sangue • Eosinófilos – Complexo antígeno-anticorpo – Quantidade: níveis hormonais – Pele – Tecido hematopoiético – Tecido digestivo • Macrófagos – Fagocitose – Baço – Fígado
  33. 33. Composição do sangue • Basófilos – Estresse – Alergia • Mastócitos – Funções desconhecidas • Linfócito – Resposta imune – Sangue – Linfa
  34. 34. TECIDO HEMATOPOIÉTICO
  35. 35. Tecido hematopoiético • Baço • Interstício renal • Espaço porta • Submucosa intestinal • Órgãos linfóides • Timo
  36. 36. Sistema hematopoiético renal • Porção anterior • Porção posterior • Corpúsculo de Stannius • Centro melanomacrófago
  37. 37. Baço • Órgão linfóide • Curvatura maior estômago • Flexura do intestino • Pâncreas (Subcapsular) • Elementos elipsóides • Polpa – Linfopoiético • Centro melanomacrófagos
  38. 38. Timo • Comissura dorsal subcutânea do opérculo • Agregado de linfócitos • Células argirofílicas finas • Macrófagos • Corpúsculo de Hassl • Maturação de célula T
  39. 39. SISTEMA RETICULOENDOTELIAL
  40. 40. Sistema reticuloendotelial • Sistema fagocítico – Remoção de células estéreis – Partículas da circulação • Promonócitos • Monócitos • Macrófagos • Células gigantes e epitelióides – Sistema macrófago mononuclear
  41. 41. SISTEMA RENAL E DE EXCREÇÃO
  42. 42. Sistema renal e de excreção • Brânquias • Rins • Parede intestinal
  43. 43. Rim • Excretor: posterior • Claro • Marrom escuro • Preto • Ureteres / ductos arquinéfricos • Papila urinária
  44. 44. Rim • Glomérulo – Peixes marinhos: ausência de segmentos distais – Peixes dulcícolas: 1 segmento distal
  45. 45. Regulação osmótica e iônica • Peixe de água doce – Ambiente hipo-osmótico – Brânquias – Superfície permeável da faringe – Rim: diluição da urina • Perda de íons –Absorção de sódio e cloro »Brânquias –Absorção de alimentos »Parede intestinal
  46. 46. Regulação osmótica e iônica • Peixe marinho – Sangue: baixa pressão osmótica – Perda passiva de água: brânquias – Urina: pequenas quantidades – Magnésio e fosfato – Ato de beber água – Excesso de íons monovalentes • Brânquias – Excesso de íons polivalentes • Fezes
  47. 47. Regulação osmótica e iônica • Células de cloreto – Troca iônica nas brânquias – Bombeamento de sal – Lamelas primárias
  48. 48. Regulação osmótica e iônica
  49. 49. Regulação osmótica e iônica • Controle da osmorregulação – Endócrino: pituitária – Corticóides • Efluxo de sódio nas brânquias – Hormônios semelhantes a prolactina • Transporte e permeabilidade de íons • Maturação sexual • Compostos nitrogenados • Óxido de trimetilamina
  50. 50. SISTEMA DIGESTIVO
  51. 51. Trato digestivo
  52. 52. Cavidade oral • Seleção • Apreensão • Orientação para o estômago • Dentes • Terminações nervosas
  53. 53. Esôfago • Tubo muscular • Células mucóides – Partículas estranhas • Divertículo cego • Dente esofágico
  54. 54. Estômago • Sigmóides • Pregas internas • Muscular • Células mucosas • Células granulosas eosinofílicas
  55. 55. Intestino • Reto • Sigmóide • Coloidal • Células granulosas eosinofílicas • Células rodlet
  56. 56. Reto • Parede muscular fina • Lâmina basal: células mucóides • Época reprodutiva • Migração • Fome – Necrose epitelial extensiva – Células escurecidas e contraídas – “Achatamento” das vilosidades
