Anzeige
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
Anzeige
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE
Nächste SlideShare
EDIÇÃO 236 EDIÇÃO 236
Wird geladen in ... 3
1 von 8
Anzeige

Más contenido relacionado

Anzeige

Último(20)

Anzeige

EDIÇÃO 225 DO JORNAL OPÇÃO DO NOROESTE

  1. 03 DE MAIO DE 2017 Edição: 225Edição: 225 - 03 de Maio de 2017 Comprometido com a Verdade Suplemento Especial Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Pádua Atos Oficias Câmara Municipal de Pàdua R$ 2,00 Toda Semana nas Bancas Facebook: Jornal Opção do Noroeste Email: jornalopcaodonoroeste@gmail.com 1º Evento em Comemoração ao Dia do Trabalhador Reúne multidão no centro de Pádua O Prefeito Josias Quintal em suas palavras agradeceu a toda equipe de trabalho.Página 02 MPRJ move ação contra Cabral e outros 29 para devolução de R$ 3,1 bilhões O Ministério Pú- blico do Rio (MPRJ) abriunestaterça-feira(2) uma ação civil pública contra o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e outros29réus-entrepes- soas físicas e empresas. O objetivo é con- seguir a devolução de mais de R$ 3,1 bilhões ao tesouro estadual em relação a irregulari- dades cometidas no con- trato de implementação da Linha 4 do metrô. A ação pede a in- disponibilidade de bens dos acusados para o res- sarcimento dos cofres públicos. Além disso, o MPRJ pede a condenação dos réus ao pagamento de danos morais coletivos causados aos cidadãos fluminenses, no valor mínimodeR$30milhões, correspondente a quase 10% do dano provocado. O contrato de con- cessão da Linha 4 foi fir- mado em dezembro de 1998 pelo então gover- nador do Rio, Marcello Alencar, com a Con- cessionária Rio Barra. Porém, as obras se ini- ciaram somente em 2010, na administração do ex- governador Sérgio Ca- bral, sob o argumento da urgência na implemen- tação da linha para at- ender a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpía- das do Rio em 2016. Na época, foi determinada uma série de alterações contratuais, por meio de quatro termos aditivos. As investigações concluíram que houve falha de planejamento nas obras do metrô, por causa dessas mudanças contratuais. O Minis- tério Público observou mudanças no projeto inicial, ausência de es- tudos técnicos de alter- nativa ou de viabilidade econômico-financeira. Entre os réus do processo, estão os ex- secretários estaduais de Transportes Julio Lopes, Carlos Osório e Luiz Carlos Velloso; empre- sas como Odebrecht, Queiroz Galvão, Cario- ca Engenharia, Cowan e Servix; os consórcios construtores Rio Barra (CCRB) e Linha 4 Sul (CL4S); e membros da administração da es- tatal RioTrilhos e da Ascom: G1
  2. 03 DE MAIO DE 2017Edição: 2252 O Município de Bom Jesus do Norte comemorou no dia 28 de abril, 53 anos de Emancipação Políti- co-Administrativa. A data foi lembrada com Cerimonia Cívica que aconteceu na Praça Astopho Lobo, no cen- tro da cidade e reuniu várias autoridades. Além do Prefeito Marquinhos Messias e a Vice-Prefeita Angé- lica Baptista, o evento contou, também, com as presenças de vários vereadores; da Pro- motora de Justiça Ma- ria Aparecida Bazani; Padre Genivaldo Mar- colan Laquini, Pároco da Igreja de São Geral- do Magela; Prefeito de São José do Calçado, José Carlos de Almei- da; Pelotão do TG 01- 001; secretários mu- nicipais entre outros. Após o hastea- mento das bandeiras, as autoridades fizeram o uso da palavra de- stacado a importância dos 53 anos de eman- cipação da região que pertencia a São José do Calçado, e em abriu de 1964 elevou-se a categoria de cidade, passando a se chamar Bom Jesus do Norte. Durante o seu discurso, o Prefeito Marquinhos Mes- sias destacou algumas ações da sua adminis- tração a frente do pod- er público municipal, enfatizando as parce- rias importantes com os governos do estado e federal em busca de recursos, e disse estar empenhado 24 horas por dia no trabalho de ajuste financeiro do município. “Em um momento de incertezas na economia do nosso país, tenho buscado trabalhar na busca do equilíbrio financeiro do município. Te n - ham certeza amigos, estou sendo um prefei- to presente buscando sempre o melhor para Bom Jesus do Norte”, destacou Messias. Ascom: Bom Jesus Cerimonia marca os 53 anos de emancipação de Bom Jesus do Norte
