Diese Präsentation wurde erfolgreich gemeldet.
Wir verwenden Ihre LinkedIn Profilangaben und Informationen zu Ihren Aktivitäten, um Anzeigen zu personalisieren und Ihnen relevantere Inhalte anzuzeigen. Sie können Ihre Anzeigeneinstellungen jederzeit ändern.
AS ESCOLAS INICIÁTICAS      DO PASSADO    E A ESCOLA DE     APRENDIZES
São duas as formas de iniciação espiritual.A primeira é:INICIAÇÃO ESOTÉRICA ( VOLTADA PARA INTERIOR,O SER INDIVIDUALIZADO,...
OS GRANDES INICIADOS       Obra de 1889• ÉDOUARD SCHURÉ - que nasceu em  1841 e desencarnou em 1929.• Descreve que "a alma...
Enfatiza a importância da união da Religião e da Ciência,como caminho do auto-conhecimento e da libertação.Nos estudos das...
•Para Édouard Schuré, um tempo de regeneraçãointelectual e de transformação social virá quando aciência souber, a religião...
OS GRANDES INICIADOS       • RAMA
• Rama é um dos discípulos extrafísicos de Ramatís. Desdepriscas eras, vem trilhando o caminho espiritual e segue amesma l...
KRISHNAAssim como o ocidente tem na figurade Jesus aquele que incorporou aconsciência do Cristo, os hindus têmem Krishna o...
• Viveu na Índia antiga há cinco mil anos, ou seja, trêsmil anos antes de Cristo. E hoje o que temos sobre suahistória est...
INICIAÇÃO NO ORIENTE ( HINDUS )BASE DO PROCESSO DE INICIAÇÃO ERA DESENVOLVIMENTOMEDIÚNICO E A ÊXTASE E A MEDITAÇÃO, E OS S...
•1O. GRAU: DISCÍPULO CHELA ( O HOMEM ERRANTE ) NÃOHÁ RIGOR ELIMINATÓRIO, TAREFA DE EVANGELIZAÇÃOo   PROBATÓRIO ( ASPIRANTE...
• 2o. GRAU: DISCÍPULO KENTICHAKA (QUE CONSTRÓI SUACABANA ). JÁ INSTRUÍDO PELA BASE E APRENDIZADOSSUCESSIVOS•CONQUISTAS:1) ...
3O. GRAU: DISCÍPULO STAMSA ( PÁSSARO QUEVOA NO ESPAÇO ) PARA BUDISTAS NÃO MAISRENASCEM4O. GRAU: DISCÍPULO SANTO ( QUE ESTÁ...
OS GRANDES INICIADOS            MOISÉS ( ISRAEL )O grande legislador hebreu saturou-se de todos osconhecimentos iniciático...
O Pentateuco MosaicoGênesis: Trata da origem da Criação, do mundo terreno edo homem.Êxodo: Descreve os principais episódio...
Números:Relata parte da história da peregrinação dos hebreus nodeserto em direção a Canaã, a terra prometida e trazinforma...
OS GRANDES INICIADOS• ORFEU• PITÁGORAS• PLATÃO               •GRÉCIA
Orfeu usufruia em toda a cultura helênica, e que sóse explica pela existência de um fundadorcarismático e pela difusão do ...
Pitágoras: Fundador da escola pitagórica, nasceuem Samos pelos anos 571-70 a.C. Em 532-31 foipara a Itália, na Magna Gréci...
•Platão: (427 - 347 a. C) filósofo grego nascido emAtenas, foi profundo admirador de seu mestreSócrates. Seu verdadeiro no...
OS GRANDES INICIADOS• JESUS
• Iniciado junto aos Essênios• Documentos arquivados no Mosteiro de Lhassa, noTibete ( oriundos da Índia, Nepal e Tibete )...
CRISTIANISMO - JESUSJoão, 10:João 10:7 Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eusou a porta da...
CRISTIANISMO - JESUSJoão, 10:João 10:11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelasovelhas.João 10:14 Eu sou o b...
Iniciação Essênia3 anos de estágio preliminar ( Juramento de vidamoral superior ) – Santuário externoPrimeiro Grau: 2 anos...
PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• Os Essênios ensinavam a piedade, santidade, vidafamiliar e vida civil.• Ensinavam a não jurar e não m...
PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• As vestes podiam ser usadas por todos; o alimento paratodos era igual.• Os doentes sem recursos não f...
PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• Entre eles não haviam escravos; todos eram livres; unsajudavam os outros. Condenavam a escravidão, nã...
INICIAÇÃO NO ESPIRITISMO   • KARDECSEM SEGREDOS NEMHIERARQUIA RIGOROSA
ESPIRITISMO - KARDEC799. De que maneira pode o Espiritismo contribuir para o progresso?    “Destruindo o materialismo, que...
ESPÍRITAS E O FUTUROOra, o verdadeiro espírita vê as coisas deste mundo de um ponto de vista tãoelevado; elas lhe parecem ...