  57. 57. Fígado • Marrom claro • Marrom avermelhado • Amarelo • Esbranquiçado • Pâncreas • Glicogênio/gordura – Pouca nutrição – Fome
  58. 58. Fígado • Anastomose com canalículos biliares – Ductos biliares • Bexiga biliar –Células rodlet –Bile amarelo-esverdeado • Centro melanomacrófagos
  59. 59. Pâncreas • Localização variável • No mesentério próximo aos cecos pilóricos • Camada subcapsular do baço • Camada externa hepática • Exócrino: células basofílicas • Endócrino: ilhota de Langerhans, células α, β e δ
  60. 60. METABOLISMO
  61. 61. Fatores abióticos que influenciam no metabolismo • Temperatura alta – Elevado metabolismo – Falha no transporte de gases respiratórios • Oxigênio – Salinidade e temperatura alta • < oxigênio –Maior ventilação –Menos nado – Zona de resistência (anaerobiose)
  62. 62. Fatores abióticos que influenciam no metabolismo • Dióxido de carbono – Níveis altos • < taxa de consumo de oxigênio • Amônia • Salinidade alta – Retardo no crescimento
  63. 63. Fatores bióticos que influenciam no metabolismo • Tamanho do peixe • Atividade muscular • Fome • Ação dinâmica específica (SDA) – Digestão – Assimilação – Crescimento – Desaminação de aminoácidos – Síntese de produtos nitrogenados excretados
  64. 64. SISTEMA REPRODUTIVO
  65. 65. Sistema reprodutivo • Hermafroditismo • Bissexualidade • Fecundação externa
  66. 66. Testículo • Pareados • Vaso deferente – Meato excretório • Papila urinária • Túbulos seminíferos – Epitélio espermatogênico
  67. 67. Testículo • Maturação dos gametas – Multiplicação da espermatogonia – Superfície periforme das células de Sertoli • Secreção de testosterona – Células intersticiais
  68. 68. Ovário • Espécie • Produtor de ovos • Estocagem para espermatozóides • Vagina • Útero
  69. 69. Ovário • Maduros – Cavidade abdominal – Meio externo (oviduto) – “Vilosidade do mesentério” • Cavidade abdominal • Degeneração do óvulo X melanomacrófagos
  70. 70. SISTEMA NERVOSO
  71. 71. Sistema nervoso • Cérebro • Medula espinhal – Glia • Astrócitos • Oligodendrócitos • Microglia – Neurônios • SNP – Células granulosas eosinofílicas
  72. 72. Cérebro • Telencéfalo • Diencéfalo • Mesencéfalo • Metencéfalo / cerebelo • Medula oblonga
  73. 73. Telencéfalo • Olfato • Cor na visão • Memória • Comportamento reprodutivo • Comportamento alimentar
  74. 74. Diencéfalo • Epitálamo – Receptor de luminosidade – Coordena estímulos da pineal e telencéfalo para o tálamo • Tálamo – Relação neural com retina e lobos ópticos • Hipotálamo – Olfato – Sabor • Saco vasculoso – Secreção de fluído cerebroespinhal
  75. 75. Mesencéfalo • Teto óptico – Recepção e saída do nervo óptico • Tegumento
  76. 76. Metencéfalo / Cerebelo • Recepção e coordenação – Estímulos de balanço e proprioceptivos • Lobo vestibulolateral – Estímulo vestibular e linha lateral • Corpo cerebelar – Estímulo medula espinhal
  77. 77. Medula oblonga • 4 colunas de fibras nervosas • Tratos motor e sensorial • Involuntário – Nervos oculomotor e vagal • Regulação nervosa respiratória • Centro de controle de cromatóforos • Movimentos de natação – Célula Mauthner
  78. 78. Medula espinhal • Neurônios – Motores – Sensoriais
  79. 79. ÓRGÃOS SENSORIAIS
