Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
COLÉGIO ESTADUAL DONA AMÉLIA AMADO – CEDAA




ESTUDO DO CASO: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DE ÁCIDOS E
BASES DOS ALIMENTOS E ...
RESUMO


Vamos apresentar a seguir uma sequência de experimentos desenvolvidos a partir de
um projeto educacional, desenvo...
INTRODUÇÃO


Nesses experimentos podemos observar as reações que o suco de repolho roxo pode
ter quando se mistura com uma...
REFERENCIAL TEÓRICO



Ebulioscopia - é a propriedade coligativa correspondente ao aumento do
ponto de ebulição de um líqu...
diminuição também ocorre em soluções ideais (as quais tem entalpia de
mistura igual a zero).

A entropia do líquido reflet...
intensidade da ocorrência dessas propriedades varia de acordo
com a quantidade de partículas encontradas na solução. As
mu...
RESULTADOS E DISCUSSÃO


Colocamos cerca de 7 folhas de repolho roxo em um liquidificador e 125ml

de água e batemos duran...
Shampoo: violeta;

Aspirina: rosa avermelhado.

Ao terminarmos os experimentos anotamos as informações obtidas.

A baixo, ...
CONCLUSÕES



O presente experimento nos permitiu perceber as reações químicas em ácidos,
nos transmitiu o conhecimento so...
REFERENCIAS


Propriedades coligativas acesse:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Propriedades_coligativas


Ebulioscopia acesse...
Modelo de..[1]
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Modelo de..[1]

5.937 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

  • Gehören Sie zu den Ersten, denen das gefällt!

Modelo de..[1]