ESPÍRITAS - KARDEC4. Bem compreendido, mas sobretudo bem sentido, o Espiritismo leva aos resultadosacima expostos, que car...
ESPÍRITAS - MISSÃO                      4. Não escutais já o ruído da tempestade                         que há de arrebat...
INICIAÇÃO NO ESPIRITISMO• ARMOND•ISMAEL ORIENTOUESCOLA INICIÁTICA EM3 GRAUS ( FEESP )•APRENDIZ, SERVIDOR EDISCÍPULO
EAE -ARMOND         PLANO CONVITE DA ESCOLA DE APRENDIZES DO EVANGELHO1) A gravidade da hora que passa, na expectativa de ...
O Plano Convite da EAE:•   exigem a formação de bases firmes para apoio da fé, da    esperança e da caridade entre os home...
APRENDIZ• 1º GRAU
APRENDIZ: 1aS. TENTATIVAS, DEPURAÇÃOPESSOAL ( VIVENCIADOS NA EAE )• NÃO PODE HAVER PUREZA ESPIRITUAL EMCORPO POLUÍDO, NECE...
SERVIDOR• 2º GRAU
SERVIDOR: SERVIÇO AO PRÓXIMO,CONSTRUINDO SUA FELICIDADE ( VIVENCIADOSNA EAE ) TRABALHO DE DEFEITOS: ORGULHO,EGOÍSMO, HIPO...
DISCÍPULO3º GRAU
DISCÍPULO: QUE ASSUMIU O COMPROMISSODOS ENSINAMENTOS DO CRISTO (ÉVIVENCIADO NA FDJ ) O MESTRE NÃO FAZ O DISCÍPULO, ESTE É...
EAE – INICIAÇÃO ESPÍRITA                                      DISCIPULO                                SERVIDOR           ...
EAE – GRAUS DA INICIAÇÃO                                             TESTEMUNHO                                           ...
DISCÍPULOS - JESUSJoão 8:31-32 ...              Se vós permanecerdes na minha palavra,verdadeiramente sois meus discípulos...
DISCÍPULO - EMMANUEL “Nos variados climas do mundo, há quem se nutra de tristeza, de    insulamento, de prazer barato, de ...
FDJ - RAZIN
FDJ - RAZIN1) Na casa dos quinhentos, em memória do último dia da Galiléia, nós     prepararemos na iniciação primária os ...
DISCÍPULO - RAZIN          APRENDIZ     EXERCÍCIO DA LUTA,NA DUALIDADE DO BEM E DO MAL,            SERVIDORO QUE DÁ SEM SA...
EAE – ALVO O MUNDO         ALUNO    CASA       EAE        ESPÍRITA                     TRA MIRA PRÓXIMA           BAL     ...
FDJ -ARMOND“Se tudo terminasse na Escola de Aprendizes do Evangelho,haveria dispersão, insegurança, domínio personalista, ...
JESUS PLANO DE EXPANSÃOMarcos 6:7E chamou a si os doze, e começou a enviá-los a dois e dois,e dava-lhes poder sobre os esp...
JESUS PLANO DE EXPANSÃO                         2   12                         2   12                         2   12      ...
DISCÍPULOS COMPROMETIDOS C/:      2x   ESCOLA DE APRENDIZES      2x   MOCIDADE ESPÍRITA      2x   EVANGELIZAÇÃO INFANTILEA...
FDJ – TRABALHOS MAIS DIFÍCEISMateus 9: 12. 1312 Jesus, porém, ouvindo isso, respondeu: Não necessitam de médico os sãos,ma...
META PARA FDJ – ARMOND“Trouxemos para cá as responsabilidades que assumimos na Terracontinuamos liderando a Fraternidade d...
FDJ -ARMOND“Conversava com Armond da sua ousadia de, em tempos idos,elaborar um projeto de vanguarda. ...O momento é hoje,...
DISCÍPULOS - JESUSJoão 4:35 Ora, eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estãobrancos para a ceifa...
TEMA DE REFLEXÃO   Entendi que na busca da evolução espiritual pelo  processo iniciático espírita cabe-me trabalhar pelo  ...
Nächste SlideShare
Wird geladen in …5
×

Eae aula 1 - inaugural - eae

6.413 Aufrufe

Veröffentlicht am

  • Als Erste(r) kommentieren

Eae aula 1 - inaugural - eae

  1. 1. AS ESCOLAS INICIÁTICAS DO PASSADO E A ESCOLA DE APRENDIZES
  2. 2. São duas as formas de iniciação espiritual.A primeira é:INICIAÇÃO ESOTÉRICA ( VOLTADA PARA INTERIOR,O SER INDIVIDUALIZADO, OU SEJA, A REFORMAPARA SI, A BUSCA DO EU )A segunda é:INICIAÇÃO ESPÍRITA ( VOLTADA DO INTERIORPARA O EXTERIOR, PARA O PRÓXIMO, REFORMAPARA O PROGRESSO UNIVERSAL, DIVINO )
  3. 3. OS GRANDES INICIADOS Obra de 1889• ÉDOUARD SCHURÉ - que nasceu em 1841 e desencarnou em 1929.• Descreve que "a alma é uma luz velada; quando a negligenciamos, ela se obscurece e se apaga, mas quando é versado o óleo santo do amor, ela se ilumina como uma lâmpada imortal."