  80. 80. Olhos • Lente esférica – Sobressai na íris – Visão ampla • Secreção de oxigênio = bexiga natatória • Peixes de profundidade: visão monocromática
  81. 81. Labirinto • Linha lateral – Canais semicirculares • Ampola esférica • Pêlos sensoriais – Otólito • Células sensoriais • Vibrações sonoras • Equilíbrio – Manutenção do equilíbrio – Audição
  82. 82. Linha lateral • Neuromasts • Movimentação na água • Receptores celulares piriformes
  83. 83. Senso olfatório • “Focinho” • Anterior • Posterior • Epitélio olfatório – Sensorial • Bulbo olfatório – Axônios • Trato olfatório –Telencéfalo
  84. 84. Senso de degustação • Superfície dos lábios • Cabeça • Barbela • Nadadeiras • Arco branquial • Boca
  85. 85. BEXIGA NATATÓRIA
  86. 86. Bexiga natatória • Flutuação • Som • Recepção de pressão • Pelágicos de nado rápido: ausentes
  87. 87. Bexiga natatória • Inflamação – Aspiração de água ou ar • Produção de som e recepção de pressão – Pressão – Velocidade – Deslocamento de partículas na água
  88. 88. SISTEMA ENDÓCRINO
  89. 89. Pituitária • Neurohipófise – Tecido nervoso • Adenohipófise – Secreção de proteínas e hormônios • Extração – Ovulação
  90. 90. Pituitária • Podem ser: – Estimulam atividade endócrina • Tireóide • Gônadas • Adrenal – Influenciam nos processos fisiológicos • Movimentos de melanóforos na derme • Osmorregulação • Metabolismo • Crescimento
  91. 91. Tireóide • Efeito estimulatório no metabolismo – Carboidratos – Mobilização de lipídeos • Área faringeana • Ao redor do olho • Aorta ventral • Veia hepática • Tecido hematopoiético renal
  92. 92. Tireóide • TSH – Tiroxina – Tri-iodotironina • Resposta aos hormônios – Estado nutricional – Temperatura do ambiente – Fotoperíodo – Salinidade
  93. 93. Adrenal • Córtex – Gluco e mineralcorticóides • Medular – Cromafina – Simpatomiméticas • Adrenalina –Estresse • Catecolamina –Hiperglicemia –Troca gasosa e iônica das brânquias
  94. 94. Glândulas ultimobranquiais • Porção ventral do esôfago • Regula o cálcio sérico
  95. 95. Corpúsculo de Stannius • Superfície renal • Teleocalcina – Bloqueia absorção de cálcio nas brânquias – Produção de substâncias regulatórias de pressão
  96. 96. Pâncreas endócrino • Salmonídeos e anguiliformes – Ilhotas de Langerhans • Grandes teleósteos – Ilhotas de Langerhans • Corpo de Brockman • Glucagon • Insulina
  97. 97. Pâncreas endócrino • Tamanho da ilhota de Langerhans – Desova – Salinidade – Dieta alterada – Sazonalidade
  98. 98. Urófise • Tubarões • Teleósteos • Expansão da medula espinhal • Células neurosecretórias – Hormônios • Osmorregulação • Músculo da boca
  99. 99. Pseudobrânquia e corpo coróide • Alguns teleósteos • Superfície interna do opérculo • Endócrina e regulatória – Hiperoxigenação • Retina
  100. 100. Gônadas • Hormônios • Controlados pela gonadotrofina • Adelgamento da pele • Mudanças de cor • Desenvolvimento de tubérculos de reprodução • Edema da área urogenital • Metabolismo de carboidrato, lipídeo e proteína
  101. 101. Gônadas • Andrógenos – Processos anabólicos • Crescimento maior –Aumento de proteína –RNA no fígado, rim e músculo • Estrógenos • > reserva corporal de lipídeos • Início da síntese de proteínas vitelogênicas

×