Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
“A ERA VARGAS”
GETÚLIO VARGAS: O PRESIDENTE QUE
MAIS TEMPO FICOU
NO PODER
Biografia: Getúlio Dornelles Vargas
(19/4/1882 - 24/8/1954) foi o presidente que
mais tempo governou o Brasil, durante doi...
• Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após
comandar a Revolução de 1930, que derrubou o
governo de Washington Luís. Se...
REVOLUÇÃO DE 30
• Efeitos da crise de 1929.
• Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após
comandar a Revolução de 1930, q...
CRISE POLÍTICA &
ECONÔMICA
O GOVERNO PROVISÓRIO
(1930-1934)
• GOVERNO CENTRALIZADOR (CONGRESSO
FECHADO).
• VARGAS NOMEAVA INTERVENTORES PARA OS
ESTAD...
REVOLUÇÃO
CONSTITUCIONALISTA
REVOLUÇÃO DE 1934
REVOLUÇÃO
CONSTITUCIONALISTA DE 1934
FIM DOS CONFLITOS
NOVO PERÍODO DE VARGAS
O PERÍODO LIBERAL (1934-1937)
• A CONSTITUIÇÃO DE 1934:
ELEIÇÕES DIRETAS, EQUILIBRIO DOS
PODERES, VOTO SECRETO, VOTO
FEMIN...
Transformações na década de 1930
O Brasil passou a ser um país agrícola
e industrial.
FASCISTAS & COMUNISTAS
• AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA (PLÍNIO
SALGADO-FASCISTA).
• ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA (LUIS
CARL...
AÇÃO INTEGRALISTA
BRASILEIRA
PLÍNIO SALGADO
ALIANÇA NACIONAL
LIBERTADORA
LUIS CARLOS PRESTES
OLGA BENÁRIO
(IDEALISMO, AMOR & TRAGÉDIA)
O GOLPE DO ESTADO NOVO
• A INTENTONA COMUNISTA DE 1935.
• O GOLPE DE 1937: “O PLANO COHEN”.
• A DITADURA DO ESTADO NOVO (1...
O CULTO A IMAGEM (DIP)
Era Vargas ( 1930 – 1945)
(1ªparte)
• O populismo.
• Criação do DIP (Depto de Imprensa e
Propaganda – Ditadura).
• Leis Tr...
“O PAI DOS POBRES”
A cultura na década de 1930
• Importância do
rádio.
• Diversão:
carnaval.
• Cinema.
• Sucesso de
Carmem Miranda.
• Nova Mu...
A cultura na década de 1930
Realizações:
• Criou a Justiça do Trabalho (1939) instituiu o
salário mínimo, a Consolidação das Leis do
Trabalho, também ...
BRASIL NA 2ªGUERRA MUNDIAL
• VARGAS NEGOCIOU A PARTICIPAÇÃO.
• GRANDE PODER DE BARGANHA.
• F.E.B (FORÇA ESPEDICIONÁRIA BRA...
A GUERRA E AS MUDANÇAS
• FIM DO POPULISMO.
• FIM DOS GOVERNOS TOTÁLITARIOS.
• QUERERISMO.
• FIM DO ESTADO NOVO.
O Segundo Mandato (A VOLTA)
• Em 1950, Vargas voltou ao poder através de
eleições democráticas. Neste governo
continuou co...
“O PETRÓLEO É NOSSO”
UDN DE CARLOS LACERDA
INIMIGOS DE GETULIO
O ATENTADO DA RUA
TONELEIROS
OS ATAQUES E O SUÍCIDIO
O suicídio de Vargas
• Em agosto de 1954, Vargas suicidou-se no
Palácio do Catete com um tiro no peito.
Deixou uma carta t...
COMOÇÃO NACIONAL
Conclusão
• Embora tenha sido um ditador e governado
com medidas controladoras e populistas,
Vargas foi um presidente marc...
FIM
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Aeravargas 111009224410-phpapp01

157 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Aeravargas 111009224410-phpapp01