  4. 4. Enfatiza a importância da união da Religião e da Ciência,como caminho do auto-conhecimento e da libertação.Nos estudos das Ciências modernas, o autor constata quedesde Descartes, elas tendem a voltar aos dados da antigateosofia. Sem abandonar a hipótese dos átomos, a físicamoderna chegou a identificar a idéia da matéria com aidéia de força, o que é um passo na direção do dinamismoespiritualista, uma vez que para explicar a Luz, omagnetismo, a eletricidade, os sábios tiveram que admitiruma matéria sutil e absolutamente imponderável,enchendo o espaço e penetrando todos os corpos.
  5. 5. •Para Édouard Schuré, um tempo de regeneraçãointelectual e de transformação social virá quando aciência souber, a religião puder e o homem agir comnova energia. A arte da vida e todas as artes sópodem renascer com esse acordo.
  6. 6. OS GRANDES INICIADOS • RAMA
  7. 7. • Rama é um dos discípulos extrafísicos de Ramatís. Desdepriscas eras, vem trilhando o caminho espiritual e segue amesma linha universalista de seu mestre. É um verdadeiro"iniciado espiritual", tendo trilhado, através de váriasvidas, o caminho iniciático das principais escolas esotéricasda antiguidade. Foi monge na China, hierofante no Egito,iogue na Índia, poeta-iniciado na Grécia e companheiro deRamatís na Atlântida.O seu trabalho consiste em resgatarpara os espiritualistas modernos as antigas técnicas decrescimento espiritual que eram ensinadas nos gruposespiritualistas do passado.( fonte RIBERO, Eunice; "Perfume do Invisível )Hierofante: Cultor de Ciências ocultas, adivinho.
  8. 8. KRISHNAAssim como o ocidente tem na figurade Jesus aquele que incorporou aconsciência do Cristo, os hindus têmem Krishna o seu grande avatar, ouseja, a encarnação da divindade.Assim como Jesus, Krishna foi umhomem que viveu aqui na Terra emcarne e osso.
  9. 9. • Viveu na Índia antiga há cinco mil anos, ou seja, trêsmil anos antes de Cristo. E hoje o que temos sobre suahistória está envolto num clima muito grande de magiae lenda. Não é um deus cósmico (como Shiva, Brahmaetc) e sim um homem histórico, apesar de suasrepresentações artísticas lembrarem muito dos outrosdeuses hindus.•Comparando-o com Jesus, Krishna também tem seu“evangelho”, um livrinho poderoso e muito conhecidoem todo mundo (dizem ser ele o segundo depois dabíblia) chamado Bhagavad Gita, que significa “Cançãodo Senhor” (Gita=canção, Bhagavad=do Senhor).
  10. 10. INICIAÇÃO NO ORIENTE ( HINDUS )BASE DO PROCESSO DE INICIAÇÃO ERA DESENVOLVIMENTOMEDIÚNICO E A ÊXTASE E A MEDITAÇÃO, E OS SACRIFÍCIOSCORPORAIS COMO O IOGA, E OS FAQUIRES. 5 GRAUS DE INICIAÇÃO
  11. 11. •1O. GRAU: DISCÍPULO CHELA ( O HOMEM ERRANTE ) NÃOHÁ RIGOR ELIMINATÓRIO, TAREFA DE EVANGELIZAÇÃOo PROBATÓRIO ( ASPIRANTE PARA ADQUIRIRAS QUALIDADES NECESSÁRIAS )o ACEITO ( INCLUÍDO NO GRUPO POR TERQUALIDADES )
  12. 12. • 2o. GRAU: DISCÍPULO KENTICHAKA (QUE CONSTRÓI SUACABANA ). JÁ INSTRUÍDO PELA BASE E APRENDIZADOSSUCESSIVOS•CONQUISTAS:1) CONHECIMENTO DA VERDADE2) IMPASSIBILIDADE ( SUPERAÇÃO DOS IMPULSOS )3-A ) DOMÍNIO DOS DESEJOS ( SAMA )3-B) RENÚNCIA MATERIAL ( UPARATI )3-C) DISCIPLINA DO CORPO ( DAMA )3-D) ABNEGAÇÃO, DOMÍNIO DO EGOÍSMO ( TITIKSHA )3-E) PODER DE INTERAGIR ENTRE O MUNDO EXTERNO E INTERNO( SAMADHANA )4) CONFIANÇA TOTAL NO MESTRE E EM SI ( SRADHA )
  13. 13. 3O. GRAU: DISCÍPULO STAMSA ( PÁSSARO QUEVOA NO ESPAÇO ) PARA BUDISTAS NÃO MAISRENASCEM4O. GRAU: DISCÍPULO SANTO ( QUE ESTÁ ALÉMDO EU ) ESTÁ ACIMA DO MUNDO MATERIALPARA BUDISTAS É ARHAT ( VENERÁVEL )5o. GRAU: SER DE VIDA LIVRE ( JIMAVUKTA ) – OQUE NÃO TEM MAIS NADA A PRENDER – ACESSOLIVRE AO NIRVANA
  14. 14. OS GRANDES INICIADOS MOISÉS ( ISRAEL )O grande legislador hebreu saturou-se de todos osconhecimentos iniciáticos, no Egito antigo, onde o seu espíritorecebeu primorosa educação, à sombra do prestígio daprincesa Termútis, cuja caridade fraterna o recolhera.Na qualidade de mensageiro do Divino Mestre, concentra seupovo para a grande jornada em busca da Terra da Promissão.Médium extraordinário, realiza grandes feitos ante os seusirmãos e companheiros maravilhados. Recebe, de emissáriosdo Cristo, no Sinai, os dez sagrados mandamentos que, atéhoje, representam a base de toda a justiça do mundo.Lega à posteridade as suas tradições no Pentateuco, iniciandoa construção da mais elevada ciência religiosa de todos ostempos.
