Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Os caminhos da abstracao formal

Ähnliche Bücher

Kostenlos mit einer 30-tägigen Testversion von Scribd

Alle anzeigen

Ähnliche Hörbücher

Kostenlos mit einer 30-tägigen Testversion von Scribd

Alle anzeigen
  • Als Erste(r) kommentieren

Os caminhos da abstracao formal

  1. 1. OS CAMINHOS DA ABSTRAÇÃO FORMAL
  2. 2. O CUBISMOORIGEM Experimentações de :Pablo Ruís Picasso (1881 – 1973) Georges Braques (1882- 1963)
  3. 3. O CUBISMOPablo Ruís Picasso (1881 – 1973) Georges Braques (1882- 1963)Espanha (Horta del Hebro) França (Éstaque)Pesquisas para encontrar novos métodos e técnicas de representaçãoformal e espacialUltrapassar as regras clássico-renascentistas
  4. 4. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910“Braque maltrata asformas reduzindo-as apequenos cubos”Matisse
  5. 5. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910Abandono da representação domotivo (objeto, paisagem)tomado de um só ponto de vista(como na representaçãotradicional)+Representação do motivo sobvários pontos de vista na mesmarepresentação (as perspetivasmúltiplas) associando às trêsdimensões uma quarta : otempo.
  6. 6. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910Representação do motivo sobvários pontos de vista na mesmarepresentação (as perspetivasmúltiplas) associando às trêsdimensões uma quarta : otempo.Derrubam os conceitostradicionais de forma e espaço eabriram caminho à arte abstrata
  7. 7. O CUBISMOTrês fases do CubismoPicasso, Les Demoisellesd’Avignon (As Meninas deAvinhão)Georges Braque,Violino e Cântaro,1910Juan Gris, Natureza-mortacom Garrafa e Faca, 1912
  8. 8. O CUBISMOPicasso, Les Demoiselles d’Avignon, (As Meninasde Avinhão)1ª FASEFASE CEZANNISTA OUCEZANNIANA1907-1909Influências:- Cézanne- Escultura africana- Teoria relativista deEinsteinRedução da realidade aestruturas simples eelementares
  9. 9. O CUBISMOPicasso, Les Demoiselles d’Avignon, 1906-07 (As Meninas de Avinhão)Obracubista?Obra cubo-expressionista?Análise daobra“Eu não pinto ascoisas como asvejo, mas simcomo as penso”Picasso
  10. 10. O CUBISMOPicasso, Les Demoiselles d’Avignon, (As Meninas de Avinhão)Geometrizaçãodas formas+Figuraçõesangulosas+Figurasdistorcidas pelaperspetivaAnálise daobra
  11. 11. O CUBISMOPicasso, Les Demoiselles d’Avignon, (As Meninas de Avinhão)Figuras efundoconfundem-se+Fundofragmentado+Espaçopictóricodecomposto+Planossobrepostos+Eliminação daprofundidadeRostos-máscarasreproduzidosposteriormenteInfluência daarte africanaNão há claro-escuroAnálise daobra
  12. 12. O CUBISMOPicasso, O Reservatório deHorta del Hebro, 1909Análise daobra
  13. 13. O CUBISMO- Planos geometrizados- Cores distintas- Respeito pelas volumetrias- Anulação do fundo face aomotivo- Reduzida paleta cromáticaPicasso, O Reservatório deHorta del Hebro, 1909Análise daobra
  14. 14. O CUBISMOGeorges Braques, Casas emÉstaque, 1908- Respeito pelas volumetrias- Geometrização do casario- Reduzida paleta cromática
  15. 15. O CUBISMOCaracterísticas da fasecezannista:- temáticas: paisagem e figurahumana em atelier- Representação racional egeométrica das formas- Contorno quebrado- Manutenção dos volumes- Início do desdobramento deplanos- Rostos simplificados ou emmáscara (influência da esculturaafricana)- Redução da paleta cromáticaPicasso, O Reservatório de Horta delHebro, 1909
  16. 16. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 19102ª FASEFASE ANALÍTICA OUHERMÉTICA1909-1912A fase mais característica doCubismo
  17. 17. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910Análise daobra
