Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.

Teorias da origem da vida

133 Aufrufe

Veröffentlicht am

Trajectória para o esclarecimento da origem da via no planeta terra.

Veröffentlicht in: Bildung
  • Loggen Sie sich ein, um Kommentare anzuzeigen.

Teorias da origem da vida

  1. 1. Teorias da origem da vida Bem vindo ao estudo do tema sobre teorias da origem da vida É um enorme prazer ter você, de novo neste espaço de aprendizagem Bom Proveito
  2. 2. Introdução As teorias da origem da vida resultam de pensamentos de várias Gerações que ao longo de séculos tentaram explicar a origem da vida. Nesta lição você tem a oportunidade de conhecer as Principais teorias das quais fazem parte, o Fixismo, Transformismo, Catastrofismo bem como a geração espontânea , as experiência de Pasteur e a teoria de Lamark. Presta atenção
  3. 3. Teoria Científica Sobre a Origem da Vida Estima-se que a terra existia há 5 bilhões de anos. Nessa época a temperatura era elevadíssima, sem formas de vida, nem oceanos e atmosfera primitiva era bem diferente da actual. Nos últimos 120 anos, surgiram várias ideias sobre a origem da terra e das condições da atmosfera, tendo se verificado que:  A terra primitiva era formada por poucos átomos e elementos: C, H, S, O, N.
  4. 4.  Exitiam na terra primitiva por compostos de moléculas simples, como: Metano ,Amônia , Ácido Sulfídrico, Água, Dióxido de Carbono , Hidrogénio e outros gases.  E que o carbono, hidrogénio, oxigénio e nitrogénio, são elementos que abundam nos organismos vivos, na forma de moléculas orgânicas complexas.
  5. 5. Teorias que mais se destacaram:  Aristóteles – O surgimento da vida a partir de princípios activos contidos em certos elementos, que podem ser activos (Evolução Abiogénica)  Francisco Redi – A vida só se origina a partir de outra pré- existente, desde que encontre meio favorável (Biogênese).  Serres e Haeckel, a evolução do indivíduo deve reproduzir a da espécie.  Anton Leewenhock – Aperfeiçou o microscópio e defendeu que os microrganismos tiveram seus próprios meios de reprodução.
  6. 6.  Em 1953, Stanley Miller - Foi pioneiro ao desenvolver uma experiência utilizando mistura de água, metano, amónia e vapor de água.  Em 1957, Sidney Fox – Baseando-se no trabalho de Miller, tenta entender a ocorrência de proteínas a partir de aminoácidos, nas condições primitivas da terra. Biogênese – É uma teoria biológica na qual a matéria viva precede sempre de matéria viva.
  7. 7. Teorias Antigas Sobre a Origem dos Seres Vivos: O Fixismo – Cada espécie vivente surgiu de maneira independente, por acto de criação divina, com as mesmas características que possui hoje. Carlos Linneus é o defensor desta Teoria Fixista (As espécies biológicas são fixas e imutáveis). Transformismo – As espécies se transformam ao longo do tempo, originando novas espécies. As espécies actuais originaram de Ancestrais Comuns por evolução.
  8. 8. Geração Espontânea Acreditava-se que a vida teria surgido espontaneamente da matéria não viva; Louris Pasteur - provou através de experiências que as ideias dos seus antecessores estavam erradas, demonstrando que um meio estéril em contacto com o ar contaminado, permitia a proliferação de microrganismos.
  9. 9. Teoria de Catostrofismo de Cuvier (1769-1832) Defende que as calamidades têm impacto, extinção de espécies inteiras que depois sao substituídas por outras novas, diferentes das criadas por Deus ou que tivessem migrado de regiões da terra não afectadas. A Experiência de Pasteur 1. Primeiro - Preparou um nutriente semelhante à uma sopa; 2. Em seguida - colocou porções iguais desse caldo em dois frascos de gargalo longo. Um frasco tinha gargalo recto e outro tinha gargalo dobrado em forma de S;
  10. 10. 3. Depois - ferveu o caldo em cada frasco a fim de matar qualquer matéria viva que o líquido contivesse. 4. Mais tarde - Pasteur observou que o caldo no frasco de gargalo recto estava nublado e descolorido e que o do frascode gargalo curvo não havia mudado. 5. Conclusão - Os germes conduzidos pelo ar conseguiam cair sem obstruções no frasco do gargalo recto, contaminando o caldo. Já o outro frasco aprisionava os germes em seu gargalo curvo, impedindo-os de chegar ao caldo, que não mudou de cor.
  11. 11. Fou muito bom estar com você nesta lição. Até breve

×