  15. 15. O Pentateuco MosaicoGênesis: Trata da origem da Criação, do mundo terreno edo homem.Êxodo: Descreve os principais episódios da libertação dopovo hebreu, após a escravidão de quatrocentos anos noEgito.Levítico: Contém as instruções destinadas à orientação doscultos entre os seguidores de Moisés e Deus.
  16. 16. Números:Relata parte da história da peregrinação dos hebreus nodeserto em direção a Canaã, a terra prometida e trazinformações sobre um censo realizado apurando as pessoasque fizeram a viagem depois da fuga do Egito.Deuteronômio:É um código de leis promulgadas por Moisés com afinalidade de reorganizar a vida social do povo. Neste livro,entre inúmeras outras leis incompatíveis com os povos dehoje, encontramos a proibição referente ao contato com os"mortos". Tal prática era comum entre os egípcios,realizadas de forma desrespeitosa e fútil. O legislador achoupor bem proibir essas atividades. Mais tarde, porém, opróprio Moisés, autor dessa proibição, na condição de"morto", aparece e conversa com Jesus, no episódio datransfiguração, sobre o Monte Tabor.
  17. 17. OS GRANDES INICIADOS• ORFEU• PITÁGORAS• PLATÃO •GRÉCIA
  18. 18. Orfeu usufruia em toda a cultura helênica, e que sóse explica pela existência de um fundadorcarismático e pela difusão do seu movimentoreligioso. Eurípedes, Platão, Heródoto, Aristófanese Aristóteles nos deixaram escritos sobre o orfismo,e sabemos o quanto Platão deve aos mistériosórficos em sua filosofia, especialmente no queconcerne à doutrina da reencarnação. É bemprovável que o homem Orfeu tenha tido uma forteinfluência mística na cultura grega no início doséculo VI a.C.
  19. 19. Pitágoras: Fundador da escola pitagórica, nasceuem Samos pelos anos 571-70 a.C. Em 532-31 foipara a Itália, na Magna Grécia, e fundou emCrotona, colônia grega, uma associação científico-ético-política, que foi o centro de irradiação daescola e encontrou partidários entre os gregos daItália meridional e da Sicília. Pitágoras aspirava - etambém conseguiu - a fazer com que a educaçãoética da escola se ampliasse e se tornassereforma política; isto, porém, levantou oposiçõescontra ele e foi constrangido a deixar Crotona,mudando-se para Metaponto, aí morrendoprovavelmente em 497-96 a.C.
  20. 20. •Platão: (427 - 347 a. C) filósofo grego nascido emAtenas, foi profundo admirador de seu mestreSócrates. Seu verdadeiro nome era Aristócles.•Após a morte de Sócrates peregrinou durante dozeanos, quando retornou a Atenas com quarenta anos.Especula-se que teria, antes disso, ido ainda até aJudéia e chegado às margens do Ganges, onde teriaaprendido a meditação mística dos hindus. Deixouescritos em forma de diálogos.•Para Platão, a inspiração e a intuição verdadeira nãose conseguem quando se está consciente, com a razão .