  18. 18. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910- Planos quebrados e multifacetados- Cor sépia dominante- As formas aparecem implodidas- Há uma interseção de planos, comose na obra se inserisse a 4ªdimensão: o tempo, como forma decaptar o espaço.Análise daobra
  19. 19. O CUBISMOGeorges Braque, Violino e Cântaro, 1910Características da faseanalítica ou hermética- Temas: natureza-morta, objetos doquotidiano, retrato- Multiplicação dos motivos- Infinidade de planos geométricos,totalmente achatados- Total bidimensionalismo- Completa bicromia: a paleta reduz-se a cores sóbrias, quasemonocromáticas (terras ou cinzasesverdeados)- Estaticidade: a sugestão demovimento desaparece da tela,passando para o olhar doobservador
  20. 20. O CUBISMOPablo Picasso, O Aficcionado, 1912Acentua-se a ideia de que a pintura éuma realização plástica que obedece aregras próprias.O artista representa uma idealizaçãodo objeto: não representa aquilo quevê, mas o que dele conheceÉ irreconhecível, hermético
  21. 21. O CUBISMOPablo Picasso, O Aficcionado, 1912O que está representado na tela afasta-se do modelo que lhe deu origem.Com a ajuda do título, o espectador éconvidado a um jogo de identificaçãovisual, combatendo a abstração puraque algumas pinturas poderão sugerir.
  22. 22. O CUBISMOTeorização do Cubismo nas tertúliasrealizadas no Bateau Lavoir, nomedado por Picasso ao seu atelierIdentidade de princípios e deprocessos entre Picasso eBraque
  23. 23. O CUBISMOJuan Gris, Natureza-morta comGarrafa e Faca, 19123ª FASEFASE SINTÉTICA1912-1914
  24. 24. O CUBISMOJuan Gris, Natureza-morta comGarrafa e Faca, 1912Picasso, O Violino, 1914
  25. 25. O CUBISMORetorno à realidade,isto é, ao objetoPicasso, O Violino, 1914
  26. 26. O CUBISMORetorno à realidade, isto é, ao objetoRedução dos pontos de vista+Sintetização dos planos+A paleta altera-se, ganhando maiorvariedade cromática.Picasso, O Violino, 1914
  27. 27. O CUBISMORetorno à realidade, isto é, ao objetoRedução dos pontos de vista+Sintetização dos planos+A paleta altera-se, ganhando maiorvariedade cromática.Braque e Picasso introduziramobjetos reais e tridimensionaisColagem de recortes de jornais,papel de música, alfinetes, areias …Picasso, O Violino, 1914
  28. 28. O CUBISMOColagem de recortes de jornais,papel de música, alfinetes, areias …Novo conceito de obra de artepictórica: diluição da fronteira entrepintura e esculturaPintura Cubista = Pintura-objetoPintura encarada, não comodecoração ou expressão, mas comoconstrução de uma obraPicasso, O Violino, 1914
  29. 29. O CUBISMOBraque, A Mesa do Músico, 1913
  30. 30. O CUBISMO- Os elementosfigurativos sãonítidos- Simplificação dosobjetos- Redução donúmero de planosBraque, A Mesa do Músico, 1913
  31. 31. O CUBISMOJuan Gris, Natureza-morta comGarrafa e Faca, 1912Juan GrisFundador do CubismoSintéticoMaior intelectualização“cubista de régua eesquadro”
  32. 32. O CUBISMOJuan Gris, Natureza-morta comGarrafa e Faca, 1912Análise daobra- Contornos nítidos- Formas planificadas egeometrizadas,racionalmente construídas“Cubismo científico”+“Fazia de um cilindrouma garrafa”
  33. 33. O CUBISMOFases Tempo Características
  34. 34. O CUBISMOFases Tempo CaracterísticasCezannista oucezanniana1907-1909 - Geometrização das formas- Eliminação da profundidade e do claro-escuro- Sobreposição de planos
  35. 35. O CUBISMOFases Tempo CaracterísticasCezannista oucezanniana1907-1909 - Geometrização das formas- Eliminação da profundidade e do claro-escuro- Sobreposição de planosAnalítica ouhermética1909-1912 - Análise exaustiva dos objetos, decompondo-ose reduzindo-os à bidimensionalidade- Fragmentação do espaço- Múltiplos pontos de vista de um objeto(rotação, sobreposição e interceção dosplanos) – inserção da 4ª dimensão