  1. 1. “A ERA VARGAS” GETÚLIO VARGAS: O PRESIDENTE QUE MAIS TEMPO FICOU NO PODER
  2. 2. Biografia: Getúlio Dornelles Vargas (19/4/1882 - 24/8/1954) foi o presidente que mais tempo governou o Brasil, durante dois mandatos. De origem gaúcha (nasceu na cidade de São Borja), Vargas foi presidente do Brasil entre os anos de 1930 a 1945 e de 1951 a 1954. Entre 1937 e 1945 instalou a fase de ditadura, o chamado Estado Novo.
  3. 3. • Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após comandar a Revolução de 1930, que derrubou o governo de Washington Luís. Seus quinze anos de governo seguintes caracterizaram-se pelo nacionalismo e populismo. Sob seu governo foi promulgada a Constituição de 1934. Fecha o Congresso Nacional em 1937, instala o Estado Novo e passa a governar com poderes ditatoriais. Sua forma de governo passa a ser centralizadora e controladora. Criou o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) para controlar e censurar manifestações contrárias ao seu governo. Perseguiu opositores políticos, principalmente partidários do comunismo. Enviou Olga Benário, esposa do líder comunista Luis Carlos Prestes, para o governo nazista.
  4. 4. REVOLUÇÃO DE 30 • Efeitos da crise de 1929. • Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após comandar a Revolução de 1930, que derrubou o governo de Washington Luís. • Fim da República Velha.
  5. 5. CRISE POLÍTICA & ECONÔMICA
  6. 6. O GOVERNO PROVISÓRIO (1930-1934) • GOVERNO CENTRALIZADOR (CONGRESSO FECHADO). • VARGAS NOMEAVA INTERVENTORES PARA OS ESTADOS. • REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1934.
  7. 7. REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA
  8. 8. REVOLUÇÃO DE 1934
  9. 9. REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1934
  10. 10. FIM DOS CONFLITOS NOVO PERÍODO DE VARGAS
  11. 11. O PERÍODO LIBERAL (1934-1937) • A CONSTITUIÇÃO DE 1934: ELEIÇÕES DIRETAS, EQUILIBRIO DOS PODERES, VOTO SECRETO, VOTO FEMININO, LEIS TRABALHISTAS.
  12. 12. Transformações na década de 1930 O Brasil passou a ser um país agrícola e industrial.
  13. 13. FASCISTAS & COMUNISTAS • AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA (PLÍNIO SALGADO-FASCISTA). • ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA (LUIS CARLOS PRESTES-SOCIALISMO, LUTA CONTRA O FASCISMO E GETULISMO).
  14. 14. AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA
  15. 15. PLÍNIO SALGADO
  16. 16. ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA
  17. 17. LUIS CARLOS PRESTES
  18. 18. OLGA BENÁRIO (IDEALISMO, AMOR & TRAGÉDIA)
  19. 19. O GOLPE DO ESTADO NOVO • A INTENTONA COMUNISTA DE 1935. • O GOLPE DE 1937: “O PLANO COHEN”. • A DITADURA DO ESTADO NOVO (1937-1945)
  20. 20. O CULTO A IMAGEM (DIP)
  21. 21. Era Vargas ( 1930 – 1945) (1ªparte) • O populismo. • Criação do DIP (Depto de Imprensa e Propaganda – Ditadura). • Leis Trabalhistas: salário mínimo e direitos para o trabalhador. • Industrialização: criação de empresas estatais e infra-estrutura para o país. • Nacionalismo: contra a entrada de empresas estrangeiras
  22. 22. “O PAI DOS POBRES”
  23. 23. A cultura na década de 1930 • Importância do rádio. • Diversão: carnaval. • Cinema. • Sucesso de Carmem Miranda. • Nova Mulher: participação política, profissional, conquista de espaços sociais.
  24. 24. A cultura na década de 1930
  25. 25. Realizações: • Criou a Justiça do Trabalho (1939) instituiu o salário mínimo, a Consolidação das Leis do Trabalho, também conhecida por CLT. Os direitos trabalhistas também são frutos de seu governo: carteira profissional, semana de trabalho de 48 horas e as férias remuneradas. GV investiu muito na área de infra-estrutura, criando a Companhia Siderúrgica Nacional (1940), a Vale do Rio Doce (1942), e a Hidrelétrica do Vale do São Francisco (1945). Em 1938, criou o IBGE (Instituto brasileiro de Geografia e estatística). Saiu do governo em 1945 após um “golpe militar”.
  26. 26. BRASIL NA 2ªGUERRA MUNDIAL • VARGAS NEGOCIOU A PARTICIPAÇÃO. • GRANDE PODER DE BARGANHA. • F.E.B (FORÇA ESPEDICIONÁRIA BRASILEIRA). • OS PRACINHAS LUTARAM NA ITÁLIA.
  27. 27. A GUERRA E AS MUDANÇAS • FIM DO POPULISMO. • FIM DOS GOVERNOS TOTÁLITARIOS. • QUERERISMO. • FIM DO ESTADO NOVO.
  28. 28. O Segundo Mandato (A VOLTA) • Em 1950, Vargas voltou ao poder através de eleições democráticas. Neste governo continuou com uma política nacionalista. Criou a campanha do "Petróleo é Nosso" que resultaria na criação da Petrobrás.
  29. 29. “O PETRÓLEO É NOSSO”
  30. 30. UDN DE CARLOS LACERDA INIMIGOS DE GETULIO
  31. 31. O ATENTADO DA RUA TONELEIROS
  32. 32. OS ATAQUES E O SUÍCIDIO
  33. 33. O suicídio de Vargas • Em agosto de 1954, Vargas suicidou-se no Palácio do Catete com um tiro no peito. Deixou uma carta testamento com uma frase que entrou para a história: "Deixo a vida para entrar na História." Até hoje o suicídio de Vargas gera polêmicas. O que sabemos é que seus últimos dias de governo foram marcados por forte pressão política por parte da imprensa e dos militares. A situação econômica do país não era positiva, o que gerava muito descontentamento entre a população.
  34. 34. COMOÇÃO NACIONAL
  35. 35. Conclusão • Embora tenha sido um ditador e governado com medidas controladoras e populistas, Vargas foi um presidente marcado pelo investimento no Brasil. Além de criar obras de infra-estrutura e desenvolver o parque industrial brasileiro, tomou medidas favoráveis aos trabalhadores. Foi na área do trabalho que deixou sua marca registrada. Sua política econômica gerou empregos no Brasil e suas medidas na área do trabalho favoreceram os trabalhadores brasileiros.
  36. 36. FIM

×