  21. 21. OS GRANDES INICIADOS• JESUS
  22. 22. • Iniciado junto aos Essênios• Documentos arquivados no Mosteiro de Lhassa, noTibete ( oriundos da Índia, Nepal e Tibete ),guardados entre os escritos das culturas Brâmanes eBudistas. A VIDA DE SANTO ISSA.• O santo Issa, um sábio israelita que, tendo vividomuitos anos entre os sacerdotes brâmanes e budistas,voltou para seu país, onde foi condenado à morte porordem do governador romano Pôncio Pilatos, depoisde ter sido duas vezes absolvido por um tribunalcomposto de sábios e anciãos da Judéia.( Jesus dos 13 aos 30 anos –Francisco Klörs Werneck )
  23. 23. CRISTIANISMO - JESUSJoão, 10:João 10:7 Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eusou a porta das ovelhas.João 10:8 Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas asovelhas não os ouviram.João 10:9 Eu sou a porta; se alguém entrar a casa; o filho fica entrará e sairá, eachará pastagens.João 10:10 O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim paraque tenham vida e a tenham em abundância. ( Jesus aos discípulos )
  24. 24. CRISTIANISMO - JESUSJoão, 10:João 10:11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelasovelhas.João 10:14 Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elasme conhecem,João 10:15 assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai; e doua minha vida pelas ovelhas. ( Jesus aos discípulos )
  25. 25. Iniciação Essênia3 anos de estágio preliminar ( Juramento de vidamoral superior ) – Santuário externoPrimeiro Grau: 2 anos ( voto do bom uso das mãosno mundo profano ) – Círculo InternoSegundo Grau: ( ver, ouvir e falar corretamente )Grau Superior: ( Compromisso espiritual daInstituição )Cada grau em Sete estágios ( existem outras versões )
  26. 26. PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• Os Essênios ensinavam a piedade, santidade, vidafamiliar e vida civil.• Ensinavam a não jurar e não mentir.• Criam que o homem é a causa de todo bem e denenhum mal.• O amor da virtude compreende desprendimento dariqueza e estabilidade de tudo o que assegure bonscostumes.•O amor aos homens exige benevolência, igualdade econcórdia.• Ninguém possuía uma casa que não pudesse sercomum.
  27. 27. PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• As vestes podiam ser usadas por todos; o alimento paratodos era igual.• Os doentes sem recursos não ficavam sem cuidados. Elestinham, em comum, o que é necessário para tratá-los.• Respeitavam os velhos e deles cuidavam com suas própriasmãos, como filhos gratos, ainda mesmo quando não eramseus próprios pais.•Alguns trabalhavam na terra e outros nas artes, tornando-seúteis a si e aos seus vizinhos. Não se preocupavam emajuntar prata nem ouro, nem grandes parcelas de terra paraaumentar os ganhos, contentando-se com o que lhes forneçao necessário para a vida.• Consideravam grande abundância o ter-se poucos desejos efáceis de serem satisfeitos.
  28. 28. PRINCÍPIOS ESSÊNIOS• Entre eles não haviam escravos; todos eram livres; unsajudavam os outros. Condenavam a escravidão, não apenasporque destrói a igualdade, mas porque atenta contra o direitoda natureza que, como boa mãe, faz os homens irmãos, nãoapenas de nome, mas na realidade.• Desprezavam a lógica e as palavras complicadas comoinutilidades para adquirir virtudes. Preocupavam-se, noentanto, com a física e com a astronomia, quando estasensinavam a existência de Deus e a origem do Universo.• Tinham grande cuidado com a moral, tomando como guia asleis dos antepassados.• Um lia livros e o outro, entre os mais preparados, explicavaaquilo que não foi facilmente compreensível, dada àsimbologia usada nos ensinamentos.
  29. 29. INICIAÇÃO NO ESPIRITISMO • KARDECSEM SEGREDOS NEMHIERARQUIA RIGOROSA
  30. 30. ESPIRITISMO - KARDEC799. De que maneira pode o Espiritismo contribuir para o progresso? “Destruindo o materialismo, que é uma das chagas da sociedade, ele faz que os homens compreendam onde se encontram seus verdadeiros interesses. Deixando a vida futura de estar velada pela dúvida, o homem perceberá melhor que, por meio do presente, lhe é dado preparar o seu futuro. Abolindo os prejuízos de seitas, castas e cores, ensina aos homens a grande solidariedade que os há de unir como irmãos.” Kardec – Livro dos Espíritos627. Uma vez que Jesus ensinou as verdadeiras leis de Deus, qual a utilidade doensino que os Espíritos dão? Terão que nos ensinar mais alguma coisa? “Jesus empregava amiúde, na sua linguagem, alegorias e parábolas, porque falava de conformidade com os tempos e os lugares. Faz-se mister agora que a verdade se torne inteligível para todo mundo. Muito necessário é que aquelas leis sejam explicadas e desenvolvidas, tão poucos são os que as compreendem e ainda menos os que as praticam. A nossa missão consiste em abrir os olhos e os ouvidos a todos, confundindo os orgulhosos e desmascarando os hipócritas: os que vestem a capa da virtude e da religião, a fim de ocultarem suas torpezas. ... Kardec – Livro dos Espíritos