  36. 36. O CUBISMOFases Tempo CaracterísticasCezannista oucezanniana1907-1909 - Geometrização das formas- Eliminação da profundidade e do claro-escuro- Sobreposição de planosAnalítica ouhermética1909-1912 - Análise exaustiva dos objetos, decompondo-ose reduzindo-os à bidimensionalidade- Fragmentação do espaço- Múltiplos pontos de vista de um objeto(rotação, sobreposição e interceção dosplanos) – inserção da 4ª dimensãoSintética 1912-1914 - Redução do espaço e das formas a uma síntese- Acumulação de planos, cada vez maisesquematizados- Introdução de colagens e de letras impressas- Quadro como tableau-objet- Aproximação à abstração
  37. 37. O CUBISMOInfluências exercidas pelo Cubismo- Orfismo: acrescentar um novo elemento de lirismo e cor ao austerocubismo intelectual, fazendo da cor o principal meio de expressãoartística- Purismo: pintura sem valores emocionais, racional e rigorosa;simplificação das formas, geometrização; representação da naturezamorta sem volume, somente com as duas dimensões- Abstracionismo: não representa objetos próprios da nossa realidadeconcreta exterior, utilizando as relações formais entre cores, linhas esuperfícies para compor a realidade da obra, de uma maneira "nãorepresentacional".- Futurismo: suas obras baseavam-se fortemente na velocidade e nosdesenvolvimentos tecnológicos do final do século XIX
  38. 38. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Link:http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=QeJmNKtnTQI
  39. 39. O CUBISMO
  40. 40. O CUBISMOGuerra Civil de Espanha (1936 – 1939)Apoio alemão às forças franquistasA Legião Condor experimenta nova tática deguerra: bombardeamento aéreo a cidades
  41. 41. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Composição organizada como um tríptico
  42. 42. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Cenário: pomba em cima de uma mesa; casa a arder
  43. 43. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Movimento?
  44. 44. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Movimento: linhas retas/diagonais; claro/escuro; agitação das figuras; gritos;olhos grandes e deslocados
  45. 45. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Orientação?
  46. 46. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Orientação: tudo se orienta para o lado esquerdo, para onde todos se dirigem,como se fosse uma saída da cidade
  47. 47. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Luz?Cor?
  48. 48. O CUBISMOPicasso, Guernica, 1937Luz: corpos pintados de brancoCor: limitada ao preto, branco, cinzento
  49. 49. O CUBISMOTudo se orienta para o lado esquerdo, para onde todos se dirigem, como se fosse umasaída da cidadeCavalo = PovoTouro = brutalidade cegaRostos torturadosPomba = Liberdade feridaGuerreiro desmembrado = morteLamento e súplicaAgonia e espantoO Olho de Deus, atestemunha muda
  50. 50. O CUBISMO- Espaço baseado em planos triangulares, heterogéneos, de acordo com osprincípios cubistas- Prevalecem linhas ortogonais e diagonais- A forma é desconstruída, devido à denuncia da destruição e à forma cubista
  51. 51. O CUBISMOSignificado:- formal: geometrização estruturante, sobreposição e interceção de planos,diversidade de pontos de vista- Temática: simboliza o terror injustificável provocado pela guerra e prova o poderda arte como denúncia de um ato premeditado de crueldade
  52. 52. O FUTURISMO"Dinamismo di un cane al quinzaglio"(1912). Giacomo BallaMenina a correr na varanda, G.Balla, 1912
  53. 53. O FUTURISMO1909 – Publicação do Manifesto Futurista, escrito por Marinetti epublicado no Le Fígaro