  3. 03 DE MAIO DE 2017 Edição: 225 3 1º Evento em Comemoração ao Dia do Trabalhador é realizado com sucesso Em Santo Antônio de Pádua, superando todas as ex- pectativas, um grande número de pessoas estiveram na Praça Pereira Lima para prestigiar as atividades organizadas a par- tir da parceria entre a Prefei- tura Municipal e grande parte comércio local, dentre outras. A programação contou com diversas atividades volta- das ao trabalhador, entre elas distribuição de mudas e semen- tes, salão da cidadania, aferição de pressão arterial, teste de gli- cemia, distribuição de lanches, Coleta Seletiva, parque infantil e stands do Paduano Esporte Clube e SESI-SENAI, além da importante presença do Ministério do Desenvolvim- ento Agrário e DETRAN-RJ, entre outras. O evento também contou com sorteio de vários brindes patrocinados pelo co- mércio local e colaborador- es. N a parte musical, os paduanos Cacalo e João Victor Pau- lino estiveram presentes. Organizada pelo Anda Pádua, o dia de atividades tam- bém contou com a 1ª Corrida do Trabalhador, reunindo cor- redores Paduanos e também de cidades vizinhas, que per- correram aproximadamente 5,6 km pelas ruas da cidade. Primeiro Paduano a chegar e também 6º colocado na clas- sificação geral do evento, o radialista Muniz Herdy avaliou o evento em seu programa matinal pela Rádio Feliz como um grande sucesso, compa- rando com atividades orga- nizadas em outros municípios. O mesmo trajeto tam- bém foi usado pelos ciclistas em um belíssimo passeio or- ganizado pelos grupos FOX e Pedal sem Rumo, reunindo mais de 100 ciclistas de diversos out- ros grupos no centro da cidade. A realização do even- to aconteceu com total apoio do Prefeito Josias quintal de Oliveira que sancionou a Lei Nº 3.779/2017 de autoria da Vereadora Vanderleia Marques, que criou em âmbito mu- nicipal o Dia do Trabalhador. A mesma Vereadora, juntamente com o Secretário Municipal de Indústria, Co- mércio e Recursos Minerais Antônio José de Souza Fr- auches e a Secretária Munici- pal de Administração Josilene de Oliveira Rocha, começaram os trabalhos para realização do evento, reunindo uma grande equipe, primeiramente com Se- cretários Municipais e em se- guida com demais funcionários da Prefeitura, que rapidamente se organizaram e estabeleceram metas, tornando possível a real- ização desse grandioso evento. A equipe organizadora do evento esteve na manhã da última terça-feira (02) no pro- grama semanal Falando com o Secretário e agradeceu a todos os envolvidos direta e indire- tamente que contribuíram para a realização do evento e tam- bém ao Prefeito Josias Quintal que acreditou na capacidade de gestão de toda sua equipe. Como desafio, o Prefei- to também lança para o próximo ano a meta de dar continuidade ao evento, e também a execução deoutrosprojetos,entreelesodo Dia da Criança e eventualmente outras datas comemorativas. O Prefeito Josias Quin- tal em suas palavras agradeceu a toda equipe de trabalho, em especial aos funcionários que trabalharam incansavelmente. Fonte : Ascom Pádua Fotos: Taylor Pereira A Secretaria Mu- nicipal de Educação de Bom Jesus do Norte real- izou na terça-feira(2/05) palestra que faz parte do “Projeto Paz”. O encon- tro reuniu alunos do 1º ao 4ºanodoColégioCoronel Antonio Honório e teve como tema o Bullying. Diretos e deveres de cada um as diferenças entre as pessoas e a im- portância do respeito ao próximoforamalgunsdos assuntos abordados com os alunos, através de uma palestra bem interativa. Segundo