  31. 31. ESPÍRITAS E O FUTUROOra, o verdadeiro espírita vê as coisas deste mundo de um ponto de vista tãoelevado; elas lhe parecem tão pequenas, tão mesquinhas, a par do futuro que o aguarda;a vida se lhe mostra tão curta, tão fugaz, que, aos seus olhos, as tribulações não passamde incidentes desagradáveis, no curso de uma viagem. Kardec – Livro dos Espíritos, Introdução Demonstrando a existência e a imortalidade da alma, o Espiritismo reaviva a fé no futuro, levanta os ânimos abatidos, faz suportar com resignação as vicissitudes da vida. O progresso da Humanidade tem seu princípio na aplicação da lei de justiça, de amor e de caridade, lei que se funda na certeza do futuro. Por meio do Espiritismo, a Humanidade tem que entrar numa nova fase, a do progresso moral que lhe é consequência inevitável. Kardec – Livro dos Espíritos, Conclusão 625. Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo? - “Jesus.” Kardec – Livro dos Espíritos
  32. 32. ESPÍRITAS - KARDEC4. Bem compreendido, mas sobretudo bem sentido, o Espiritismo leva aos resultadosacima expostos, que caracterizam o verdadeiro espírita, como o cristão verdadeiro,pois que um o mesmo é que outro. O Espiritismo não institui nenhuma nova moral;apenas facilita aos homens a inteligência e a prática da do Cristo, facultando féinabalável e esclarecida aos que duvidam ou vacilam.Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforçosque emprega para domar suas inclinações más. Enquanto um se contenta com o seuhorizonte limitado, outro, que apreende alguma coisa de melhor, se esforça pordesligar-se dele e sempre o consegue, se tem firme a vontade. Kardec – Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XVII932. Por que, no mundo, tão amiúde, a influência dos maus sobrepuja a dos bons? “Por fraqueza destes. Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes o quiserem, preponderarão.” Kardec – Livro dos Espíritos
  33. 33. ESPÍRITAS - MISSÃO 4. Não escutais já o ruído da tempestade que há de arrebatar o velho mundo e abismar no nada o conjunto das iniqüidades terrenas?Ah! bendizei o Senhor, vós que haveis posto a vossa fé na sua soberana justiça e que,novos apóstolos da crença revelada pelas proféticas vozes superiores, ides pregar o novo dogma da reencarnação e da elevação dos Espíritos,conforme tenham cumprido, bem ou mal, suas missões e suportado suas provasterrestres. Não mais vos assusteis! As línguas de fogo estão sobre as vossas cabeças. Kardec – Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XX Ver.4280. De que natureza são as relações entre os bons e os maus Espíritos? “Os bons se ocupam em combater as más inclinações dos outros, a fim de ajudá-los a subir. É sua missão.” Kardec – Livro dos Espíritos
  34. 34. INICIAÇÃO NO ESPIRITISMO• ARMOND•ISMAEL ORIENTOUESCOLA INICIÁTICA EM3 GRAUS ( FEESP )•APRENDIZ, SERVIDOR EDISCÍPULO
  35. 35. EAE -ARMOND PLANO CONVITE DA ESCOLA DE APRENDIZES DO EVANGELHO1) A gravidade da hora que passa, na expectativa de profundas modificações na vida do homemsobre a Terra e os avisos que nos são dados continuamente, do Alto, no sentido de se preparar omundo para futuros dias tormentosos, exigem a formação de bases firmes para apoio da fé, daesperança e da caridade entre os homens.2) A transição para o Terceiro Milênio, já tão próxima e que prenuncia maiores sofrimentos einquietações, exige a formação de núcleos espirituais poderosos na superfície terrena, paraque as verdades eternas permaneçam vivas, resistam aos cataclismos destruidores e à confusãoque vai imperar no coração dos homens.3) É urgente a formação de legiões de trabalhadores de boa vontade para agirem nosmomentos oportunos como instrumentos conscientes, humildes e disciplinados, dos EspíritosDiretores do mundo, auxiliares do Cristo.4) Em certas épocas, como a atual, o esforço individual isolado, por mais sincero que seja, nãobasta nem corresponde às necessidades gerais: somente organismos coletivos poderosos,fortificados na fé, dotados de espírito de renúncia e de sacrifício e apoiados pelo Alto poderãofazer frente às necessidades humanas, inspirar confiança e auxiliar a evolução. Edgard Armond (15/10/1950) In Iniciação Espírita, Reapresentação.
  36. 36. O Plano Convite da EAE:• exigem a formação de bases firmes para apoio da fé, da esperança e da caridade entre os homens. • exige a formação de núcleos espirituais poderosos na superfície terrena, • É urgente a formação de legiões de trabalhadores de boa vontade ...instrumentos conscientes...auxiliares do Cristo • somente organismos coletivos poderosos...e apoiados pelo Alto poderão ...inspirar confiança e auxiliar a evolução.
  37. 37. APRENDIZ• 1º GRAU
  38. 38. APRENDIZ: 1aS. TENTATIVAS, DEPURAÇÃOPESSOAL ( VIVENCIADOS NA EAE )• NÃO PODE HAVER PUREZA ESPIRITUAL EMCORPO POLUÍDO, NECESSIDADE DEELIMINAÇÃO DE VÍCIOS: FUMO, ÁLCOOL, GLUTONARIA,SENSUALIDADE, AVAREZA, BRUTALIDADE,ETC. CUIDAR DA ALIMENTAÇÃO: FRUGAL ESIMPLES.