  54. 54. O FUTURISMO1909 – Publicação doManifesto Futurista, escritopor Marinetti e publicado noLe Fígaro1ª manifestação na literatura“Um automóvel de corrida com o seuadorno de grossos tubos semelhantes aserpentes de hálito explosivo (…) é maisbelo que a Vitória de Samotrácia”.
  55. 55. O FUTURISMO1909 – Publicação doManifesto Futurista, escritopor Marinetti e publicado noLe Fígaro1ª manifestação na literatura+Combate à arte tradicional+Exaltação da civilizaçãoindustrial e da vida moderna“Um automóvel de corrida com o seu adorno de grossos tubos semelhantesa serpentes de hálito explosivo (…) é mais belo que a Vitória deSamotrácia”.
  56. 56. O FUTURISMO1910 – Manifesto dos Pintores Futuristas"Dinamismo di un cane al quinzaglio" (1912).Giacomo Balla“Os objetos em movimentomultiplicam-seincessantemente, deformam-se perseguindo-se comovibrações no espaço emcorrida veloz”Boccioni, Carrá, Russolo, Ballae SeveriniO movimento futuristadifunde-se nas artes plásticasApologia da máquina, davelocidade e da luz
  57. 57. O FUTURISMOGino Severini, A Dançarina de Azul, 1912Multiplicidade de planos( à maneira cubista)+Dinamismo e movimento, transmitindoestados de alma(aproximação ao expressionismo)Temas relacionados com modernidade,velocidade e dinamismo
  58. 58. O FUTURISMOMenina a correr na varanda, G.Balla, 1912Decomposição geométricadas formas (linhas quebradasem ângulo agudo) e/ou emcurvas sinuosas+Planos simultâneos einterpenetrados para obter oefeito de movimento notempo (4ª dimensão)+Linhas de cor pura,ortogonais, angulares ouespiraladas à semelhança deraios luminosos, simulandomovimento ou adecomposição da luz
  59. 59. O FUTURISMOValorização da cor eda luzExaltação damodernidade e dofuturoBoccioni, Estados de Espírito I, Os Adeuses, 1911
  60. 60. O FUTURISMOPintoresBoccioni, Estados de Espírito I, Os Adeuses,1911Boccioni, Formas Únicas emContinuidade no Espaço,1913, Bronze
  61. 61. O FUTURISMOGiacomo Balla, "Dinamismo di un cane al quinzaglio" (1912)
  62. 62. O FUTURISMOCarlo Carrá, Manifestação Intervencionista, 1914, colagensvárias e têmpera sobre cartão
  63. 63. O FUTURISMOGino Severini, A Dançarina de Azul, 1912
  64. 64. O FUTURISMO3 fasesLocal Data OcorrênciasItália e difusão pelo restoda EuropaEntre 1909-10 e a 1ºGuerra MundialDefinição do movimentoEntre as duas guerras(1918-1944)Alargamento doFuturismo a outrasmodalidades plásticas(design industrial,estilismo e cinema)França 1947-1950 Breve tentativa derestabelecimento domovimento
  65. 65. CORRENTES DERIVADAS DO CUBISMO E DOFUTURISMOCubismo da Secção de Ouro(ou Secção Áurea)Teóricos: Albert Gleizes e JeanMetzingerObjetivo: racionalização do Cubismoatravés da aplicação da teoriarenascentista da visão piramidal doolho humano, acabando por introduzirmovimento e dinamismoAlbert Gleizes, Mulheres costurando,1913
  66. 66. Robert Delaunay, La Manége des CochonsCORRENTES DERIVADAS DO CUBISMO E DOFUTURISMOOrfismoAliança entre a técnica cubista e acor e o movimento futuristas
  67. 67. FIM

    Als Erste(r) kommentieren

    Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

  • andrefranjas

    Mar. 6, 2015
  • beatrizgomes5477

    Apr. 17, 2015
  • ACarolina1234567

    Apr. 22, 2015
  • 100003873823704

    Feb. 28, 2016
  • ManiCarvalho

    Apr. 16, 2016
  • ingridamoras98

    May. 2, 2016
  • Tmacedo1

    Feb. 22, 2017
  • DANISPADA

    Mar. 16, 2017
  • SaraRibeiro55

    Mar. 20, 2017
  • VitorMoreno4

    Jun. 20, 2017
  • madalenalopes11

    Jun. 6, 2018
  • CidliadeAzevedo

    Mar. 1, 2019
  • PedroPereira640

    May. 16, 2019
  • BeatrizAzevedo52

    May. 5, 2020
  • arianevicioli

    Jul. 6, 2020

Aufrufe

Aufrufe insgesamt

13.962

Auf Slideshare

0

Aus Einbettungen

0

Anzahl der Einbettungen

6.713

Befehle

Downloads

0

Geteilt

0

Kommentare

0

Likes

15

×