a pal- estrante, Professora Sandra Bulhões, a pro- posta é levar os alunos a reflexão sobre temas que estão presentes dia- riamente, mas que passam despercebidos. “Respeitar as diferenças, respeitar o próximo; refletir sobre os direitos e deveres são princípios que devem ser trabalhados desde o ini- cio. Quanto antes o trabal- ho ser desenvolvido, mais eficiente será a forma- ção do caráter do aluno”, destacou a palestrante. O “Projeto Paz” será desenvolvido du- rante todo o ano letivo de 2017, em todas as es- colas da rede sempre abordando temas rele- vantes, com foco no Paz. Ascom : Bom jesus do Norte O Bullying foi abordado com palestra para alunos
  4. 03 DE MAIO DE 2017Edição: 2254 Campanha para imunização de bovinos e bub- alinos, em qualquer idade, vai até o dia 31. Começa neste mês em todo o Estado a primei- ra etapa anual de vacina- ção contra a Febre Aftosa. Os produtores rurais tem prazo até o dia 31 de Maio para imunizar os animais de qualquer idade de seus re- banhos bovinos e bubalinos. O secretário estadual de Agricultura, Jair Bitten- court, alerta que o fato do Estado estar a 20 anos sem o registro da doença faz com que muitos pecuaristas desconheçam as graves conse- quências dessa enfermidade, tanto para a sanidade animal quanto para a economia rural. - É um marco importante e que mantém o status do Rio de Ja- neiro de área livre de febre af- tosa, com vacinação. Mas, não podemos descuidar! É preciso agir com responsabilidade, vacinar os animais e apre- sentar a declaração – frisou. A expectativa é atin- gir a imunização de 100% do rebanho bovideo flumi- nense, que reúne mais de 2,4 milhões de cabeças. O superintendente de Defesa Agropecuária da Sec- retaria de Agricultura, Paulo Henrique Moraes, orienta os produtores a adquirir a vaci- na nas lojas agropecuárias autorizadas e a terem at- enção na conservação do produto. A vacina deve ser transportada em isopor com gelo e conservada em gela- deira. Os frascos devem ser mantidos refrigerados até o momento de sua aplicação. Os criadores devem estar atentos também aos pra- zos para a entrega da declara- ção de vacinação nos Núcleos de Defesa Agropecuária ou postos municipais no local de sua propriedade, evitando as multas - afirmou Moraes. A declaração tam- bém poderá ser feita pelo próprio produtor na página www.agricultura.rj.gov.br. C o m u n i c a ç ã o Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento Ascom: Jair Bittencourt “CANTINHO DO DIREITO”: Pergunta: Sempre trabal- hei na roça, mas nunca tive carteira assinada. Ás vezes trabalho como empregado e, às vez- es, por empreitada. Já estou com 63 anos de idade e preocupado, pois, afinal, a velhice está che- gando e brevemente não poderei mais trabalhar. Tem alguma forma de re- solver o meu problema? Resposta: Sem analisar os documentos do senhor e ouvir de perto os fa- tos, é temeroso formu- lar uma resposta precisa, pois, afinal, a pretensão do “cantinho do direito”é es- clarecer e não confundir. Em principio, para quem sempre trabalhou na lavoura, existe alguma forma de obter a aposen- tadoria ou somar o tempo de trabalho rural ao ur- bano, mas é necessário apreciar os documen- tos com muita atenção. Aproveitando a oportunidade, gostaria de divulgar uma boa notícia para pensionistas rurais: Existe a possibilidade da viúva que recebe pensão rural do mari- do requerer também a sua aposentadoria. COLABORAÇÃO: Escritório de Advo- cacia Vidipó e Oseias Rua Conselheiro Pau- lino, 95, Centro, SantoAntôniodePádua,RJ, Telefone: 3.851. 0195.
  5. Circulação Norte, Noroeste Fluminense e Zona da Mata Mineira Jornal Opção do NoroesteData: 03 de Maio de 2017 Edição: 225 www.jornalopcaodonoroeste.blogspot.com
  6. SUPLEMENTO ESPECIALATOS OFICIAIS 03 DE MAIO DE 20176
  7. SUPLEMENTO ESPECIALATOS OFICIAIS03 DE MAIO DE 20177
  8. SUPLEMENTO ESPECIALATOS OFICIAIS 03 DE MAIO DE 20178
Anzeige