  1. 1. COLÉGIO ESTADUAL DONA AMÉLIA AMADO – CEDAA ESTUDO DO CASO: ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DE ÁCIDOS E BASES DOS ALIMENTOS E PRODUTOS DE LIMPEZA EM PRESENÇA DE INDICADOR DE SUCO DE REPOLHO ROXO Trabalho apresentado ao prof. Abraão Matos da disciplina Química pelos alunos: DALILA FRANÇA, MARIANA MIRANDA, NAJLA PENA, GABRIELLA BANDEIRA, E WESLEY. Itabuna-Ba 2010
  2. 2. RESUMO Vamos apresentar a seguir uma sequência de experimentos desenvolvidos a partir de um projeto educacional, desenvolvido inicialmente pelo professor Abraão em sala de aula, no qual os alunos assim designados irão realizar vários experimentos com um determinado material que é o suco de repolho roxo, para observar sua reação quando misturado à outro reagente químico e avaliar os valores de acidez a cada mistura.
  3. 3. INTRODUÇÃO Nesses experimentos podemos observar as reações que o suco de repolho roxo pode ter quando se mistura com uma base, com um sólido, ou ainda com produtos de limpeza e etc. Observamos também a ebulioscopia dos materiais, e as propriedades coligativas do mesmo. De acordo com o material fornecido pelo professor Abraão, também analisamos o nível de acidez das misturas da seguinte forma: analisamos as cores dos resultados das experiências de cada mistura, em seguida ligamos cada cor ao valores de ph já fornecido pelo professor, e assim determinamos o nível de acidez das substancias adicionadas suco do repolho roxo. Apresentaremos essas experiências a seguir.
  4. 4. REFERENCIAL TEÓRICO Ebulioscopia - é a propriedade coligativa correspondente ao aumento do ponto de ebulição de um líquido quando acrescenta-se a ele um soluto não-volátil (que não evapora). É como se as partículas do soluto "segurassem" as partículas do solvente, dificultando sua passagem ao estado gasoso. O aumento (variação) da temperatura de ebulição pode ser justificado pela diminuição da pressão máxima de vapor, que se deve à presença das partículas do soluto. Para que ocorra a ebulição da solução, é necessário que ela seja aquecida até que sua pressão de vapor se iguale à pressão atmosférica Propriedades coligativas- das soluções são propriedades que surgem pela presença de um soluto e dependem única e exclusivamente do número de partículas que estão dispersas na solução, não dependendo da natureza do soluto. Isso significa dizer que a quantidade, e não a qualidade (e.g. tamanho, estrutura molecular ou massa), das partículas que estão dispersas na solução é que irá influenciar na intensidade das propriedades (ou efeitos) coligativas Os três primeiros foram estudados por Raoult, enquanto que o último foi estudado por Van't Hoff. Todas as propriedades coligativas surgem da redução do potencial químico do líquido solvente como resultado da presença do soluto. A redução do potencial químico do solvente implica aumento da temperatura em que ocorrerá o equilíbrio líquido-vapor (o ponto de ebulição é aumentado) e diminui a temperatura em que ocorre o equilíbrio sólido-líquido (o ponto de fusão é diminuído). A origem molecular da diminuição do potencial químico não está na energia de interação entre o soluto e as partículas do solvente, porque a
  5. 5. diminuição também ocorre em soluções ideais (as quais tem entalpia de mistura igual a zero). A entropia do líquido reflete a desordem de suas moléculas e a pressão de vapor reflete a tendência da solução em aumentar sua entropia, o que pode ser conseguido se o líquido vaporizar para formar um gás mais desordenado. Quando o soluto está presente, ele contribui para aumentar a entropia da solução e a tendência dela em formar gás é diminuída. Assim o ponto de ebulição é aumentado. Da mesma forma, o aumento da desordem da solução pela adição do soluto contribui para que ela permaneça em seu estado sólido e não funda, diminuindo o ponto de fusão. Ebulioscopia: elevação da temperatura de um solvente. Quando fazemos a análise química de um líquido em estado puro e da solução desse mesmo líquido e constatamos que houve mudanças no comportamento do líquido devido à presença do soluto, dizemos que ocorreram mudanças nas propriedades coligativas desse líquido. Um exemplo: quando dissolvemos sal na água e aquecemos a solução, essa entra em ebulição mais lentamente do que a água pura. As soluções podem ser moleculares quando as partículas encontradas são moléculas e iônicas quando as partículas encontradas são íons. As propriedades coligativas são propriedades que se originam a partir da presença de um soluto não-volátil e um solvente. A
  6. 6. intensidade da ocorrência dessas propriedades varia de acordo com a quantidade de partículas encontradas na solução. As mudanças sofridas por um líquido que contém um soluto não- volátil, também chamadas de efeitos coligativos. O referencial teórico foi extraído de: www.wikipedia.com MATERIAIS UTILIZADOS Para iniciar o experimento utilizamos um vasilhame com indicador de medidas e outro sem; uma colher de sopa; algumas folhas de repolho roxo; vários copos transparentes; água; água sanitária; xampu; aspirina; sal; açúcar; bicarbonato de sódio; detergente líquido; vinagre; liquidificador; uma peneira.
  7. 7. RESULTADOS E DISCUSSÃO Colocamos cerca de 7 folhas de repolho roxo em um liquidificador e 125ml de água e batemos durante 3 minutos.Depois passamos o suco em uma peneira para retirar a parte mais grossa e colocamos ele já coado em um vasilhame transparente. Utilizamos um vasilhame com indicador de medidas para medir a quantidade dos reagentes químicos que era sempre 125 ml de água, mais uma colher da substancia nova e uma colher do suco a colocávamos no vasilhame sem indicador de medidas. O primeiro experimento foi realizado com água, e a cor obtida foi :azul esverdeado; Depois fizemos com vinagre e a cor obtida foi: púrpura; Com bicarbonato a cor foi:azul; Água sanitária:azul; Sal: violeta,no momento em que foi misturado, e, alguns segundos após:azul. Açúcar: verde;
  8. 8. Shampoo: violeta; Aspirina: rosa avermelhado. Ao terminarmos os experimentos anotamos as informações obtidas. A baixo, segue as fotos de todo o processo. Observe-as.
  9. 9. CONCLUSÕES O presente experimento nos permitiu perceber as reações químicas em ácidos, nos transmitiu o conhecimento sobre cálculo de ph e como identificá-lo pelas cores, aprendemos também como se faz um relatório científico, podemos observar a mudança de cores entra um componente e outro e fazer a relação das diferenças. Esses experimentos também nos trouxeram experiência e aprendizado do assunto ph dos ácidos.
  10. 10. REFERENCIAS Propriedades coligativas acesse: http://pt.wikipedia.org/wiki/Propriedades_coligativas Ebulioscopia acesse: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ebulioscopia Propriedades coligativas acesse: http://www.brasilescola.com/quimica/propriedades-coligativas.htm

×