  39. 39. SERVIDOR• 2º GRAU
  40. 40. SERVIDOR: SERVIÇO AO PRÓXIMO,CONSTRUINDO SUA FELICIDADE ( VIVENCIADOSNA EAE ) TRABALHO DE DEFEITOS: ORGULHO,EGOÍSMO, HIPOCRISIA, MALEDICÊNCIA, ETC.; PRATICAR VIRTUDES OPOSTAS SOBORIENTAÇÃO ENCARNADA E DESENCARNADA; SERVIDORES QUE CONCLUEM A EAE SÃOASPIRANTES A DISCÍPULOS ( EQUIVALENTESAOS PROBATÓRIOS );
  41. 41. DISCÍPULO3º GRAU
  42. 42. DISCÍPULO: QUE ASSUMIU O COMPROMISSODOS ENSINAMENTOS DO CRISTO (ÉVIVENCIADO NA FDJ ) O MESTRE NÃO FAZ O DISCÍPULO, ESTE É QUE SEFAZ A SI MESMO; O MESTRE SOMENTE APONTA O CAMINHO; A CADA UM SEGUNDO SUAS OBRAS; MUITOS SERÃO OS CHAMADOS, POUCOS OSESCOLHIDOS; O ADEPTO JÁ NASCEU ADEPTO; AMBIENTES DE REALIZAÇÃO: ÍNTIMO, FAMÍLIA, SOCIEDADE
  43. 43. EAE – INICIAÇÃO ESPÍRITA DISCIPULO SERVIDOR APRENDIZ INICIAÇÃO ALUNO ASSISTIDO SIMPATIZANTESDOUTRINA ESPÍRITA – EVANGELHO DE JESUS
  44. 44. EAE – GRAUS DA INICIAÇÃO TESTEMUNHO E TRABALHO E DISCIPULO RENOVAÇÃO E SERVIDOR CONHECIMENTO E APRENDIZ INICIAÇÃO EQUILÍBRIO E ALUNOPRESENÇA ASSISTIDO SIMPATIZANTES DOUTRINA ESPÍRITA – EVANGELHO DE JESUS
  45. 45. DISCÍPULOS - JESUSJoão 8:31-32 ... Se vós permanecerdes na minha palavra,verdadeiramente sois meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade voslibertará. Jesus ao Povo – Ensinando no TemploJoão 13:35 Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outrosJoão 15:8 Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. Jesus aos Discípulos – Sermão do Cenáculo – Lava PésMateus 5:13 Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que sehá de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, eser pisado pelos homens.Mateus 5:14 Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidadesituada sobre um monte;Mateus 5:16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para quevejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Jesus aos Discípulos – Sermão do Monte
  46. 46. DISCÍPULO - EMMANUEL “Nos variados climas do mundo, há quem se nutra de tristeza, de insulamento, de prazer barato, de revolta, de conflitos, decálculos, de aflições, de mentiras... O discípulo de Jesus, porém −aquele homem que já se entediou das substâncias deterioradas da experiência transitória −, pede a luz da sabedoria, a fim de aprender a semear o amor em companhia do Mestre...” Emmanuel - Vinha de Luz, Introdução
  47. 47. FDJ - RAZIN
  48. 48. FDJ - RAZIN1) Na casa dos quinhentos, em memória do último dia da Galiléia, nós prepararemos na iniciação primária os candidatos à Verdade. Solicitar- lhes-emos de pronto o exercício da luta, na dualidade do bem e do mal, para que a primeira vença àquela e o homem se liberte do animal; para que o espírito conquiste a fera que existe dentro dele e, depois de domá-la, parta feliz para o2) lar bendito dos setenta, aqueles que ouviram de mais de perto o “Ide e Pregai”, onde então atingirão os primeiros sentimentos de dar sem saber porque dá; do servir sob a benção e alegria de servir, sintonizar de perto com as vibrações melhores e nas delicadas vibrações coloridas do bem, da virtude do sentimento, marcharem o próximo degrau da perfeição,3) no colégio apostólico dos doze discípulos, em cujo seio a palavra do Senhor se manifestará mais tarde, chamando-os de bem amados e elegendo-os escolhidos para as tarefas mais difíceis, onde aqueles que estiverem escravos do pecado, ou os que não estiverem exercitados no sacrifício, não poderão pugnar, porque serão vencidos e derrotados nas primeiras instâncias da luta! Razin; médium: Divaldo Pereira Franco - São Paulo, 22/04/1954
  49. 49. DISCÍPULO - RAZIN APRENDIZ EXERCÍCIO DA LUTA,NA DUALIDADE DO BEM E DO MAL, SERVIDORO QUE DÁ SEM SABER PORQUE DÁ, DISCIPULOPARA AS TAREFAS MAIS DIFÍCEIS,
  50. 50. EAE – ALVO O MUNDO ALUNO CASA EAE ESPÍRITA TRA MIRA PRÓXIMA BAL SERVIDOR SER OS H VIR AE MUN DO CASA EAE ESPÍRITA TRA BAL HOS ALUNO TEA MS IS D TEM DISCÍPULO IUÍC F NHMIRA MAIS DISTANTE EAS IR AE FDJ
  51. 51. FDJ -ARMOND“Se tudo terminasse na Escola de Aprendizes do Evangelho,haveria dispersão, insegurança, domínio personalista, influênciaindividual, negligência, esmorecimento no esforço e nasconvicções;tudo isto deixa de existir se o discípulo sabe que estáapoiado, sustentado, amado como sempre e pronto para serorientado e acudido em qualquer circunstância.” Edgard Armond 10/12/1981 In Edgard Armond Meu Pai, pág. 180
  52. 52. JESUS PLANO DE EXPANSÃOMarcos 6:7E chamou a si os doze, e começou a enviá-los a dois e dois,e dava-lhes poder sobre os espíritos imundos;8 ordenou-lhes que nada levassem para o caminho, senão apenas um bordão;nem pão, nem alforje, nem dinheiro no cinto;9 mas que fossem calçados de sandálias, e que não vestissem duas túnicas. Jesus aos 12 Discípulos – Ide e PregaiLucas 10: 1,2,3Depois disso designou o Senhor outros setenta, e os enviou adiante de si, dedois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.E dizia-lhes: Na verdade, a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos;rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.Ide; eis que vos envio como cordeiros ao meio de lobos. Jesus aos 72 Discípulos – Ide e Pregai1.ª Cor. 15:5 Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, … Jesus Fala a quinhentos na Galileia
  53. 53. JESUS PLANO DE EXPANSÃO 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12Jesus 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 2 12 12 + 72 = 84 + 432 = 516
  54. 54. DISCÍPULOS COMPROMETIDOS C/: 2x ESCOLA DE APRENDIZES 2x MOCIDADE ESPÍRITA 2x EVANGELIZAÇÃO INFANTILEAE 2x CURSO DE MÉDIUNS 2x ASSISTENCIA ESPIRITUAL 2x ASSISTENCIA SOCIAL 12
  55. 55. FDJ – TRABALHOS MAIS DIFÍCEISMateus 9: 12. 1312 Jesus, porém, ouvindo isso, respondeu: Não necessitam de médico os sãos,mas sim os enfermos.13 Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios.Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores. Jesus aos Fariseus – Ensinando no TemploMateus 28: 19. 20Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai,e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que euvos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumaçãodos séculos. Jesus Ressurge aos 11 Discípulos – Na Galiléia
  56. 56. META PARA FDJ – ARMOND“Trouxemos para cá as responsabilidades que assumimos na Terracontinuamos liderando a Fraternidade dos Discípulos de Jesuspara que ela se torne a maior força vibratória capaz de deter umaguerra fratricida.Continuemos vibrando pela paz, continuemos unindo os nossoscorações.” Edgard Armond 13-03-2003 In RGA 2003 Mensagem – Medium Martha Gallego Thomaz
  57. 57. FDJ -ARMOND“Conversava com Armond da sua ousadia de, em tempos idos,elaborar um projeto de vanguarda. ...O momento é hoje, omomento é agora!Ousem meus amigos, ousem!Colocai à vossa dianteira, a bandeira do Cristo.Sejais o exemplo para que outros se espelhem para avançaremconosco.A união é peça fundamental para poder avançar.O próprio nome – ALIANÇA – pede sustentação mútua, amparopara que se avance. Não vos esqueçais da Aliança! Américo Montagnini 10/12/1981 In RGA 2003 Mensagem – Medium Antonio Carlos
  58. 58. DISCÍPULOS - JESUSJoão 4:35 Ora, eu vos digo: levantai os vossos olhos, e vede os campos, que já estãobrancos para a ceifa. Jesus aos Discípulos – Junto a mulher SamaritanaAtos 1:6, 7, 8Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntavam-lhe, dizendo: Senhor, é nessetempo que restauras o reino a Israel?Respondeu-lhes: A vós não vos compete saber os tempos ou as épocas, que o Paireservou à sua própria autoridade.Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas,tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra. Jesus aos Discípulos – Monte das Oliveiras - Ascensão João 17: 15 Não rogo que os tires do mundo, mas que os guardes do Mal. Jesus ora pelos Discípulos – Monte das Oliveiras
  59. 59. TEMA DE REFLEXÃO Entendi que na busca da evolução espiritual pelo processo iniciático espírita cabe-me trabalhar pelo próximo e consequentemente pela humanidade, em nome do Cristo ? 2 minutos para pensar...Qual meu principal projeto futuro como Discípulo deJesus, lembrando que aos Discípulos são reservados ostrabalhos mais difíceis ? 3 minutos para responder...

×